1. Spirit Fanfics >
  2. The Noite Com Jeff The Killer (Creepypasta Jeff The Killer) >
  3. Os Três Boqueteiros

História The Noite Com Jeff The Killer (Creepypasta Jeff The Killer) - Capítulo 2


Escrita por: e Tio_Kanon


Notas do Autor


Aeeeee gente eu voltei!!!
E desculpa a demora era por que estava doente e não conseguia escrever e também tava sem idéias, mas vamos que vamos por que o capitulo de hoje ta BABADOOOO!!!!
Eu caprichei para vocês amores!
Espero que gostem bjs ❤️❤️❤️💋💋💋

Capítulo 2 - Os Três Boqueteiros


Fanfic / Fanfiction The Noite Com Jeff The Killer (Creepypasta Jeff The Killer) - Capítulo 2 - Os Três Boqueteiros

• Capitulo 02: Os Três Boqueteiros.

– E começa agora mais um The Noite, e sim hoje eu estou de terno assim como o trouxe do antigo dono do programa. – Jeff sorriu. – E aproveitando que falei daquele palmito, muitas pessoas amorosas estavam demonstrando seu carinho por mim no Instagram.

Logo no telão apareceu uma postagem de Jeff e o mesmo no camarim que antes pertencia ao Danilo Gentili.

– Vamos ler apenas alguns comentários, esse é o comentário da @Teresadacompensa: Seu monstro que horror! O que aconteceu com o antigo apresentador? Bom amiga se você gostava de como era antes caguei pra sua opinião. – Jeff desceu para o próximo comentário. – Esse é do @JeffersonSeDizHetero: Mas quanta crueldade o que aconteceu com o pessoal do verdadeiro The noite? Diguinho é mais engraçado que esse palhaço gótico.#Programamerda.

– Palhaço gótico?! – Jack saiu da cabine e pegou o celular de Jeff. – Passa teu endereço pra eu socar seu cu! *Enviou o comentário*

– Risonho não precisa disso... – Falou Jeff. – Mas deixando isso de lado *jogou o celular pra trás como se não fosse nada* Quem são nossos convidados de hoje?

– Eles os três boqueteiros da mansão, meu ex namorado um mascarado estressado que parece uma chaminé, um colecionador de plaquinhas sad e um cara que precisa de um belo ortopedista.

Uma música tocou e os três proxy entraram mas apenas Masky passou reto ignorando o aperto de mão de Jeff e se aproximou de Jack o dando um belo soco e se o palhaço não tivesse se segurado pelas parede tinha caido no chão.

– Que deselegante amor! – Falou Jack com a mão na boca.

– PALHAÇO DESGRAÇADO!!! – Masky tentou bater em Jack novamente mas o mesmo foi segurado por alguns seguranças.

– E vamos para os comerciais. – Jeff sorriu e assim que a câmera foi cortada se virou para os proxy vendo que o direitor entrou em cena e deu uns tapas em Masky. – Er... Tio Slen... Quer dizer, Slender por que não...

– Calado! Vamos fazer essa entrevista e você Masky aceita a porra do seu chifre e senta a bunda ali naquele sofá. –Slender voltou para seu posto e logo o programa voltou ao ar.

– E estamos de volta com o programa, e agora que Masky aceitou o chifre que levou podemos começa as entrevista. – Jeff riu e encarou os amigos. – Eai Toby como ta indo seu namoro com a ClockWork?

– Ela disse que tava sem tempo pra mim.

– Eita piada bosta... – Jack comentou. – E você corno... Que dizer Masky, tá em algum relacionamento?

– Pra quer tu queres saber? Hum *Sorriso malicioso* Sentiu falta do que perdeu?

– Do seu cu frouxo? Não muito obrigado.

– Vamos parar com essa briga besta eu não me importo com os chifres de vocês dois, mas Juliana! – A ajudante de palco apareceu com uma fita na boca e a mesma estava chorando. – A gente não matou ela por que eu simplesmente precisava de uma ajuda extra, agora explica como vai ser o desafio.

– Hum... Humm... Aahhuum. – Jeff tirou a fita da boca da mesma. – A r-roleta ma-maldita...

– Que diabo é isso Jeff?! – Questionou Hoodie.

– Deve ser coisa criada por Lucifer só pode.

*Lucifer na platéia*

– Infelizmente não foi criada por mim. – Sorriu cruzando os braços. – E andem logo quero ver o circo pegar fogo!

Jeff primeiramente puxou Masky, já havia combinado com Jack uma boa trollagem.

– Então você vai participar da roleta amaldiçoada! – Aplausos do público. O pobre coitado do seu amigo rodou a roleta e viu parar em uma linha. – Dançar Pablo Vittar....Pelado!

– Jeff... Eu te mato! – Eclamou Masky já tirando as roupas e ficando só de cueca enquanto as meninas da plateia gritavam. – Não tiro mais nada!

– Tem que tirar tudo querido! – Jack sorriu malicioso e saiu de sua cabine. – Em nomes dos velhos tempos, eu tiro para você! – E em apenas um puxão a cueca de Masky saiu e o mesmo se virou de costa.

– SOLTA O SOM DJ!!!

“Mandando ver, no vício da batida
Querendo se envolver
No estilo diferente, que prende e dá prazer
Eu sei que logo sente, te faço enlouquecer
Faço ferver”

Masky mais vermelho que uma pimenta foi soltando seus movimentos mas o memso estava dançando de costa então Toby e Hoodie o viraram para a plateia que gritou horrores e até mesmo Lúcifer se levantou dançando com as pessoas. Slender não acreditava no que via seu proxy estava mesmo dançando nu em um programa ao vivo.

– Que bunda hein! – Jeff riu e deu um tapa na bunda do mesmo enquanto filmava com seu celular.

– FILHO DA FRUTA TIRA A MÃO DE MIM!!! – Masky voltou a sua pose macho e se virou pegando suas roupas.

“Vai passar mal
Viro sua mente com meu corpo sensual
Minha boca é quente, vem
Não tem igual
Tá todo carente no pedido informal
Vai passar mal”

– Agora é a vez do Ticci Toby, vai lá amigo roda a roleta. – O proxy se aproximou e rodou a roleta e parou na linha. – Dançar vestido de Joelma.

– Jeff se um dia eu te achar bêbado de novo eu vou lascar seu cu. – Falou Toby indo pra trás das cortinas com Juliana.

Um Hora Depois

– Agora com vocês Joelma versão creepypasta! – Risonho anunciou e Toby já entrou no palco caindo de cara no chão pois não sabia andar com aquelas botas e quem dirá dançar com aquilo.

– Você fez minha cabeça foi fundo em minha emoção. – Toby começou a cantar e enquanto se levantava do chão. – Nada faz com que eu te esqueça coitado do meu coração! Você fez! – O mesmo deu um giro apontando para uma menina da plateia. – Eu sonhar, você me enganou.. Cai nas suas juras de amor! – Toby jogou o cabelo pra frente e a peruca loira caiu e o mesmo a pegou colocando de volta.

– Ta melhor que a Joelma original! – Falou Jeff rindo.

– Sei que fui pra você chuva de verão! Meu sonho não passou de ilusão! – Toby aproveitou que Jeff estava no chão rindo e lhe deu um chute na cara quebrando seu nariz. – Pega filho da puta!

Risonho, Masky e Hoodie estavam rolando no chão de tanto rir enquanto Toby andava de um lado para o outro cantando. Slender já se arrependia de ter aceitado ser o diretor daquele programa e acabou jogando os papeis do roteiro para o alto e sentou em sua cadeira.

– Não, não, não, não! Não quero mais saber de ilusão. – Ticci do nada começou a ter seus tiques nervosos e seu pescoço começou a tremer e logo estalou e o mesmo colocou no lugar. – Não, não, não, não! Eu não te quero mais no meu coração! – Se aproximou da mesa do apresentador e sentou em cima cruzando as pernas. – CALYPSO!!!

A platéia aplaudia em pé aquela bela performance melhor que a Joelma original, afinal Toby tinha futuro naquele ramo.

– Agora é a vez do cara das plaquinhas. – Falou Jeff com a mão no nariz que tava quebrado. – Produção da pra ajeitar meu nariz?

Naquele momento Anna entrou no palco e deu outro soco em Jeff e o nariz do mesmo voltou para o lugar.

– Porra sua Barbie gótica! – Jeff se aproximou dos outros e Hoodie rodou a roleta que parou em... – Se vestir de Gloria Gaynor e cantar Wilson Vai.

– Não não vai pra puta que te deu a luz! – Hoodie tentou correr mais Masky e Toby o seguraram.

– A gente os desafios agora é você! – Masky levou o mesmo arrastado para trás das cortinas.

Uma Hora Depois

As cortinhas se abriram e todos viram Hoodie vestido de mulher e o mesmo não tava com uma cara muito boa e pegou o microfone e começou a sua performance.

– Eu não nasci gay a culpa é do meu pai, que contratou um tal de Wilson pra seu capataz. – Hoodie não se ferrou sozinho e acabou puxando Jeff que tava vestido de capataz e com uma cara nada boa. – Eu vi o bofe tomar banho e o tamanho da sua mala era demais! Além de linda era demais!

Risonho e Masky jogaram água em Jeff e depois uma mala em sua cara e o mesmo caiu no chão e Hoodie se aproximou e o puxou pela mão.

– Eu virei gay e assumi! A arte da pederastia e pude um dia então sorrir. – Hoodie sorriu e pegou um buquê de rosas brancas e deu para Jeff que não entendeu nada. – Pedi o Wilson em casamento e o jumento aceitou, a lua de mel foi no egito eu fui pra cama e dei um grito e disse: Hey, vai devagar amor!

Naquele momento Slender já ria da cara de Jeff que tava se ferrando bonito pois Hoodie lhe enfiou um vibrador nas calça e o mesmo desesperado para retirar mas estava sendo impossível.

– Não vai com força ainda sou moça e não quero sentir dor, me trate como uma menina vaselina por favor! – Hoodie pegou um bote de manteiga e jogou dentro das calças de Jeff que ficou mais desesperado mas não podia ouvir seus gritos de socorro pois seu microfone estava desligado. – Parecia Rambo, com sua bazuca na minha nuca eu disse: Vai, ah Jeff vai! Esfrega a mala na minha cara vai pra frente vai pra trás!

Hoodie esfregou uma mala na cara de Jeff e logo o largou e lhe enfiou na boca um pedaço de bolo.

– Pra malona eu dei um grito me entalei quase eu vomito, Ah Jeff vai, ah Jeff vai! Hey hey!

– E esse foi o The noite de hoje pessoal! – Jack Risonho encerrou o programa com a imagem de Jeff correndo atrás de Hoodie, Maskys e Toby correndo pelo cenário.

No Próximo Programa

Teremos um convidado especial, ele é o fodão mais respeitado nessa bagaça, dono de uma boate e um anjo caído mais gostoso e eu não posso ficar brincando muito se não vou acabar no inferno, até a próxima. 


Notas Finais


Próximo Programa teremos o famoso Lúcifer Morningstar nunca calorosa entrevista.
Bjs 💋💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...