História The Monster (Jason The ToyMaker) - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bendy and the Ink Machine, Jeff The Killer, Lendas Urbanas, Slender (Slender Man)
Personagens Bendy, Boris the wolf, Henry, Jeff, Joey Drew, Personagens Originais, Sammy Lawrence
Tags Amor, Creepypasta, Drama, Hentai, Jason The Toymaker, Jeff The Killer, Slender, Terror, Violencia
Visualizações 54
Palavras 1.441
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Droubble, Ficção Adolescente, Harem, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Cheguei gente!
Aqui mais um capítulo quentinho saído direto do forno pra vocês.
E bem eu também sou loucamente apaixonada por Amor Doce e vou usar as imagens do Armin e do Alexy como os gêmeos telepata e tal... Mas agora vamos ler!
Espero que gostem bjs meus killers!

Capítulo 8 - Revenge


Fanfic / Fanfiction The Monster (Jason The ToyMaker) - Capítulo 8 - Revenge

- Aparece seu maldito! – Jeff gritou e o mesmo estava a todo momento tentando se concentra em onde os gêmeos estavam 

- Amor? – o mesmo virou pra trás e viu Jane de costa para sí – Por que me machucou assim Jeff? – a mesma se virou e Jeff viu a pior coisa naquele dia, o rosto de sua amada completamente desfigurado 

Ele havia feito aquilo de verdade, e convivia com essa dor guardada dentro de sí, ele magoou a pessoa que mais amou em sua vida humana e continua amando na sua viva de sangue.

Jeff sentiu uma dor de cabeça insuportável e o mesmo se ajoelhou ao chão com as mão na cabeça. 

- Ahhh! Sai da... Minha.... Mente! – o mesmo recebeu um soco em seu rosto desmaiando no chão 

- O que vamos fazer? – perguntou Henrique aparecendo e logo seu irmão pareceu 

- Vamos deixá-lo aqui mesmo, faz o feitiço de sonhos e deixa ele preso nele. Tenha bons pesadelos Jeffrey. 


•••


- Anna você viu o Jeff? – perguntou Sally 

- Não princesa, que tal irmos brincar juntas? – a morena se abaixou ficando na altura da pequena – Vamos lá Sa...

- Não! – a mesma olhou para cima e viu Ben – Vem Sally eu vou brincar com você hoje. Bora princesa. 

- Você quer que a gente se livre dele? – perguntou Henrique a parecendo ao lado de Anna 

- Por favor, faça isso com os dois. – a mesma sorriu – Agora eu tenho que ir conversar com uma pessoa.

Anna desceu as escadas e avistou Jack e Bloody Painter. 

- Olá Laughing, olá Bloody. – a mesma sorriu e passou pelos dois

- Ela me chamou de Bloody, a única que me chamava assim era a.... – Helen olhou novamente para Anna e viu a mesma sair da mansão –.... Flora! 

16 Anos Atrás – Flashback On

- Bloody por favor!

- Não posso fazer isso Flora, o erro é seu. E machucar uma pessoa inocente não vai lhe fazer feliz, vai lhe fazer muito mau! 

- Se não vai fazer isso por mim... – a mesma pegou uma faca e tentou enfiar a mesma em sua barriga mas alguma coisa fez com que Flora ficasse parada, a mesma estava imóvel –... Meninos me soltem por favor! 

- Você quê machucar ela! – gritou o garoto 

- Henrique, Vinicius. Eu não vou machucá-la! – a mesma sorriu e continuou chorando – Por favor...

- Soltem a irmã de vocês! – pediu Helen 

- Por que você fez o pacto com aquele homem? – perguntou Henrique 

- Você não vai entender pequeno, mas eu vou lhe contar um dia, e pra você também Bloody. Irei lhe ajudar a terminar esse desenho eu prometo. – a mesma sorriu

                         OoOoOoOoOoOoO

- Você não pode me matar Bloody! – a mesma gritou e tentou enfiar a faca em seu amigo 

- Me desculpe Flora! – Bloody enfiou a faca no peito da mulher e a mesma caiu em seus braços 

- Eu sou... A única que... Podia controlar eles... Agora sofram... As consequências! – a mesma olhou para a porta e viu seus dois irmãos 

- FLORA!!! – ambos gritaram e a casa começou a tremer os olhos dos gêmeos ficaram completamente negros e Bloody Painter tentou se levantar mas os gêmeos entraram em sua mente 

- SAIM DA MINHA CABEÇA!!! – o mesmo se ajoelhou ao chão 

Flashback Off 

Helen saiu correndo para fora da mansão e o mesmo entrou na floretas correndo rapidamente, e acabou vendo uma pessoa desmaiada logo a frente. O moreno viu que era Anna e se aproximou da mesma a virando de frente. 

- Ei Anna acorda, por favor acorda! – o mesmo deu alguns tapinhas no rosto da mesma e a jovem abriu os olhos e Helen viu que os mesmos estava pretos como eram antes – Você está bem? 

- Quem é você? Onde eu tô? 

{Liberte-me desse inferno

Eu não consigo escapar desse sofrimento

Por favor, salve o eu que está sendo punido}


- Anna eu sou o Helen... 

- O que você é pra mim? 

- Eu... Bom eu... Eu sou seu namorado! – o mesmo a abraçou e Anna correspondeu 

- Que feio Bloody, mentindo para a sua amiga. – o mesmo sorriu e se separou de Anna vendo os olhos vermelhos da mesma 

- Quem tá mentindo é você.... Flora! – o mesmo a puxou – Como conseguiu entrar no corpo da Anna? 

- Não entrei, apenas troquei de corpo com ela. Zalgo manteve minha alma dentro de uma esfera de cristal e quando eu soube que minha filha estava viva e que seria a nova creepypasta, pedi para Zalgo transferir minha alma para o corpo de Anna. E aqui estou, a alma da Anna está na esfera onde eu estava. – a mesma sorriu diabólica 

- Por que ta fazendo isso? 

- Por que eu quero me vingar do monstro que me trouxe pra mansão, quero matar o monstro que me assombrava debaixo da cama. Eu irei matá-lo a todo custo! 

- Mas o Slender nunca te fez mau Flora, por que sente esse ódio por ele? – perguntou Bloody 

- Mas eu não disse que era o Slender, nunca foi ele, eu não tenho nenhum motivo para matar a pessoa que sempre cuidou de mim e que eu amo. Helen na hora certa você vai saber, e vai proteger a Anna, ele deve já está indo atrás dela agora mesmo. – a mesma sorriu 

- Você agora se importa com ela? 

- Eu sempre me importei com ela, só que ele me ameaçava levar ela de mim e se eu não pudesse ficar com minha princesa ninguém ficaria, já que ele queria fazer dela sua marionete. Foi por isso que tentei matá-la daquela vez, e todas as vezes. – Flora se virou e a mesma sentiu uma presença se aproximando – Ele ta vindo pra cá, não fale de mim por favor e lembre-se; proteja a Anna. – a mesma correu rapidamente e logo Helen viu Ben, Puppeteer e Liu 

- Ei Helen ta tudo bem? – perguntou o loiro 

- Ta sim, vamos embora. 

- Cadê a boneca? – perguntou Liu sorrindo malicioso 

- Ela não quê ser perturbada por ninguém, e aconselho a não chegarem perto dela. 

- Eu ainda vou tê-la pra mim um dia. – Liu começou a rir e Helen lembrou do que Flora lhe contou uma vez 

Flashback On

- Florinha, por que essa cara? – perguntou Liu sentando ao lado da mulher 

- Não é da sua conta Liu! 

- Aaah deixa de ser chata, vai sou seu amigo me conte o que houve. – o mesmo sorriu 

- Sai daqui Liu eu não gosto de você seu merda. – a mesma se levantou e foi subindo as escadas 

- Ainda tenho chance com sua filha! – o mesmo falou alto fazendo a mulher se virar e dá o dedo do meio para o mesmo 

- Vai te foder! 

- O que aconteceu Liu ?– perguntou Bloody que apareceu na sala junto de Candy 

- Estava tirando com a cara da Flora hahaha, disse que um dia eu ficaria com a filha dela. – o mesmo riu 

- Você sonha Liu, e é até bom hahaha sonhar faz bem. – falou Candy Pop 

Flashback Off

- Liu por que tem tanto interesse na Anna? – perguntou Ben e Bloody Painter saiu de seus flashbacks 

- Bom... Ela é uma gata e tem alguma coisa nela que me atrai muito, acho que é a frieza dela. – disse o irmão de Jeff 

- Vamos volta para a mansão logo! – falou o marionetista 

Enquanto isso na mansão creepypasta 

- Senhor coelho cadê você?! – Jason revirava sua estante de bonecas de cima a baixo e não encontrava seu amigo – Pra onde ele se enfiou? 

- Já tentou dá cenoura a ele? – o ruivo se virou lentamente vendo o homem de braços cruzados encostado na sua porta 

- O que está fazendo aqui? 

- Não vai dá nenhum abraço no seu pai Jason? – perguntou o homem e o mesmo se aproximou de Jason

- Você não é meu pai. – o mesmo se distanciou do homem – Agora saia do meu quarto!

- Tudo bem, mas... – o mesmo jogou um lado da orelha do coelho para Jason –... Vai ter que reconstruí-lo filho. 

- Seu maldito! – num piscar de olhos Jason prendeu o homem contra a parede e o mesmo o segurava pela gola da camisa – O que você fez com o senhor coelho? Me diz Papagrade!

- Eu não fiz nada.... Mas sua namorada sim, ela o rasgou por completo! 

- Anna não faria isso, eles eram amigos. 

- A Anna não é a Anna simples assim filho!

- Irei atrás da minha boneca. – Jason saiu do quarto as presas e o mesmo ao descer as escada da de caras com os gêmeos 

- Olá Toymaker! – falaram ambos juntos 

- Vocês? O que fazem aqui? 

Continua..... 


Notas Finais


Próximo Capítulo : Quem é o verdadeiro Monstro?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...