1. Spirit Fanfics >
  2. The perfect duo >
  3. Finalmente chegando

História The perfect duo - Capítulo 20


Escrita por:


Notas do Autor


Eai esta o Cap 20, eu queria ter lançado ontem, mais lancei hj e espero que gostem.

Capítulo 20 - Finalmente chegando


Enquanto esperávamos eles voltar, escutamos uns barulhos perto do hospital e eu falei depois que me levantei.

 

Eu: Parece que alguém está lutando (Disse andando procurando onde acontecia o som)

 

Layla: É atrás do hospital (Disse me seguindo)

 

Quando a gente chegou atrás do hospital tinha umas 2 crianças com seus pokémons, só que eles estavam lutando diferente do modo que eu e a Layla lutamos, eles estavam fazendo batalhas pokémons normais, depois de alguns segundos um deles notou a gente observando e veio até a gente com seu Treecko e o amigo dele vem também com seu Cyndaquil, quando eles chegam na gente o garoto com o Treecko pergunta.

 

Garoto: Vocês são aquela dupla que ganharam a liga de Battle City? (perguntou feliz)

 

Eu: Sim, somos nós mesmo (Disse sorrindo)

 

Garoto: UUAAUUU Poderiam me dar um autógrafo? (Perguntou tirando um bloquinho do bolso com um lápis)

 

Eu: Claro, qual seu nome garoto? (perguntei pegando o bloquinho)

 

Brendon: É Brandon. (Disse feliz)

 

Eu: Aqui está Brandon (Disse entregando a ele)

 

Eu olho a garotinha ao lado dele e perguntou.

 

Eu: Também quer um ? (perguntou olhando para ela)

 

Ela meio tímida fala.

 

Garota: Si-sim (Disse tímida)

 

Eu: Qual o seu nome ?

 

Garota: Sy-Syntia (Disse ficando atrás do Brandon enquanto olhava para a Layla)

 

Eu percebo e pergunto.

 

Eu: Quero um autógrafo da minha parceira também ?

 

Ela só concorda com a cabeça e a eu entrego para a Layla, na hora que ela vai escrever, ela fala.

 

Layla: Syntia, não precisa ficar com vergonha da gente (Disse esticando a mão para ela)

 

A Syntia fica olhando para a Layla e para a mão dela até que segura, nesse momento a Layla vai puxando ela para perto devagar até dar um abraço nela, a Syntia ficar meio assustada e toda vermelha até que eu pergunto.


Eu: O que achou? (perguntei olhando para a Syntia)

 

Syntia: Muito fofinha (Disse abraçando a Layla de volta)

 

Layla: Obrigada, você também é fofinha. (Disse soltando do abraço e entregando o bloquinho para eles com os nossos autógrafos, depois que o Brandon guarda o bloquinho no bolso eu pergunto.

 

Eu: Estava treinando?

 

Brandon: Sim, quero deixar meu Treecko poderoso igual a sua Zoroark e ganhar várias ligas. (Disse com o Treecko fazendo pose de fortão)

 

Eu: HA ha, mais a gente só ganhou uma única liga até hoje. (Disse sorrindo para eles)

 

Brandon: Mesmo assim, vocês foram incríveis nas lutas. (Disse com os braços levantados e feliz)

 

Eu: Se treinar todos os dias, vocês vão aumentar a suas forças e ficar muito fortes para lutar com seus pokémons. 

 

Ele fica meio triste no final do que tinha dito e até ele fala.

 

Brandon: Eu não posso lutar com meu pokemon tio. (Disse meio triste junto da Syntia que também fica triste)

 

Eu: Por que não pode? (perguntei confuso)

 

Brandon: A gente não tem poderes. (Disse cabisbaixo junto de Syntia que acariciava o seu Cyndaquil)

 

Eu: Mais isso não é problema, você pode usar os poderes de seu pokémon se ele te passar. (Disse sorrindo)

 

Syntia: A gente não pode receber os poderes dele tio. (Disse normalmente olhando para mim)

 

Layla: UE, por que? (perguntou confusa)

 

Brandon: Os médicos falaram que a o nosso corpo rejeita os poderes deles e não podemos usar (Disse quase chorando)

 

Eu coloco a mão na cabeça dele e falo.

 

Eu: Não precisa chorar, você ainda pode participar das outra ligas que têm lutas só de pokémons quando fizerem 16 anos

 

Brandon: Eu posso ? (perguntou se animando um pouco)


Eu: Claro que pode, se continuar treinando ou também, vocês podem participar de ligas em duplas quando tiverem 16 anos e ganharem juntos. (Disse sorrindo para ele)

 

Syntia: Isso é uma boa ideia irmão (Disse feliz atrás dele)

 

Eu: Vocês são irmãos? (perguntei impressionado)

 

Syntia: Sim

 

Eu: Pensei que fossem só amigos (Disse coçando a cabeça rindo)

 

Brandon: Ha ha Muitos já falaram isso. (Disse rindo)

 

A gente conversa mais um pouco até que a Syntia pergunta.

 

Syntia: Tia Zoroark, você pode mostrar aquela coisa que você ficou na luta da liga? (perguntou meio tímida)

 

Layla: Pode me chamar só de Layla mesmo e claro que mostro, mais com uma condição. (Disse com um dedo na frente da boca)

 

Syntia: Qual? (perguntou olhando ela nos olhos)

 

Layla: Querem ter uma lutinha contra a gente?

 

Os dois olham meio assustados até que eu falo.

 

Eu: Não se preocupem, eu não vou lutar, vamo fazer uma batalha só de pokémons, o que acham?

 

Os 4 se olham por um tempo até que eles falam juntos.

 

Os 4: VAMOS (Gritaram felizes)

 

A gente vai se arrumando no campo de batalha, eu chego perto da Layla enquanto os 4 estavam indo para o outro lado do campo e falo.

 

Eu: Pega leve né, se sabe que a diferença de poder entre vocês e gigantesca.

 

Layla: Sim, se eu for atacar, vou ir com calma.(Disse se virando para eles)

 

Os 4 se preparam e eu falo.

 

Eu: Podem começar primeiro.

 

Brandon: Ok, vamos lá Syntia.

 

Syntia: Sim.

 

Syntia/Brandon: Quick Attack

 

Os dois vão correndo para cima da Layla e ela vai desviando do Quick Attack deles, até que a Syntia fala.


Syntia: Flamethrower 

 

O Cyndaquil para de correr e joga na direção dela, ela pula desviando e nesse momento o Brandon fala.

 

Brandon: Use Pound.

 

Ele pula na direção dela e vai acertar ela com a cauda, ela segura com uma mão e só joga ele para trás, o Treecko cai em pé perto do Brandon, nisso enquanto a Layla estava caindo ainda a Syntia falo.


Syntia: Flamethrower denovo.

 

O Cyndaquil usa nela e eu falo.

 

Eu: Usa Dark Pulse


Ela cruza os braços e faz a esfera até jogar contra o Flamethrower dele e explodirem, nisso ela pisa no chão e eles falam depois de se olharem.

 

Syntia/Brandon: Usem Quick attack

 

Eles vem correndo na direção da Layla denovo, só que eles primeiro ficam correndo ao redor dela, ela só me pergunta.

 

Layla: O que será que eles estão tramando? (Perguntou olhando para mim)

 

Eu: Melhor olhar para eles e não para mim. (Disse olhando para o que eles estavam fazendo)


 

Ela se vira para eles até que o Cyndaquil pula na direção dela pela frente e o Treecko pelas costa, ela segura o Cyndaquil mais é acertada pelo Treecko nas costa fazendo ela cair no chão, ela se levanta falando.

 

Layla: Não esperava por essa, mais agora entendi o plano. (Disse sorrindo para eles)

 

O Cyndaquil e o Treecko ficaram pulando na direção dela em alguns momentos que ela se distraia um pouco até que a Layla começa a desviar de todos os ataques, ela foi desviando até que perdeu o equilíbrio no momento que tinha movido o rosto para trás, nesse momento a Syntia e o Brandon fala.

 

Syntia: Flame Wheel

 

Brandon: Bullet Seed 


Os dois ataques vão na direção dela enquanto estava caindo para trás, ela só cruza os braços e é atingida pelos dois ataques no mesmo instante, o Cyndaquil e o Treecko vão para frente dos treinadores enquanto fica o fogo ao redor da Layla, eles se perguntam.


Brandon: Será que causamos dano?(Perguntou preocupado)

 

Syntia: Fogo da mais dano nela, talvez sim.

 

Nisso eles escutam a Layla falando.


Layla: Admito que o trabalho em equipe de vocês é muito bom, mais ainda não perdi. (Disse saindo do meio do fogo com os braços e pernas transformados)

 

Os dois ficam com os olhos arregalados vendo ela transformada e vendo que não levou nem um dano, nisso a Layla fala.

 

Layla: Eu desisto (Disse se sentando)

 

Os dois ficam olhando sem entender até que eles escutam um ronco alto vindo da Layla e ela fala.

 

Layla: Eu to com fome (Disse triste)

 

Eu encosto a mão direita no rosto e a mão esquerda na cintura falando.

 

Eu: Depois fala que eu sou o guloso.

 

Layla: Ei, eu não tenho culpa, não comi nada desde de que acordei.

 

Eu: Ok, a gente come algo depois que continuarmos a viagem.

 

Layla: Obrigada.

 

As duas crianças com seus pokémons ainda estavam tentando entender o que aconteceu, até que os dois se olham e falam juntos.

 

Brandon/Syntia: Nós ganhamos (Disseram levantando os braços juntos)


Eles se abraçam e a Layla dá um risadinha ainda transformada, depois que ela voltou ao normal eu perguntei chegando perto dela.

 

Eu: O que achou da luta? (perguntei estendendo a mão para ela)

 

Layla: Eles tem uma boa sinergia, vão ir longe se lutarem juntos (Disse segurando a minha mão)


Ela levanta do chão e a gente vai na direção deles, quando cheguei perto deles falei passando a mão na cabeça do Treecko e do Cyndaquil.

 

Eu: Vocês são bem fortes, tem um grande futuro pela frente se lutarem juntos.(Disse sorrindo)

 

Layla: E eu espero ter a minha revanche algum dia denovo. (Disse se abaixando na frente das crianças)

 

Eu: Sim, você vai ter sim, mais não esquece de comer antes né. (Disse olhando para ela)

 

Layla: Não tenho culpa nem uma, tava com fome. (Disse bicuda)

 

Os dois riem dela até que a Syntia pergunta.

 

Syntia: Vocês estão indo embora? (perguntou meio triste)

 

Layla: Sim, temos uma viagem para fazer.

 

Syntia: Vou sentir saudades de vocês (Disse começando a chorar)

 

A Layla abraça ela e fala.

 

Layla: Não precisa chorar, a gente volta algum dia.(Disse olhando para mim)

 

Eu: Claro que vamos, mais até lá, continuem treinando para ficarem mais fortes. (Disse esticando o punho para o Brandon)

 

Ele dá um sorriso e acerta o punho dele no meu falando.

 

Brandon: Estaremos muito mais fortes no dia que se encontrarmos de novo (Disse sorrindo)

 

Eu me levanto e a Layla solta a Syntia, a gente vai indo para frente do hospital, quando chegamos lá, eles estavam nos esperando e o Luker fala quando nos viram.

 

Luker: E Aí, perderam ou ganharam?

 

Eu: Perdemos por que alguém tava com fome. (Disse olhando de canto)

 

Layla: Eu já falei que não tenho culpa nem uma, eu acordei ontem e não comi nada até agora. (Disse de braços cruzados e virando o rosto)

 

Ferly: Que feio Layla, perdeu por que estava com fome (Disse ironicamente)

 

Layla: Ei 

 

Nisso o Lucario vem até mim e fala.

 

Lucario: Obrigado por ter me ajudado e me tirado daquele inferno de cidade.

 

Eu: Não se preocupe, você não vai precisar voltar mais lá.

 

Nisso a Cheryl fala.

 

Cheryl: Por que não aproveitamos agora e comemos algo antes de partir? (Disse olhando para todos)

 

Todos concordam e a gente vai até uma lanchonete ali perto do hospital e pedimos um lanche, depois que estávamos cheios, eu falei antes mesmo que perguntassem.

 

Eu: Vamos voar até o templo, é mais rápido e temos uma chance maior de chegar lá antes do prefeito chegar até nós.

 

Luker: Ok, já estamos com tudo aqui mesmo

 

Max: Vamos partir agora (Disse ajudando a Lillian a subir nas costas dele)

 

Todos se arrumam nas duplas para a viagem junto do meu clone que leva o Lucario, depois que a Layal subiu na minha costa eu disse olhando para todos.

 

Eu: Vamos indo então.

 

Eu começo a subir devagar até disparar rapidamente para frente, a Verônica e o Max me segue juntos da Cheryl que vem logo atrás deles, enquanto íamos voando em direção do templo a Layla perguntou.

 

Layla: Vamos chegar lá em quanto tempo mais ou menos.


Eu: Acho que no mínimo 1h, mais vai depender do tempo também, se ficar assim, a gente chega lá antes ainda, mais se começar a ventar muito, a gente pode demorar um pouco.

 

Layla: Não tem mais nem uma cidade no caminho até lá ?

 

Eu: Que eu saiba não tem.

 

Max: Não tem nem uma, daqui até lá só floresta.

 

enquanto íamos conversando a Layla fica olhando a paisagem até que uma meia hora depois ela reconhece algumas coisas por onde estávamos passando e fala.

 

Layla: Espera aí, eu conheço esse lugar. (Disse ainda olhando para a floresta)

 

Eu: Tem certeza ? (perguntei ainda voando com todos)

 

Layla: Sim, aqui é a Forest of Illusion onde eu morava.

 

Eu paro no ar junto de Max e Verônica enquanto a Cheryl fica voando ao redor da gente, eu só pergunto.

 

Eu: Tem certeza ?

 

Layla: Sim, absoluta certeza.

 

Verônica: Nós vamos continuar a viagem ou vamos dar uma olhada ?

 

Eu: Vamos chegar ao templo antes, ai depois eu venho aqui com a Layla, se a gente pensa em explorar agora o prefeito pode nos alcançar e teremos que enfrentar ele de novo.

 

Layla: Sim, melhor voltarmos aqui depois.

 

A gente segue em direção ao templo de novo até que depois de mais uns minutos voando eu falo apontando na direção.

 

Eu: Estamos chegando, já posso ver o templo. (Disse apontando para o templo enquanto voava)

 

A gente continuou voando em direção ao templo

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado e comentem o que acharam :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...