História The Official Girl - Capítulo 40


Escrita por:


Notas do Autor


Cá estou eu aqui novamente com mais um belo capítulo, boa leitura✨♥️

Capítulo 40 - Welcome the Home (part 3)


Fanfic / Fanfiction The Official Girl - Capítulo 40 - Welcome the Home (part 3)

 Continuação

Mas depois me distraio pq estávamos quase chegando ao meu destino tão aguardado.

Bom pelo q parecia eu estava perto de chegar na base se eu continuasse a pé. Quando faltava poucos metros para chegarmos, Nick para o carro e me fala para descer, fico sem entender, mas desço do veículo, começamos a andar em direção ao portão da base...

Yui On/ S/N Off...

Conseguimos levar todos lá pra fora, todos estavam ansiosos pelo retorno dos dois, e a Neide quase n apareceu hoje amém! Logo avistamos nosso pai em meio aquela gente toda, e n demorou muito para se juntar a nós duas, e logo fala com nós:

- Oi meninas... Alguma notícia? Estou muito mais aliviado depois desse grande susto.- É realmente meu pai parecia muito melhor, meu pai todos esse dias n parava de chorar e o pior ele n comia e nem quase dormia, ai graças a deus ele já melhorou. Na mesma hora Neide aparece com algo na mão, n parecia nenhum tipo de arma, mas era suspeito, seus atos e gestos até agora, ela caminha até ficar no nosso lado e logo abre a boca:

- Sua mãe é bem resistente n é...- Antes que ela falasse mais alguma coisa, Nick aparece com minha mãe e todos gritam comemorando a volta de minha mãe, e Neide muda de expressão e logo fala num tom raivoso:

- AH! O QUE ELA TEM Q EU N TENHO!? COMO ELA SOBREVIVEU DURANTE TODO ESSE TEMPO AH! ( hoje ela me paga!) - Ela diz algo baixo, n escuto e logo falo já perdendo minha paciência:

- Acho q o amor de meu pai? A sim é q ele está com ela até agora pq ela n trocou ele por um qualquer, e pelo menos ela n teve q provar o próprio veneno... Pq toda essa preocupação Neide? Me diga o q está tramando dessa vez! Em? Sua assassina?!- Neide olha pra mim com sangue nos olhos, e levanta sua mão para meter um tapa em minha cara, sou salva pelo meu pai e minha irmã entrando na minha frente.

Meu pai toma frente e começa a humilhar Neide na frente de todos os presentes:

- Escuta aqui sua louca vc n tem nenhum direito de encostar nenhum dedo nas minhas filhas e nem ninguém da minha família! Pelo amor de Deus para de vir atrás de mim! Eu n tenho mais interesse em vc desde quando vc me trocou, eu nunca te procurei e te infernizei como vc está fazendo agora cmg! Me deixa, e além do mais eu sei q foi vc q tentou matar S/n! E  TUDO ISSO PARA VC FICAR CMG! Sua doente...- Meu pai gritava, todos estavam olhando para eles, até minha mãe e Nick vieram correndo até eles para ver o q estava acontecendo. Todos estavam em volta de nós éramos o centro das atenções naquele momento, minha mãe com muito custo entra onde nós estávamos, e compra abriga de meu pai:

- Você é surda? Ou vc fingi ser?!... Garota ele n quer vc aceita q dói menos, para! Vc só vai sair mais machucada! N só mentalmente, mas tbm fisicamente pois vou te meter a porrada por tentar me matar e bater nas minha filhas! Sua cretina! Trapaceira!Desgraçada,piranha,talarica,recal-  -cada, invejosa...- Minha mãe parecia aqueles cantores de "rap lord "de tão rápido que ela falava as palavras. Todo mundo só assistindo tudo de camarote, meu pai e minha irmã estavam até com os olhos arregalados pois n estavam acreditando no q minha mãe estava falando. Eu só estava olhando pra Neide, ela olhava com a cara de tipo: “ Nossa pra q ofender assim jovem?” “Nem sei mais o q falar...;-;”. Depois de minha mãe dar um grande sermão em Neide, a Neide simplesmente meteu um tapa na cara da minha mãe... Ai todos ficaram gritando e falando:

- Iruuuuu!... Neide tu tá fodida! Agora é a hora q o filho chora e o pai n vê!- Minha mãe olhou pra Neide com todo seu ódio! Minha mãe voou pra cima da Neide, ela a derrubou no chão e ficou por cima dela só metendo os tapas na cara dela. Vou resumir a briga.

S/n da um tapa em Neide, Neide revida e aproveita e começa a puxar os cabelos de S/n! As duas xingam uma a outra, depois Neide vira o jogo e deixa minha mãe contra o chão dessa vez, ficou batendo na minha mãe, depois s/n conseguiu sair do chão, pegou Neide pelo pescoço sem dó e nem piedade e disse: 

- Eu só n te mato aqui, pq depois terei q pagar caro por ter feito isso... Eu só quero deixar claro q n é pra nunca mais chegar perto da minha família! E principalmente do Jimin... Vc sabe muito bem n é? Vc teve sua chance com ele, mas vc desperdiçou isso de uma maneira tão insignificante! Agora vc vai pagar com seus pecados Neide! Custe o q custar vc vai pagar um por um...- Minha mãe logo solta Neide, a bichinha estava até vermelha por conta da falta de ar, ela ficou com a marca da mão da minha mãe em seu pescoço. Depois disso a minha mãe caiu de joelhos no chão pois estava cansada, abriga n foi fácil para ela... Minha mãe estava ofegante. Na hora em que meu pai foi se aproximar para ajudar minha mãe, Neide tira em seu bolso um canivete e se levanta rápido com a intenção de matar os dois de uma maneira só, mas antes mesmo de alertar o dois, s/n se vira pra atrás e vê Neide vindo e sua direção, ela se levanta rápido e vai pra cima de Neide! Neide tenta atingir minha mãe de qualquer modo... Pareci aquelas cenas de matrix, mas Neide por um breve momento conseguiu atingir minha mãe no rosto, mas um pequeno corte.

Aquilo parecia n ter fim, Neide desisti de atacar a minha mãe e dá de louca falando isso:

- Sabe pq eu ainda tento? Mesmo sabendo q n tenho chance de acabar com vc...Eu só quero... querooo... o perdão de Jim...- Ela cai no chão, ela estava estendida no chão, parecia um cadáver. Ninguém se aproximou por um momento... Até meu pai se aproximar dela, todos n acreditavam o q meu pai estava fazendo, ele finalmente chega perto do corpo e agacha do lado do corpo paea conferir se ela realmente capotou, mas é pego de surpresa por Neide falando:

- Você é fraco... Se eu n posso te ter... Ela também n vai ter!- Neide puxa a novamente o canivete para acertar a garganta do meu pai... 

O tempo congelou para mim, eu olhei a minha volta via a expressão de cada um naquele momento, quando olhei para minha mãe vi ela jogando algo contra o canivete de Neide... N acreditei no q vi...

O tempo voltou ao normal...


S/n On/ Yui Off...

Naquele momento só consegui pensar em tacar o meu amuleto q o chefe daquela tribo me deu em Neide, eu estava com muito medo de errar...


Mas eu ...Consegui! Por um milímetro eu n iria acertar o canivetecai,ele cai  no chão, corro em direção de Jimin estava assustado olhando para o objeto caido no chão,  e nisso aproveito q Neide estava distraída tentando encontrar  o canivete, chego  nela e meto um soco, a fazendo cair no chão imediatamente... Chego perto do objeto e chuto para longe. Agora ela realmente estava desmaiada. O general Shang logo chega e fica confuso em ver o q estava acontecendo. E logo pergunta:

- O q aconteceu aqui?... S/ n? Você está bem? O Q ACONTECEU QUERO EXPLICAÇÕES AGORA!...- Começo a me explicar enquanto fui acudir Jimin... O general parece compreender tudo e logo toma as devidas providencias, Neide seria presa depois dos seus crimes. Depois todos vieram falar comigo, mas eu n conseguia ouvir mundo naquele momento, eu n conseguia pensar em outra coisa a n ser minha família, e falo: 

 - Jimin está bem? Haru e Yui estão bem ?... – O povo estava gritando loucamente na minha cabeça e então tive falar isso- Gente pelo amor de Deus eu vou falar com todos vcs, mas agora tenho q dar atenção a minha família aqui... Agradeço o carinho q vcs tem por mim, mas agora preciso realmente de um tempinho aqui! Por favor...- Tenho sucesso com eles, eles finalmente me deixam em paz e agora começo a conversar com eles tranquilamente, Jimin me abraçava e me beijava loucamente e logo fala:

- Sim graças a vc... Fiquei tão preocupado com vc... Na verdade todos nós! Nem parece q vc sofreu um acidente... Vc está intacta exceto os golpes q vc levou de Neide..- Como n amar esse homem? Logo após Jimin falar Haru e Yui falam:

- (Yui) Todos ficamos preocupados com vc mãe, a senhora n sabe o quanto o papai n consegui ficar tranquilo sem a senhora... Te amo mãe.- Eu sou muito grata de ter essa família maravilhosa, depois da fala de Yui Haru logo comenta :

- É sem ajuda do Nick n teríamos conseguido... É realmente o papai n conseguia ficar calmo sem ter a senhora nos braços dele. Te amámos muito mãe – depois q Haru falou aqui ela me faz lembra de algo, e falo em seguida:

- Haru... Olha, quando chegarmos em casa quero falar com vc sobre algo q o senhor Nick me contou ouviu mocinha?- Jimin até mudou de expressão quando disse aquilo, Haru engoliu seco. Depois de ficarmos conversando um pouco fui na enfermaria limpar e também cuidar de meus ferimentos. Jimin estava ao meu lado me ajudado, já as meninas eu tinha falado com o Lucas e a Julie para levarem para a casa da Tia Valéria. Estava pensando em tudo o que tinha acontecido, Jimin tira de meu pequeno transe me falando palavras carinhosas:

- Vc n sabe o nível de preocupação q eu cheguei, eu percebi q n vivo sem vc, e q vc é o amor da minha vida, temos lindas filhas nossa família é completa do jeitinho q eu sonhei... Vc me mostrou q vc vai até o extremo para lutar por sua família. N sabe o quanto eu te amo... Você está se sentido bem? Precisa de algo?- Eu estava quase chorando de tanta emoção com suas palavras, e logo falo:

- Você vai me fazer chorar, eu amo tanto vc e nossa família, eu até imagino o jeito q vc ficou... Melhor do q nunca... Puts! Eu ainda tenho dar entrevista para vários jornais! Aigooo! Estou muito exausta para ficar contando as coisas, hm... Que deus me ajude...Me da um beijinho Jiminie...Por favorzinho.- Ele abre um grande sorriso em seu rosto, e logo me responde:

- Awn... Vc ainda vai me matar com seu amor, vc n está sendo obrigada a fazer isso... N precisa nem pedir, own, que saudade q eu estava de vc me chamar assim sabia?- Ele me puxa para um beijo, riamos em meio os beijos. Antes de separar nossos rostos ele sussurra em meu ouvido: 

- A noite vamos matar a saudade mais ainda n é? Aposto q pra isso vc n deve estar cansada...- Ele dizia tudo isso com um sorriso malicioso no rosto... Então eu logo respondo:

- Como assim? N estou te entendendo baby? Jimin... O q quer dizer com isso? – Olhei para ele, ele da uma risadinha e de repente ele me em costa na parede fala:

- Pare de se fingir de inocente q eu sei muito bem q vc entendeu o q eu quero dizer...- Ele vai até meu pescoço e me da um pequeno chupão, e novamente ri e me olhava fixamente nos olhos e eu logo respondo:

- Eu realmente n sei... Do q vc está falando Jimin...- Eu começo a rir, e ele fala:

- Então é assim? Eu sei q vc entendeu... Hehehehe, eu sei q vc captou minha mensagem, vc é esperta.- Falo o encarando seriamente:

- Seu safado!- Rio novamente, e ele fala:

- É vc entendeu quem manda né?- Eu parei de rir, e olhei serio para ele e falei:

- A é? Repete?! – Jimin muda de expressão logo responde:

- NÃO, não é vc q manda meu amor... Era brincadeira...- Ele me enche de beijinhos, saio da parede,  e falo indo em direção da porta:

- Bom acho melhor eu falar agora com os jornalistas... Pq depois n vou ter paciência... Vamos?- Ele acena com a cabeça q sim, e logo vamos ao encontro dos jornalistas. Dou o máximo de detalhes possíveis sobre tudo para acabar logo com aquilo. Ficamos lá cerca de 3 horas e meia, depois fui falar com meus colegas de trabalho ai só depois disso fui embora finalmente para casa. 

P. Q.D.T

Já em casa...

Tomei um banho bem demorado para me limpar bem pois fiquei cerca de 4 dias sem tomar um banho! Depois fui me vestir, desci para comer algo , fucei na geladeira para ver o q tinha de bom. Eu achei um potinho de sorvete, olhei para os lados para ver se n tinha ninguém por perto... Peguei o pote e uma colher, me sentei nas banquinhas da cozinha e fiquei comendo por lá msm, eu estava num brisa naquele momento, até q Jimin aparecer e se ao meu lado, ele chama minha atenção dando um beijo na minha bochecha, eu viro pra ele e falo:

- N era pra vc estar no quarto? Ninguém podia saber q eu estaria aqui ... Vc quer um pouco?- Ele me responde:

- Nossa amor ;-;– Ele faz um biquinho fofo, depois acena com a cabeça de q queria um pouco de sorvete. Eu estava rindo igual uma boba apaixonada com seu jeito, ficamos dividindo o soverte até acabar... Fui lavar a colher e também aproveitei para jogar o pote fora, Jimin estava me observando sentado.

Depois de guardar a colher Jimin me pega no colo e começa a falaras putaria pra mim (N q eu n goste ):

- A nossa hora chegou baby! Se prepare, vou pegar leve com vc por conta de vc ainda estar se recuperando dos ferimentos, mas quando vc melhorar vc sabe o q vai acontecer heheheh...- Ele ataca me pescoço, tento responder sem gemer:

- Jimin... As meninas estão em casa! – Jimin ri e logo responde me levanto para o quarto:

- Boa tentativa, mas n se preocupe ela estão na casa da Valéria, e quando ela tiver trazendo as meninas de volta ela vai mandar mensagem... Temos tempo de sobra. - O Jimin quando quer uma coisa ele pensa nos mínimos detalhes n é mesmo?.

Chegando no quarto Jimin me joga na cama e tranca porta, tira toda sua roupa num piscar de olhos e logo tira a minha também, ele vai até criado mudo e pega um pacote de preservativo, e abre e põe em seu membro q por sinal já estava duro. Feito isso ele me puxa para sentar em seu membro, começo então a cavalgar nele, gemíamos muito alto, depois trocamos de posição ele me botou de quatro, mas antes dele me penetrar ele da ym tapa na minha bunda, e logo isso começou a estocar dentro de mim, ele estocava fraco pois estava com medo de me machucar, mas do mesmo jeito estava muito prazeroso, só q eu desejava algo mais então logo falo em meios aos gemidos:

- J..imin, hm...Pode fazer forte, eu estou bem, own... Eu aguento... - Jimin logo me responde em meio ao seus gemidos roucos de prazer tbm:

- Ooooh! Como sempre apertadinha!... Es-esta bem...- Ele aumenta a velocidade, e n demorou muito para chegarmos no nosso limite...

Jimin On/ S/n Off...

Depois de chegar no nosso limite deitamos exaustosna cama, enquanto descansávamos aproveite e a puxo para perto de mim e a mesma me puxa para um beijo quente, mas somos interrompidos com meu celular tocando atendo de presa para voltar logo a beijar s/n atendo o aparelho . Era Haru na ligação:

- Oi pai eu só queria avisar q eu e Yui vamos dormir hoje aqui na casa da tia Valéria tá?- Respondo logo:

- Oi filha, ok...Ah espertinha vc né? N pensa q vai escapar da conversa com sua mãe e eu viu? Ela me contou...Hum.. Deixa eu falar com a Valéria rapidinho, por favor- Haru se despede e passa o telefone para Valéria:

- Alô? Jimin? Está tudo bem ai com s/n?- Eu responde:

- Sim, sim está tudo ok, é q ela quer ir amanhã ver a senhora sabe? Só queria deixar avisado, msm... Está tudo bem por ai? As meninas falaram q iriam dormir ai... –Ela responde:

- Ata...Hm, eles querem de qualquer jeito ver ela...Eu tive q contar para as meninas pq esses dois n sai da minha casa! Vou dar um jeito de tirar esses dois de dentro da minha casa. Como vc sabe aqui em casa as paredes tem ouvido agora...Vou ter q desligar agora...Tchau até amanhã se cuidem.- Valéria desliga, estava preocupado com ela s/n vai ficar muito chateada e vai descontar nela provavelmente. Devo parar de pensar nisso e voltar para a s/n...?Eu quando olho pro lado vejo s/n dormindo. Estava um pouco frio então pego uma roupa e visto nela, nisso aproveito também para me limpar e me vestir também, depois volto a deitar com s/n e n demoro muito para adormecer...

No dia seguinte...

Nari On/ Jimin Off...

Minha irmã acha q sou surda e burra! Só pode ser... Ela acha que eu n sei q s/n vai ir na casa dela hj de manhã cedo, dane- se a Valéria! Eu tenho direito de ver minha filha! Eu só queria ter o amor de s/n como ela tem pela Valéria... Mas ela vai ter q me ouvir hoje. Ontem conheci minhas netinhas elas tem a feições iguais a dos pais. São muito bonitas. Agora deixa me arrumar para ver minha filha...

Continua meus queridos... 

=^● ⋏ ●^=




Notas Finais


Vai ter mais uma continuação do capítulo amanhã, um forte abraço tch...٩꒰。•‿•。꒱۶


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...