História The Past Secret - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Aaron Carpenter, AnnaSophia Robb, Ashley Benson, Cameron Dallas, Camila Cabello, Christian Collins, Colin Ford, Jack & Jack, Jensen Ackles, Justin Bieber, Magcon, Maggie Lindemann, Matthew Espinosa, Nash Grier, Sam "Wilk" Wilkinson, Sam Collins, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Personagens Cameron Dallas, Justin Bieber, Maggie Lindemann, Personagens Originais, Sabrina Carpenter, Sammy Wilkinson, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Tags Ação, Colegial, Diversão, Drama, Máfia, Mistério, Romance
Visualizações 32
Palavras 2.315
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii meus amores, voltei, perdoem a demora.
Leiam as notas finais
I'm sorry ( eu sinto muito) por qualquer erro.
Boa leitura...

Capítulo 7 - Uma dor, um sentimento


Fanfic / Fanfiction The Past Secret - Capítulo 7 - Uma dor, um sentimento

P.o.v Brooke Wilkinson

- Brooke, você já pode ver o Taylor.- o mikael( P.S. NOMEEE FICTÍCIO), o pai de Taylor me chamou ao sair da sala onde Taylor estava em observação, me levantei do pequeno sofá e coloquei uma roupa especial, luvas e uma máscara, tudo para a proteção do Taylor, não podemos arriscar que ele pegue uma bactéria, e  fui até a porta do quarto, meu coração agora está batendo mais acelerado, sinto minhas pernas fraquejarem, abri a porta e adentrei ao quarto, Fechei a porta e olhei pra ele, frágil, inconsciente, indefeso, vulnerável, isso partiu meu coração, olha-lo assim, respirando por aparelhos, tubos pelo corpo e nariz, torturou meu coração.

Me aproximei da cama pela lateral, seus braços estavam colocados um a cada lado do corpo, peguei  em uma mão dele. 

Estava fria, porem pulsando devagar, calma, ele parecia estar tranquilo, mas não era isso que seu rosto e corpo mostravam, seu rosto cobertos por ematomas, machucados horríveis, cortes com curativos,  braços com escoriações, e a cabeça estava infaixada, quase irreconhecível. 

- Taylor...- sussurrei entre lágrimas, entre a grande DOR.- eu sei que você pode me ouvir... E-eu, te amo, eu prometo que quem fez isso com você vai pagar caro, muito caro.- apertei sua mão de leve sentindo uma onda enorme de raiva do monstro que fez isso com ele, raiva de Justin!- só não desiste, não pare de lutar para sair dessa, eu vou estar aqui sempre, segurando sua mão, e nunca sairei do seu lado.- eu já chorava até soluçar, eu não tinha controle sobre minhas lágrimas. - você vai melhorar meu amor, você é um guerreiro, é o cara mais forte e incrível que eu já conheci, lute por mim, lute, não desista, não me abandone. - abaixei minha cabeça sobre seu peito e ali permaneci por longos minutos.

 P.o.v Maggie Lindemann

Eu, Cameron, Matt, Nash, Hayes, Aaron  e Colin chegamos ao hospital já era um pouco tarde,  ficamos na sala de espera, a Brooke teve permissão pra ver o Taylor. 

O Cameron veio e  deu um beijo em minha testa e se sentou ao meu lado. Olhei para a porta do quarto onde Taylor estava e a mesma se abriu e uma Brooke completamente destruída saiu pela porta, me levantei e fui até ela a abraçando forte, ela retribuiu o abraço, comecei a acariciar o cabelo dela. 

- Broo, sei o quanto está sendo difícil pra você, mas olha, você é forte, e tem que se manter assim, pelo Taylor, ele vai melhorar amiga.

- sim Mag, eu espero que ele melhore logo.

- ele vai meu amor.- a soltei devagar e a conduzi até o sofá e sentamos ali. Os garotos pareciam conversar sobre qualquer coisa para se distraírem - como ele está? - ela baixou a cabeça e olhou para nossas mãos entrelaçadas.

- Oque sabemos é bem pouco, ele está em um coma intensivo, o estado dele é delicado, você tinha que ter visto, ele está totalmente machucado, quase irreconhecível, com a cabeça infaixada, mas a respiração dele estava tranquila.

- ai Broo, deve ter sido horrível ver ele nessa situação, fiquei sabendo que foi acidente de carro ne?- ela me olhou séria.

- Maggie, não temos provas específicas, mas tudo indica que foi uma tentativa de assassinato. - ela sussurrou e eu arregalei meus olhos.

- oque? Como? Mas, por por que?

- é amiga, eu também fiquei chocada, é muito foda isso.

- tem suspeitas de quem fez isso?

- sim, amiga, o Justin.- ela falou e eu Tapei minha boca com minha mão.

- mas... Como? Por que? Eles não eram amigos? E o Justin não estava fora do país?

-eram amigos mas o Justin nunca aceitou que eu não via ele mais que amigo, e ele estava fora mas voltou faz umas três semanas, ele me procurou e descobriu que eu e Taylor estamos namorando, ele ficou muito bravo e magoado, tudo indica que foi uma vingança...

- Meu Deus amiga, isso é bem pior do que imaginei, estou chocada com isso, não entendo, o Justin sempre colocou o Taylor em primeiro lugar de tudo, como ele teria coragem de fazer isso?

- isso que eu estava pensando, e tem mais uma coisa, o Justin se tornou o maior mafioso do Canadá, ele poderia muito bem ter mandado matarem o Taylor.

- mafioso? Meu Deus, eu sabia que Justin tinha desejo de ser grande, temido, bajulado mas não imaginava Isso...

- sim, sabe estou com tanto medo, medo de que Justin faça outra coisa para Taylor, eu não suportaria perde-lo.

- calma, o Taylor está vivo, então quer dizer que o Justin supostamente só queria dar uma lição e não matar ele

- Assim espero, que ele fique bem longe.

- mas e como a policia não o prendeu ainda?

- porque Justin é esperto, ele nunca deixa rastros das coisas que faz, e também ele tem pessoas profissionais trabalhando com ele, pras pessoas ele só é mais um riquinho.

- ele mudou muito, mas sabe e se não foi ele? E se foi outra pessoa que tentou matar ele?

-taylor não tinha inimigos, não tem por que alguém querer ele morto.

- é... Mas vamos deixar isso pra policia investigar, só não se preocupe mais OK?- a abracei, olhei para a porta da sala de espera e vi o Shawn vindo pelo corredor, soltei a Brooke e dei um beijinho na bochecha dela e me levantei indo até os garotos. 

   P.o.v Brooke Wilkinson

Eu não havia entendido por que Mag se afastou quando escuto passos atrás de mim.

- Broo ?- meu coração sorriu ao ouvir aquela voz, me virei para ele e me levantei o abraçando forte, ele envolveu seus braços ao meu redor e eu me senti protegida.

- que bom que está aqui Shawn.- ele começou a alisar o meu cabelo.

- eu não podia deixar você passando por isso sozinha.- um sorriso se armou em meus lábios, o soltei e ele se inclinou para olhar em meus olhos, fiquei com vergonha por eu estar toda feia e ele me olhando como se eu fosse um tipo de jóia rara, para de pensar assim Brooke! Ele apenas está aqui sendo gentil com você porque esta num momento difícil, mas isso significa que ele se importa, não é?

- está muito difícil Shawn...- eu me sentei no sofá e ele também.

- você já o viu?

- sim Shawn, eu o vi faz um tempo atrás...

- como ele está?

- está em coma, sem previsão de melhoras. Mas eu sei que ele vai acordar bem e vai voltar a ser o meu Taylor. - olhei pra ele que parecia desconfortável mas sorriu fraco sem mostrar os dentes.

- todos estamos torcendo pra que isso aconteça logo.

- obrigada Shawn.- peguei em sua mão. 

- pelo que?

- por você sempre me entender, sempre tão amável, gentil, nunca me deixou na mão...

- Não precisa agradecer, isso é pouco perto doque você merece.

Eu dei um sorriso verdadeiro, e ele também.

   ~~~~∆∆~~~~

- Você precisa ir descansar Brooke! Amanhã você tem aula.- Sammy falou após eu teimar que ia ficar no hospital.

- mas Sammy....

- mas nada, o Mikael já disse que avisa a gente se tiver alguma notícia, para de ser teimosa menina!- bufei mas levantei do sofá de braços cruzados, já passava das 10:30 da noite, o único que ficou comigo no hospital foi o Shawn (obvio ne amores). Ele se levantou comigo, nos despedimos do pai de Taylor e saímos da sala de espera indo até o elevador. 

Logo depois já estávamos indo até o estacionamento do hospital, entramos no carro do sammy em silêncio, colocamos o cinto de segurança e Sammy deu partida, eu ainda estou emburrada pelo Sammy não ter deixado eu ficar no hospital.

- não fique emburrada Broo! - Sammy disse num tom autoritário.

- não estou.- respondi dando de ombros, olhei para o Shawn e ele estava com a cabeça apoiada na janela do carro e de olhos fechados, voltei minha atenção para a estrada.

    .....×××....

Chegamos em casa finalmente.

- obrigada pela Carona Sammy. Boa noite.- Shawn disse e saiu do carro.

- eu gosto dele, muito educado.- Sammy disse com um sorriso nos lábios, revirei os olhos e ele entrou com o carro na garagem. Saí do carro e entrei em casa, fui direto para as escadas.

- Brooke?- ele chamou mas não respondi.- Brooke! Não está com fome?

- não.- respondi e fui para o meu quarto, entrei no mesmo e fui tomar um banho.

Depois do banho eu coloquei uma calça de moletom e um top, estava frio até, deitei na cama e peguei meu celular, fiquei vendo as mensagens e entrei na conversa com o Shawn.

 Mensagens on

Shawn- Não está conseguindo dormir loirinha?

Brooke- Nem tentei, mas aposto que não vou conseguir, minha cabeça está atolada de pensamentos.

Shawn- te entendo, também estou assim, as vezes quando estou cansado de tudo eu vou lá na varanda, e fico olhando as estrelas, coloco uma música tranquila e fico sentindo a leve brisa da noite. - me levantei da cama, coloquei minha pantufa de panda e fui até minha varanda e olhei fixamente naqueles olhos que brilhavam sob a luz da lua, sorri me aproximando da grade.

- eu sabia que estaria aqui.- ele abriu um sorriso e se aproximou da grade da varanda dele.

- você fica tão linda sob à luz da lua, seus olhos se realçam.- sorri envergonhada.

- obrigada Shawn, mas e ai, está acordado por que?

- bom, eu ainda não havia recebido um boa noite seu.- deu de ombros e eu ri. - e também tive que fazer Aaliyah dormir, e isso deu muito trabalho.

- ela te ama muito, ela me disse que ela te irrita porque adora te ver bravo, porque você fica uma gracinha.- eu ri e ele revirou os olhos.

- vão se ajuntar pra ficar contra mim agora?- ele falou rindo.

- jamais, nunca ficaria contra você!- falei e ficamos sustentando nossos olhares, como estávamos próximos ele ergueu a mão e eu coloquei a minha colada na dele, observei nossas mãos assim e depois voltei à observa-lo, correntes elétricas passavam pelas minhas veias, meu coração disparou.- érr, vou tentar dormir.- falei sem graça tirando minha mão da dele e me afastei. - boa noite Shawn.

- boa noite Broo.- sorriu, retribui o sorriso e entrei no meu quarto trancando a porta de vidro e a tampando com a cortina, respirei fundo sentindo meu coração acelerado.

- Ele é apenas um AMIGO Brooke! E você namora.- falei pra mim mesma e deitei Na cama, me cobri com o Edredom e apaguei o abajur, Fechei os olhos e adormeci.

  ~~~∆∆∆~~~

Acordei com o despertador avisando ser 6:30 da manhã, bufei com sono mas levantei indo até o banheiro, fiz minhas higienes e tomei um banho rapidinho, coloquei uma leg preta de tecido grosso cós-alta, uma camisa baby Luc pólo, uma blusa de lã marrom claro com uma jaqueta preta de couro e um tênis  rosa Nude da melissa.

Me olhei no espelho e quase levei um susto, meus olhos estão fundos, e muito escuros, estou com olheiras, meu Deus, passei base, pó e corretivo, deu uma melhorada.

Escutei toques na porta do meu quarto.

- entra.- falei passando um pouco de blush, pude ver pelo espelho o Sammy entrando. 

- o Shawn está lá embaixo.

- já estou indo.

- qual é Broo, vai ficar brava comigo ate quando?

- não estou brava com você Sammy! Só não estou numa fase muito boa se você não percebeu.

- eu te amo Brooke.

- eu também te amo Samuel, agora vaza daqui e fala pro Shawn que já estou indo.- ele revirou os olhos e saiu do meu quarto, passei perfume, peguei minha bolsa, celular e desci, pude ver Shawn e sammy conversando na sala.

- vamos?- perguntei e eles se levantaram, o shawn me deu um beijo na bochecha, o Sammy pegou as chaves do carro e saimos de casa, ele tirou o carro da garagem e eu e o Shawn entramos, o Sammy logo deu partida.

     ....×××....

chegamos ao colégio e eu e o Shawn nos despedimos do Sammy e saímos do carro. Começamos a andar até o nosso grupinho que estava no mesmo lugar de sempre.

- bom dia Brooke.- Maggie me abraçou- bom dia Shawn.- falou ao me soltar.

- bom dia Mag!- falamos juntos, cumprimentamos o resto do pessoal e o Sinal bateu, entramos no colégio e cada um foi pra sua sala, como eu e o Shawn teríamos as mesmas aulas seguimos juntos ate a sala.

nos sentamos nas carteiras do fundão, o Shawn sabia que eu não estava afim de falar com aquelas pessoas.

As duas primeiras aulas são de química com o professor Robert, na primeira aula ele passou várias anotações no quadro, e na segunda ele começou a explicar o conteúdo, mas eu nem estava prestando atenção em nada.

- senhorita Wilkinson, está prestando atenção na aula?- ele perguntou chamando minha atenção, a sala toda parou para me olhar.

- não estava, me desculpe, isso não vai se repetir professor.- falei limpando minha mente de qualquer pensamento. 

- assim espero.- ele falou por fim e voltou a explicação e todos voltaram a atenção nele...

      ~~~∆∆∆~~~

O sinal avisou o término das aulas, hora de ir pra casa. 

Eu e o Shawn estávamos caminhando pelo corredor para sair do colégio, eu pude ouvir murmúrios sobre o acidente do Taylor.

Chegamos até a saída do colégio, nos despedimos de nossos amigos e fomos caminhando para nossas casas.

- se eu pudesse iria te chamar pra fazer alguma coisa, mas tenho que trabalhar. - ele disse triste.

- está tudo bem, até porque vou ao hospital e depois vou ficar em casa deitada descansando, vou aproveitar já que a sua mãe vai levar a Aaliyah no dentista.

- assim, só se cuida OK?- chegamos em frente à nossas casas.

- OK papai.- fiz ele rir com meu comentário, ele deu um beijo demorado na minha testa e foi para a casa dele.

Entrei em casa e fui comer algo, depois que comi peguei minha pequena bolsa, dinheiro e meu celular e sai de casa trancando a mesma e  peguei um táxi e fui para o hospital.

     Continuação......


Notas Finais


Então Galerinha, como não estou mais de férias vai ser difícil eu postar os caps diariamente, não tenho data prevista para o próximo cap, mas espero que seja breve, bom é isso ai, beijos pra vocês, até o próximo cap 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...