História The Moon Girl - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bullying, Drama, Romance
Visualizações 119
Palavras 2.038
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá pessoal
Cá estou eu de novo com uma nova fanfic, eu espero muito que vocês gostem.
Boa leitura

Capítulo 1 - A Lua


Fanfic / Fanfiction The Moon Girl - Capítulo 1 - A Lua

Kiara POV

Estava no meu quarto deitada na cama, fazendo o rascunho da minha próxima pintura, até que a porta se abriu, revelando Ruby com uma caixa embrulhada.

- Kiara, o seu presente chegou... - Ruby mal terminou de falar e eu dei um pulo da cama e agarrei o presente com muita felicidade.

- Nem acredito que chegou ! - Falei dando pulinhos de alegria, mas Ruby não estava com uma cara muito boa - O que foi ?

- O que foi ?! Você quase me matou do coração.

- Ruby, você é um espírito, não iria morrer - Falei voltando para minha cama.

- Eu não sou espírito qualquer, sou um espírito de gata, com uma joia na testa e que tem habilidades especiais - Ela falou voando até mim.Ruby era um espírito guardião, ela cuidava de mim desde que eu nasci somos muito amigas, ela preenchia solidão que eu passava naquela casa já que eu não tinha amigo nenhum.

- Ok, me desculpe senhorita espírita gata - Falei rindo e ela revirou os olhos.

- Você não vai abrir ? - Ela falou olhando pra o pacote.

- Claro que eu vou ! - Falei animada, e então​ eu rasguei o embrulho, e abri a caixa fiquei com uma enorme felicidade ao ver que tinha recebido justam o que eu queria.

- O que é isso ? - Ruby perguntou curiosa.

- São as tintas cristalinas que eu tanto queria.

- Mas, tem muita tinta ainda aqui.

- Essas são especiais, Ruby.

- O que elas tem de tão especiais ?

- Essas tintas são feitas com os cristais das cavernas que tem aqui, elas dão um efeito realístico pra pintura, e como se a pintura criasse vida.

- Entendo, por isso você estava tão animada pra receber elas... agora uma pergunta.

- Pode falar.

- O que pretende pintar com essas tintas ?

- Várias coisas, mas dentre elas, está aqui é uma das que eu mais quero pintar - Falei entregando o papel nas patas dela, quando ela viu o que era me encarou espantada.

- Kiara, você faz ideia do que é isso ?!

- Sim, são baleias e peixes voando no céu azul, com a água os acompanhado - Falei naturalmente mas Ruby permaneceu com a mesma expressão de espanto.

- Kiara, você sabe muito de onde essas criaturas são ?!

- Sim, são da terra.

- Então ! Se sabe de onde elas são nunca deveria ter tido essa ideia !

- Ruby, você sabe muito bem que eu sou fascinada pela terra.

- Mas você sabe muito bem que não deveria ser !

- Por que não ?

- Kiara, somos seres lunares, e você sabe muito bem que aqui a principal regra e nunca falar, fazer, nem ler nada relacionado a isso, é um tema proibido aqui.

- E eu acho essa regra estúpida, não vejo qual é o problema com a terra - Falei voltando a terminar os últimos detalhes do meu rascunho.

- Agora a pergunta que não quer calar é como você sabe que são criaturas da terra ? - Ela me encarou, e eu fiquei desviando o meu olhar do dela ao máximo que podia.

- Bem, eu... eu...

- Você foi no observatório de novo não é ?

- Bem...

- Sabia ! Você passou lá de novo.

- Admito, eu fui, mas é porque eu estava cansada de ficar estudando, e também eu estava entediada e então eu fui no observatório e acabei achando um livro sobre as criaturas da Terra então eu li.

- Ártemis do céu.. - Ruby falou batendo a pata na cara.

- Achei o livro muito interessante, tinha vários animais que eu nem sabia que existiam, o que eu mais gostei foram os golfinhos e os gatinhos.

- Que ironia não é mesmo ?!

- Mas Ruby como você sabia que era uma animal da terra ? - Perguntei a encarando curiosa, a mesma ficou desviando o olhar.

- É que... é um animal que não existe aqui na lua então eu achei que provavelmente era da terra.

- Ruby, pare de mentir.

- Ah tudo bem, eu admito que eu dei uma olhadinha nos livros de animais da terra...

- Viu só ! Até você está curiosa sobre a terra.

- Mas, nós duas estamos erradas em ficar olhando as coisas do observatório, se a sua mãe descobrir... ou melhor se o conselho celestial descobrir, estaremos com problemas.

- Eu não entendo o porquê de ser proibido entrar no observatório, é um lugar onde tem vários livros que você pode ler e se informar, é parecido com uma coisa que tem na terra chamada biblioteca.

- Pelo que eu soube, o observatório já foi um lugar onde todos podiam entrar, ler e se informar, mas agora virou um lugar proibido, onde eles guardam qualquer coisa que não seja relacionado a lua.

- Então, tudo que eles consideram proibido eles colocam lá ?

- Sim, você não sabia ?

- Mais ou menos porque sempre que eu perguntava alguma coisa relacionado a isso, nunca me respondiam.

- Algo deve ter acontecido no passado agora o que aconteceu possivelmente nunca saberemos.

- Mesmo assim, eu ainda quero continuar a ir para o observatório, gosto de ler coisas sobre a terra é bem mais interessante do que ler sobre as coisas da lua.

- Mudando de assunto, está animada para hoje ?

- Claro ! Hoje finalmente vou poder conversar com a mamãe, faz bastante tempo que ela não passa aqui em casa e ela me prometeu que iria dar um jeito de ficar aqui.

- E seus amigos ?

- Ruby, eu não tenho amigos somente você.

- Kiara tem que tentar fazer amizades.

- Eu tento Ruby, mas o pessoal daqui da lua é muito frio, quietos e sem graça, eu não sou como eles, e também eles ficam me chamando de esquisita o tempo todo, justamente por eu ser diferente.

- Entendi...

- Mas pelo mesmo vou ter você é minha mãe e a Karina aqui em casa.

- Por falar nela, que milagre ela já não ter vindo aqui reclamar de alguma coisa...

- Pode continuar assim, porque eu já sou obrigada a estudar na escola e ainda tenho que estudar aqui em casa, pelo menos no meu aniversário eu devia ganhar um descanso.

- Kiara ! - Mal terminei de falar é a Karina, minha tutora exigente e mandona, me chamou - Venha aqui.

- Ártemis me proteja - Falei encarando Ruby com um certo medo, mas sai do meu quarto e fui para sala onde Karina estava.

~*~

Assim que desci as escadas, pude ver Karina com os braços cruzados e com uma expressão nada agradável.

- Kiara-sama, precisamos conversar seriamente - Ela falou séria me fuzilando com o olhar.

- Karina, como você está ? Nossa tá diferente hoje, fez alguma coisa no cabelo ? - Perguntei tentando melhorar a minha situação mas nada adiantou, ela continuou com a mesma cara.

- Kiara-sama, eu gostaria de saber o porquê que não está se concentrando nos seus estudos, era pra ter ido pra sala a um tempo atrás.

- É que eu... esqueci - Inventei a desculpa mais esfarrapada que veio a minha cabeça, mas Karina não pareceu ter acreditado.

- Kiara-sama, e meu dever como sua tutora cuidar do seu bem estar e dos seus estudos, mas se não se dedicar nunca conseguirá atingir as expectativas da sua mãe e muito menos da povo da lua.

- Eu sei mas... eu já estudei hoje, e ainda mais é meu aniversário não podia dar um descanso pra mim ?

- Nos não celebramos esse tipo de data, a senhorita sabe disso.

- ...

- E por que a senhorita ainda está com a roupa que dormiu ?

- E que como eu estou dentro de casa não achei que precisava mudar de roupa...

- A senhorita e filha da líder do conselho celestial, é claro que precisa ! Imagina se chegasse um nobre aqui e visse você desse jeito... - Ela parou de falar quando olhou pra os meus pés - E posso saber por que está descalça ?

- Karina, os sapatos me incomodam, eu me sinto bem mais livre sem eles - Ela me repreendeu com um olhar.

- Francamente... bem de qualquer forma, vá calçar seu sapatos e vá para sala de estudos, estarei esperando lá.

Depois da enorme bronca que ela tinha me dado, ela saiu da sala, me deixando sozinha no silêncio absoluto, não vou negar que aquilo tinha me deixado um pouco triste, mas eu escolhi manter o meu sorriso no rosto, afinal hoje seria um dia muito bom, então depois de calçar meu sapatos eu fui em direção a sala de estudos.

~*~

Depois de horas estudando com Karina, eu finalmente sai da sala e fui voando pro meu quarto para trocar de roupa, queria estar bonita pra quando a mamãe chegasse, coloquei um vestido branco simples arrumei o meu cabelo coisa que eu raramente fazia e desci para a sala, juntamente com Ruby que tinha colocado um lacinho em seu pescoço.

~*~

O tempo foi passando e nada da mamãe chegar, ela estava demorando demais nesse tempo de demora eu fiquei conversando com a Ruby mas mesmo assim eu não parava de encarar a porta.

Quando a porta abriu, eu me levantei rapidamente de onde estava sentada e abri um sorriso.

- Mamãe... - Minha felicidade tinha sido interrompida na hora que eu vi que quem estava na porta era Karina e não a minha mãe.

- Kiara-sama, tenho notícias da sua mãe.

- Onde ela está ?

- Ela não vai pode vir, está ocupada demais com reuniões do conselho celestial.

- Mas, ela disse que viria...

- Ela disse que senti muito, e também falou que esperava muito que você aproveitasse o seu presente.

- Ela nunca pode vir....

- Kiara-sama, como líder do conselho celestial ela tem muitos deveres e responsabilidades a cumprir.

- É sempre assim ! Ela nunca pode vir pra nada, nunca aparece aqui em casa, ela nunca fala comigo pessoalmente, eu estou cansada disso ! - Quando percebi lágrimas estavam escorrendo no meu rosto, sai voando pra o meu quarto novamente e Ruby foi atrás de mim.

~*~

Cheguei no meu quarto e bati a porta com força, e depois a tranquei, depois aos pou fui escorregando na porta até que cheguei ao chão, abracei minhas pernas, enterrei meu rosto e comecei a chorar.

- Kiara não chore desse jeito, tenho certeza que sua mãe vai arranjar uma maneira de recompensar depois - Ruby falou tentando me consolar.

- Ela não vai recompensar, ela deve até ter se esquecido que tem uma filha !

- Kiara...

- Ela não apareceu em nenhum dos meus aniversários, desde que ela virou líder do conselho celestial, não sei porque acharia que ela iria vir no meu aniversário de 15 anos !

- Kiara, eu tenho certeza que sua mãe te ama, só que como líder ela tem muitas responsabilidades.

- Que eu saiba, ter uma filha também é uma responsabilidade, mas deve ser uma que ela não liga.

- Kiara...

- Mas, eu não vou ficar sofrendo por causa disso - Falei me levantando e pegando o presente que tinha ganhado mais cedo.

- O que vai fazer ?

- Me distrair, e botar em prática a minha pintura - Falei determinada e enxuguei as lágrimas.

- Onde está pensando em pintar ?

- Nas janelas - Falei então peguei as tinta.

Eu comecei a pintar, o desenho que eu tanto queria, estava botando meus sentimentos nele todas as minha emoções e desejos estavam sendo colocados naquela pintura, eu já não estava nem mais ligando para o que Karina iria falar, eu precisava fazer aquela pintura.

Depois que eu terminei a pintura, eu resolvi fazer outra na última janela que tinha no meu quarto, só que nessa janela eu pintei a terra, pintei as coisas que eu tinha lido nos livros, assim que eu terminei Ruby ficou olhando as duas pinturas que eu havia feito com uma cara pensativa.

- Me diga Kiara, por que na janela ?

- Porque sempre que olhar para janela, eu vou poder ver o que eu sempre quis , e colocando na janela eu quiser dizer que meus sonhos estão lá fora, que a única coisa que preciso fazer e sair dessa prisão - Falei guardando as coisas.

- Você realmente é sonhadora, Kiara.

- Eu ainda vou fazer esse sonho se tornar realidade, Ruby - Falei e me joguei na cama, e fechando os meus olhos.

- Algo me diz que isso não está longe de acontecer - Ouvi uma risada dela, e depois cai em sono profundo.

Eu irei conquistar meus sonhos, custe o que custar.


Notas Finais


Eu estava com essa fanfic na cabeça a muito tempo, queria postar depois mas não aguentei de ansiedade.
É minha primeira fanfic original, então espero que gostem.
Essa fanfic também será postada na wattpad, quem quiser ver o meu perfil é o mesmo do que daqui do Spirit.
É essa fanfic será postada apenas nos sábados.
Até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...