História The órfã (BTS) - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé
Tags Incesto, Namjin
Visualizações 74
Palavras 1.721
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - E se eles me levarem em um passeio?


Fanfic / Fanfiction The órfã (BTS) - Capítulo 5 - E se eles me levarem em um passeio?

Me levantei e fui em direção á sala da bruxa. Em minha cabeça passavam milhares de possibilidades do que poderia acontecer. Será que ela sabia que eu escutei sua conversa sobre o diário com a zeladora? Não, claro que não, aliás isso faz uma semana, ela não iria lembrar. Ou iria?

Será que vou ser punida por ser mal educada com Hee Young e Jackson? Acho que não, até porque eu não disse nenhuma mentira... Mas fui grossa com eles. Droga! Não sei o que pensar.

Bati duas vezes na porta, escutando um "entre" da diretora MiCha.

Entrei receosa, encontrando Young e Jackson sentados nas cadeiras em frente á mesa da diretora.

- Entre e feche a porta.- Pediu a diretora.

O casal não dizia nada, apenas me fitava. Fechei a porta e me coloquei entre os dois.

- Estou aqui.- Disse e me curvei em reverência. Eu nunca me curvava em reverência, só quando eu queria me pasaar de boa moça.

- S/n, o senhor e a senhora Wang disseram ter enteresse em adotar você.- Devem ter me confudido.

- Eu? Tem certeza? Não estão me confundindo com outra pessoa não?

- Não, eles vão adotar você.

- Nossa.- Minha mente travou no "Eles vão adotar você"

- Vá se arrumar e volte aqui.

- Me arrumar pra que?- Franzi o cenho. Nem morta eu iria por o uniforme.

- Eles querem te levar a um passeio só os três, e eu não vejo mal nisso, assim vocês podem conhecer melhor.

Santo GD, eu não creio nisso, vou ser finalmente adotada, isso é incrivel!!!! Preciso esfregar isso na cara da Isabelle, e eu vou fazer isso, com certeza vou.

Saí da sala da diretora ás pressas, as meninas me esperavan no corredor, estavam afoitas.

- eai, o que ela disse?- Letícia perguntou apressada.

- Disse que o casal quer me adotar. Não é demais? - Sorri largo.

- Que foda man, deve ser daora ser adotada.- Carol sorriu.

- Verdade, mas falando nisso cadê a Rayelle?

- você não viu? Ela ficou la conversando com o jungkook.

- Nem notei.- Leticia deu de ombros.

- Esses dois ainda vão acabar se pegando.- Disse e elas concordaram.- meninas agora eu preciso ir ne arrumar, vou sair com meus novos pais.- Disse animada.

- Quer ajuda com a roupa? - Perguntou Carol.

- Não obrigada.- Corri para o andar de cima.

Entrei no quarto e peguei minha roupa, iria me trocar no banheiro, ja que dividimos o quarto com 7 garotos. Vai que um deles entra sem bater.

Quando saí do quarto me deparei com uma cena que eu não gostaria de ter presenciado: Isabelle e Jimin aos beijos. Não sei por que, mas meu coração doeu ao ver aquilo. O Jimin é livre pra ficar com quem ele quiser e eu só o vejo como meu amigo, então por que me sinto triste? Aish.

- S/n?! - Se afastou da Issbelle.- Olha, não é nada disso que você ta pensando.- Disse rapidamente e com os olhos arregalados.

- Não? - Perguntei em um fio de voz.

- Não, olha, ela me agarrou, eu não-

O interrompi.

- Tudo bem Jiminie-ah, eu não ligo.- Forcei um sorriso.- P-pode continuar, ja to saindo, só vim... Pegar uma roupa.- mostrei a roupa e comecei a andar em direção á diretoria.

- S/n! - Jimin segurou meu braço, senti meu coração se acelerar. O que ta acontecendo aqui? - É sério, por favor me entende, foi ela que me beijou.- Suspirei.

- Tudo bem Minnie, relaxa, eu não ligo se você gosta dela, eu-

- Eu não gosto dela.- Me interrompeu.- Eu gosto de você, não notou ainda? Depois de todos os sinais. Desde que eu cheguei aqui, eu me apaixonei por você S/n.

Isso foi um tiro enorme no meu coraçãozinho. Se controla porra!

- J-Jimin, eu... Eu não sei o que dizer. - Realmente não sabia.

- Simples, aceita ficar comigo.- Segurou minha mão esquerda.

Ficar? Então é isso? Ele só quer ficar?

- Jimin... Eu gosto muito de ser sua amiga, e gostaria que continuasse assim.- Olhei para meus pés.

- Entendo, me desculpa S/n, eu não devia ter contado.- Senti uma pontada de tristeza em meu peito.- Pode ir agora.- Olhou pro lado.

- Jimin.

- Relaxa, eu to bem.- Sorriu. Aquele sorriso era falso.

- T-ta, então eu... Vou indo.- Comecei a andar, mas no segundo passo me viro de volta.- Ah! Jimin!

- Diz.

- Vou ser adotada.- Respondi animada.

- Hum... Que bom.- Sorriu de lado fracamente.

Me senti mal com isso, tomara que seja só uma fase, não quero ele brigado comigo.

Entrei no banheiro e comecei a me vestir na velocidade da luz, se duvidar até mais rápido que isso. Coloquei uma saia azul escuro estilo colegial, ia até o meio da coxa, uma meia preta na perna direita que terminava no início do meu joelho, uma mini-blusa moleton cinza com touca. (É mini-blusa de moleton, então óbviamente mostra minha barriga). Coloquei uma sapatilha preta e deixei o cabelo solto.

Passei um batom roxo não tão escuro, delineador, rímel e um pouco de blush.

Desci até a diretoria, onde o casal estava saindo.

- Você está linda.- Hee Young disse e sorriu pra mim.

- Concordo com ela.- Disse Jackson também com um sorriso.

- Obrigada.- Senti meu rosto esquentar.

- Vamos?

- Vamos.- Respondi.

Vou pra sala e vejo as meninas virem em minha direção.

- Nossa, que gata, se eu gostasse de garotas eu te pegava.- Brincou Letícia.

- Eu hein, sai pra lá.- Respondi brincando e empurrei seu ombro de leve a fazendo rir.- Agora eu preciso realmente ir meninas, até depois.- Disse após ver que Young e Jackson me esperavam na porta da entrada.

Elas acenaram pra mim e eu saí, acompanhando o casal.

Jackson abriu a porta do carro e eu entrei. Assim que o carro começou a se movimentar, eu coloquei o fone em um ouvido, deixando o outro livre, caso falassem comigo, a musica que tocava era "History" do Exo-k. Enquanto o carro seguia, eu olhava pela janela apreciando a paisagem, estava curiosa pra saber onde iriam me levar.

- Animada? - Perguntou Jackson.

- Sim, bastante.- Respondi sorrindo. Ultimamente eu só sei sorri, credo!

- Onde vamos?

- Parque de diversões... Gosta?

- Nunca fui em um.- Respondi abobada.

Eu sou mesmo uma garota de 15 anos? Para de sorrir caraio!

- Vai se divertir muito hoje.- Respondeu Hee Young sorrindo pra mim.

.

.

.

.

Se antes eu ja estava toda boba, imagine agora ao ver o tamanho daquele lugar. Mano, eu consigo ver os brinquedos do lado de fora que T.O.P. (A: Não deu pra segurar kkkkk.)

Desci do carro acompanhada de Jackson e de Young que dava pulinhos de alegria por estar em um parque de diversões. Ela que vai ser minha mãe?

- Vamos comprar os ingressos e depois você escolhe um brinquedo. - Jackson disse olhando pra mim. Assenti.

Assim que entramos no parque, minha boca se abriu em um um enorme "O". Jackson comprou os ingressos e o primeiro brinquedo que eu quis ir foi a montanha-russa. Sempre quis saber como era esse brinquedo que tanto falavam.

Depois de um ano na fila, entrei no carrinho e coloquei o cinto com um sorriso maior que o do coringa. Assim que o brinquedo começou a andar, senti un friozinho na barriga.

- AAAAAAAAAAAH! - Meus gritos se misturavam com os das outras pessoas.

Olhei pro lado vendo Young quase rasgando o cinto de tão forte que ela apertava, queria rir da cara dela, mas minha situação não estava muito diferente.

.

.

.

.

Fomos em todos os brinquedos do parque. Tipo... Todos MESMO. Mas não era eu que estava pagando, então não estava nem ai.

Fomos mais uma vez no tiro ao alvo e depois fomos embora, estava de noite e eu iria dormir na casa dos meu novos pais ja que a diretora havia permitido. Não era definitivo, eu ainda não iria morar com eles, pelo menos não até o papel da adoção estar pronto. Eu dormir na casa deles seria parte do passeio.

O carro para e eu olho pela janela, a casa era linda, maior do que eu havia imaginado. Parecia aquelas casinhas de filme. Ela era branca, e a varanda tinha uma cadeira de balanço preta, daquelas de velhinha. Um pouco antes de chegar na varanda, tinha um pequeno jardim que possuia vários tipos de flores, inclusive lírios, que são meus favoritos. Descemos do carro e Jackson foi a brir a porta.

- O que achou? - Hee Young perguntou.

- Achei linda.

- Que bom que gostou, vem, vamos entrar.- Pegou em meu braço me puxando animada pra dentro, parecia uma criança puxando a mãe pra lojinha de doces. Ri soprado.

Por dentro a casa era ainda mais linda. Tudo ali tinha uma decoração moderna em cor preto e branco.

- O que gostaria de comer de lanche da noite S/n? - Perguntou me olhando.

Bom, um lanche, de preferência.

- Não tenho nada em mente.- Dei de ombros.

- Ok. Yu, enquanto eu faço o lanche, leva a S/n pra conhecer a casa.- Deu um selinho na esposa e saiu da sala.

- Quer conhecer a casa S/n?

- Quero.

- Então vamos.

      P.O.V's JIMIN On**

Coloquei o fone de ouvido e tentei espantar os pensamentos por um tempo, ja que neles só apareciam a S/n. Eu realmente fiquei triste por levar um fora, mas eu mereci, deveria saber que ela me vê só como amigo. Eu queria não pensar nela, mas ao mesmo tempo estou preocupado, ela vai ser adotada, vai sair do orfanato, vai me esquecer.

Dou pause na música quando Suga entra no quarto começando a andar de um lado para o outro com uma mão no queixo e a outra na cintura.

- Qual_Jimin eu_o_to com_problema_um problema_Yoongi?- Dissemos ao mesmo tempo.

- Calma, fala de novo.- Pedi.

- Preciso da sua ajuda cara.- Ele parecia nervoso.

- Diz.

- Promete que não vai rir de mim.- Juntou as mãos. Pelo jeito ele estava realmente desesperado, o que me deu mais vontade ainda de rir da cara dele, mas me contive.

- Prometo.

- Certo... Eu... E-eu queropediraleticiaemnamoromasnãoseicomo.- Falou rápido e embolado.

- Que?- Franzi o cenho e ele respirou profundamente.

- Eu quero pedir a Letícia em namoro, mas eu não sei como fazer isso.

- E pra que você quer minha ajuda?

- Quero que me ajude a falar com ela, sei lá, me dá um conselho ai.

Não me contive, começei a rir igual uma Hiena.

- Você disse que não ia rir.- Ele estava a ponto de chorar ali.

Porra, minha barriga vai explodir hahahahahaha.

5 Minutos depois

- Ja acabou? - Perguntou sério.

- Ja.- Limpei uma lágrima no canto do olho. Meu rosto ja estava doendo.

- Então me ajuda.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...