História The Original - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, Stray Kids
Personagens JB, Youngjae
Tags 2jae, Abo, Bts, Comedia, Got7, Jb Alfa, Lemon, Mpreg, Strag Kids, Stray Kids, Yaoi, Youngjae, Youngjae Ômega
Visualizações 249
Palavras 996
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


eu tô viva não se preocupem kkk

bom, ignorem os erros desse capítulo pq a pessoa que me ajuda ela não tá falando comigo (?) então até ela falar comigo talvez demorasse mais ainda, como já tava pronto eu vou postar e ehisto

boa leitura angels!

Capítulo 3 - III


Quando saí do veterinário eu entrei no carro e chequei algumas mensagens no celular. A maioria era de alguns colegas de trabalho falando que o chefe ficou com muita raiva de eu ter faltado a reunião e que ele iria me matar.

Eu não liguei, porquê sabia que se acontecesse alguma coisa comigo aquela empresa iria afundar. Modesta parte é claro, mas sem mim aquela empresa não funciona.

   - Bom, quem quer conhecer sua nova casa? - Falei olhando pro cachorro que estava deitado no banco ao meu lado. Ele era tão fofo, mal posso esperar pra mostrar ele.


Dirigir até em casa e no caminho começei a pensar sobre o ômega que conheci no veterinário. Ele era tão cheiroso, o seu cabelo castanho escuro, a sua pele branquinha. Se controla Jaebum! A verdade é que eu nunca me senti atraído por ninguém da mesma forma como me senti vendo ele. Ele era especial e logo logo ele estará aos meus pés.

   - JINYOUNG! VEM AQUI QUE EU TENHO UMA SURPRESA. - Gritei que nem um louco e tenho quase certeza que se minha mãe tava dormindo ela acordou agora.


   - Puta que pariu JB, já ouviu falar em "sono"? Você sabe que eu tenho insônia e que é difícil pra eu dormir, eu estava quase conaeguindo dor... AI MEU DEUS É UM CÃO.


   - Sim é um cão, achei ele abandonado e trouxe ele pra cá.


   - Me dá ele agora. - Jinyoung pegou ele no colo e pelo que notei o cachorrinho gostou muito dele. Percebi que minha mãe desceu a escada e viu um Jinyoung tentando ensinar o cachorro a falar "I am Groot".


   - Vamos lá nem é tão difícil, I... Am... Groot! I am Groot.


   - Você sabe que ele é um cachorro né filho? - Mamãe falou e eu só olhei para o Jinyoung esperando uma resposta.


   - Claro que eu sei gente. Ele poderia ser um cachorro talentoso igual aqueles que aparecem na TV.


   - Ai ai eu mereço.


   - Espera o que você tava "ensinando" ele a falar mesmo? - Perguntei.


   - Eu queria que ele falasse "I am Groot" daquele filme Guardiões da Galáx...


   - É ISSO! - Falei e ele e minha mãe me olhavam confusos. - O nome dele, vai ser Groot.


   - Mentira! Adorei. Como eu não pensei nisso? - Jinyoung falou e minha mãe concordou com o nome e com o movo membro da família.


Ficamos um bom tempo brincando com o Groot e eu gostei de não ter ido aquela reunião, se eu tivesse ido não teria acontecido tanta coisa boa. Eu ganhei um novo amigo, pude ter um tempo com minha família e eu achei um ômega maravilhoso. Só me resta investigar pra saber mais sobre ele.


[...]


   - JB acorda. Levanta daí. - Jinyoung enche o saco. - Vamos, quero te levar pra conhecer um amigo meu. - Ele continuava me cutucando e me balançando de um lado pro outro, se ele não parasse eu ia ficar maluco.

   - JÁ CHEGA! - Usei minha voz de alfa e vi que ele se encolheu do lado da cama, por eu ser um alfa "incomun" a minha voz é muito mais grave e assustadora do que os outros alfas. - Me desculpa Jiny, eu não queria fazer você se assustar. - O abraçei tentando acalmá-lo o mesmo já estava chorando.

   - T-Tudo bem eu sou irritante mesmo. - Falou enquanto secava suas lágrimas.

     - Então o que tinha pra me falar?

   - Eu queria te apresentar um amigo meu, ele marcou de sair comigo e queria levar você já que quase nunca sai de casa.

   - Okay, vou me arrumar e me espera lá embaixo.


Me arrumei e encontrei o Jinyoung na sala. Eu ainda estava sentido com o que eu fiz, as vezes eu não consigo controlar o meu lobo. Logo quando cheguei aqui eu e Jinyoung estávamos  estudando e sem querer ele derrubou café no meu livro, eu por impulso gritei com ele e o arranhei no braço. Parecia que eu estava em transe quando percebi só vi ele caído no chão se contorcendo de dor. O meu lobo é muito agressivo e tenho medo de ainda fazer algo pior.
O arranhão foi tão grave que precisou levar 18 pontos.

   - Aonde você marcou com seu amigo?

   - Foi na sorveteria perto da casa dele. Ele disse que vai pra lá assim que sair do trabalho.

     - Tudo bem então vamos logo.


Fomos até a sorveteria e ficamos esperando o tal amigo chegar. Se passaram uma hora e eu como sou paciente já tinha comido 4 sorvetes. Pois é alfas também sentem fome.


   - Jiny se esse amigo demorar mais ainda eu vou embora e você vai ficar aqui.


   - Espera mais um pouco por favor, ele é muito legal você vai gostar dele eu tenho certeza.


Então fazer a vontade do irmão é complicado. Esperei, esperei, esperei e esperei.


   - Ah não já chega disso, eu vou embora Jiny quando precisar ir embora me liga que eu venho te buscar.


     - Espera ele tá vindo ali.


   - Demorou muito, vou embora. - Já estava indo embora quando o amigo dele chegou mais perto e eu travei.


   - JB esse é o meu amigo, Youngjae. - É o veterinário, me segura.


   - Prazer em conhecê-lo, Jinyoung fala muito de você. - Ele estendeu a mão pra mim.


     - O prazer é todo meu. - Podia jurar que eu estava babando.


     - Eu acho que vamos ter que ficar só nós dois porquê o meu irmão já está de saída Jae.


     - NÃO. Q-Quer dizer eu vou ficar aqui com vocês.


     - Ótimo, vamos sentar. - Enquanto Youngjae se sentou na mesa o Jiny cochichou no meu ouvido alguma coisa.


   - Quem diria que um alfa durão iria se  derreter por alguém.


      - Não enche Park Jinyoung!


- Ui chamou pelo nome completo, tem mesmo alguma coisa rolando.



Pode apostar que tem Jiny! 


Notas Finais


ignorem se tiver erros e não desistam de mim 💫

fiquem bem e até a próxima angels!

♤ tá agora é sério, eu vou chamar vocês de Angels. Byeeee


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...