História The Pianist - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Drama, Hot, Lemon, Min Yoongi, Park Jimin, Pianista, Shortfic, Yaoi, Yoonmin
Visualizações 58
Palavras 1.684
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Pessoalllll, o capítulo tem hot.
Confesso que não gosto de escrever hot por me sentir desconfortável, mas um certo ser humano praticamente me obrigou a escrever kgkkgkgkkg é isso aí

Capítulo 7 - Seven


Algum tempo depois...

Eu e Yoongi estávamos muito próximos, eu o fazia sorrir e ele até me ajudava a "trabalhar", ás vezes rolava uns beijos aqui e ali e algumas mãos bobas. Estávamos nos comportando como um verdadeiro casal, claro que não tínhamos nada oficial e isso estava me deixando louco. Eu o amava e ele também, mas nenhum de nós tomava alguma iniciativa para dar um passo nessa relação. Eu queria tê-lo pra mim.

- Jimin, eu falei com um conhecido meu sobre você e ele está disposto a fazer uma audição contigo. Semana que vem, pode ser? Se você passar, irá se apresentar no concerto "Spring day".

- Claro.

- Vou te passar as informações e algumas dicas preciosas, você terá que ir arrumadinho, não amarrotado como de costume. - apontou pra minha roupa e riu.

- Hey pare de rir das minhas roupas de mendigo. - Eu também ri da minha desgraça.

- Você precisa estar lá cedo, sem chegar atrasado. Verifique se seu violino está em perfeito estado, limpo, sem arranhões. Se estiver eu te compro outro.

- Tenho certeza que está tudo ok com ele.

- ótimo. - Se aproximou de mim e me deu um selinho. - eu quero que tudo esteja perfeito para o meu amor.

1 semana depois

- Você está lindo Jiminie. Não é a toa que me apaixonei por você. Agora vá lá e arrase. Namjoon é um ótimo tutor.

Entrei numa salinha pra fazer a audição, eu estava extremamente nervoso, mas era algo que sempre sonhei então me esforçaria. Além de que não queria decepcionar Yoongi.

- Park Jimin? - um homem não muito mais velho que eu perguntou.

- Sim, sou eu!

- Meu nome é Kim Namjoon, pode começar. - assenti e comecei a tocar as primeiras notas de uma música que eu mesmo havia composto no violino. Namjoon estava atento e eu já estava completamente fora de mim, a música havia me consumido e era como se eu estivesse no meu apartamento imaginando milhares de pessoas me olhando. A energia que as pessoas me passavam faziam eu querer tocar ainda mais, sentia cada vibração, cada sentimento que vinha a tona, cada lembrança. Eu sentia algumas gotas de lágrimas descer pelo meu rosto, lembrava de Yoongi e os momentos que passamos juntos. Foi quando me dei conta que já estava próximo as últimas notas. Parei. Meus olhos que até então estava fechados se abriram. Ouvi soluços, o Senhor Namjoon estava chorando.

- Garoto, você! É você!

- Eu?

- Sim, você irá se apresentar no festival. Eu... Estou sem palavras. Meus parabéns, Yoongi tinha razão, você toca com a alma. - eu fiquei um tempo tentando organizar meus pensamentos, eu não estava acreditando, " Spring day" era um dos maiores festivais musicais, onde pessoas do mundo todo iam para ver novos talentos. E eu foi escalado pra ser um desses talentos a ser visto. Eu estava feliz, graças a Yoongi.

Saí da sala pulando e Yoongi ao me ver deu um sorriso de ponta a ponta, com certeza ele havia me visto pular e já sabia que viria boa notícia.

- EU CONSEGUI!!!

- Eu sabia que você conseguiria, eu estou extremamente feliz por você. Que tal comemorarmos? Vamos no parque de diversões?

- Vamos.

Durante nosso passeio do parque de diversões eu senti uma certa nostalgia de meses atrás. Neste mesmo parque eu descobri um sentimento desconhecido por mim. O de amar uma pessoa de verdade. Suspirei, eram lembranças boas, eu estava com ele, motivo de muitos momentos meus de felicidade.

- Yoon? Você lembra que aquela vez quando estávamos na roda gigante eu não parava de te olhar?

- Sim.

- Acho que foi ali, quando me apaixonei. E me apaixonei mais ainda na hora em que você puxou meu braço pra irmos no carrossel, se lembra?

- Claro que me lembro, você não percebeu, mas eu também não parava de te olhar naquele dia. - sorrimos ao lembrar desses momentos.

Fomos pra minha casa dessa vez, era a primeira vez que Yoongi ia lá, por sorte estava tudo arrumadinho, senão teria que aguentar sermões por ser porquinho. Abri a porta do apartamento e rapidamente fui empurrado contra a parede, me assustei.

- Humm, o que acha de brincarmos de algo Jiminie? - ele falou bem próximo ao meu ouvido e logo em seguida mordeu o lóbulo da minha orelha.

- Quem sabe... - passei minhas mãos por debaixo de sua camisa, ele tinha gominhos. Ele começou a me beijar rapidamente com direito a mordidas no lábio. Suas mãos percorriam pelas minhas costas, senti um arrepio. Eu já estava sentindo um desconforto nas partes baixas e com toda certeza ele já havia notado, assim como notei o dele. - Eu estou com probleminhas aqui em baixo e só você pode resolver.

- Como você é pervertido.

- Euuu??? Você quem começou e eu sou pervertido? Você também está com problemas.

- Vamos fazer um trato então, eu resolvo seus probleminhas e você resolve os meus?

- Trato feito. - Ao dizer isso Yoongi começou a retirar minha camisa e deixar alguns beijos pelo meu pescoço descendo até meu peito. - Não acha melhor irmos para o quarto? - ele continuou a me beijar, ao mesmo tempo que me empurrava em direção ao quarto.  Deite-o na cama e retirei sua camisa também, aproveitei e tirei sua calça. Ele usava uma cueca branca que mostrava claramente uma ereção é um pouco de pré-gozo. Fiz um caminho de beijos até a Barra de sua cueca e passei os dedos na área molhada. Ele se contorceu e soltou um pequeno gemido. - Você gosta quando toco aqui? Hum?

- Ahhhh Jiminie, não faça isso. É tortura. - continuei manuseando aquela parte delicada, ainda por cima da cueca. Ele gemia tão manhosinhl, estava me deixando louco. Tirei a última peça que restava no corpo do mesmo e o vi totalmente despido. Yoongi era maravilhoso por inteiro. Peguei seu pênis e comecei a masturba-lo, comecei lentamente e comecei a aumentar a velocidade a medida em que ele gemia.

- JimiNIe-ahh

Parei de masturba-lo e enfiei o pênis em minha boca, comecei a brincar com a glande, passei a língua na parte sensível e enfiei completamente. Me engasguei um pouco, mas isso não me impediu de continuar. Principalmente pois eu ouvia incentivos vindo de Yoongi. Yoongi entrelaçou os dedos no meu cabelo e começou a citar os movimentos. Estava não tão rápido, mas não tão devagar.

- Jimin, quer trocar de posição? Eu quero te tocar.

- Tudo bem. - parei com os movimentos com a boca e Yoongi começou a tirar as peças de roupas que ainda restavam em mim. Yoongi era um pouco agressivo? Não parecia a pessoa fofa que conheci, mas até que estava gostando desse jeitinho dele pra essas coisas se é que me entendem. Ele me jogou na cama com delicadeza, mas um fio de brutalidade e fez as mesmas coisas que eu havia feito no mesmo segundos atrás. Sua boca era tão quentinha, com poucas chupadas eu já estava sentindo que estava próximo. - Eu estou próximo, Yoon. - Ele deu o tipo o riso dele, porém com uma expressão diabólica. Começou a passar os dedos na parte sensível e voltou a me chupar. Eu senti meu corpo tremer. - YOonGI-aaah... Ahhhh. - gozei em sua boca. Nossas respirações estavam fora de ritmo, o quarto parecia uma sauna.

- Jimin você tem lubrificante?

- Não. Yoongi?

- Hum?

- Eu... Eu sou virgem.

- Eu também sou. Vamos fazer devagar? Eu sou inexperiente também.

- Tudo bem. - Yoongi colocou dois dedos na minha frente indicando que eu deveria chupa-los, assim o fim. Deixei bem molhado. Ele me abraçou e pediu pra que eu ficasse calmo. Ele me deu um beijo feroz e ao mesmo tempo sentia um de seus dedos invadir minha entrada.

- Está doendo? - apesar do desconforto, não estava doendo. Yoongi adentrava e retirava, fazendo movimento de vai e vem. Senti outro dedo ser inserido, gemi em protesto. - Eu te machuquei?

- Não, pode continuar. - Yoongi se preocupava se eu estava sentindo dor, aquilo só me fazia ama-lo mais. Ele repetiu o processo de antes. Não sentia mais dor, na verdade sentia uma sensação estranhamente boa. - eu já estou pronto. Yoongi entendeu o que eu quis dizer e retirou os dedos. Sua glande já estava prestes a entrar na minha entrada. Ele se aproximou bem devagar e me beijou, segurou na minha mão e pediu pra que eu apertasse caso estivesse doendo. Ele entrou com o pênis inteiro em minha entrada. Apertei a mão dele, mas permiti que ele continuasse. - ahhhhh...

- Você é tão bom Jiminie. Ahh...aH. - Senti algo quente me preencher, ele havia chego no ápice, eu conseguia ver seus olhos cheios de luxúria e aquilo só me excitava mais. - Jimin, eu quero tentar também. - sabia o que ele quis dizer com aquilo. Repeti todo o processo de preparação como ele fez comigo. Ele também era inexperiente, então imagino que ele esteja tão perdido quanto eu. Já tinha feito tudo, então segurei na mão dele e comecei a enfiar meu pênis aos poucos, ele se contorcia.

- Está doendo muito? - negou com a cabeça e pediu pra que eu continuasse. Fiz os movimentos de vai e vem e sentia ele me arranhar com a mão direita e apertar minha mão com a esquerda. Parei pra que ele pudesse se acostumar e então ele largou minha mão. Aproveitei para voltar a masturba-lo. E quando percebi que já havia se acostumado voltei a me mexer. - Ahh.. ah... Continue JImiNie. Senti algo quente na minha mão, ele havia gozado e eu também. Caí por cima dele, eu estava exausto. Nós olhamos um para o outro e começamos a fazer carinho um no outro.

- Eu te amo Jimin.

- Eu te amo Yoongi.

- devíamos tomar banho.

- juntos? - o olhei com e cerrei os olhos

- Hey, não é nada disso que você está pensando seu pervertido. Você não presta. - riu. - eu já estou muito cansado pra um segundo round.

- Mas eu não pensei nada, ué.

- Aham.

- Tá, vamos tomar banho... Apenas.

E foi assim que eu terminei meu dia, o que aconteceu depois fica no ar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...