História The New -A - interativa - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Tags Emison, Haleb, Interativa, Interativa Pll, Moke, Pll, Pretty Little Liars, Spoby
Visualizações 47
Palavras 1.546
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Mistério, Orange, Survival, Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu nem sei o que falar com vcs, só me perdoem e boa leitura bjs

(Família Hastings Cavanaugh na capa)
Eu mudei a foto de capa do capitulo passado

Perdoem os erros

Capítulo 9 - 1x07 Banheiro


Fanfic / Fanfiction The New -A - interativa - Capítulo 9 - 1x07 Banheiro

Os 4 jovens se encontravam sentados, cada um em um lugar, de cabeça baixa refletindo o assunto tratado nos últimos 30 minutos. O clima não era dos melhores e todos sentiam o peso das coisas faladas desde que chegaram na casa  dos Hastings Cavanaugh, especificamente no quarto do filho mais velho da família.

  Alycia se encontrava sentada na cadeira da escrivaninha de Monty com o mesmo em pé ao seu lado se apoiando com o braço na cadeira em que ela estava sentada, Jackson estava sentado na cama do golden boy e Luke estava em pé escorado na parede perto da porta que se manteve trancada o tempo todo. Alycia suspirou tomando coragem para falar depois das coisas reveladas e quando finalmente tomou coragem, disse:


– Eu não sei qual de nós é pior, eu por praticar bullying com garotas por inveja, Monty que largou a faculdade e esta mentindo para os pais, Jackson que estrupou a ex ou o Luke que engravidou a professora.


– O meu é o menos ruim – declarou Monty – Então boa sorte para vocês.


– Monty – repreendeu Luke.


– Então por enquanto quem recebeu mensagem desse tal de —A… – começou Jackson


– Ou dessa tal – interviu Alycia


–Ou dessa tal – concordou Jackson – Foi o Luke, Monty e eu. O que significa que a próxima pode ser você.


– Como assim PODE ser eu?– perguntou Alycia


– Talvez esse —A não saiba sobre você – respondeu o garoto.


– Eu acho improvável, de todos nós ela é com certeza a mais exposta já que tinha mais de uma pessoa com ela na hora e foi em um lugar público – disse Monty olhando para a amiga


– O que faremos? – Luke se desencostou da parede olhando para todos que estavam naquele cômodo.


– Não sei, mas parece perigoso – respondeu Jackson.


– Se nossos segredos caírem nas mãos erradas – murmurou Monty.


– É claro que não contaremos nada para ninguém – esclareceu Luke.


– Galera, eu acho que seria melhor contarmos para os nossos pais – Jackson falou incerto.


– Não, não – negou Monty – sem chances, se minha mãe descobrir minha carreira no hokey já era.


– Eu acho que minha mãe não quer ser Avó no momento – Luke.


– Contar para os nosso pais definitivamente está fora de questão – respondeu Alycia gesticulando.


– E o que faremos ?– perguntou Jackson.


– Eu vou ao banheiro e quando chegarmos veremos isso – Alycia se levantou da cadeira no qual se encontrava e caminhou em direção a porta.


– Você já sabe onde fica, não é? – perguntou Monty.


– Sei sim – assim que Alycia entrou no corredor caminhou em direção ao banheiro que ficava no final dele, antes de chegar ao banheiro ouviu uma risada um pouco conhecida por ela seguido de um latido, a australiana percebeu que vinha da porta aberta que ficava perto do banheiro e caminhou até lá e assim que chegou a porta se encostou no batente da mesma e observou a cena que ela julgou ser adorável.

  Anna se encontrava deitada em sua cama brincando com seu cachorro que estava em cima de sua barriga lambendo o rosto dela.


– Floquinho, Não Floquinho – resmungou Anna quando o cachorro colocou sua bolinha de brinquedo cheio de saliva em cima da barriga de Anna fazendo a mesma fazer uma careta enquanto tirava o cachorro de cima dela.


 Anna até aquele momento não tinha notado a presença de Alycia e somente quando a loira pigarreou que a Jovem de cabelos castanhos notou ela.


– Devo dizer que seu cachorro é muito esperto – comentou Alycia sorrindo.


– Oi – Anna sorriu.


– Oi – respondeu Alycia.


– Ele teve a quem puxa – Anna se gabou passando a mão nos pelos de seu cachorro que estava ao seu lado.


– Tia Spencer é realmente esperta – brincsimplista..


Anna sorriu e fez um gesto com a cabeça chamando Alycia para entra, Alycia entrou sentou ao lado de Anna na cama da mesma.


– O que faz aqui nesse horário? – Anna virou ficando de frente para Alycia.


– Seu irmão me fez vim aqui, não só eu como o Luke também – Alycia revirou os olhos ao lembrar que seu amigo a fez sair de casa naquele horário da noite.


– E por que não negou?– perguntou Anna.


– Porque eu também queria falar com você – a resposta direta de Alycia deixou Anna surpresa e ansiosa pela próxima fala da menina.


– Para quê ? – Anna.


 Alycia suspirou e se atreveu a colocar a mão no rosto de Anna levando o fio castanho da menina que estava na frente do olho azul da mesma para atrás de sua orelha, ela aproximou um pouco seu rosto do rosto da Hastings mais nova.


– Para te convida pra ir comigo tomar  café amanhã pela tarde, o quê acha? – sussurrou Alycia pois estava tão próxima de Anna que sabia que mesmo sussurrando a garota ouviria.


– Eu topo – sussurrou Anna logo após sorrindo delicadamente para Alycia, sorriso esse que foi retribuído pela loira.


As duas tinham esquecido o quão próximas estavam e só se lembraram de novo quando ouviram Monty chamar o nome de Alycia despertando as meninas que logo de afastaram.


– Precisamos de você – Monty apareceu no quarto da irmã falando.


– Já vou– Alycia levantou e seguiu com Monty, antes de sair do quarto de Anna, Alycia olhou para a mesma e sorriu.


– vou dormir sorrindo hoje, Floquinho– Anna abraçou seu cachorro sorrindo pelo acontecido.










– Aquele cara que estava aqui era o Jeremy?– Warren perguntou para seus pais adotivos assim que chegou ao quarto deles.


 Ezra se encontrava deitado em sua cama lendo um livro com um óculos em seu rosto e sua esposa se encontrava da mesma forma, ambos tomaram um susto não com a chegada do menino, mas sim a com a pergunta feita pelo mesmo. Os dois levantaram seus rosto surpresos e Ezra tirou o óculos de seus rosto e logo após passou a mão pelo rosto suspirando antes de responder:


– Filho…


– Era ou não? – interrompeu Warren.


– Era, eu lamento se você queria falar com el– Ezra foi novamente interrompido pelo garoto.


– Eu não quero ele aqui– falou o garoto de olhos claros.


– Não? – Aria se pronunciou surpresa.


– Não – Warren Respondeu simplista.


– Mas ele é seu pai – Ezra se encontrava confuso com a decisão do filho.


– Você é o meu pai – Warren respondeu com um sorriso de lado – Claro que eu tenho umas perguntas para fazer a ele, mas não significa que quero ele na minha vida.


 Ezra sentiu seu coração se aquecer com as palavras do filhos, poucas foram às vezes que o filho mais novo demonstrou carinho com ele, era mais com Aria, e esses raros momentos o deixava totalmente feliz. Warren foi caminhando até a cama de seus pais e se deitou entre os dois sendo abraçado por ambos.


– Aposta quantos que o seu irmão vai deitar aqui conosco também – Aria riu ao lembrar das incontáveis vezes que o filho mais velho dela foi dormi com ela e Ezra por “se sentir mais aquecido” segundo o filho.


– Se bobiar ele me tira daqui – concluiu Warren fechando os olhos e aproveitando do cafuné que recebia da mãe.








 Era 11:30 p.m e Alexy se encontrava na escola, especificamente no estúdio em que ela fazia dança ensaiando uma coreografia, naquele horário a escola se encontrava fechada, mas por ser uma das líderes de coreografia possuía a chave do estúdio então ela invadia a escola e ficava diariamente ensaiando até tarde, porém daquela noite Alexy ficou além do que já tinha ficado. A garota não tinha medo de ficar sozinha, porém naquele dia em especial ela se sentia mais confiante, talvez pelo fato de ter conseguido criar uma coreografia muito boa, Alexy suava ao ponto de sua camisa colar no seu corpo e seu cabelo estava selvagem e molhado em certas partes por causa do suor, a garota parou seus passos ao ouvir o toque de seu telefone e foi até o mesmo atende-lo…


 ...

– Fala – Alexy falou ofegante pois se encontrava cansada


– Onde você está? – perguntou Malia


– Na escola – Respondeu Alexy


– Meu irmão está com você? – Malia e Alexy não eram melhores amigas como Malia e Anna, mas conversavam vez ou outra e mesmo sendo muito amiga Luke, Alexy é mais ainda amiga de Malia.


– Não, ele esta na casa da Spencer – respondeu Alexy


– Ótimo, eu preciso de você – Malia suspirou


– para?– Alexy


– É sobre aquele assunto – sussurrou Malia


Alexy ponderou por um tempo sobre qual assunto e logo sua memória se lembrou, a garota respirou fundo pois esperava não tocar mais naquele assunto.


– Chego ai em 30 minutos – resmungou, Alexy não queria parar de dançar, mas sabia que aquele assunto deveria ser tratado pessoalmente


– OK, estou esperando – respondeu Malia desligando logo após


...


– Meu Deus– suspirou a jovem de cabelos cacheados.


 Alexy colocou suas coisas em sua bolsa do estúdio e partiu para o banheiro tomar um banho antes de ir para a casa da amiga, a garota caminhava calmamente cantarolando uma música qualquer e foi rumo ao banheiro. Quando chegou ao mesmo, Alexy colocou sua mochila em cima de um banco qualquer e pegou as roupas que iria usar nela, ela caminhou para a parte onde fica os chuveiros e assim que pós seus olhos em uma parede que ficava ao lado dos chuveiro arregalhou os olhos e deixou suas roupas cair.


  "Vocês são os próximos – A"


Leu Alexy as palavras escrita com sangue, sangue que ela julgou ser da garota morta perdurada na parede por pregos



Notas Finais


Me perdoem pelo atraso, mas a minha vida esta se resumindo em irmã drogada, mãe ignorante e pai longe. Logo, vejo que está um pouco complicada, mas não desistam dessa fic

Pra quem ainda não sabe um leitor pediu para que eu retirasse a sua personagem ( Zenia) da fanfic por motivos do estrupo do Jackson e tals, bem... Eu substitui a personagem dele pela personagem que uma outra leitora tinha mandado, mas não tinha sido aceita e é isso.

Qualquer duvida é só me chamar por mensagem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...