História The Nerd And The Popular -Jikook- - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Amor, Daddy, Fofo, Jikook, Jimin, Jungkook, Lgbt, O Nerd, O Popular, Romance
Visualizações 86
Palavras 1.527
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, FemmeSlash, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Fluffy, Harem, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Sci-Fi, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Slash, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Um novo amigo


Fanfic / Fanfiction The Nerd And The Popular -Jikook- - Capítulo 2 - Um novo amigo

Ah.. merda..

-----------------------------------

Acabei apagando aquele dia...

Até que acordo em uma cama macia ...eu estava na sala de repouso da enfermaria ..

Quem me trouxe aqui?... da última vez me lembro de ter desmaiado no canto da escola .. me sento na cama e abro as cortinas que estavam em volta de mim ... até que vejo um cara belo deitado em uma poltrona dormindo ..sua boca estava semi aberta e ele estava sentado relaxadamente 

Ele que me trouxe pra cá?.. Devo acorda-lo? 

Parece que ele leu meus pensamentos e começou a se mexer , fico sentado te observando até que ele abre seus olhos , seu cabelo estava bagunçado igual ao meu.. 

Ah..você acordou.. está melhor?

Diz ele se levantando e se aproximando da cama dando pequenos passos e apoiando a mão na grade de proteção lateral (e aquela grade que fica do lado da cama hospitalar) 

----

Digo sim com a cabeça enquanto me sentava melhor 

Eu te vi deitado no canto da escola , fiquei preocupado que fosse algo mais grave! Que alívio 

Obrigado pela ajuda....

Que nada..Seu nome?

Jim in .. Par k   Jim in...

K i m   W o o  Ji n, prazer Jim in !

Posso te chamar de ,H y u n g?

Só se me deixar te chamar de ,Ma k na e 

Claro.. 

Acabo sorrindo tímido e ele sorri junto comigo 

Pode me dizer o quê aconteceu pra você estar caído lá?

Meu sorriso desaparece aos poucos 

N-não posso dizer.. 

Ah ... tudo bem , não irei te forçar ! 

Ele sorri o máximo que consegue , depois sorrio também por ele me entender 

Conversamos por um longo tempo até que lembro que tenho que ir trabalhar , estava anoitecendo 

Me levanto correndo da cama , pego minha mochila e o mais alto me impede 

Hei , a médica disse que você está se alimentando pouco... não vai trabalhar nessas condições né?  Pelo menos me diga que você vai de carro..

Na verdade vou de ônibus ...

Está maluco ? ir de ônibus agora?  eu te levo .. pelo menos ficarei mais tranquilo 

T-tá...obrigado de novo..

Que nada

Ele acaba levando minha mochila por quê ainda estava com um pouco de dor .. então ele me leva até o carro dele e me faz entrar , era elegante e bonito.. fiquei envergonhado a viajem toda... até que chegamos na loja 

Você trabalha em uma loja de conveniência ?

Sim.. a tarde eu trabalho em uma biblioteca e a noite aqui..

Entendi ..

Desço do carro , como algumas coisas na loja e me despeço do mais alto , eu estou realmente agradecido...E-espera!  tenho que fazer as lições de casa! ai s h!! ainda tem mais essa! ...

Abro minha mochila e pego os livros e coloco atrás do balcão , pego um lápis da loja mesmo e começo a faze-las , quando chegava um cliente ,eu parava para atende-lo.. voltei pra casa umas 00:32 

Ah que sono.. ainda tenho que fazer minha lição e organizar aqueles papeis ..

Bocejo e pego meu material , faço minha lição e acabo dormindo em cima dos cadernos ..

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

7:20 

Acordo e vejo que acabei dormindo demais .. Me levanto correndo e faço as coisas quase voando , se eu não chegasse na escola em 10 minutos eu estaria ferrado , deixo algumas coisas pela metade e corro o máximo possível para a escola . Eu tinha dormido com uniforme então não levei muito trabalho 

Corro para o ponto de ônibus e vi que ele não iria mais passar naquele horário ... então saio correndo para a escola, mas no caminho acabo caindo mo chão e fazendo um aranhão em minha bochecha 

Chego exausto no portão que estava se fechando , consigo passar antes que os fechem , tive vontade de desmaiar ali mesmo de cansaço , mas ainda tenho que entregar a lição para os   h y u n g s  , sempre é assim , no dia seguinte entrego as lições no canto da escola para eles ,as vezes apanho e as vezes não , espero que a sorte esteja comigo ...

Corro com o resto das minhas energias para o canto da escola , finalmente chego e os vejo lá de braços cruzados impacientes . Chego com os cadernos nas mãos e o cabelo bagunçado .. sem faltar a ferida 

Paro ofegante no canto e eles se aproximam 

Apanhou por alguém além de nós?

...

Eles riem menos jun g k o o k que estava com um rosto sério 

Cade nosso dever?

Diz o outro garoto

A-aqui..

Os entrego ainda ofegante , e sinto o sangue cair de minha bochecha , eu sou de sangrar muito fácil ...

Valeu , n e r d 

Diz ele soletrando e fazendo um punho em sua mão , fecho os olhos forte e ouço um barulho de palma, fico um tempinho ali de olhos fechados até que os abro , jun g k o o k segurou pelo pulso do cara que iria me bater , ele estava com um expressão séria com um pequeno sorriso no rosto

Ele já aprendeu a lição no caminho pra cá, vamos poupar ele hoje

Boa ideia ha ha 

Eles concordam com ele 

Vão na frente , darei uma palavrinha com ele 

Beleza

Eles empurram fraco minha cabeça e saem dali , deslizo minhas costas até cair no chão , abraço meu joelhos esperando que ele me xingue , mas aconteceu algo que eu realmente fiquei surpreso , ele retirou sua jaqueta escolar e colocou em volta de meus ombros , e depois tirou sua mochila do seu ombro e a botou no chão , então ele se abaixou e começou a procurar uma coisa

O-o quê está fazendo?..

Você tem que ser mais cuidadoso baby B o y

Pare de me chamar assim ..

Ele tira um band ai d (bandei de ) da mochila e tira o papel que o envolvia , então se aproxima do meu rosto e eu me afasto assustado 

Ai g o o , fique quieto , me deixe arrumar sua besteira 

Fico quieto e olho pra frente envergonhado mas ao mesmo tempo assustado 

Então ele coloca o bandai de em minha bochecha e limpa o sangue com um pano umedecido , sinto arder um pouco e acabo soltando uns gemidos de dor 

( a partir desse momento eu estou estressada na vida real ; - ; meu dente ta doendo muito q - p )

Pronto , vê se toma cuidado da próxima vez  

...

Ele guarda as coisas e se levanta 

Hei! por quê me ajudou ?

Não sei se ele não me ouviu ou só me ignorou..Ele anda para dentro da escola até que ouço o sinal..

---------------------------------------------------------------------------------

Finalmente chega o final da aula (sem paciência eu) 

Saio dando rápidos passos saindo do jardim do colégio ,não quero me trombar com aqueles idiotas.. 

Enquanto passava , segurava forte a alça da mochila , ansioso para me afastar da escola . Até que dou um pulo se susto quando senti uma mão passando em meu ombro e me fazendo parar. Me viro e era o   j e o n 

Está fugindo de mim?

Te olho por alguns segundos e logo desvio o olhar 

Não..

Sei.. então porquê tá correndo desse jeito? Já entregou as lições?

Sim, deixei no armário de vocês...

Estranho, não encontrei o meu em lugar algum 

mas eu lembro de ter deixado no seu ar----... ah droga...esqueci em casa...s-sinto muito..

Começo a ficar nervoso e sinto minhas mãos suarem .. 

E-eu realmente n-não f-fiz de propósito ..m-me d-d-desculpa..

Acabo gaguejando de medo ... quando tenho que pedir desculpas..sempre acabo apanhando... 

Meu coração acelera e sinto minhas pernas tremerem , até que o mais velho coloca sua mão em meus cabelos fazendo um leve ''cafuné'' . Fiquei surpreso com sua ação..não fui acostumado a receber carinho , por isso foi meio estranho ..

Está nervoso?

Ele sorri de lado fazendo seus olhos também sorrirem 

N-não...

Então por quê sinto as batidas rápidas de seu coração daqui?

Encolho os ombros e sinto minhas bochechas quentes , ele estava tão perto.. Até que volto a terra  e saio dos meus pensamentos quando vejo os garotos que me batem saindo do corredor e vindo em nossa direção , começo a ficar ofegante e preocupado , então me viro para o mais alto

H-hei , podemos buscar na minha casa?..e-estou meio atrasado .. 

Digo enquanto ficava na ponta dos pés olhando acima de seus ombros para ver se eles estavam chegando .

Hum , me pedindo para ir pra sua casa? cuidado em baby baby b o y... posso ser perigo--

Ótimo , v-vamos!

Nem ouço o quê diz e te puxo pelo braço passando do portão da escola, dou passos grandes e o mais velho me acompanha com facilidade  , me afasto bem da escola indo para minha casa , não era tão longe.. só uns 7 ou 10 minutos de viajem...

até que finalmente chegamos , antes dou uma olhado no que eu estava puxando, tiro minhas mãos de seu braço rapidamente s começo a corar , dava pra ver que no sorriso do mais velho ele estava adorando 

...

 

T I N U  A

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...