1. Spirit Fanfics >
  2. The Perfect Passion >
  3. Único

História The Perfect Passion - Capítulo 1



Capítulo 1 - Único


Fanfic / Fanfiction The Perfect Passion - Capítulo 1 - Único

Park Jimin e Jeon Jungkook.

Os dois estavam indo para o 3° ano do colegial, e os mesmos tinham 17 anos. Eles ficaram sem se ver por 1 mês e alguns dias, pois ambas famílias decidiram viajar durante as férias de verão.


Eles estavam neste exato momento conversando pelo celular, em uma ligação, enquanto estavam indo para a escola, as 7:00 da manhã. 


Os dois pombinhos estavam sorrindo igual bobos, ansiosos para se verem, se abraçarem e não se soltarem por um bom tempo–afinal, eles mereciam isso.


— Amor, eu cheguei. Fala que você já está pertinho, uh? — Jungkook disse animadamente, enquanto ficava nas pontas dos pés e inclinando o pescoço para frente, numa tentativa de achar o seu baixinho. 


— Acabei de chegar na esquina, só um segundo... — o rosado respondeu, já conseguindo enxergar JK na frente da escola, procurando o mesmo. 


Ele não esperou mais nenhum segundo sequer e saiu correndo na direção do seu amor. Jungkook arregalou os olhos surpreso, e logo pegou o baixinho no colo, o girando, como em cenas de filmes de romance.


Depois de muitas carícias e falas românticas, o casal entrou na escola, pois já havia tocado o sinal. Foram direto para a sala de aula, que por sorte, caíram na mesma. 


— Bom, alunos! Eu sei que estão animados para o primeiro dia, mas por favor, sentem-se em seus lugares. — o professor Lee disse assim que eles adentraram a sala.


Os dois sentaram-se um do lado do outro, e ficaram com as mãos dadas. Jungkook ficou encarando Jimin por um bom tempo, e Jimin percebe.


— Ei, o que foi? Tem alguma coisa no meu rosto? — o baixinho passa seus dedos pelo rosto.


— Hm? Não. Eu só 'tô admirando o gostoso do meu namorado. — o moreno sorri de lado, vendo Jimin ficar com as bochechas rubras.


— Amor! Você que é... — sorriu bobo.


Jungkook logo colocou sua cadeira junta com a do seu namorado, passando seu braço pela cintura do mesmo. Passou o nariz pelo pescoço alheio, logo indo a orelha e deixando uma mordida ali.


—Jungoo... aish! — apertou a coxa de JK, arfando.


— O que, amor? Não gosta quando eu faço isso? Hm? — sussurrou no ouvido do outro, passando sua mão livre pela cintura de Jimin, por debaixo da blusa.


Jimin arfou em resposta, subindo sua mão que estava na coxa do moreno, ficando agora em cima do membro do mesmo, apertando ali.


— Hm... Jiminnie, eu tenho uma idéia. — sorriu — O que acha de eu pedir para ir a sala do diretor, e alguns minutos depois você pedir para ir ao banheiro? — encarou o rosado, logo sussurrando: — Eu fico te esperando lá... — sorriu safado.


— Você não presta, né? Safado! 


— Não fui eu que coloquei a mão no seu pau. — Jungoo olhou com uma falsa indiferença. 


— 'Tá, 'tá, culpado. — levantou as mãos em sinal de rendição. — Ok, eu vou. O que você não pede que eu não faço como uma boa cadelinha, hm? — deu risada.


— Uh... vou lhe esperar ansiosamente, minha cadelinha... — sorriu e logo foi a mesa do professor. Em menos de um minuto, o mesmo já estava passando pela porta, dando uma piscadela para Jimin–este que revirou os olhos.


Alguns minutos depois, o garoto fez o que Jungkook pediu, e foi-se para o banheiro. Encontrou Jungkook encostado na pia, mexendo em sua mão.


— Oi lindeza, você vem sempre aqui? — Jimin brincou, fechando a porta e logo indo de encontro com JK.


— Oh, oi. Na verdade, não. Mas posso começar a vir, por você. — Jungkook sorriu cafajeste logo puxando o rosado pela cintura, o beijando necessitado.


Jungkook desceu as suas mãos a bunda do menor e a apertou com vontade, e sorriu em meio ao beijo, quando escutou o gemidinho do Park.


— Ei... — O garoto se separou do beijo e se ajoelhou em frente ao Jeon. — Posso? — alternou o olhar entre o membro de JK e o olhar do mesmo, passando sua língua em seus lábios.


— Deve. — Jungkook levou sua mão ao cabelo de Jimin, fazendo um cafuné ali. Enquanto o rosado se esforçava em descer a calça do mesmo.


Já com o membro de Jeon "livre", Jimin começou a massageá-lo com suas mãozinhas pequenas, enquanto passa a língua quente e molhada sob a glande.


— Vamos, amor. Não temos tanto tempo. — JK disse, puxando o cabelo do garoto ajoelhado à sua frente.


O rosado sorri safado e põe todo o membro de Jeon na boca,–pelo menos, o que cabia– logo começando o movimento de vaivém, bem rápido.


— Ah! Minha putinha, isso...anw, chupa tudinho. — puxa ainda mais o cabelo de Jimin, e começa a ditar os movimentos, fodendo a boca do mais novo, indo cada vez mais rápido e forte.


O garoto se engasgava uma hora ou outra, e Jungoo sorria com tal coisa.


— Oh! Que saudade dessa boquinha... Puta merda, Jimin! — gemeu rouco, jogando sua cabeça para trás. 


O Park levou suas mãos até o abdômen de Jeon, e com as suas unhas, arranhou ali, fazendo o mesmo suspirar.


— E-eu vou gozar, anw! — gemeu alto ao chegar em seu ápice. E o rosado fez questão de engolir toda a sua porra. — Como uma verdadeira putinha. — JK disse, soltando uma risada sarcástica, que fez Jimin se arrepiar dos pés a cabeça. 


Jeon puxou o mais novo para cima, logo o beijando ferozmente. Abaixou as calças do outro, logo começando uma masturbação lenta, o provocando.


— Jungoo... — o baixinho se separou do beijo, para gemer.


Jungkook em um movimento rápido, virou Jimin para frente do espelho, se colocando atrás dele.


— Olha 'pra mim, Jiminnie... — Jimin o olhou pelo espelho, mordendo seus lábios com força. Jeon começou a roçar seu membro na bundinha do mais novo. — Só não te fodo aqui agora, por que eu quero ter todo o tempo do mundo, 'para apreciar essa linda bunda. — desferiu um tapa na mesma.


Aumentou o movimento de suas mãos, falando palavras sujas ao ouvido do Park, enquanto o mesmo só sabia gemer e falar palavras desconexas. 


— Amor, e-eu vou.. — antes que Jimin pudesse terminar a frase, Jungkook o virou para ele, se pondo ajoelhado, e logo começou a chupar o pau do baixinho, com louvor.


Jimin sentiu uma onda de calor enorme percorrer todo o seu corpo, e logo se desmanchou na boca do mais velho.


— Uma delícia, amor. — levantou, passando sua língua em seus próprios lábios. Mas não demorou muito e agarrou o Park, dando-lhe um beijo afoito, apertando a bunda do mesmo com possessão.


— Eu queria muito ficar aqui contigo o resto da aula, mas não podemos... — sussurrou, colando a sua testa na do mais novo.


— Aish... Te amo, Jeon Jungkook. — juntou os lábios novamente, mas desta vez com calma e paixão.


— Eu também te amo, Park Jimin. — sorriu e deu um selinho em Jimin.


Os dois se ajeitaram e logo voltaram a sala. O professor estranhou tamanha demora, mas não quis questionar, apenas continuou sua aula.


Os dois ficaram o resto das aulas inteiras trocando carinhos e rindo bobinhos. Quando tocou o sinal, Jimin fez uma proposta:


— Quer ir lá 'pra casa? A gente pode assistir algum filme, ou... — fez um olhar safado, mordendo os lábios. Continuou:— Terminar o que começamos.


— Oh, amor. Proposta irrecusável. — Jungkook o beija, e os dois vão a casa do rosado abraçadinhos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...