História The Pillow Chronicles - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, One Direction, Zayn Malik
Personagens Liam Payne, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Harry, Liam, Louis, Niall, Romance, Zayn
Visualizações 4
Palavras 889
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - A tenda


Fanfic / Fanfiction The Pillow Chronicles - Capítulo 4 - A tenda

- Então... Você precisa sair um pouco e o aniversário do Niall é hoje. Gostaria que você fosse conosco. - Liam falou recostado na porta da cozinha enquanto eu tomava café da manhã.

Eu já estava em Londres há uma semana e meia e só havia saído uma única vez. Estava achando tudo um grande saco. Pela primeira vez meu pai não tinha tempo para fazer comigo os programas que adorávamos. Ele estava cheio de compromissos e vagar por ai com uma boyband não era exatamente o que eu pretendia fazer.

- Ok! Vou abrir uma brechinha na minha vasta e lotada agenda de férias para sair com você e Sophia.

Liam sorriu. Ele sabia que eu estava insatisfeita com a minha rotina em Londres pois conversávamos muito quando ele chegava dos shows e estava elétrico ainda.

- A que horas vocês irão sair?

Liam olhou para o relógio no seu pulso:

- Daqui a vinte minutos.

- Quê? - Me engasguei com o leite.

- Você está bem? - Ele falou achando a cena engraçada. - Acho que você tem que se apressar, Sarah!

Engoli o restante do leite e fui ao quarto trocar de roupa. Liam me orientou a levar um biquíni e roupas frescas, afinal o dia estava muito quente. Organizei tudo na minha mochila e desci 5 minutos atrasada.

(...)

 - Olá, moça! - Niall me cumprimentou com um abraço.

- Olá! - respondi. - Bela casa!

- Obrigado! Venham os outros já chegaram.

Outros... aquela palavra deu um choque no meu corpo. Será que Zayn também estava lá!?

- Zayn chegou também, Niall? - Liam se apressou em perguntar.

- Estou bem aqui atrás. - A voz de Zayn ecoou atrás de nós. - Olá pessoal!

- Oi! -Respondi meio sem vontade.

(...)

O clima da festa estava bastante interessante. A maioria dos convidados não saía da piscina e a mesa de comida estava praticamente intacta. Como eu ainda não havia entrado na água, pois não me sentia confortável de estar de biquíni na frente de estranhos, decidi atacar a comida. Caminhei até a mesa para escolher alguns canapés e então ouvi uma voz conhecida:

- Você parece tão deslocada quanto eu nessa festa.

- Ah! É... Zayn! Oi! - gaguejei. - Acho que estou deslocada mesmo. Não conheço quase ninguém.

- Você me conhece. Eu te conheço. Ah... É... Você quer sentar no lounge e cantar um pouco? - Ele me mostrou o violão que carregava.

- Cantar!? - Soltei uma sonora gargalhada. - Eu não sei cantar!

- Bah! Deixa de charme! Todo mundo sabe cantar!

- Minha mãe sempre fala que eu não sou "todo mundo". - Enfatizei as aspas com os dedos.

- Ah! Qual é? - falou perdendo a paciência. - Pega alguns canapés desses e me acompanha!

Enchi um prato grande com uma variedade razoável do que a mesa oferecia e segui Zayn para um lounge que ficava a uns 50 metros de onde o pessoal estava reunido. O silêncio e o ambiente eram extremamente agradáveis. Havia uma tenda egípcia enorme que dava um ar intimista ao local e muita privacidade. Algumas chaises e dois sofás gigantes estavam espalhados pelo local rodeados por flores artificiais. Tudo branco, ornando com o verde das folhas das plantas.

Zayn sentou-se no sofá maior e pôs o violão sobre a coxa e eu sentei na chaise ao seu lado direito.

- Senta aqui ao meu lado... - Ele pediu educadamente.

Levantei erguendo o prato de canapés com cuidado e pousando-a entre nós dois no sofá ao sentar. Zayn começou a tocar os acordes da minha música preferida dos Beatles e assim derreteu o meu coração.

Enquanto ele soltava a voz eu cantarolava baixinho, tentando não atrapalhar, mas no refrão não me contive, fechei os olhos e cantei o mais afinado que pude. Zayn parou de cantar e quanto finalmente o refrão terminou eu abri os olhos e ele estava me encarando:

- Uaaau! Você canta demais, garota! - Ele pôs as mãos nas bochechas.

- Fala sério, Zayn! Não tira onda! - joguei um travesseiro nele.

- Mais sério do que estou, impossível, menina! Parabéns!

- Ok! Já chega! Canta alguma música da sua banda que me convença que vocês são bons.

- Você foi ao show e não nos achou bons? Não acredito, menina! Somos os novos Beatles! - Ele disse gargalhando.

- Vamos! Canta logo!

Zayn fechou os olhos, cantou duas músicas agitadas e depois cantou algo sobre um cara que perdeu a namorada para outra pessoa. Logo reconheci que aquela era a música que tinha o feito chorar no show. Quando ele terminou de cantar eu disparei:

- Você chorou quando cantou essa música no show...

- Quê? - Ele deixou um canapé cair no chão.

- Vamos! Me conte porque chorou! - Ordenei e fiz cara de paisagem.

- Ora! Agora eu tenho que te dar satisfações, Sherlock? - Zayn jogou o travesseiro no meu rosto me fazendo cair sentada para trás e se jogou sobre mim para continuar a brincadeira, porém nossos rostos ficaram muito mais próximos do que imaginávamos.

- Hum! É... melhor... - comecei a gaguejar.

- É melhor a gente se beijar... - Zayn falou olhando profundamente nos meus olhos.

- Eu não consigo pensar muito bem com seus olhos tão próximos assim...

- Deixa eu afastar um pouco então! - Ele forçou para levantar-se.

- Não! - Falei puxando-o para mais perto. - É melhor a gente se beijar, sim!

Então Zayn aproximou-se e eu pude experimentar do beijo que, mal sabia eu, lembraria para o resto da minha vida.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...