História The nerd and the popular - Fillie - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Fillie, Finn, Finn Wolfhard, Maddie, Maddie Zingler, Millie, Millie Bobby Brown, Noah, Noah Schnapp, Sadie, Sadie Sink, Soah, Stranger Things
Visualizações 108
Palavras 1.320
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Você provavelmente chegou aqui pela minha outra fanfic namorada de mentirinha, obrigada pra quem me ajudou a escolher o tema da fic, beijinhos 😘😘😘
Boa leitura ❤️❤️❤️

Capítulo 1 - Desafios e Dinn Frank.


Pov narradora.

Millie acordou ao mesmo tempo que seu celular de capinha rosa, tocou o despertador.

Ela acordou trêmula, com a respiração pesada e suando frio, ela tivera mais um daqueles pesadelos que a assombravam.

O mesmo homem de touca preta, com uma faca e um saco na mão se aproximava, ele ria histericamente enquanto via Millie se contorcer de dor, ele se aproximava e colocava a faca no pescoço dela, ela não se mexia, estava paralisada.

Bobby Brown vinha sonhando com esse mesmo sonho há alguns dias, ela tinha medo de dormir achando que poderia sonhar com isso, às vezes ele nem conseguia dormir.

Respirou fundo, criou coragem e se levantou da cama, tomou um banho rápido, colocou calças jeans, um ALL star preto e uma camisa rosa que deixava à mostra seu umbigo.

Deixou seu cabelo solto, pegou sua mochila e desceu as escadas, ela mora com seu pai, que mal para em casa, vive no trabalho, sua mãe mora na casa do novo namorado dela, Kelly nunca vem ver Millie, seu pai já havia saído,ela não comeu nada, pois estava sem fome, saiu de casa em direção à escola.

Lá ela encontrou suas amigas, Maddie e Sadie.

-Você não sabe quem me convidou pra sair, Millie!- Sadie mal esperou a amiga chegar e a bombardeou de novidades.- Noah! Noah me chamou pra sair, Mills!.

-Só usem camisinha, tá legal?- Millie sentou-se ao lado amiga, ela não estava de bom humor hoje.

-Hug!- Maddie balbuciou ao lado das amigas e fez cara de nojo.

-Vocês são bem babacas sabiam?- Sadie riu.

Logo estavam na hora do intervalo, Millie ainda permanecia sem fome, como sempre, mas ela preferiu pegar um saquinho laranja do famoso salgadinho Cheetos, seu pai sempre diz pra ela comer algo, ela poderia desmaiar, ou algo do tipo.

Logo estavam as três amigas comendo seus respectivos lanches.

-Vamos brincar de desafios!- Maddie riu e mordeu sua maçã.

-Okay!- Sadie concordou.

-Eu vou fazer um desafio pra Sadds, ela faz pra Millster e Millie faz pra mim.- Maddie explicou as regras do jogo enquanto bebericava seu suco de uva.

-Tá começando a ficar interessante.- Millie pegou mais alguns salgadinhos.

-Pode começar, Mills!- Maddie sorriu.

-Fala pro Jack que ele deve ter um pau grande.

-Porra!- Maddie se levantou do banco.- você pega pesado, garota!- disse antes de se dirigir a Jack.

Ele estava conversando com alguns garotos, quando Maddie chegou e se apoiou à bancada, onde ele estava, ele encarou ela por alguns instantes, até que a morena disse:

-Seu pau deve ser grande, Jack.- ela soltou.

Jack ficou surpreso por alguns instantes, então sorriu de lado, deu um último gole no seu suco, amassou a caixinha e jogou na cesta de lixo, como se fosse uma bola de basquete, prensou Maddie contra a parede e sussurrou em seu ouvido.

-Por que não confere depois, Madds?

Ele se afastou e olhou nos olhos da garota, depois a deixou lá.

Maddie sorriu, ela tinha que admitir, sempre teve uma quedinha por Jack...

Voltou pra mesa sentindo turbilhões de emoções.

-Minha vez!- Sadie gritou.

-Tá, tá, calma.- Maddie se ajeitou em seu lugar e pensou um pouco no desafio que daria pra Sadie.- Posta a foto do dia da pizza no Instagram.

Maddie se lembrou do dia da pizza: 

Sadie, Maddie e Millie foram comer pizza, até um certo instante, Sadie derrubou molho por todo e seu rosto e cabelo, ela achou engraçado e tirou uma foto.

-Não!- Sadie disse ríspida.

-Vai!- Maddie instituiu.

-De jeito nenhum! Fala outro desafio!- Sadie estava certa de que não iria postar aquela aberração no Instagram.

-Cancela o encontro com o Noah ou posta a foto...- Maddie sorriu fazendo a proposta.

-Eu. Te. Odeio. Zingler!- Sadie gritou enquanto abria o Instagram, procurou a foto por alguns minutos, e a postou, com a legenda "Dia da pizza com as amigas!!! 🍕🍕🍕" E marcou Millie e Maddie.

-Acho que é a minha vez!- Millie disse levando um dos braços.

Sadie sorriu, ela daria o desafio.

-Fala com ele.- Sadie apontou pra Finn Wolfhard, ele comia salada, e ao seu lado estava um potinho de iogurte, ele lia um livro tranquilamente.

-Falar o que?- Millie perguntou.

-Tanto faz!- Sadie respondeu.- fala qualquer coisa, só conversa com ele.

-Tá bom...- Millie se afastou da mesa e foi até o outro lado da cantina, onde estava Finn, Millie levou seu pacote de salgadinhos, ela não estava com fome mas aquele negócio era bom!

Ela se sentou ao lado de Finn e ficou o observando enquanto lia seu livro.

-Oi!- ela disse, tentando ser simpática.

-O que você quer?- ele bufou e rolou os olhos.

-Credo!- Millie se assustou com a ignorância do garoto.- não dá pra você ser menos grosso e estranho?- ela perguntou devorando o Cheetos, que mais cheirava a chulé do que a queijo!

-Eu só quero ler meu livro, em paz!- ele falou e tentou voltar ler seu livro.

-Hum...- ela murmurou enquanto comia seu último salgadinho, jogou o pacote no lixo e limpou as mãos na blusa.- Que livro é esse?- ela perguntou curiosa.

-"O diário de Anne Frank."- ele respondeu e levantou o livro pra que Millie pudesse observar melhor a capa.

Millie riu histericamente, quase se engasgando, ele esperou ela terminar de rir, enquanto ela respirava e recuperava o fôlego, ele perguntou:

-O que foi agora?- ele já estava sem paciência.

-Essa menina é igualzinha a você!- ela disse e voltou a rir, ele revirou os olhos.

-Ah meu Deus!- ele disse, ele estava literalmente sem paciência.

-É sério!- ela disse.- Tem certeza que seu nome não é Dinn Frank?- ela riu mais um pouco.

-É Finn!- ele a corrigiu.

-Ah, desculpa.- ela ficou sem graça.- Mas ainda acho que ela seja sua mãe!- Millie disse e Finn ficou inconformado com a falta de cultura da garota.

-Anne Frank morreu antes de completar 16 anos!- ele disse.- e mesmo que não tivesse morrido, ela teria idade pra ser minha avó.

Millie ficou surpresa com as revelações do livro.

-Do que se trata o livro?- ela perguntou, agora, literalmente interessada no livro.

-Anne Frank foi uma garota, que viveu no auge da Segunda Guerra Mundial, em meados de 1939 a 1945, ela ganhou um diário, o nomeou de Kitty e escrevia tudo nesse diário! 

Millie ficou boquiaberta.

-O que é meados?- ela perguntou, mas não deu tempo pra ele responder.- o que foi exatamente a Guerra Mundial, e quem dá um nome pra um diário? Principalmente "Kitty"?- Millie riu.

Finn revirou os olhos, deixou o livro de lado e apoiou as mãos na mesa, em frente à garota.

-Deixa quieto, você não ia entender.

-Então me explica.- ela pediu, colocando sua mão por cima da de Finn. 

Finn estranhou tamanha intimidade e puxou sua mão pra si.

-Tudo bem...- ele suspirou.- no aniversário de 13 anos de Anne, ela ganhou um caderno de capa dura de tecido xadrez, vermelho e branco...- Finn sorriu.- originalmente era pra ser um caderno de autógrafos, mas Frank gostava muito de escrever, então, o transformou em um diário, e... 

Finn explicou toda a história, tim tim por tim tim, tudo que aconteceu com Anne, Finn já leu aquele livro mais de três vezes, sabia toda história de trás pra frente e de frente pra trás, sabia tudo de cor e salteado, conhecia aquele livro como a palma de sua mão.

Millie estava encantada, literalmente maravilhada, tanto pela história, tanto pelo garoto que a contava, eles passaram o intervalo todo conversando sobre.

-Eu tenho que ir agora, Finn.- Millie sorriu entristecida.

-Tudo bem.- ele respondeu, tentando não se apegar tanto à garota.

Millie se aproximou de Finn, estavam a apenas alguns centímetros de distância, Finn achou que ela iria beijá-lo, Millie apoiou sua mão na perna de Finn, encarou o garoto de sardas por um tempo e então... Pegou o celular dele do bolso da calça do menino.

Ele ficou sem entender.

Millie teclou um pouco e depois devolveu o celular pra Wolfhard.

-Coloquei meu número nele.- ela deu uma piscadela e se levantou, colocou a mão no ombro de Finn, se aproximou e deu um beijo em sua bochecha, ela sentiu o calor nas bochechas do garoto.- Ah...- ela disse ainda ao lado do rosto do rapaz.- 1,2,3,4 é uma senha muito fácil...

Disse e saiu rebolando até suas amigas.


Notas Finais


🍕 Lalalalala gostaram??

🍕Deixem a opinião de vocês, isso me incentiva muito a continuar a história e eu juro que respondo todos os comentários!! 💕

🍕 Vocês acham que o Finn é parecido com a Anne Frank? Eu acho muito ksksks.

🍕 Até qualquer dia!!! ❤️❤️❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...