História The perfect talent - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Carla Tsukinami, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Seiji Komori, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori, Yuma Mukami
Visualizações 15
Palavras 2.245
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Ficção Científica, Harem, Hentai, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hello! Brotei! Hj a fic é de DLovers, SIM! Mais uma fic.

Enfim, espero q gostem!

Aproveitem!

Capítulo 1 - Kidnapping


Todos os alunos encontravam-se no ginásio, mais um dos eventos da escola, logo seria o momento da primeira apresentação, cada professor havia selecionado um aluno de sua turma para apresentar uma música para os demais alunos, apenas mais um dos trabalhos da escola para incentivar os alunos escolhidos para criarem as próprias músicas.

Algumas garotas cercavam o ídolo que estudava naquela escola, Kou Mukami, muitas das garotas perguntava-se o por que de Kou não ter sido escolhido para cantar na escola desta vez, o próprio também perguntava-se a mesma coisa, porém sabia quem iria em seu lugar, queria saber seria tão bom quanto das vezes em que cantou em sua escola. 

Logo a diretora anunciou o início das apresentações, começando com os alunos do primeiro ano.

- Lembrem-se, estamos aqui para observar a Eve... -Disse Ruki

- Eu sei, saber o momento exato para ir até ela, eu lembro. -Disse Yuma

Durante as apresentações os Mukami prestaram atenção apenas em seu alvo, Yui Komori, esta que estava sempre com os Sakamaki.

Kou, assim como seus irmãos prestava atenção apenas em Yui, que era seu alvo principal, porém voltou sua atenção à diretora ao ouvir a mesma citar uma aluna de sua sala, Foxy Sakamaki, sabia que a garota era irmã de seus "rivais", pois estes dificultavam que pegassem Yui logo, porém havia algo de diferente em Foxy, diferente dos outros Sakamaki a garota era tímida, poucos diriam que é uma vampira sangue-puro, Foxy nunca agiu como se tivesse o real poder de uma vampira sangue-puro, sempre agindo como se tivesse medo de outras pessoas.

A garota apareceu tímida, como de costume. Kou nunca imaginaria que Foxy seria capaz de cantar diante de toda a escola. Logo um ritmo calmo ecoou pelo ginásio, Foxy começou a cantar e logo de início Kou notara que a voz da garota era muito bonita, conforme a música tocava e Foxy cantava Kou podia perceber as emoções que a garota colocava em sua música, fazia sentido, era como se Foxy usasse a música para expressar o que sentia, suas expressões combinavam perfeitamente com cada letra da música. Kou não tirou sua atenção dos suaves movimentos que a garota fazia durante a música, era...perfeito. 

 

O último aluno havia acabado de se apresentar, Kou olhou em volta e viu Foxy aproximando-se dos outros Sakamaki. 

- Kou, acorda, vamos... -Disse Yuma

- Espera, eu já vou...eu só vou ver uma coisa... -Disse Kou afastando-se do maior

Aproximou-se dos Sakamaki até que por fim pode ouvir o que diziam, logo notou a presença de seu "alvo".

- Por essa eu realmente não esperava, eu pensando que te conhecia o suficiente... -Disse Ayato

- Moramos na mesma a casa a pouco tempo Ayato, até algumas semanas você nem sabia que eu existia... -Disse Foxy

- Você canta muito bem... -Disse Yui- Como se já fizesse isso a muito tempo, nem percebemos quando você ensaiava. 

- Na verdade...eu tinha essa música a um tempo, sabe...antes de eu ir morar com vocês... -Disse Foxy

- Agora eu tenho certeza, eu não te conheço o suficiente. -Disse Ayato

 

Kou fora puxado de onde estava por Yuma. 

- Vamos logo, para de ficar ouvindo a conversa dos outros, eu quero ir pra casa... 

- Aishi eu já estava indo, só...me distraí um pouco... -Disse Kou

Ao encontrar os outros saíram da escola e foram para casa. 

 

Ao adentrar a mansão Mukami todos foram para algum canto da casa, como de costume. Kou fora direto para seu quarto, não tinha nenhum show para fazer nesta semana então pretendia se dedicar apenas ao plano de pegarem Yui. Jogou-se em sua cama e fechou os olhos, começara a pensar na música de Foxy, lembrava-se de cada expressão durante a música, achava incrível o jeito como a garota conseguia expressar bem os sentimentos que a música passava. 

Repassava em sua mente cada movimento feito seguindo o ritmo da música, eram movimentos perfeitos. Dentre vários pensamentos sobre o sentido de cada palavra cantada naquela música lembrou-se de quando se perdia observando o céu quando era criança, o ritmo tranquilo da música encaixava-se perfeitamente com os momentos em que tinha para observar a beleza do céu. Abriu os olhos novamente encarando o teto, era raro voltar a se lembrar daqueles dias tão repentinamente, preferia nem se lembrar destas coisas, lembrava-se de que as boas lembranças o levavam àqueles momentos horríveis em que passou nas mãos dos aristocratas. 

Saiu de seus devaneios ao ouvir uma batida na porta, logo ouvira a voz de Ruki. Levantou-se e abriu a porta. A pedido de Ruki seguiram juntos até a sala onde Yuma e Azusa já os esperavam. 

- Amanhã a noite iremos trazer a Eve. -Disse Ruki

- Como faremos isso, Ayato está sempre atrás dela na escola. -Disse Yuma

- Não faremos isso na escola, iremos até a mansão Sakamaki, por incrível que pareça é mais provável ela estar sozinha quando está lá.  -Disse Ruki

- É, mas...contávamos com isso quando eram apenas seis Sakamaki, e se aquela garota for um problema? -Disse Yuma

- Ela não vai ser um problema, se não fosse a presença dela nós nunca saberíamos que ela era uma vampira sangue-puro, já viu ela com os humanos? Ela tem mais medo deles do que eles deviam ter dela. -Disse Kou

- Exato, ela não irá nos causar problemas. -Disse Ruki

O mais velho explicou o plano para pegarem sua “Eve”. Todos concordaram com o plano e logo voltaram para suas atividades anteriores. 

Durante o caminho até seu quarto Kou pensara na música novamente, fazia tanto sentido, cada palavra se encaixava perfeitamente, era como se pudesse sentir as emoções que a música transmitia.

 

... 

 

O plano já estava quase completo, haviam dado um jeito de fazer os Sakamaki não irem para a escola, entraram no jardim da mansão Sakamaki e viram Yui, agora precisavam fazer tudo de acordo com o plano de Ruki.

Kou foi o primeiro a falar com Yui, esta que logo tentou fugir e acabou por esbarrar em Yuma, este que entrou em seu caminho propositalmente. Como planejado Yui correu em direção à mansão, porém parou ao ver Ruki em sua frente, como previsto a loira perdeu a consciência logo após se ver cercada pelos quatro irmãos desconhecidos. 

De repente Yuma notou que Foxy estava parada na porta da mansão, a garota tinha um olhar confuso. 

- Eu disse que ela seria um problema... -Disse Yuma ameaçando ir em direção à garota

Logo Kou puxou o maior. 

- Calma, deixa que eu resolvo... -Disse o loiro 

Kou aproximou-se a passos lentos de Foxy, esta que deu um passo para trás com a aproximação do loiro. 

- Pera ai, não precisa disso... -Disse Kou

- O que estão fazendo com a Yui? -A voz da garota saiu firme

- Nós precisamos do sangue dela, precisamos muito... -Disse Kou

Enquanto Kou tentava convencer Foxy, Yuma reclamava sobre o que o loiro fazia. 

- O que deu nele? Se os outros Sakamaki aparecerem teremos mais problemas... -Disse Yuma

- Azusa, leve Eve para casa, vamos resolver isto... -Disse Ruki vendo o mais novo assentir e logo desaparecer com Yui

- Vamos resolver isso logo... -Disse Yuma indo em direção ao loiro, porém fora parado por Ruki- O que foi agora? Está óbvio que ela não vai simplesmente nos ajudar... 

- Tem algo estranho, sabemos que Kou não é de agir desta forma. -Disse Ruki fitando o loiro- E enquanto ele está ali ela não vai poder contar nada aos outros. 

- Claro que tem algo estranho, por isso eu ia lá resolver... -Disse Yuma

- Isto só vai piorar as coisas, vamos apenas esperar, Kou parece estar conseguindo mantê-la ali. 

Ruki observou a cena e logo lembrou-se de que Kou parecia fascinado enquanto Foxy cantava na escola, imaginava se isso fazia Kou agir desta forma, perguntava-se o que Kou pensava para querer agir desta forma mesmo sabendo que este ato poderia prejudicar o plano. 

Por fim Ruki tomou uma decisão, era nítido que a garota iria causar problemas e que Kou não iria desistir de tentar convencer a garota. 

- Vamos levá-la também. -Disse Ruki

- O que?! Ela uma vampira sangue-puro, não podemos simplesmente prendê-la. -Disse Yuma

- É um risco que estou disposto a correr, isso nos dará mais tempo, vamos logo. -Disse Ruki

Yuma respirou fundo e foi em direção à garota, esta que assustou-se com a aproximação repentina do maior. Yuma segurou-a pelo pulso e a puxou dali, ignorou completamente Kou, este que o chamava indignado pelo que o maior acabara de fazer. 

 

Chegando na mansão Mukami, Ruki levou Foxy até um quarto e a trancou lá, mesmo sabendo que logo a garota iria fugir, por ser uma sangue-puro podia sair dali facilmente. 

Ruki voltou à sala e logo ouviu Yuma e Kou discutindo. 

- Aquilo podia nos causar problemas, era só pegar a Yui e sair. -Disse Yuma

- Não é minha culpa se apareceu do nada, e foi graças a mim que ela não entrou e contou pros outros. -Disse Kou

- Kou tem razão, se não tivesse ido falar com ela correríamos o risco de ser descobertos ali na hora, embora ela possa fugir daqui será mais difícil que saiba como chegar até aqui novamente. -Disse Ruki

- Você tá dando razão pra ele? Sério? -Disse Yuma

- Admita, eu estava certo... -Disse Kou num típico tom convencido

- Eu não vou admitir nada... -Yuma murmurou olhando o loiro de canto

- Bom, sabemos que a garota irá fugir logo, ela já nos viu, é bom que fiquemos em casa por um tempo, se formos à escola os Sakamaki podem nos seguir e descobrir onde moramos já que é provável que ela conte a eles quando voltar... -Disse Ruki

- Esse é o problema... -Disse Yuma

- Melhor pra mim, assim eu não preciso ir pra escola. -Disse Kou se afastando e indo em direção à porta

- Aonde vai? -Disse Yuma

- Ver se ela já fugiu... -Disse o loiro

Kou saiu da sala e foi em direção ao quarto, sabia que Ruki havia a trancado no quarto próximo ao seu, era o mais próximo das escadas depois de seu quarto. No fundo torcia para que Foxy ainda estivesse lá. Destrancou a porta e a abriu, surpreendeu-se ao ver que a garota ainda estava lá, esperava que ela já tivesse saído, mas ela estava deitada na cama, enrolada no lençol, a garota assustou-se ao ouvir os passos se aproximando e encolheu-se mais nas cobertas. 

- Tá tudo bem, sou eu de novo... -Disse Kou

- Por que me trouxeram pra cá? -Disse Foxy

- Na verdade nem eu sei, você é uma vampira, pode sair quando quiser. Não sei por que resolveram te trazer também... -Disse Kou

- Vocês são ex-humanos, não é? -Disse Foxy

- Está tão óbvio assim? 

- Vocês não tem o cheiro característico dos sangue-puro, é diferente. -Disse Foxy

- Faz sentido. Enfim, falando nisso, por que ainda está aqui? Você podia ter saído a muito tempo. -Disse o loiro

- Não é assim que funciona. -Disse Foxy se sentando na cama ainda enrolada nos lençóis

- O que quer dizer com isso? 

- De fato sou uma vampira, mas não sou capaz de fazer isso, meu poder é muito limitado, meu pai fez isso para minha própria segurança e meus irmãos fizeram questão de manter assim, é complicado, digamos que sou quase humana, só posso usar o teletransporte à curta distância, como por exemplo, dentro de casa. -Disse Foxy- E vocês? Por que pegaram a Yui? O que querem com ela? 

-Bom, é complicado. Precisamos do sangue dela para alcançar um objetivo. -Disse Kou

- Que objetivo? -Disse Foxy

- Ah Ruki me mataria se eu te contasse, ou melhor o Yuma iria me matar. -Disse Kou

- Meu pai me contou uma vez que é possível tornar ex-humanos em humanos novamente, esse é o objetivo de vocês? -Disse Foxy

- O que?! 

- Pela sua reação é. Enfim, se este é o objetivo acho que não há problemas, vocês tem motivos. Não tenho motivos para interferir, desde que não matem ela.  -Disse Foxy

- Não pretendemos matá-la. -Sorriu mínimo 

- Sobre isso, posso conhecer seus irmãos? -Disse Foxy

- Pode, não precisa ficar só no quarto, pode ir aonde quiser. -Disse Kou

Ambos saíram do quarto e foram em direção à sala, como esperado todos estavam na sala. Todos olharam surpresos ao ver que Foxy ainda estava na casa. 

- Pensei que teria saído quando ficou sozinha... -Disse Yuma

- Não posso fazer isso, meu poder é muito limitado, não poderia sair nem se quisesse... -Disse Foxy- E...vocês tiveram motivos para trazer a Yui, não tenho nenhum motivo para querer que meus irmãos saibam onde ela está. 

- Contou pra ela? -Disse Yuma fitando o loiro

- Eu não contei... -Disse Kou

- Meu pai havia me contado sobre a possibilidade de tornar vampiros em humanos, como são ex-humanos deduzi que seria este o objetivo. -Disse Foxy- E se eu voltasse pra casa teria de aguentar meus irmãos me perguntando sobre Yui, até porque eles sabem que eu nunca sairia sozinha. 

- Creio que terá de ficar também... -Disse Ruki

- Sim. -Disse Foxy

- Enfim, estes são Ruki, Yuma e Azusa. -Disse Kou

- Imagino que já saibam meu nome. -Disse Foxy vendo os três assentirem

Logo Foxy voltou ao quarto, deitou-se novamente e logo pegou no sono.


Notas Finais


Foi isso! Espero q tenham gostado! Até a próxima!

ByeBye!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...