História The Other Side of Jungkook - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Brigas, Hoseok, Investigação, Jimin, Jungkook, Namjin, Romances, Taehyung, Vhope, Yoongi, Yoonkook
Visualizações 120
Palavras 1.204
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Identidade dupla


Fanfic / Fanfiction The Other Side of Jungkook - Capítulo 3 - Identidade dupla

Yoongi 

Por alguma razão, o diretor da escola veio nos comunicar que fomos liberados mais cedo. Ótimo, eu estava muito ansioso para esperar o final da aula. Guardo meus materiais e saio da sala avistando Jungkook no pátio, ele estava conversando com um garoto, me aproximo e toco seu ombro, ele se vira e me olha.

- Me desculpe por hoje cedo, eu estava um pouco estressado

Ele me olha surpreso, depois da um pequeno sorriso que me fazia lembrar um coelho, na verdade, seu rosto todo me lembra um coelho.

- Não foi nada, sei como é

Ele responde.

- Ainda me sinto mal pelo que eu fiz, Por favor, aceite jantar comigo como um pedido de desculpas

Sorrio por dentro, isso era um teste, primeiro eu esbarrei nele para chamar sua atenção deixando ele irritado para que eu fosse seu próximo alvo, agora eu convidei ele para um jantar, o que não é comum as pessoas aceitarem sair com uma pessoa que você acabou de conhecer.

- Claro, eu aceito

Eu estava certo, eu sou seu próximo alvo, se eu estiver correto, ele quer ganhar a minha confiança e ser meu amigo.

- Que bom. Me de o endereço da sua casa, vou te buscar as oito horas

Assim eu ia saber onde ele morava.

- OK, mas pode ser às sete? Não posso chegar tarde em casa

Ele me dá o endereço e eu guardo no bolso do meu uniforme escolar.

- Pode sim, bom, até às sete

Me despeço e saio da escola indo para a casa, tomo um banho rápido e visto uma roupas, passo maquiagem, coloco minha peruca e passo batom vermelho, me olho no espelho e saio de casa.

Vou até uma casa e abro a porta, procuro alguém na casa, a casa era espaçosa, então eu demorei para olhar tudo, até que ouço água caindo, ele estava tomando banho. Entro no banheiro e vejo Namjoon, o professor tomando banho, ou devo dizer, meu melhor amigo.

Me aproximo e vejo o mesmo com os olhos fechados aproveitando a água quente para relaxar.

- Que físico em!

Ele abre os olhos e me pergunta como eu havia entrado.

- Fiz uma cópia da sua chave

Ele me da um tapa e me chama de menina, mas eu dou de ombros.

- Saía logo

Saio do banheiro e fico esperando o mesmo, que depois de 2 minutos sai do banheiro.

Pergunto se ele havia colocado as câmeras na escola que eu pedi e ele afirma que sim.

- E você, conseguiu algo? Parece animado

Sorrio mordendo meus lábios, cravando meus dentes no batom.

- Com certeza

Pego uma carteita do meu bolso e o papel que Jungkook tinha me dado.

- O que é isso Yoongi?

Abro a carteira.

- Eu esbarrei nele e aproveitei a confusão pra pegar sua carteira, e esse papel é o endereço dele, eu chamei ele pra jantar comigo

- Ele aceitou?

Pergunta meio surpreso.

- Claro Nam, psicopatas sempre aproveitam qualquer situação para ganhar confiança das vítimas

Namjoon suspira.

- Eu estava conversando com Jin sobre isso, não temos prova e nem suspeitas que ele é um psicopata, ele estava junto com o Jimin no dia do crime, ele estava em uma sala ao lado amarrado, não consigo pensar em nada que ele seja ocupado, por que você insiste tanto que ele é um psicopata?

Me sento no sofá e espero Namjoon sentar também.

- Quando resgatamos eles, Jungkook não parecia estar com medo, sem contar que ele estava em perfeito estado, ao contrário do outro que estava sem roupas, com marcas de dedos no pescoço, mostrando que enforcaram ele por um tempo e ele estava com um corte na bochecha, e ele disse que era um homem com máscara de coelho e parecia ser jovem, e ele disse que seu perfume parecia 1 Million, e Jungkook estava com esse perfume quando estávamos investigando ele

Namjoon me interrompe.

- Como você sabe que ele estava usando 1 Million?

Pergunta.

- Eu perguntei à ele

- Ah, e Jimin falou para o Jin que o rapaz tinha uma mala com vários tipos de faca. E eu sentia que Jungkook estava mentindo quando interrogamos ele, ele disse que não tinha visto ninguém além de um rapaz encapuzado.

Deito no colo de Namjoon.

- Tenho certeza que tem algo errado com Jungkook

Ouço a porta abrir e Jin nos olha.

- Hyung?

Namjoon me empurra do seu colo.

- Não entenda errado Jin

Jin vem até nós e senta no sofá.

- Não tenho nada a ver com isso

Namjoon abraça Jin.

- Não fale assim comigo Jin, eu te amo

Jin suspira cansado.

- Para de graça

Quem olhava pra gente nem poderia imaginar que esses adultos com mentalidade de crianças na verdade eram agentes secretos. Eu por exemplo, sou um agente secreto, meu nome é Min Yoongi mesmo, mas eu não tenho 17 anos, tenho 19 anos, já tinha me formado. Mas como eu comecei a investigar Jungkook seria mais fácil ser amigo dele na escola, então eu fiz uma identidade falsa, quando eu trabalhava de agente eu me vestia de mulher, pense bem, quem imaginaria que um estudante homem seria uma agente mulher? Ninguém. Sou muito bom em atuar.

Namjoon tinha 23 anos, nunca foi professor, mais sabia mesmo falar várias línguas, além de ser um gênio e saber muito sobre tecnologia, por isso não foi nada difícil ele conseguir o emprego de professor na escola, nem conseguir instalar as câmeras pela escola toda sem ninguém desconfiar.

Jin tinha 25 anos, era o mais velho do entre nós, ele faz gastronomia, é bem gentil, menos com Namjoon quando ele começava a fazer graça. Jin passa uma confiança absurda para qualquer pessoa, não é a toa que Jimin só conseguiu contar tudo o que havia passado no sequestro apenas pra ele. Jin também é bastante observador, nada escapa dos seus olhos de águia.

Esses dois tinham um relacionamento complicado, os dois se gostavam, mas Jin não dá nenhuma brecha para Namjoon se aproximar. Ele contou apenas pra mim que o motivo é que ele já foi traído e estava com receio de Namjoon se cansar dele e fazer o mesmo, eu disse a ele que Namjoon não era assim, mas Jin é um cabeça dura, mas tenho certeza que esses dois ainda vão ficar juntos, eles foram feitos um para o outro.

Eu e Namjoon somos amigos desde que nascemos, e eu conheci o Jin quando eu estava na 8°série, assim que eu apresentei ele para o Nam, ele ficou babando nele, fazia várias perguntas, segurava a mão dele e sempre dizia que amava ele, e Jin ficava igual a um tomate de vergonha, mas ele também ama o Nam.

- Não estou brincando Jin, você é o amor da minha vida, minha princesa, me-

Jin corta Namjoon.

- Vou fazer a comida, o que querem comer?

Namjoon fica emburrado por ter sido completamente ignorado.

- Eu não vou jantar eu tenho que ir pra casa me arrumar, vou sair hoje. Mas você pode fazer carne e korean knife noodles, é a comida favorita do Nam

Jin cora um pouco e vai pra cozinha.

Chego perto de Namjoon.

- Aproveita seu jantar com o Jin, boa sorte

Namjoon me olha com os olhos tristonhos.

- Você acha que eu tenho chance? Ele nunca me dá bola

Seguro sua mão.

- Você consegue Nam, fale sério com ele e peça ele em namoro, sei que ele não vai te dar um pé na bunda

Ele dá um pequeno sorriso.

- Vou tentar. Boa sorte no seu jantar também


Notas Finais


O que será que vai acontecer nos dois jantares?
Namjoon vai se declarar?
Jin vai aceitar o que sente por Namjoon?
O que Jungkook está planejando?
O que Yoongi irá fazer?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...