História The owners of true blood - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Visualizações 1
Palavras 688
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - Amigas?


Fanfic / Fanfiction The owners of true blood - Capítulo 6 - Amigas?

•| Liz on |•

Logo pego o dedo mindinho de Hikaro e junto o mesmo com o meu, como se fosse uma corrente.

Liz:Aceita o perdão

Hikaro:Tá né... se você diz -vejo o mesmo sorri um pouco e retribuo o sorriso em seguida-

Observo o mesmo e logo seus olhos se direcionam aos meus, viro meu rosto um pouco

Liz:Bom, você tem que se alimentar agora -solto o dedo mindinho do mesmo e me sento na cadeira-

Hikaro:Eu não estou com tanta fome -vejo o mesmo olhar para a janela-

Liz: Entendi -observo em volta- é legal estudar aqui?

Hikaro:Eu acho algo normal - ele se senta na cadeira-

Observo que havia um caderno, como se fosse um bullet jornal sobre a mesa do mesmo, nele continha alguns desenhos que eram um pouco visíveis.

Liz:Gosta de desenhar? -sorrio-

Hikaro:Uhum... eu desenho quando estou entediado as vezes, mas eu gosto bastante

Liz:Posso ver? -olho para o mesmo-

Hikaro:Ah... claro -ele pega o caderno e me entrega, logo começo a ver os desenhos

Liz:Eles são bem bonitos

Hikaro:Obrigado -o mesmo sorri -

Logo ouvimos o sinal tocar.

Liz:Bom... é minha hora de ir - me levanto -

Hikaro:É... -o mesmo se levanta também- até, Liz -o mesmo sorri-

Liz:Até, Hikaro chingul -abraço o mesmo e logo desapareço-

•| Kill on |•

Estaria voltando do jardim após o toque do sinal, na ida, acabo esbarrando com uma garota de cabelos loiros e olhos verdes.

???:Você não sabe por onde anda não garota?! Quase ia derrubando meu celular!

Kill:Olha me desculpa, eu não tinha te visto

???:Percebe-se não é?!

Logo percebo que haviam duas garotas ao lado da mesma, uma delas tinha cabelos pretos e parecia ser chinesa, a outra tinha cabelos castanhos e estava retocando seu batom.

???:Ai amiga, existe tanta gente sem noção -a garota de cabelos pretos revira os olhos-

Kill:E você é uma delas pelo o que eu vejo, olha se me der licença eu tenho uma aula para assistir.

Logo viro de costas porém alguém me puxa pelo moletom e segura meu pescoço.

Ambrer:É Amber pra você queridinha, e não fale assim com as minhas amigas, você não vai querer me ter como rival.

Kill:A-amigas? Elas são cegas em n-não... perceber que você parece só usar elas -encaro a mesma e seguro sua mão que estaria em meu pescoço -

Ambrer:Se elas são ou não isso não é da sua conta

Kill:Olha aqui não é circo não! Então me soltem suas palhaças de quinta categorias! -acabo levantando minha voz de alfa e logo solto um rangido aparecendo uma das minhas presas-

Ambrer:Uma alfa garota.... hm -a mesma me solta e logo coloco a mão no pescoço- ai, patético isso

???:Não existe nada mais patético do que a sua cara isso sim! -ouvimos uma voz feminina, as três se viram para trás, logo tendo a visão de uma garota de cabelos roxos e azuis, como se fosse um degradê-

Ambrer:O quê você disse?!!

???:Ô querida! Limpa os ouvidos tá bom?! Por que aqui nunca foi seu reino pra você querer ter a corôa e desprezar quem você acha que não tem importância alguma!

Amber:Eu estou avisando as duas, é melhor ficarem espertas! Por que eu não vou deixar passar isso! -a mesma se retira com suas "colegas" e me deixa alí com a garota-

???:Você está bem? -a mesma vem até mim-

Kill:Sim, eu estou..

???:Eu nunca tinha visto um alfa mulher

Kill:É diferente eu sei - coloco a mão no pescoço-

???:É um diferente bom sabia? Mostra que as mulheres podem ser bem dependentes, donas de uma alcatéia onde lideram com justiça e todo o seu esforço.

Kill:Exato -sorrio um pouco-

Lia:Sou a Lia, prazer em conhecê-la -ela me estende a mão -

Kill:Kill cipher, mas pode me chamar de Kill -aperto a mão da mesma e logo nós duas sorrimos- você é bem corajosa

Lia:E você também, se ela fosse um hibrido de outra espécie ou um ômega, correria em um piscar de olhos -acabamos rindo-

Kill:Hm... amigas então? -olho para Lia-

Lia:Amigas -ela sorri - acho que temos que ir para a sala

Kill:Verdade... bom, eu já vou indo... Até! -sorrio e dou tchau para Lia-

Lia:Bye!! -a mesma sorri-

Sabe, me sinto feliz em ter uma amiga.

Continua...





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...