História The perfect duo - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Esses capitulo 4 e o capitulo 3 eram juntos, mais tinha ficado gigante, ai separei em 2 partes, espero que gostem.

Capítulo 4 - O desafio da Natsuki


Eu pulo na direção dela movendo o braço direito e acertando o punho no rosto dela, ela nem se mexe do local e me acerta um soco no rosto me jogando no fundo da arena, quando eu vou acertar a parede eu me viro rapidamente e consegue aterrissar na parede enquanto ia me ajoelhando para amortecer o impacto, a parede vou afundando com a força que encostei nela, eu pulo da parede na direção dela, quando eu chego na frente dela, eu giro para trás desviando do golpe dela e acertando um chute no queixo dela, ela segura o meu pé e me levanta, nisso ela me bate no chão com tanto força que o que já estava rachado antes quando ela pisou com força, agora com o meu impacto rachou mais, eu tento me soltar enquanto ela ia me batendo no chão, até que eu consigo, quando eu caio de pé eu já transformo meus braços e pernas em dragão, depois já pulo para cima dela acertando vários socos sem deixar ela me segurar, o meus socos não fazia nada nela, até que eu desapareço da visão dela, ela fica me procurando por um tempo, até que quando ela se vira para trás eu venho pelas costa dela com o punho pegando fogo e falo acertando o golpe.

 

Eu: Explosão flamejante


Depois de acertar o golpe, já saio de perto da minha mãe enquanto a explosão destruiu tudo ao redor dela, a Layla na sala so grita.

 

Layla: BOA DRAKE, ACERTO EM CHEIO ELA.

 

Rose: MUITO BOM, CONTINUEM ASSIM.

 

Eu: Isso não fez nada nela, tenho certeza absoluta.

 

Layla: Por que você acha isso.

 

Natsuki: Por que ele me conhece muito bem hihi

 

Quando a chama desaparece, ela estava sem nem um arranhão só me olhando, eu dou um sorriso e vou para cima dela, quando eu fui dar um golpe na barriga dela, ela recebe um golpe e fala agarrando o meu braço com a mão esquerda.

 

Natsuki: É a vez da mamãe acerta um golpe também.

 

Eu: Ihh ferro, adeus mundo cruel (Disse com aquela lágrimas saindo)

 

Ela fecha o punho e fala movendo na minha direção.

 

Natsuki: Punho triturador.

 

Ela acerto o golpe na minha barriga fazendo com que a jaqueta que eu usava abrisse um buraco atrás, ela me solta e eu caio de joelhos no chão com os braços na barriga, ela só pergunta.

 

Natsuki: Nossa, só foi um golpezinho e você já tá quase acabado.

 

Eu: Olha direito (Disse sorrindo)

 

Eu que estava na frente dela estoura e vira uma escama, ela já pensa sorrindo.

 

Natsuki pensamento: ‘Clone de escamas, interessante’

 

Ela fica olhando em volta e grita.

 

Natsuki: APARECE LOGO, ASSIM VOCÊ NÃO VAI CONSEGUIR ME VENCER SÓ USANDO CLONES.

 

Ela só escuta uma voz por toda a arena.

 

Eu: E quem disse que iria ficar escondido por tanto tempo?

 

Quando ela percebe, estava cercada de clones, todos com o punho pegando fogo, todos eles vão pulando em cima dela tentando acertá-la, ela só vai derrotando um por um, até que um tempo depois só sobrou mais 2, ela olha e fala.


Natsuki: Eu sei que nem um de vocês 2 é o verdadeiro, onde ele está, se me falarem não machuco muito vocês (Disse sorrindo)

 

Clones: Atrás de você.

 

Quando ela vai se virar eu estou com uma energia azul em cada punho e acertou ela pelas costa falando.

 

Eu: Veremos se com isso você não vai sentir agora.

 

Ela foi arrastada um pouco para frente até que se vira e fala.


Natsuki: Interessante, fez mais cócegas que o explosão flamejante.

 

Meu dois clones vão atacar ela pelas costa, na hora que eles vão acertar o golpe com os punhos carregados, ela só dá um passo para trás fazendo os 2 passarem pelos lados dela, ela so da um soco na barriga deles fazendo eles enterrarem no teto da arena gigante e sumindo logo em seguida, as escamas deles voltam para meu braço e eu falo.

 

Eu: Vou ter que me transformar ainda mais, não tenho escolha.

 

Eu começo a gritar fazendo meu corpo pegando fogo, nisso a Layla que estava observando pergunta.

 

Layla: O que ele está fazendo?


Rose: ‘Ele está indo para o 2 nível da transformação dele.’ (telepatia)

 

Layla: Segundo nível ? (pergunta confusa)

 

Rose: ‘Sim, ele tem no total de 5 transformações pelo que ele tinha dito para a gente uma vez, só que ele nunca conseguiu usar a 5’ (telepatia)

 

Layla: Por que não ?

 

Rose: ‘Ele ainda não aprendeu a controlar a transformação de nível 4’ (telepatia)

 

Ela fica olhando para a Rose e pergunta.

 

Layla: Como que ele sabe que tem 5 transformações se ele não consegue usar a 4 direto?

 

Rose: ‘É que uma vez ele perdeu o controle no nível 4 contra a mãe dele, aí durante a tentativa da mãe dele de fazer ele voltar ao normal, ele foi para a nivel 5, a senhora Natsuki naquele dia, foi a primeira vez em anos que ela sentiu medo de algo, ela não recuou, mesmo não sofrendo dano dos golpes, a luta chegou em um patamar que cada golpe deles explodiu tudo ao arredores, até que a Natsuki conseguiu segurar ele e fez ele voltar ao normal.’ (Telepatia)

 

Layla: Nossa, a mãe dele ficou com medo da transformação dele?

 

Rose: ‘Não, ela ficou com medo de perder o filho para ele mesmo, porque naquele momento ele perdeu a consciência e ficou louco, você sabe que ela ama de mais o proprio filho e não quer que ele se perca o controle para tanto poder que ele tem, já que os poderes dele são acúmulo de energia e transformação de energia.’

 

Layla: Pensei que fosse so transformação;

 

Rose: Não, ele acumula energia enquanto luta para poder transformar essa energia nessa partes de dragão que ele usa durante a luta, ah olha lá, ele já terminou o nível 2, agora ele vai para cima. dela, tente notar a diferença do nível 1.

 

A chama arredor de mim some me fazendo aparecer com os braços e pernas totalmente transformados, tinha aparecido uma calda atrás de mim e meu olhos também tinham mudado, estavam com as pupilas finas e vermelhas, a cor do meu olho tam mudou de azul para vermelho, minha mãe fica me observando até que eu pulo na direção dela, a gente acerta um soco no punho do outro, nesse mesmo momento eu seguro o braço dela e jogo ela com toda minha força na parede, ela enterra na parede e fala saindo.

 

Natsuki: Está começando a ficar divertido, vou começar a pegar mais pesado.

 

Ela volta para a sua posição de luta e eu pulo na direção dela, no momento que estava quase chegando, ela pisa com toda força no chão fazendo ele levantar na minha direção, eu consigo desviar e noto que fico uns morrinhos pela arena e quando olho na direção da minha mãe ela me acerta um soco no rosto falando.

 

Natsuki: Eu estou aqui filho.

 

Eu sou arremessado com tudo no chão por causa da força do soco, a impacto foi tão grande que tinha aberto uma trincheira pelo chão na direção que fui arrastando, eu vou me levantar e nisso minha mãe aparece caindo em cima de mim, ela cai com os 2 pés em cima de mim, um no meu rosto e o outro na minha barriga, fazendo uma cratera gigante no chão, eu dou um grito enquanto saia um pouco de sangue pela boca, ela sai de cima de mim e me segura pelo pescoço me levantando do chão, ela olha para mim e fala.

 

Natsuki: Melhor não distrair de novo, se não te desmaio na próxima hihi.

 

Eu só dou um sorriso e explodo em chamas, ela percebe que era outro clone e so da um sorriso, eu saio do meio da trincheira enquanto minha mãe sai do meio da explosão andando tranquilamente, ela só me olha e fala apontando para a bola de fogo atrás dela.

 

Natsuki: Você está indo muito bem, eu não consegui ver na hora que você usou um clone.

 

Eu: Ah, a gente tem que aprender a escapar em algum momento.

 

Natsuki: Estou vendo que aprendeu direito como eu ensinei que estratégia é um bom passo para ganhar uma luta, mas você esqueceu de uma coisa importante filho.

 

Eu: E o que seria ? (perguntei me levantando olhando para ela)

 

Quando me dou conta tinha uma mão a milímetros do meu rosto, ela me segura no rosto e me arrasta pela arena até me bater na parede me segurando.


Natsuki: Isso não funciona contra mim.( Disse sorrindo enquanto me segura pelo rosto)

 

Ela vai me dar um soco na barriga, mas na hora eu desvio e acerta uma joelhada no rosto dela fazendo ela arrastar um pouco para trás mas como sempre, sem nem um arranhão, enquanto eu caia para o chão depois dela me soltar o rosto, eu me transformo pro nível 3, nesse nível meu corpo cresceu um pouco e começou a aparecer uns ossos para fora de minha espinha e minha orelhas ficaram pontuda junto com alguns dentes que tinha ficados mais afiados, tambem tinha aparecido uns ossos saindo do meu cotovelo, quando eu encosto no chão eu desapareço do lugar, fazendo ele levantar depois de já nem estar ali, a Layla que estava assistindo pergunta.

 

Layla: Rose, por que ele se transforma num dragão, não seria melhor virar qualquer outra coisa?

 

Rose: ‘Sim, também concordo com você, mas ele adora dragões e também se você notar, combina com ele.’ (telepatia)

 

Layla: Verdade, combina mesmo ele virar um dragão.

 

Rose: ‘Agora ele esta no nivel 3, acho muito legal esse nível, a voz dele muda um pouco a força aumenta bastante.’ (telepatia)

 

Layla: Não importa o quanto eu assista essa luta sabendo do poder deles, ainda acho incrível a mãe dele não ter se machucado, se eu ou você tivesse levado qualquer soco num nível desses, já teríamos morrido faz tempo.

 

Rose: ‘Sim’ (telepatia)

 

Eu começo acertar os golpes na minha mãe fazendo ela voar para todo lado da arena, eu sempre aparecia do outro lado da arena e acerto ela jogando para outro lado, fiquei nisso por um tempo até que em um momento que vou acertar ela denovo, ela desvia do meu soco passando por cima de mim e me segurando nas pernas enquanto caia girando em direção do chão, no momento que minha mãe cai em pé no chão me segurando, ela só termina o giro me acertando com tudo no chão, no meio da arena deu um cratera gigante, eu tento me levantar com dificuldades, até que minha mãe pisa no meu peito e me segura no chão perguntando.

 

Natsuki: Desiste ? (pergunta sorrindo)

 

Eu fecho os olhos e digo voltando ao normal.


Eu: Sim… já estou no…. meu limite... de sanidade (disse respirando pesado e exausto)

 

Eu começo a rir e minha mãe pergunta se sentando do meu lado.

 

Natsuki: O que é tão engraçado?

 

Eu: Que saudades de lutar com tudo contra você, mais acho que a arena ficou meio bagunçada.

 

Natsuki: Meio ?

 

A Layla e a Rose saem da sala e vem correndo até a gente, quando a Layla chega perto de mim ela me abraça e eu falo.

 

Eu: AI ai ai, estou todo... dolorido,... não me... aperta assim (Disse deitando no chão suspirando cansado)


Layla: Desculpa (disse me beijando logo em seguida) melhorou agora?

 

Eu: Muito (Disse sorrindo e respirando pesado)

 

A Rose chegou perto na minha mãe e perguntou.

 

Rose: ‘Se divertiu bastante senhora?’ (telepatia)

 

Natsuki: Muito, é bom poder se soltar de vez em quando. (disse colocando a mão no meu ombro)

 

Eu: Sim,... é muito bom isso,... dá uma sensação... de liberdade. (disse sorrindo e suspirando cansado) bem Layla, eu não consegui ganhar então não vamos poder ir na aventura.

 

Layla: Nós vamos sim.(disse sorrindo)

 

Eu: Hã, como assim, eu perdi a luta.(perguntei sem entender)

 

Natsuki: Eu tinha dito a ela que mesmo que você perdesse eu iria deixar vocês irem nessa aventura. (disse sorrindo para mim)

 

Eu: Então por que me fez lutar ? (Pergunto revirando os olhos)

 

Natsuki: Por que queria testar o seu poder e esticar os ossos um pouco, tava meio enferrujada.


Eu: Viu falei que está velha demais já.

 

Natsuki: O que você me chamou ? (perguntou me olhando de canto muito brava)

 

Eu: Eu disse que você é a melhor mãe do mundo. (Disse sorrindo enquanto tremia)

 

Layla: Você é mesmo incrível Drake, vou adorar muito ir nessa aventura com você e quero ficar forte que nem você.

 

Eu: Claro, vou te ajudar a treinar para ficar muito forte e ai algum dia a gente pode lutar juntos contra minha mãe.

 

Natsuki: Eu iria adorar isso, enfrentar vocês dois ao mesmo tempo, sinto que a luta iria me dar uma alegria muito maior que essa.(Disse levantando os braços e sorrindo)

 

Eu: Vamos jurar então ? (disse esticando um punho para minha mãe)


Natsuki: Sim (ela toca o punho dela no meu)

 

Layla: Ficaremos mais fortes (disse tocando o punho dela também)

 

Eu olho para a Layla e falo.

 

Eu: A gente pode ir nessa aventura amanhã ok, hoje só quero comer e desmaiar na cama, tô exausto demais, mal aguento levantar um braço.

 

Natsuki: Eu não iria deixar você ir hoje também, vou lá para casa fazer o almoço que já está quase na hora, vou fazer uma lasanha de carne moída que você gosta filho.

 

Eu: Obrigado mãe (disse desmaiando)

 

A Layla e minha mãe levantam exceto eu que estava desmaiado e a Rose que já estava em pé, minha mãe me pega e coloca no próprio ombro e vai andando em direção da escadaria. 

 

                         Nisso em algum lugar em outro canto do mundo.

 

???: Senhor Strike, sentimos dois picos de energia gigantescos perto de Golden City.

 

Strike: São eles ?

 

???: Sim senhor, a frequência da energia bate 100%

 

Strike: Ótimo, vamos partir para lá agora mesmo.

 

???: Sim senhor, vocês ouviram o chefe, vamo agora, alterar rota e partir.

 

                       Voltando para onde as escadarias da arena

 

Layla: Não quer que eu carregue ele, a senhora deve estar cansada por causa da luta.

 

Natsuki: Não estou não, meu minha habilidade de invencibilidade me impede de me cansar.

 

Layla: Nossa, nem mesmo fadiga te incomoda.

 

Natsuki: Não, nada de ruim me incomoda, doença, dores e quaisquer outros Debuff vamos falar assim ha ha (Disse sorrindo enquanto dava uma risada)

 

Depois que eles terminaram de subir, minha mãe pula para beirada do lago junto com a Rose no ombro e a Layla logo em seguida, nisso a cachoeira começa a fechar, elas vão andando até em casa e minha mãe me coloca no sofá deitado, eu fico ali me recuperando enquanto estava desmaiado, a Layla e a Rose ajudaram minha mãe a fazer a lasanha enquanto conversavam.

 


Notas Finais


Gente, minha mente tava a mil por hora para bolar essa luta, espero que adorem e se gostarem comentem o que acharam da luta pf :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...