História The Monster and Angel - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Tokyo Ghoul
Personagens Akira Mado, Ayato Kirishima, Hinami Fueguchi, Juuzou Suzuya, Ken Kaneki, Kishou Arima, Koutarou Amon, Nishiki Nishio, Personagens Originais, Rize Kamishiro, Seidou Takizawa, Touka Kirishima
Tags Kaneki, Romance, Tokyo Ghoul, Touka, Touken
Visualizações 184
Palavras 2.342
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Hentai, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 15 - Dez Dias


Fanfic / Fanfiction The Monster and Angel - Capítulo 15 - Dez Dias

FLASHBACK PASSADO DE KANEKI


   1 Ano atrás


 Domingo 7:35 da manhã


 Eu estava em uma cadeira em uma lugar todo fechado, o chão era como se fosse uma tabuleiro de xadrez, eu tinha prometido que aguentaria qualquer tipo de tortura para eles pararem com isso,minhas mãos estavam presas contra a cadeira,a porta a alguns metros de mim se abre e Jason entra fazendo os sons de seus passos ecoarem pelo lugar eu já Comecei a sentir um forte calafrio nesse momento. Ele vinha com uma mesa de rodinhas com um pano por cima dela me impedindo de ver oque estava ali em cima. Ele deixa ela em ao meu lado.


 -Sabe Kaneki, isso vai ter um pouco de ressentimento OK..quando você me torturou aquele dia,eu senti uma dor tão grande... e vou fazer você sentir ainda mais pior.-Ele diz com sua máscara,ele retira o pano de cima e eu vejo algumas ferramentas e outras coisas eu começo a tremer bastante.-Vamos começar o seu primeiro dia bem devagar.-Ele pega um alicate e se aproxima de minha mão.-Eu quero que co te cada membro caído pelo chão durante esses dez dias ok.-Ele diz e começa a esmagar meu dedo indicador com o alicate e depois puxa arrancando ele fora e me fazendo gritar de dor.


 -AHHHHHHH!!!-Grito,ele começa a arranacar os outros em sequência me deixando gritar cada vez mais ele dava risada com aquilo, ele vai para minha mão esquerdo e começa a fazer o mesmo que fez com a direita e eu era obrigado a contar quando meus dedos caíam e o sangue sujando o piso que na minha opinião era lindo.


 

2°Dia...


 Segunda 7:35 da manhã..


 Eu acordei com um jato de água bem fria em meu corpo,senti meu corpo tremer quando abro meus olhos com dificuldades eles estavam inchados por causa do meu choro.Vejo Jason com o baldo que usou para jogar água em mim,ele coloca no chão.


 -Hmm..seus dedos já se regeneraram,pelo visto ainda está bem...mas por quanto tempo né.-Ele pega uma tesoura meus labios começam a tremer quando ele abre minha boca e puxa minha língua para fora.-Lembra quando você fez isso comigo.-Ele diz sorrindo, eu começo a tremer e a chora e sinto a tesoura cortar minha língua aos poucos me deixando agoniado e sentindo uma dor imensa eu me contorcia na cadeira.Ele arranca minha língua fazendo minha boca jorrar uma enorme quantidade de sangue eu não conseguia gritar mas continuei contando.-Há há há há...que divertido que divertido...-Ele gritava balançando a minha língua.-Estou me divertido bastante e é só o segundo dia...-Ele diz e pega um alicate e começa a arrancar alguns dentes meus,ele ria cada vez mais com isso,e eu chorava.-Há a há há....


 

 3°Dia


 Terça 7:35 da manhã...


 Eu nem conseguir dormir direto, eu só sentia o gosto do meu sangue em minha boca e o chão todo sujo, meus dentes já se regeneraram e minha língua também, mas eu sentia minha regeneração ficar mais fraca.A porta se abre já me fazendo tremer de medo,vejo Coruja se aproximando de mim.


 -Uau...e né que você está conseguindo.-Ela diz olhando para o meu rosto acabado.-E como recompensa eu vou te dizer um negócio interessante...sabia que café engana a nossa fome, é a única coisa humana que podemos tomar.-Fico curioso com a resposta dela.-Bem estou indo... Jason está vindo.-Quando ela diz isso eu começo a chorar quando Escuto os leves passos dela sumir e Escuto os de Jason se aproximar de mim.


 -Bem e oque vai ser hoje...que tal isso.-Ele diz pegando uma furadeira e a coloca em meu joelho fazendo meu sangue novamente sujar o chão e eu contínuo contando enquanto e Escuto aquela risada macabra dele.



 4°Dia


  Quarta 7:35 Da manhã...


 Sinto uma pequena Dor em meu joelho pelo visto ele não se regenerou por completo ainda, escuto o barulho dos passos deles e eu já começo a ficar nervoso se eu quiser sair disso já poderia ter saído,mas su acho que a coruja irá cumprir com sua palavra. Ele abre a porta e vem assobiando e estralando seu dedo eu olho para ele um pouco irritado e vejo ele com um maçarico e uma pequena faca ele começa a queimar a faca deixando ela bem quente, ele vai para trás da cadeira e começa a passar aquela maldi faca em meu braço e o maçarico queimando junto,aquilo me deixou muito nervsoso mas aguentei a faca ficava cada vez mais funda e eu gritava sem parar e ele ria com tudo isso.


 -Sempre quis ver como o fogo funciona conta um Ghoul... he he he ...-Ele ria e cortava mais os meu dois braços, depois ele pega uma centopéia que era roxa e vermelha eu com a dor de meus braços tive que aguentar aquele bicho entrar em meu ouvido eu começo a dar uma gargalhada quando sinto esse inseto entar na minha cabeça sentido suas perninhas coçando cada parte.-Que divertido Kaneki!!!-Ele grita estralando seus dedos, ele pega um alicate e começa a arrancar minhas unhas e em seguida ele começa a quebrar meus dedos.



 5°Dia.


 Quinta 7:35 da manhã...


 Era o quinto dia e eu já estava quase desistindo, dois dedos meus ainda estavam quebrados e meu braço não se regenerou por completo por causa das chamas e os cortes ardia e pulsava,eu estava agoniado sentido a centopéia em minha cabeça que não me deixou dormir as vezes me dava um ataque de nervsoso.Fiquei lembrando da garota e sempre que eu lembro dela me faz querer cumprir esses dez dias por isso ainda não desisti.


 -F..Fa...Falta p...pouco...-Digo com dificuldades,Escuto alguns passos rápido se aproximarem ergo minha cabeça com dificuldade e vejo Rize sorrindo.


 -Coitado... mas saiba que Você escolheu ficar aí...não sei por que decidiu agir daquele jeito por causa de duas humanas, aposto que elas não teriam coragem de ficar sendo dez dias torturadas não acha...para de ser bobo e volta a ser quem era...-Ela diz lambendo o sangue de meu rosto.-Vamos continuar oque começamos naquela vez.-Ela vai até o zíper de neu short e tenga colocar a mão em meu membro.


 -Saia daqui..._Digo fazendo ela parar com sua mão,do um sorriso para ela,mas não um normal e sim um macabro.-Antes que eu te devore membro por membro...-Começo a babar e ela se assusta caindo no chão Jason se aproxima e ela corre.


 -Tortureo com mais violência... pelo visto ele ainda não aprendeu ainda...-Ela diz zangada e eu volto a olhar o chão sujo do meu sangue. Jason se aproxima com algumas agulhas.


 -Não achei legal tratar uma dama daquele jeito...-Ele diz erguendo minha cabeça e sinto a agulha furar meu olho direito fazendo sair um pouco de sangue a dor que eu senti foi enorme mas não Gritei,só Gritei depois que ele bate nela com um martelo fazendo ela ir mais fundo, ele começa a rir de novo e pega alguns pregos e começa a martelar sobre os dedos do meu pé com força que fez ate alguns caírem.



 6°Dia


 Sexta 7:35 da manhã...


 Acordo tonto com meu corpo pendurado sobre algumas correntes, eu estava apenas de short não sei oque aconteceu com minha camisa só vejo Jason pegando algumas ferramentas em sua mesa de tortura, eu nem.consgio tentar me mexer meu corpo estava muito cansado.


 -Desculpe... mas você estava demorando de acordar que eu não tive escolha.-Ele diz com uma pedra em brasa.-Vamos brincar com fogo de novo OK.-Ele diz e colcoa aquilo sobre meu peito me fazendo gritar de dor aquilo vai queimando mais fundo,em seguida ele pega uma tesoura de jardim e começa a cortar um pouco da minha pele começo a cuspir sangue sujando tudo e ele começa a rir que nem louco de novo.-He he he ehe...você está começando a se regenerar pior,já está começando a ficar com cicatriz em vez de ficar com o corpo ótimo... e seus braços estão vermelhos de queimado..há há aha Ah...você não caie conseguir Kaneki.



 7°Dia


 Sábado 7:35 da manhã...


 -He he...-Começo a rir, eu estava enlouquecendo as dores do meu corpo só pioravam, meu braço ficou queimado por que não conseguiu se regenerar por completo e meu peito ficou com algumas também.-A-Amor...será que um dia eu conhecerei isso...-Digo recobrando minha consciência.


 -Kaneki...já está acordado não é.-Escuto a voz dele novamente e tudo começa a voltar ao normal,ele começa a me torturar sem do e nem piedade, ele me eletrocutava diversas vezes, não estava aguentando, Comecei a sentir meu coração bater mais devagar, fico espumando pela boca e fico tonto.-Opa...


 -Jason..-Escuto a voz da coruja e vejo ela com a minha visão embaçada.-Não é para matar ele...e pelo que vejo ele não vai aguentar muito... os últimos dias você não poderá usar esses métodos muitos pesados... não quero que ele morra ele ainda tem o potêncial que eu preciso.-Ela diz e depois some.


 -Sortudo vai receber uma calma nos últimos últimos dias...mas não deixa de ser uma diversão né Kaneki..-Ele diz e eu apago.



 8°Dia


 Domingo 7:35 da manhã...


 Sinto uma respiração pesada sobre o meu pescoço,abro meus olhos e vejo Uta bem perto rindo,eu olho para ele com meu olho todo vermelho.


 -Nossa... estou impressionado,você ainda está vivo...esta me surpreendendo, já está oito dias sem comer absolutamente nada,incrível... mas acho que você não vai aguentar mais.-Ele diz e começa a sair,Escuto seus passos sumirem junto com o som do passarinho que consegui ouvir.Escuto os estralar dos dedos que arrepiavam cada espinha de meu corpo, eu olho para ele que estava de apenas com um alicate.


 -Por ordem da coruja... ela deixou eu usar apenas isso nos último dias,Fiquei um pouco desanimado... isso tina graça só no início... mas vamos começar certo.-Ele diz e e começa a apertar a pele de meu rosto com força e arranca um pedaço eu começo a chorar e ele pega eu pelo cabelo e começa a rir bem perto da minha cara enquanto puxa minha pele com força. Mas faltava poucos dias,eu sei que vou conseguir.



 9°Dia


 Segunda 7:35 da manhã...


 Não sei direito eu estava tão delirado que vi a imagem de uma criança em meu colo e uma mulher do meu lado eu não conseguia ver seu rosto apenas o da criança, e ele se parecia comigo mas quando tento passar a mão em seu rosto sou acordado com um enorme soco em minha barriga que me faz cuspir sangue.


 -He he he...hoje vai ser com minhas próprias mãos.-Jason diz me dando varios socos em meu rosto e em alguns lugares que estavam muito ferido,seu braço era bem forte e perigoso que era capaz de matar uma pessoa com suas próprias mãos.-Opa não desmaia eu quero me divertir mais um pouco.


 -J-J-Jason...-Digo cuspindo sangue.-Amanhã é o ul último... espero que esteja pronto para não comer mais carne humana.-Digo sorrindo e ele fica mais nervoso e começa a me atacar com aind mais força,mas eu sorria por que Amanhã seria o último dia e eu sei que conseguirei.



 10°Dia


 Terça 7:35 da manhã...


 Eu estava acordado olhando para o chão com meu sangue seco,eu ofegava enquanto alguns dos meus fermentos se curavam meu olho direito estava roxo e meus labios todo cortado, Escuto vários passos se aproximarem do lugar em que eu estava a porta se abre e vejo Jason,Uta,Rize e Coruja os quatro líderes da Aogiri.


 -Você me impressionou Kankei...conseguiu mesmo.-Coruja diz se aproximando de mim.-Aguentou dez dias sem comer carne humana e ainda mesmo com a regeneração fraca conseguiu sobreviver dez dias ser torturado com castigos pesados.-Ela diz e eu contínuo olhando para o chão.


 -Mas fez isso de besta..-Jason diz rindo e estralando seus dedos Escuto o barulho do Kagune dele e ele se aproximar.-Coruja permitiu que matassemos há há ahha...-Ele diz.


 -Sinto muito Kaneki não podemos ficar sem comer, então acho que passou por isso de besta.-Diz Rize fazendo seu Kagune.


 -Vocês...-Digo erguendo minha cabeça.-São mesmo irritantes...-Digo sorrindo,Jason da um risada e vem em direção a mim com uma velocidade incrível mas eu me sinto das algemas e agarro em seu pescoço, ele geme e me joga longe eu Caio em pé e começo a limpar minha boca.-Que horrível...-Ele percebe que o lado de seu rosto começa a sangrar.


 -Você... arrancou um pedaço de mim...-Ele diz assustado,senti uma pequena diferença em meu corpo.Rize vem em minha direção com seu Kagune mas eu me esquivo e tento dar um chute nela no ar,mas ela agarra meu pé.


 -Só isso.?-Ela pergunta apertando minha perna, eu giro meu corpo quebrando o joelho e em seguida minha perna assim consigo acertar com meu outro pé em seu rosto fazendo ela sair girando e atingir a parede,coloco meu pé quebrado no chão que volta ao normal em segundos.


 -Vocês acham que depois de tudo isso que passei...isso vai doer?..-Digo com um olhar sério, Jason me ataca por trás me jogando para longe batendo na parede e fazer uma poeira.


 -Há há aha...vou te matar e depois te devorar.-Ele diz,mas eu faço o mesmo que ele estralo meu dedo e olho para ele sorrindo, aos poucos meu Kagune diferente sai.-Oqu..Oque diabos é isso...


 -Minha vez...Jason..-Meu Kagune estava como se fosse uma centopeia e senti ele bem mais forte.


 -Esse é o potência dele...-Coruja diz aplaudindo ela vem com tudo para cima de mim mas eu me defendo e jogo ela contra a parede ela vem rapidamente outra vez com um chute mas meu Kagune centípede bloqueia e arranca um pouco do vestido dela.-O cabelo dele ficou branco e as unhas pretas... e como eu disse...ele é o escolhido.-Vou com tudo para cima dela mas Escutamos um barulho e vários tiros,um dos Ghoul das Aogiri sobe sangrando.


 -Pombos!!!-Ele grita e é cortado no meio, eu abro um buraco na parede.


 -Um dia eu vou fazer vocês se arrependerem por tomar essa decisão.-Digo olhando para coruja.


 -Não Kaneki... nós vamos te destruir com essa decisão sua,só aí então você irá voltar para nós.-Eu sinto um peso em suas palavras mas aceitei essa sua ameça acho que metade deles na saem vivo hoje, eu pulo pelo buraco que fiz na parede e fico pensando nesses meus últimos dez dias...


FIM DO FLASHBACK


Notas Finais


Comentem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...