História The owners of true blood - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Visualizações 2
Palavras 1.236
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 13 - Idiota!


Fanfic / Fanfiction The owners of true blood - Capítulo 13 - Idiota!

•| Kill on |•

Estaria andando pelos corredores com meus fones de ouvido tocando Dangerous woman,  estava um pouco distraída, porém percebo algo estranho.

Kill:hm?.. -observo em volta-

Logo meus fones são retirados, olho para a pessoa e... aff, Castiel, esse garoto não tem mais o que fazer mesmo né?!

Cassy:Olha só quem eu achei

Kill:E eu tava escondida por acaso? -cruzo os braços- vamos, devolva meu fone

Cassy:Hmmm... não -o mesmo sorri-

Kill:Garoto... Eu não sou tuas negas não tá bom?! Vai procurar algo de útil pra fazer!!

Cassy:Mas eu já achei -ele sorri e logo passa as mãos pelo meu cabelo e começa a enrolar uma das mechas no seu dedo-

Kill:Você é insuportável sabia? -tiro a mecha do meu cabelo do dedo dele

Cassy:Realmente você é bem brava -ele ri-

Kill:Quer mandar em como eu sou agora é? Coitado -tento pegar meu fone porém o mesmo segura minha mão- ô seu idiota! Anda logo e me devolve

Cassy:Do que você me chamou?

Kill:Ah faça-me o favor viu! Quer que eu soletre?! -arqueio uma sobrancelha- I-D-I-O-T.. -O mesmo desfere um tapa em meu rosto-

Cassy:Se eu fosse você eu teria cuidado com a sua língua! -os olhos do mesmo ficam roxos-

Kill:~pabo.. -sussurro e logo minhas presas ficam maiores-

Cassy:O que vai fazer? Me morder? -ele ri-

Kill:Você é um completo idiota! -logo desfiro um soco na barriga no mesmo, fazendo ele cair no chão-

Cassy:E você é muito mais que uma idiota! -o mesmo se levanta e vejo suas presas aumentarem também-

O mesmo logo se transforma em um alfa e logo após faço o mesmo, corremos em direção um do outro rosnando, o mesmo pula por cima de mim e começa a morder algumas partes do meu corpo, logo mordo o pescoço do mesmo fortemente e o derrubo no chão, assim ficando por cima do mesmo.

Acabamos por voltar a nossas formas normais e Castiel me pega pelo pescoço, assim apertando o mesmo.

Cassy:Eu te odeio! -o mesmo estaria respirando fortemente mas seu semblante era de raiva-

Kill:Vai... pro inferno! -meus olhos ficam pretos

Logo alguém desfere um soco na cara de Castiel fazendo ele me soltar e eu cair no chão, olho para o mesmo que estaria com o naríz sangrando.

Hikaro:Baka!! Nunca te ensinaram a deixar os outros em paz?! - Hikaro estaria com o cenho franzido e olhando Castiel fixamente, um dos seus punhos ainda estaria cerrado, provavelmente é o mesmo que ele usou para socar Castiel-

Cassy:Isso não tem nadas a ver com você... -Castiel fala limpando o sangue do naríz-

Hikaro:Se eu ver você fazendo isso com ela ou com mais alguém, eu não vou me responsabilizar pelos meus atos!

Cassy:Parece que você tem um protetor não é... -ele ri- que coisa idiota garota! -o mesmo caminha em direção do banheiro com a mão no rosto-

Kill:~h-hm.. -coloco a mão no peito-

Hikaro:Ei... você está bem? -o mesmo se abaixa a minha frente

Kill:H-acabo cuspindo um liquido preto e minha pele fica mais clara, logo apoio meus braços no chão e continuo cuspindo o liquido, minhas costas começam a doer-

Hikaro:Ei kill! Calma- o mesmo massageia minhas costas para que eu coloque tudo pra fora, porém ele sente algo mas... o quê?

Kill:M-me ajuda...-olho para o mesmo com os olhos pretos e minhas veias começam a ficar mais visíveis-

Hikaro:Calma, ok? -o mesmo me pega no braço e me leva até a sala onde eu teria ajudado Heloisa-

Ao chegar na sala o mesmo me coloca deitada no birô e abana um pouco meu rosto.

Hikaro:O que está acontecendo? -o mesmo fala preocupado-

Kill:E-eu consigo sentir... e-ele virá atrás de nós - olho para Hikaro•

•| Lia on |•

Carla:Lia!! -a mesma vem até mim-

Lia:Menina, o que foi hein? Quanta agitação

Carla:Menina! Tú não sabe!

Lia:Depende, se você falar eu vou saber né -cruzo os braços- me fala

Carla:A Kill, brigou com o Castiel... no corredor!

Lia:Ai meu Deus!

Tory:Ahn... gente.. por que essa agitação toda? -Tory caminha até nós e ajeita seus óculos -

Carla:Bem, viram o Castiel sair com o nariz sangrando pro banheiro, e uma garota viu ele e a Kill nos tapas colega!

Tory:Ela se machucou também? -o mesmo faz uma expressão preocupada-

Carla:Não sei

Lia:Gente... que babado hein -Lia fala surpresa- Temos que procurar ela!

Tory:Hai.. -Tory observa em volta-

Carla:Por quê não vem com a gente Tory? -Carla pergunta e dá um soquinho no ombro do mesmo-

Lia:Pois sé, você parece se importar com ela não é mesmo -sorrio-

Tory:Ah.... Por mim, tudo bem

Andávamos pela escola a procura de Kill, e parecia que mais alguém havia sumido, logo chegamos até uma sala porém as vozes eram todas femininas.

Lia:Ei! Shhhh!! -falo para os outros e logo observamos-

Ambrer:Eu não acredito que aquela garota insolente e imbecil! Fez isso com o meu Cassy!

Carla:Ô meu Deus, uma merda dessas- Carla fala e revira os olhos fazendo com que eu quase ria-

Tory:Essa garota realmente não presta...

Lia:Nem tinha percebido, acredita?

Li:Bom e o que vai fazer com ela?

Ambrer:Irei mandar... uma visitinha, do meu amigo- ela sorri-

Carla:Gente... vamos sair daqui... Agora!

Logo corremos em direção de outra sala e acabamos por encontrar Kill e Hikaro.

Tory:Ah! Aqui estão

Lia:Kill! -vou até a mesma e a abraço- eu estava preocupada contigo

Carla:E a gente aqui também

Hikaro:Ela se meteu em uma briga com o Sr. Irritante -Hikaro cruza os braços e se senta em uma cadeira-

Kill:Sim mas... Você me ajudou, kamsamnida Hikaro

Hikaro:Era o certo a se fazer

Carla:Cara, acho que já sabemos quem pode estar por trás dos ocorridos...

Kill:Quem?

Tory:Vimos a Ambrer falar com a Li sobre mandar alguém atrás da Kill.. 

Carla:Ela digamos que gosta do Castiel desde que era menor, e agora... sua raiva a dominou...

Hikaro:Então teremos que ter cuidado, sabemos quem é a próxima vitima, mas não como ela vai fazer algo..

Lia:Pois sé! Temos que ficar atentos a tudo!

Kill:Sim, aqui já não é mais tão seguro então, vamos falar sobre tais assuntos sempre em outro lugar

Hikaro:Sim, seja lá o que essa coisa for... Virá atrás de nós, sem dó e sem piedade

Tory:Mas será que ele só vai tentar nos prejudicar? Ou irá fazer mais algo? -Tory olha pra mim-

Lia:Não sabemos...

Kill:Acho melhor nós irmos-Kill tenta se levantar porém suas costas parecem doer-

Carla:Pode andar mesmo?

Kill:Sim... é que eu tenho um problema nas costas... só isso

Hikaro:Bem... vamos

Logo saímos da sala, Kill ficou acompanhada de Tory na enfermaria e nós voltamos para as nossas salas.

•| Tory |•

Kill:Obrigado, por me fazer companhia- a mesma sorri um pouco-

Tory:De nada, e além do mais essa minha aula é vaga, um dos professores teve que ir pra maternidade, o filho dele nasceu

Kill:Ah, entendi

Tory:Kill...

Kill:Sim? -me viro um pouco e olho para Tory-

Tory:Você é... aquilo não é? -olho para a mesma-

Kill:.... -a mesma fica em silêncio e sua expressão parece preocupada- como sabe?

Tory:Eu andei... reparando

Kill:Você provavelmente não vai querer mais falar comigo... não é? -a mesma olha para o lado-

Tory:Não... eu vou continuar falando contigo, não se preocupe -sorrio um pouco-

Kill:Sério mesmo? Não tens... medo de mim?

Tory:Não -a mesma sorri e logo retribuo o sorriso-

Kill:Fico feliz então- a mesma fecha os olhos, deveria estar cansada-

•| Tory off |•

E assim, a pequena rosa branca cai no sono, com seus cabelos brancos espalhados pela cama e sua respiração baixa, ao seu lado, sentado em uma cadeira, o garoto de cabelos negros observava a mesma, para que nada lhe acontecesse. Assim como o mais belo tesouro tem seus guardas para protege-lo, a garota sabia que podia ter amigos, a pesar do ser que ela era.

Continua. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...