História The Night in Paris - Jikook Fanfic - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7, SHINee
Visualizações 57
Palavras 733
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, LGBT, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Welcome to Paris, Jiminie!


Fanfic / Fanfiction The Night in Paris - Jikook Fanfic - Capítulo 1 - Welcome to Paris, Jiminie!

•• 04:00 - Paris, França ••

Jimin já perambulava pelas ruas de Paris sem tem noção onde iria ou onde iria parar. Seu namorado o havia deixado em um hotel, mas o mesmo resolveu sair e treinar seu francês. Deu muito certo, porque até então estava totalmente perdido e com as pernas bambas. Jimin havia bebido muito.

Jimin quis vir para Paris para se livrar um pouco da pressão da profissão de seu noivo. Seu noivo era líder dos SHINee, uma das maiores máfias de Seoul. Ele estava cansado de sempre ser usado nos planos de seu noivo, queria folga e o mesmo foi sem autorização do loiro. O mesmo era brinquedo da maioria dos rivais de seu noivo por uma noite, em troca de  informações. 

Jimin estava andando meio que "tropeçando" em seus próprios pés e reclamando de seus próprios tropeços quando avista um rosto tanto familiar parado o olhando em um beco. O moreno se aproxima, força um pouco as vistas já que está cheio de whisky na cabeça e vê Killer Bunny, ninguém mais do que o pior rival de seu noivo. O mesmo ainda o continuava encarando. O mesmo, vendo que Jimin o olhava o disse sarcásticamente:

- Bem vindo à Paris, Jiminie!


"Aquele olhar medonho de sua máscara me fazia sentir arrepios"


Mas o moreno não teve tempo nem de cumprimentar com suas ironias, falsas expectativas e falsos elogios: foi ao chão, como um desmaio. O moreno sempre foi muito fraco a bebidas e, toda vez que bebia em excesso, vomitava ou desmaiava. Dessa vez Jimin iria se encrencar. 

• 13:00 Jimin Pov's ••

Acordo com a claridade de uma janela em meus olhos, abro os olhos e percebo que estou em um cômodo totalmente desconhecido por mim. O "quarto" tinha pouca claridade e , possuia em sua decoração e paredes, tons de preto e cinza. Assustador.

Tento me levantar mas caio novamente no colchão da cama em que estava. Meus pés e pulsos estão acorrentados. Tento puxar mas meu esforço é em vão. Olho para meu corpo e percebo que estou sem camisa. Meu Deus, onde é que estou?!?

Sou tirado dos meus pensamentos quando a porta de carvalho é aberta, e revela ninguém mais, ninguém menos de que Killer Bunny.

- Bem vindo ao meu mundo princeso. - A voz daquele homem me deu certo receio do próximo passo dele.

- O que eu estou fazendo aqui!?!? - Disse desesperado

- Quer mesmo saber boneca? - O rapaz da máscara de coelho inclinou um pouco a cabeça e se aproximou de Jimin que ainda estava "deitado" sobre o colchão. - Simples, durma comigo hoje que eu não mato sua querida irmã e seu noivinho - Ele se aproxima e deixa seu rosto bem próximo ao meu

- Você irá o que?! Ah querido, você então faz mal nem a uma mosca! Acha que conseguirá me fazer dormir com você? - Jimin aumenta o tom de voz - NUNCA! - Jimin cuspe na máscara do rapaz. 

Ao mesmo tempo, um tapa vem forte é diferido no rosto do moreno, seguido de ameaças e empurrões.

- Seu noivo não te ensinou a ter bons modos? Será que vou ter que te punir para você aprender?!? - Killer Bunny apontava o dedo para Jimin.

- Então me puna! Me mate, mas não vai me obrigar a transar com você! - Jimin fala cada vez mais alto e recebe outro tapa do rapaz

- Não grite comigo Jimin... Não constumo pegar leve com ninguém - o rapaz tira a máscara e rapidamente Jimin fecha os olhos

- Haha, você acha que me engana.. não passa de um qualquer que acha que vai ter tudo que meu noivo tem! TE ODEIO! - o moreno já estava desesperado, não sabia o que fazer

- Calma princesinha, eu já tenho tudo que ele tem, está bem na minha frente... Sabia que você tem um corpo bonito? Que tal eu marcar ele?! - Jimin abre os olhos - Você me ouviu princesa! Não vou pegar leve... Se prepare! - o mascarado se agacha e fica bem próximo ao rosto de Jimin

- Se afas-ta... - Jimin ia preparar aquele discurso de ódio contra o mascarado, mas o mesmo começa a distribuir beijos no pescoço do moreno, fazendo ele gemer

- Ah... Naquele tempo você não era atraente assim Park... - O mascarado se afasta - Ah... E me chame de Jungkook - O mesmo larga Jimin - Vai ser divertido brincar com você! 




Notas Finais


Eita porra fudeu pro Jiminie e.e
Espero que gostem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...