História The oter side (Long Imagine - JUNGKOOK - BTS) - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens JB, Jin, Jungkook, Mark, Personagens Originais
Tags Bangtan Boys (bts), Bts, Drama, Jin, Jungkook, Kookie, Mark, Novela, Suspense, Universo Alternativo, Você
Visualizações 163
Palavras 1.268
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Finalmente resultado
~BOA LEITURA

Capítulo 30 - Result


CAPÍTULO XXX – Result

"The oter side"

HUNE ON:

Mark indo dormir cedo? Isso não me cheira bem... Ele acha que eu não percebi mas, senti seu olhar sobre mim, só não dei muita importância por que eu já estava acostumada em receber tantos olhares de homens.

Mas... dessa vez me pareceu diferente, sei lá, uma sensação diferente, SEM EXPLICAÇÃO. Esses pensamentos me rodearam a noite toda, tanto que fiquei sem sono... Por que eu estava tão pensativa sobre isso? Ah, vou dormir, deve ser sono. Passei pela sala indo em direção a um dos quartos, e quando passei pela porta do escritório, que tinha ali na casa, lá estavam Jin e Jungkook conversando com suas expressões muito sérias. Acabei batendo na porta que estava com uma fresta aberta, chamando a atenção dos dois alí.

- Hune? O que faz acordada ainda? – Jin me perguntou e fazendo sinal para que eu entrasse

- Estou sem sono... Quero saber o que descobriram – disse revezando meus olhares nos dois

- Esta bem Hune – Jin me respondeu, e começou a falar o que mais parecia ser uma bíblia de DU

- Que história hein? O que estão pensando em fazer? Começar a rezar é uma boa... – disse sendo irônica

- Bem, não temos muito a nosso alcance, não temos um plano e nem ao menos uma teoria... – disse Jungkook preocupado

- Por que você ainda não falou do “Ai sacri cieli” para ele Jin? – Perguntei olhando o mesmo, que estava com olhos arregalados – Que foi?!

- Como você conhece esse feitiço? – Perguntou desacreditado com que eu disse

- Eu sei de muitas coisas Jin, eu não sou bruxa à toa – disse revirando os olhos

- Que feitiço é esse Jin? – Perguntou Jungkook

- Nada, é apenas um feitiço muito perigoso e proibido em todos os mundos, certo Hune? – ele disse me olhando com ironia

- Ele é capaz de te levar até S/N ou te fazer ter uma “conexão” com ela – eu disse e Jin me fuzilou com os olhos

- Maravilha! Como fazemos ele? – ele disse animado

- Esse feitiço não é fácil Jungkook, ele é proibido, ninguém é capaz de usá-lo, o único que já o usou foi o próprio DU – disse o olhando parecer perder a cor

- Hyung, eu aceito qualquer coisa, eu preciso da S/N, hyung eu não aguento mais esse inferno – ele disse com os olhos marejados

- Olha, Jungkook, esse feitiço não é para qualquer um, eu mesma passei três anos tentando realiza-lo. Podemos tentar mas esteja ciente de que pode não funcionar – eu disse calmamente

- Devíamos deixar esse assunto de família para a família correspondente a ele, os próprios pais de S/N nos pediram para não nos metermos em seus casos familiares – Jin disse tentando mudar a cabeça de Jungkook

- Hyung, eu faço parte dessa família agora, é meu dever proteger minha pequena, ela é tudo para mim Jin Hyung – ele me olhou – Hune, eu quero esse feitiço, faz alguma ideia de onde podemos encontra-lo?

- O pior é que, - me sentei para encara-lo melhor – eu sei sim – Jin me olhou espantado com meus comentários

- Como sabe? – Jin perguntou me olhando com os olhos arregalados ainda – Só membros mais importantes da família de DU tem acesso a esse feitiço

- Exatamente, querido Jin, o papai da S/N tem o nosso alvo – disse e Jungkook me olhou surpreso

- Vamos atrás dele então – disse Jungkook se levantando

- Jungkook, senta! – disse Jin, mandando

- O que foi? – disse Jungkook se sentando na cadeira que antes estava

- Agora que temos a solução, eu quero que durma Maknae, não vai resolver nada a esse horário da noite – disse Jin, autoritário

- Está bem Hyung – Jungkook disse bufando

- Bom garoto – disse Jin.

Depois daquele assunto, todos fomos dormir, estava indo a meu quarto e passei pelo quarto de Mark, que estava com a porta aberta, parei ali para admirar a beleza daquele garoto, a luz da Lua estava refletindo em seu rosto, tornando sua pele alva. Comecei a imaginar como seria marcar aquela pele branquinha... Olha o sono me atacando de novo.

HUNE OFF

JUNGKOOK ON:

Eu quero tanto rever a S/N, me dói perceber que não está ao meu lado agora, mas se o plano der certo ela voltará aos meus braços de novo. AISH! Até seu jeito rabugento me faz falta.

O dia amanheceu, e lá estávamos nós, atrás daquele feitiço “Ai sacri cieli” no livro proibido. E quando Hune disse que não era fácil era realmente sério. Procuramos em várias bibliotecas de vários mundos diferente: dos lobisomens, bruxas e até das Fadas Vampiras, obviamente lá estava vazio.

~

Depois de uns dois dias procurando, finalmente achamos e por incrível que pareça o livro proibido estava no meu castelo, especificamente no subsolo embaixo do meu quarto, em uma sala escondida, provavelmente do meu pai. Voltamos á nossa casa da Austrália que acabamos comprando.

A cada passo dado por nós, me sinto mais perto dela. Folheamos o livro até a página do feitiço, ele tinha uma aparência velha e suas folhas estavam amareladas. Mark, Hune e Hyung se surpreendiam com o tanto que eu fazia pela S/N, e durante esse tempo eu percebia algo diferente entre Mark e Hune, se olhavam muito e suas atitudes causavam um rubor em suas bochechas. Anoiteceu enquanto estávamos nos preparando para o feitiço e eu só pensava em agradecer a cada um dele pela ajuda, sim, até Hune.

Estávamos preparados para iniciarmos, eu tentava me manter calmo. E se desse certo? E se não...?

Respirei fundo e me coloquei ao redor daquele círculo no chão, que seria aonde o portal para o céu se abriria. Jin proferiu as palavras para que o portal fosse aberto, não deu certo, senti meu coração ser brutalmente esmagado, abaixei a cabeça frustrado começando a pensar em outras formas de tentar acha-la, era só isso o que eu fazia ultimamente.

Enquanto eu estava quieto pensando escutei Jin reclamando, mas em outra língua, parecia italiano, ele estava realmente nervoso:

- HYUNG PARE POR FAVOR! – Mark gritava tentando acalmar o mais velho

Quando ele acabou de falar, o mesmo caiu de joelhos no chão sem forças, fui naquela velocidade para socorre-lo

- Você está bem Hyung? – Perguntei e uns segundos sentimos o chão começar a tremer

- O que está acontecendo? – Mark perguntava

- SE PROTEJAM – Jin gritou e Hune e Mark foram para debaixo da prateleira

O chão tremia muito e um minuto depois ele parou e no meio do círculo surgiu uma luz, uma pequena luz no chão e enquanto ela crescia o chão voltou a tremer, e quanto mais a luz crescia mais o chão tremia. Quando o chão parou de tremer, Jin levantou rápido e começou a analisa-la

- Nós conseguimos! JUNGKOOK NÓS CONSEGUIMOS! -  Ele disse e Hune e Mark se aproximaram, ambos espantados

- Vai em frente primo – Hune disse

Me aproximei para entrar no portal, mas antes de eu conseguir fazer isso, uma figura saiu do mesmo. Essa figura usava um traje dourado que cobria seu corpo inteiro inclusive seu rosto, com uma touca enorme.

Fomos para trás em sinal de proteção, não sabíamos o que aquela coisa podia fazer. Ela se aproximou de mim, ficou tão perto que podia sentir sua respiração, então eu levei minhas mãos até sua touca e levemente, fui a tirando de vagar até que pudesse ter a visão de seu rosto e quando isso aconteceu, não pude acreditar no que ví.

Depois de meses, eu sabia que um dia aquela busca teria resultado, e esse resultado tinha nome

S/N


Notas Finais


- G


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...