História The Marriage Contract - 2 Temporada - Capítulo 59


Escrita por:

Postado
Categorias Justin Bieber, Selena Gomez
Tags Contrato, Jelena, Justin Bieber, Selena Gomez
Visualizações 421
Palavras 1.761
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 59 - Passeios


Fanfic / Fanfiction The Marriage Contract - 2 Temporada - Capítulo 59 - Passeios

Alguns beijos molhados foram distribuídos pelo meu rosto fazendo assim com que eu abrisse meus olhos imediatamente, um pouco assustada. Foi difícil focar no que estava na minha frente, precisei piscar algumas vezes até ver nitidamente o rosto de Justin sorrindo.  

—Bom dia. — disse enfim sorrindo também, dei uma olhada ao redor tentando me situar.  

—Já passa das 7:30, temos que aproveitar nosso dia, já que não temos muito tempo aqui.  

—Para onde iremos hoje? —perguntei passando meus braços pelo seu pescoço, o loiro se deitou sobre mim. 

—Para um parque chamado Xcaret, disseram que é o melhor. 

—Vamos passar o dia la? — ele balançou a cabeça confirmando, fechei meus olhos por alguns segundos desfrutando do momento.   

—Melhor nos levantarmos. — Justin falou e eu abri os olhos, vi ele se levantar e me sentei na cama.  

—Aqui está tão bom. — disse baixinho e ele riu, logo em seguida saiu da cama estendendo a mão para mim.  

—Que tal um banho? — sorri pensativa e segurei sua mão sendo levada para o banheiro.  

[..] 

Fui a primeira a terminar meu banho, o que me fez ficar pronta primeiro, com esse momento aproveitei para ligar para minha mãe. 

—Bom dia, querida. — ela disse assim que atendeu, estreitei os olhos desconfiada da sua felicidade.  

—Bom dia. Como esta Emma? — perguntei me encostando no parapeito da varanda.  

—Está bem. Acordou agora a pouco, seu pai decidiu ir passear com ela na praça ontem.  

—A noite? Colocou um casaco nela? — questionei rápido, fazendo ela rir com minha preocupação.  

—Sim, Chloe. Lembra que te criamos? Acho que sabemos cuidar dela. — revirei os olhos.  

—Eu sei que sabem, mesmo assim me preocupo. Monica já chegou?  

—Sim, está preparando algo para Emma comer, que está no cercado assistindo televisão.  

—Ótimo. Espero que tudo continue assim. — disse suspirando aliviada.  

—Como esta as coisas ai? — ela perguntou e eu me virei, estava com uma enorme vontade de contar tudo, era bom estar tão feliz e com tudo certo em minha vida. Diminui meu sorriso e respirei fundo soltando o ar lentamente.  

—Por enquanto, bem. Estou terminando de me arrumar para ir no escritório, acho que terei umas duas reuniões hoje, espero que não demorem.  

—Entendo. Vou me encontrar com a Felicia daqui um pedaço, ela quer começar os planos para o casamento. Juliana também me ligou para marcamos um dia, ela ainda não tem uma data em mente, mas quer começar a se preparar.  

—Isso é ótimo. Tenho depois que ver os vestidos. 

—Tem mesmo, deveria ver um dia para elas irem aí conversar com você e a Clarice.  

—Vou falar com elas para combinarmos. Mais tarde eu ligo novamente para saber como tudo estar. — disse ao ver Justin saindo do banheiro arrumado.  

—Tudo bem, bom trabalho. Te amo.  

—Também te amo, mãe. — afastei o telefone e desliguei a chamada, nessas horas eu me sentia mal por mentir, principalmente para minha mãe.  

—Está tudo bem? — Justin perguntou receoso.  

—Sim, só estou pensando na mentira que contei sobre a viagem. — o loiro me abraçou por trás e me deu um beijo no ombro.  

—Podemos contar a todos se você quiser, assim que voltarmos. — me virei para ele e sorri o abraçando de volta.  

—Vamos ver se sobrevivemos a essa viagem. — selei nossos lábios e logo ele me soltou.  

—Vamos merendar.  

[...] 

Começamos nosso passeio pelo parque vendo alguns animais. Justin estava animado para mergulhar com os golfinhos, já eu estava receosa em fazer tal coisa. Com isso, acabamos indo primeiro em alguns pontos históricos do parque, começando na casa dos sussurros indo em seguida para o cemitério, continuamos indo nesses lugares até eu aceitar ir mergulhar com os golfinhos.  

Depois dessa incrível experiencia, compramos a foto e seguimos para o restaurante, já que a hora do almoço tinha chegado.  

—O que está achando? — Justin perguntou quando nos sentamos na mesa, já com nossos pratos.  

—Temos muito o que fazer aqui. Não sei se conseguiremos fazer tudo hoje.  

—Acho que não, mas não viemos aqui na outra vez.  

—Não ficamos exatamente em Cancun.  

—É, gostei do passeio de Cozumel. — ele falou antes de colocar uma garfada na boca.  

—Eu também, foi legal o passeio de iate.  

Depois de almoçarmos esperamos uns 10 minutos antes de voltarmos a passear pelo parque, seguindo diretamente para uma torre que tinha uma vista de 360º graus do parque. Uma vista magnifica da parte de cima do local, assim pudemos ter uma noção da imensidão do parque e confirmar que não conseguiríamos explorar ele em apenas um dia.  

Optamos em ir para um passeio de barco pelos rios, para logo em seguida fazermos tour de snorkeling. 

[..] 

O sol se pôs e nós assistimos na praia do parque para depois voltarmos para o hotel. No parque tinha um show lindo, mas o cansaço de tudo que fizemos estava grande e assim preferimos voltar. Assim que chegamos no quarto eu fui direto para o banheiro tomar um banho enquanto Justin ligava para pedir o jantar.  

Coloquei meu pijama e liguei a televisão a procura de algo para assistirmos, com isso a pizza chegou e eu tive que receber. Coloquei a bandeja em cima da mesinha e me deitei na cama a espera do loiro.  

—Nem acredito que saímos de Atlanta para passar a noite assistindo filme e comendo pizza. — Justin falou me assustando. — Você olhou a pizza? — afirmei e ele foi até a bandeja vendo. — Parece bom, vai comer agora? 

—Sim. — respondi me ajeitando na cama, ele me entregou a bandeja e se sentou do meu lado.  

—O que vamos assistir? — perguntou pegando um pedaço com as mãos  

—Aluguei os vingadores. — sorri envergonhada, ele me olhou surpreso e eu dei o play, pegando um pedaço de pizza em seguida.  

O filme começou e nós não falamos nada, apenas comemos e bebemos. Ao acabar de jantar, Justin colocou a bandeja na mesa e veio se deitar na cama, coloquei minha cabeça em seu peitoral e logo senti meus olhos pesarem. Não levou muito tempo para eu cair no sono.  

[...] 

Acordei com os raios de sol em meu rosto, estava virada para a janela, o que me fez bufar e virar dando de cara com as costas de Justin. Vi que a televisão estava ligada e deduzi que Justin tinha dormido no meio do filme. Me levantei fechando as cortinas, desligando a televisão e segui para o banheiro.  

Fiz um coque no cabelo e notei que estava um pouco bronzeada com alguns lugares vermelhos. Sai do banheiro e sorri vendo Justin dormindo todo torto. Peguei no frigobar uma garrafa com água e segui para a varanda com meu celular, minha mãe tinha me ligado na noite anterior. Tinha me esquecido de ligar para ela quando cheguei. Então fiz isso naquele momento. Assim como a ligação do dia anterior tudo estava bem, ela só estranhou eu não ter ligado, mas como sabe como pode ser louco um dia de reunião ela entendeu meu cansaço.  

Depois de desligar, terminei de tomar a água e fiquei ali curtindo a vista do hotel, aproveitei para tirar fotos da frente e minhas. Desisti de continuar pegando sol sem protetor e entrei no quarto, já passava das 7 horas e Justin não parecia que iria acordar, mas eu estava com fome e acabei ligando para a recepção pedindo para trazerem a comida.  

Tirei uma foto do Justin, pois sua posição estava hilária. Segundos depois fiquei triste de não poder compartilhar com ninguém.  

—O que está fazendo? — o loiro perguntou se sentando.  

—Nada, amor. — disse rindo.  

—Você não tirou foto minha, não é? —neguei com a cabeça e acabei rindo. Bloqueei a tela do meu celular colocando ali e me deitei com ele. 

—Eu não faria isso. — disse afundando minha cabeça em seu peitoral.  

—Sei. Se você tiver tirado, vai ter volta. — ri levantando minha cabeça e o puxei para um beijo. —Não tente mudar de assunto. — Justin falou se fingindo de bravo, revirei os olhos e empurrei seu corpo para que ele ficasse deitado corretamente. — Chloe, o que está pensando. 

—Em ficarmos por aqui. — disse baixinho e me aproximei dele juntando nossos lábios. Suas mãos foram direto para minha bunda, sorri entre o beijo sabendo que ele tinha entendido o que eu queria.   

Justin me virou e assim tirou sua blusa, fiz o mesmo e ele voltou a me beijar. Arranhei de leve suas costas sentindo ele se arrepiar.  

[..] 

Estávamos com trajes de banho para aproveitar um tal de cenotes e a piscina do hotel. Preferi ir para a piscina do hotel primeiro, já que o horário do almoço estava próximo. 

Justin escolheu os lugares que sentariamos, ele se sentou chamando o garçom, eu tirei a roupa ficando apenas de biquini.  

—O que você esta fazendo? — ele perguntou confuso.  

—Indo para a piscina. — disse sem entender sua expressão.  

Andei ate a borda e coloquei meu pé sentindo a agua fria, entrei com cuidado e logo mergulhei para molhar todo meu corpo. Voltei a superficie olhando para o loiro, sorri largo e ele balançou a cabeça negando.  

Nadei um pouco e voltei para onde sai, me sentando na borda. Justin me entregou um copo e se sentou do meu lado.  

—Você esta muito linda nesse biquini. — olhei para o loiro e ri.  

—Acabamos de fazer, amor. Tenha calma. — disse dando um gole na bebida local.  

—Não disse que queria, apenas te elogiei. — encarei o loiro que se manteve serio.  

—Tudo bem, obrigada. — ele sorriu e me beijou. — Vou me sentar ali, preciso de sombra. — ele concordou. Me sentei na espreguiçadeira e peguei meu celular vendo se tinha alguma notificação.  

—O garçom disse que tem piscina quente. — o loiro disse e eu o olhei — Vamos para lá?  

—Claro. — juntei minhas coisas e o acompanhei até a outra piscina, me sentei na área coberta e fiquei mexendo no celular.  

—Amor! Vem para a piscina. — Justin pediu manhoso e eu sorri me levantando. Segui até a borda e me sentei abaixando a cabeça para beija-lo. 

—Estou aqui, amor. — disse com uma voz fofa, o que fez ele sorrir. O loiro passou seus braços pela minha cintura. — Não faça isso. — falei quando ele tentou me puxar. — Estou com meu celular.  

—Ele está com capinha aprova de água. — Justin se afastou e me beijou.  

—Você está muito manhoso, Bieber. — disse fazendo ele ri, ele me abraçou e beijou meu pescoço. Aproveitei o momento para tirar uma foto. — Olha aqui. — falei cutucando ele, que se virou vendo a câmera.  

Assim tiramos algumas fotos bem românticas. Sorri satisfeita e fui deixar meu celular com nossas coisas, voltando em seguida entrando na piscina com ele.  



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...