História The Miracle (Changlix) - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Stray Kids
Personagens Bang Chan, Han Ji-sung, Hwang Hyun-jin, Kim Seung-min, Kim Woo-jin, Lee Felix, Lee Min-ho, Seo Chang-bin, Yang Jeong-in
Visualizações 191
Palavras 810
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Recording 11


Galerinha vamo fazer o seguinte, quando aparecer (Felix Recording PV) é o Felix mais velho quando ele começa a gravar seu testemunho, e (Felix Pv) é o Felix mais novo, quando ele está passando pelo ocorrido

Bjao e bora

(Felix Recording PV)

-Me lembro até hoje como foi a sensação, quer dizer eu tenho ela ainda hoje, acordar em um lugar sem você saber de absolutamente de nada, com pessoas dizendo que são seus amigos, outras dizendo ser seus pais, é uma sensação estranha e você automaticamente se ponhe em obrigação a lembrar, eu sofri com isso, mas vamos deixar isso mais pra frente.

(Felix Pv)

Pra ser sincero eu não estava entendendo nada, como eu fui parar ali ? Por que meu corpo estava doendo ? Quem são eles ? Quem sou eu ?
Isso estava a explodir na minha cabeça.
Eu nasci com cabelos ruivos ? Eu nasci assim ?

Era tantas perguntas que eu queria fazer mas não fiz.
E quem era esse garoto que não saia de perto de mim ? Acho que seu nome é Chan, não sei se devo confiar nele.
Nem sei quem ele é.

-Nao quer falar algo Felix ?-Perguntou pra mim

Balancei a cabeça negando e ele concordou.

Fiquei olhando pro lado e tentei descansar.
Na verdade estava tentando lembrar...
Não vinha nada, eu só lembro ao abrir os olhos.
É como se minha vida tivesse começado agora.

O garoto, Chan estava olhando uma revista.

-Olha Felix seu grupo favorito.-Falou me mostrando a revista que tinha uns garotos

-Eu não me lembro.-Falei mordendo o lábio inferior

-Bogo shipda. Ireoke malhanikka deo Bogo shipda. Neohi sajineul bogo isseodo Bogo shipda.

Ele cantou, e ele cantava tão bem.

Ele me encarou acho que esperava que eu continuasse a música

-Vamos Felix sei que lembra dela.-Falou

Eu tentei, eu juro que tentei algum vestígio.

-Felix...

Mais de tanto eu tentar lembrar eu acabei explodindo.

-Eu não lembro Chan, isso não entrou na sua cabeça ? Eu não lembro de nada, eu não sou o Felix que você conheceu antes! Eu sou outro Felix, aquele morreu e eu não consigo lembrar de como ele é!

Ele se assustou e uma lágrima escorreu pelo seu olho.

-Desculpa Chan.-Falei realmente me sentindo culpado

Ele se levantou e saiu do quarto secando as lágrimas.

(Chan PV)

Fui para o bebedouro e tomei um pouco de água, Hyunjin me viu e veio até mim.

-Não foi embora ainda?-Perguntei

-Nao, eu e Minho vamos ficar mais um pouco, Chan por que está com os olhos vermelhos ? 

Eu abracei ele

E comecei a chorar descontroladamente

-O que aconteceu ? Não era pra estar feliz ?

-Ele, ele Hyunjin, meu irmão nunca gritou comigo, ele sempre foi tão carinhoso, eu sinto, eu sinto que ele nunca vai voltar a ser o mesmo Felix.

-Ele acordou agora Chan, provavelmente daqui a alguns dias ele vai pra casa e lá ele vai se recuperar, agora ele está sobre muita pressão, e deve estar confuso, fique calmo.

Eu fiquei calado enquanto ouvia ele falar mais algumas coisas.

-Ele precisa de nós mais do que nunca.

-Voce tá certo.-Falei passando as maos nos olhos.

-Vem, vamos ver o jeongin.-Me puxou pela mão

Fomos até o quarto do Jeongin e encontramos ele falando no telefone

-Omma, tudo bem, não precisa vir pra Coreia só por causa disso, Minho vai cuidar de mim, omma eu não sou mais criança...

-Fiz ele conversar com nossos pais.-Minho disse batendo o pé mostrando estar bravo com seu irmão.

Eu ri

Minho parecia um velho mandão quando queria

-Ta bom, não estrague suas férias, eu te amo, tchau omma.-E desligou.-Ufa, hyung nunca mais deixe eu enfrentar omma sozinho.-Jeongin fez beiço

-Isso é pra você aprender garoto, agora vamos cuidar desse rosto.-Falou pegando algodão e não sei oque

-Hyung não!

-Cala boca Jeongin!

-Chan-Hyung me salva.

Bufei rindo um pouco e indo até eles.

-Quanto mais você ficar aí choramingando mais vai demorar.-Minho falou tentando acalmar o irmão

-Deixa o Chan-Hyung passar, ele sempre foi mais delicado que você.-Jeongin falou e Minho o olhou incrédulo

-Eu te mato muleke!

-Calma Min.-Falei.-Deixa que eu faço.

Ele me entregou e Jeongin parecia mais aliviado

-Estou em boas mãos.-Ergueu as mãos pro céu

-Eu ainda te mato piralho.

Eu ri e comecei a passar o produto no rosto de Jeongin que estava um pouco machucado.

-Ta doendo.

-Eu sei mais tem que doer mesmo.

-Hyung e o Felix ?

-Esta bem.-Sorri

-Queria poder vê-lo

-Voce vai poder, depois.

Ele concordou e ficou esperando eu terminar

-Pronto.-Falei

-Obrigado hyung, se fosse o Min, ele teria arrancado minha cara fora.

Minho revirou os olhos

E eu ri

Meu celular tocou e apareceu uma mensagem de Woojin

Sorri ao ver a mensagem

No mesmo momento que olhei pra Minho que parecia triste por dentro

-Parece que...

-Jeongin cala boca!-Minho o cortou 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...