1. Spirit Fanfics >
  2. The Mnet Chronicles >
  3. Quem Decide é o TK

História The Mnet Chronicles - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Pegue os óculos de leitura e relaxe na poltrona, por que esse capitulo só vai ser dialogo👀🧠

Capítulo 8 - Quem Decide é o TK


Fanfic / Fanfiction The Mnet Chronicles - Capítulo 8 - Quem Decide é o TK

Depois dessa, fui parar em decido quinto lugar, enquanto Mizuke ficou em decimo quarto e a Íris estava em décimo quinto. O que me restou foi torcer para o Thiago conseguir passar e não ter tempo de me transformar em um esqueleto.

— Sr. TK suba até aqui e os demais reúnam-se em frente ao palco — pediu Woozi, mas nem sai da parede que estava sentado.

Você deve estar muito feliz, né TK? Desde o começo você não queria ficar conosco. Isso é tão injusto, não importa quantos vezes socasse aquela bola de cristal lilás, eu nunca passaria nesse teste.

— Hm, quem é que tá soluçando? — perguntou Beca sentada a minha direita. — Neki, por que você está chorando?

— Eu não estou chorando! — retruco da forma mais dengosa.

— Íris, você também? — nota outro choro vindo da sua direita.

— Agora, não vou ver meus pais por mais um ano — Iris conta olhando para Beca com um biquinho no rosto.

— Parem com isso vocês dois! — exclamou olhando dum lado para o outro após abaixarmos as cabeça para continuar chorando. — Se vocês não pararem, vou chorar também — seus lábios tremem.

— Agora Sr. TK, por favor, escolha sete participantes para fazerem o próximo teste contigo — a voz de Woozi ecoou.

Essa pontinha de esperança foi o suficiente para nos fazer engolir o choro. Até que lembrei que ele não teria motivo algum para escolher um fracassado como eu.

— Espera um pouco! — exclamou o filhinho de papai. — Não era para os oito primeiros do ranking passarem pro próximo teste?

— Eu nunca disse isso — Woozi assentiu limpado um ouvido.

— Isso não é justo! Para que serviu o teste anterior, então?

— Para decidir o primeiro lugar, ué — Woozi calou a sua boca.

— Ei, TK! Só lembrando que você está me devendo uma por ter estragado meu smoking — Gui exibe os rasgos em seu blazer, que foram provavelmente causados pela luta no primeiro teste.

— Aham, pode transferir sua dívida para uma conta chamada puta que pariu — TK retrucou inexpressivo.

Aquilo provoca um breve riso em mim, mas aquele momento de descontração bastou para que eu decidisse tomar uma atitude. Pois, vou passar nesse teste e não importaria o que custasse.

— Aprendiz de mago, Im Neki, se apresentando para o serviço — grito, após levantar do chão. — O reinado das três grandes acabam aqui, porque eu serei o rei desse país — bato no peito. — E também sou um ótimo animar para festas — lancei um freestyle.

— Até que ele dança bem — Can, o filho do chefe, observa. — Quer dizer, o que ele pensa que está fazendo? — indagou sem jeito.

— Eu faço qualquer coisa se você me escolher! — ajoelho aos pés do palco, em frente ao TK. — Se você quiser me tratar feito cachorro e me mandar lamber, eu lambo — digo quase chorando.

— O que você está fazendo? Tá me dando gatilho, já — disse TK evitando contanto visual comigo.

— Por favor, me escolha — olho para a direita e vejo Gui se ajoelhando também. — Minha irmãzinha está esperando lá fora — cobre os olhos com uma das mãos. — Eu tenho cuidado dela sozinho desde que nossos pais morreram e passar nesse teste para que ela não passe necessidade — explicou com uma voz de choro.

— É mentira! Não se deixe enganar, Sr. TK, ele só quer que você tenha pena dela — resmunguei cutucando a cabeça de Gui.

— Eu imploro — Pedro também se ajoelha ao lado de Gui. — Tem alguém que eu preciso encontrar, então deixe-me ir com você.

— Até tu, brutos — murmurei confuso.

Foi quando um vulto marrom passando por nós e ao olhar para frente vemos Íris saltando para cima do palco e abraçando TK.

— Por favor, TK oppa, eu preciso passar nesse teste para rever meus pais — contou em lagrimas.

— Na verdade, ela é a irmãzinha de que eu estava falando — Gui apontou descaradamente.

— Quem diria que eles se prestariam a esse papelão — Can dá de ombros. — Ainda bem que eu posso pagar para participar.

— Sr. TK, se me permite dizer como sua colega de equipe — a incendiaria aproxima-se do palco. — Todos tem seus motivos para estar aqui, mas você deveria escolher apenas os mais habilidosos.

— Espera! Por que você está agindo como se já tivesse sido escolhida? — levanto do chão, puto da cara.

— Lógico! Eu sou da realeza, bobinho — jogou seu cabelo na minha cara. — Você conhece alguém melhor para ocupar a posição de atacante da equipe? — questionou com um sorrisinho de lado.

— Eu não escolheria uma sabotadora como você, com certeza!

— Ahn? Do que você está falando? — serrou os punhos.

— Você não está me reconhecendo? — indaguei com ironia. — Eu sou um dos que falharam no Wanna One anterior por sua culpa — boto o dedo na cara dela. — Ah é, você não deve lembrar já que me deixou que nem um carvão — a deixo suando frio. — TKzão, ela é a ultima pessoa que você vai querer do seu lado!

— Espere! Eu não fiz aquilo porque eu quis — disse baixinho.

— Ela só é boa em escolher companheiros para transforma-los em churrasco! Se tirarmos isso, o que sobra? Me diga!

— Ora, seu... — se preparou para me dar um tapa.

— Viu como ela ficou sem palavras? Agora está partindo para violência — digo fazendo ela recuar. — O que foi srta. Incendiaria? Não tem nada para dizer? Então, pode vir — dou a cara a tapa.

— Ah, cala a boca! — gritou no meu ouvi assim que aproximei minha bochecha dela. — Eu tenho um peito muito maior que o seu!

Aquele grito ecoou por todo segundo andar, deixando todos de boca aberta, exceto Cansei que quase se joga no chão de tanto rir.

— Não me venha com essa! Eu também tenho algo grande pra mostrar — refuto já botando a mão no meu cinto.

Porém, logo percebo a besteira que eu faria ao ver a fogo rosa saindo das mãos de Bibs, enquanto Gui apontava sua lança guarda-chuva para mim e o emoji flutuando no ombro de Pedro se torna um diabo vermelho sangue, além de que o próprio TK tampava os olhos de Íris em cima do palco.

— Calma gente — rapidamente solto a fivela do cinto e começo a arregaçar a calça. — Eu estava falando da minha perna —  digo sem jeito e cambaleio para o lado tentando ergue-la.

— Sr. Admin, eu já tomei minha decisão — Tk se pronunciou.

Muitas moscas como eu, foram se juntando ao redor de TK, e agora, a única coisa que posso fazer é implorar em silencio para ele me escolher. E, por ironia do destino, todos nós ouvimos:

— Eu não vou escolher ninguém — afirmou olhando para nós com certo nojo. Por favor, reprove todos eles.


Notas Finais


História de Mundo: Parte 05
No total, foram construídas 24 metrópoles flutuantes que receberam o nome de letras do alfabeto grego. Mais tarde, os ricos criaram os famigerados testes para colocar magos para lutar entre si em troca de livre acesso de uma cidade para a outra. Assim, os ricos fizeram um esquema de apostas por cima disso.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...