História The Pervert - Jeon Jungkook - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Chapter 2


Fanfic / Fanfiction The Pervert - Jeon Jungkook - Capítulo 2 - Chapter 2

Chego na sala, e sento em uma das cadeiras mais ao fundo. Espero Jang-mi chegar para sentar ao meu lado, e ficarmos sendo dupla pelo resto do ano, como fazemos sempre. Ela é minha melhor amiga desde os nossos 13 anos; sua animação é constante, adora ir à festas, e tem muitos amigos, diferentemente de mim.

 A espero por uns 10 minutos, e nada. Será que ela vai faltar justo no primeiro dia de aula?

 Todos os meus colegas de classe vão adentrando a mesma e sentando em lugares aleatórios, já que era o primeiro dia. Estava com medo de alguém acabar sentando ao meu lado, pois minha amiga ainda não chegou, e os lugares da sala já estavam se esgotando. Oh céus!

 Depois de um tempo, a professora de Português chega na sala, e ao seu lado estava um garoto. O mesmo pervertido em que esbarrei no corredor!

- Bom dia a todos! - diz a educadora - Este ano temos um novo aluno que se juntará à vocês. Apresente-se, rapaz.

- Oi, me chamo Jeon Jungkook. - fala simples e sem muita cerimônia. Porém, essas simples palavras fizeram com que todas as garotas da sala (exceto a mim) suspirassem devido a beleza estonteante do individuo

- Certo. Jungkook, sente-se ao lado da Senhorita Kim, vocês farão dupla este ano!

 Não pode ser, isso deve ser algum castigo! Terei que aturá-lo ao meu lado durante todo o ano, oh céus.

 Deito a cabeça em cima de meus cadernos para não ter que fazer contato visual com o tal Jeon Jungkook.

 Escuto passos se aproximando, e logo depois um corpo grande ao meu lado.

- Vai ficar assim até quando? - fala ele

- Acho que isso não lhe interessa

- Ué, ficou nervosinha?

- Só não gosto de falar com pervertidos mal educados como você - falo finalmente olhando em seus olhos. Ok, admito que ele seja muito bonito, mas isso não muda o fato de ser um idiota

 Após minha fala, viro para a frente, e tento prestar atenção no conteúdo dado pela professora. Começo sentir que estou sendo observada, e quando viro para o lado, vejo que minha dupla me encara. Fico sem jeito e envergonhada, o que ele tanto olha em mim? Não tem necessidade disso.

- Pode parar? - falo baixo, pela extrema vergonha que sinto

- Parar com o quê? - disse ele

- Você sabe bem

- Não sei não, poderia me falar?

- Parar de ficar... me olhando

- Porquê?

- Não quero, e também não tem necessidade

- Mas e se eu quiser?

- Problema seu, apenas pare agora, por favor

- Foi mal, nervosinha

 Volto a atenção para as anotações no quadro. Ah... sinto que esse ano não será fácil!



***



 A hora do intervalo chegou, e terei que passá-lo sozinha, já que Jang-mi resolveu me deixar sem ninguém nesse colégio.

 Guardo meus materiais, e quando estou no corredor em frete à sala de aula, escuto alguém me chamar.

- Senhorita Kim! - tinha um tom de deboche nessa fala

- Oi? - viro e me deparo com Jungkook - Ah, é você - reviro os olhos - O que quer? E porquê me chamou assim?

- Não sei onde é o refeitório, então a professora mandou você me mostrar onde fica - eu mereço... - E lhe chamei assim porque ainda não sei seu nome...

- Ah, ok

- Não vai me dizer qual é?

- Não tenho motivos para isso - vejo ele se aproximando de mim

- Sabe... você foi a única que não caiu aos meus pés assim que entrei nessa escola. Posso saber o motivo disso? - quando termina sua fala, ele já está muito próximo à mim, talvez até demais

- Não sou como todas

- Como assim?

- Não me jogo para qualquer um

- Eu sou "qualquer um"?

- Sim, ou com certeza? Hum... acho que com certeza! - Jungkook se aproxima ainda mais, deixando nossos rostos perigosamente próximos

- Então serei um "qualquer" que deixará você louca - beija o canto de minha boca após sua fala, e sai

 Espera... o que? Eu não lhe dei permissão, esse garoto acha que é o dono do mundo. E para onde ele foi? Ele não disse que era para mim mostrar-lhe a escola? Meu Deus, que menino estranho.

 Ainda confusa, sigo meu rumo ao refeitório. Chegando lá, me deparo com a enorme fila para comprar as refeições. Ah, não! Jungkook me fez perder tempo, e agora a fila está gigante porque demorei muito para chegar. Não é possível que esse indivíduo só sirva para atrapalhar minha vida!

 Desisto de comprar algo, pois aquela fila demoraria meses para diminuir. Sento em uma mesa no fundo do refeitório, e fico mexendo em meu celular, já que estava sem minha amiga e sem meu lanche.

 Depois de um tempinho, avisto o pervertido entrando no local junto com 3 meninos. Eu já tinha ouvido falar sobre eles, pois Jang-mi vai a festas junto com os mesmos. Seus nomes eram Jimin, Hoseok e Yoongi. Eles até que são legais, mas como não levo jeito para fazer amizades, nunca falei muito com os mesmos, nós nos conhecíamos apenas por causa de Jang-mi.

 Ignoro a presença deles, e volto a mexer em meu telefone. Mas como nada são flores, logo vejo o Jeon falar algo para os meninos, e depois vir em minha direção junto com seus amigos. É, parece que ele não vai me deixar mesmo em paz!

- Oi, nervosinha - fala Jungkook

- Oi, Hae - Falam os meninos

- Oi...

- Então eu descobri seu nome... Hae

- Não enche, Jeon! - Os 4 garotos sentam na mesa junto comigo, sem permissão! Jungkook senta ao meu lado esquerdo, Jimin ao direito, e Hoseok e Yoongi à minha frente.

- Uau, não sabia que a Hae conseguia ser grossa - disse Jimin

Porquê? - Pergunta o pervertido

- Oras, ela é muito calada e não fala com ninguém, então para sentir raiva de algum indivíduo, ele tem que ser realmente insuportável

- Então acho que sou privilegiado, não é mesmo, nervosinha?

- Será que vocês poderiam se retirar? Quero um pouco de paz, ou seja, tenho que ficar bem longe de certas pessoas...

- Ah, entendo... Ouviram o que ela disse, né? Saiam, ela quer paz - Meu Deus, ele está se fazendo de besta, não tem condições

- Ok - falam os 3, e saem

- Você é inacreditável - falo revirando os olhos

- E você é muito chata, me agradeça por ficar com você aqui. Aliás, por que está sozinha?

- Minha melhor amiga faltou... inclusive, era para ela sentar ao meu lado, não você

- Então você deu muita sorte de ela ter faltado, nervosinha

- Porquê?

- Porque percebi que achei algo muito interessante aqui nesse colégio - fala se aproximando

- E o q-que seria? - estou nervosa, por que ele sempre fica vindo tão para perto?

- Acho que você irá descobrir... um dia. - um dia? Tá, admito que fiquei curiosa - Até mais, nervosinha. - fala e sai, como sempre



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...