História The Pink Sneaker - YoonSeok - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Romance, Sope, Yoonseok
Visualizações 280
Palavras 954
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Esporte, Ficção Adolescente, Fluffy, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu sei que demorei, (era pra ter postado no domingo) mas quis deixar vocês se remoendo hihihihi. Não me matem, porque irei compensar vocês com um maravilhoso Lemon no próximo cap. (ISSO MESMO)

O capítulo tá comprido pra caramba, aproveitem.

Boa leitura.

Capítulo 13 - Thirteen



          -- Merda, como eu pude deixar isso acontecer? - Murmurou pra si mesmo, andando nas ruas de Seul a procura de Yoongi. 

Já estava daquele jeito - correndo de um lado ao outro - a mais ou menos uma hora, e a escuridão já tinha tomado conta do céu.

Andou um pouco mais, até passar ao lado de uma cafeteria. Parou de frente para o vidro, vendo um menino um tanto quanto pálido, vestindo um uniforme de basquete vermelho mexendo em uma caneca. Respirou fundo e entrou, fazendo um sino pendurado no alto da porta soar, anunciando sua presença para as poucas pessoas ali presentes. Caminhou devagar, e se sentou de frente para Min, vendo o mesmo revirar os olhos e bufar. 

-- Se cansou do Taehyung? - Yoongi perguntou sarcástico, dando um sorrisinho. Hoseok apenas suspirou de novo. 

-- Você me ama? De verdade? - Min hesitou um pouco, antes de concordar com a cabeça. Jung continuou. - Então confie em mim, e ouça o que eu tenho pra falar, antes de tirar qualquer conclusão precipitada. - O mais baixo concordou novamente com a cabeça, ainda mexendo na caneca azul escuro a sua frente. - Bem, depois que o ensaio acabou, eu fiquei no lado de fora te esperando, vendo se pelo menos você aparecia lá. - Fez uma pausa, e ouviu Yoongi engolir em seco. - Então, o Kim Taehyung chegou, querendo conversar. Eu dispensei ele diversas vezes, mas o mesmo me encheu tanto o saco, que decidi pelo menos tentar ouvir o que ele tinha a dizer. 

-- Depois você se pendurou no pescoço dele, ótima história. - Rosnou, passando a mão pela testa. 

-- É aí que você se engana: ele que me beijou. A força! Eu tenho um ódio gigantesco pelo Taehyung, de acontecimentos passados. Pergunte ao Jimin, ele vai confirmar tudo. - Encarou Min, vendo um belo ponto de interrogação em sua testa. - Eu e Kim namoramos a uns dois anos, não foi nada legal...

-- O que ele fez? - A tristeza no olhar de Yoongi se transformou em raiva, então Hoseok, meio hesitante, continuou;

-- Kim me traia, com qualquer pessoa que aparecesse em sua frente. E, quando eu fui tentar terminar, ele simplesmente falou que não e... - Suspirou, tentando não chorar. - Digamos que ele ameaçou contar sobre eu ser gay pra minha família, além de ter me batido uma vez...

-- ELE FEZ O QUE? - Min bateu a mão na mesa, fazendo todos do local olharem para si. - Aquele filho da puta vai me pagar caro, porque não me disse isso antes?

-- Yoon... Por favor, se acalma. - Pediu, e Min controlou a respiração. - Eu dei queixa, mas ele foi solto uma semana depois. - Yoongi segurou a mão de Jung, acariciando-a com o dedão.

-- Perdão. - Respirou fundo, fechando os olhos por um segundo. - Me perdoa, não devia ter tido todo esse ataque de ciúme. 

-- Tudo bem, eu teria feito o mesmo. - Sorriu, arrancando uma risada gostosa do mais velho. - Mas, promete me ouvir a partir de agora, e confiar em mim? - Arqueou uma sobrancelha, vendo Yoongi revirar os olhos pela segunda vez aquele dia. 

-- Prometo. - Levantou uma mão. - Mudando de assunto... Como foi o ensaio?

-- Agonizante, porque eu esperava te ver lá. - Fingiu fazer uma cara emburrada. - Eu fiquei sabendo a pouco que tu teve jogo decisivo de basquete, eu fui egoísta demais, perdão.

-- Eu que peço, pensei que ia dar tempo de mudar de jogador super fodao para tocador de piano fofo. - Riu, enquanto analisava a expressão estranha no rosto de Hobi. - Tá ficando tarde...

-- Acho melhor irmos para o campus, não é? - Ficou de pé, esperando Min fazer o mesmo.

-- Sim. - Se levantou, e pegou na mão se Hoseok, entrelaçando seus dedos. 

 


                 ~<>~ 

 


        -- Quer dormir aqui? Jimin foi para o dormitório do Jungkook. - Jogou seu casaco no banco, se atirando na cama depois. 

-- Jungkook? Jeon Jungkook? Meu colega de basquete? - Perguntou, pegando uma toalha no roupeiro de Hobi e entrando no banheiro. 

-- Esse mesmo. Eles estão tendo um caso, não sei explicar. Mas Jimin gosta bastante desse tal de Jeon, mesmo que não fale muito. - Sorriu. - Parece eu. - Sussurrou, torcendo para que Yoongi não tivesse o escutado. 

Enquanto o garoto tomava banho, Hoseok tirou sua roupa e ficou apenas de camiseta, se jogando na cama novamente. Esperou por alguns minutos, até que Min saiu do banheiro, já vestido com um pijama de Jimin - que era mais ou menos do seu tamanho. - O branquelo guardou a roupa suja, desligou todas as luzes e se aconchegou ao lado de Jung.

-- Está com sono? - Perguntou ao mais novo, fazendo um cafuné no topo da cabeça do mesmo. 

-- Nem um pouco, parece que tenho toda a energia do mundo agora. - Olhou para Min, tão perto que sentia a respiração do garoto em seu rosto. - Mas tenho uma ideia boa para passar a noite...

-- E qual é? - Mal terminara de montar a frase, e Jung atacou seus lábios, iniciando um beijo um tanto quando desesperado e quente. Yoongi se sentiu uma garotinha de quinze anos prestes a perder a virgindade, sem saber o que fazer. Nunca tinha transado com um homem antes. Percorreu as mãos pelas pernas do mais novo, e tirou a própria camisa, ouvindo uma risada abafada de Hobi, ao lado de seu pescoço. - O que foi? Algo errado? 

-- Não, apenas estou feliz que isso está finalmente prestes a acontecer. - Sorriu, e Yoongi lhe puxou para outro beijo.


Notas Finais


Me perdoe qualquer erro, até o próximo cap.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...