1. Spirit Fanfics >
  2. The Poetry of Music - Markson >
  3. Me perdoa

História The Poetry of Music - Markson - Capítulo 35


Escrita por:


Capítulo 35 - Me perdoa


Fanfic / Fanfiction The Poetry of Music - Markson - Capítulo 35 - Me perdoa

Mark P.O.V

Seul, Coreia

5 Meses Depois...

Cinco meses se passaram desde aauela reunião, e empresa está bem melhor, com o apoio financeiro do pais dos meninos, a nossa empresa saiu da linha da falência e agora somos uma empresa estável.

O que não agradou muito o pai da Tzuyu, mas até agora ele está bastante calmo, o que segundo ela é suspeito. 

Descobrimos que o bebê da Tzuyu é uma menina, irá de chamar Yerin, as duas estão em completo repouso, o médico disse que qualquer alteração pode prejudicar os dois. 

- Mark, vamos nos atrasar - Jackson diz aparecendo no quarto

- Estou pronto Sr. Wang - falei saindo 

Hoje vamos almoçar na casa do Samuel/Tzuyu, ela está morando lá durante a grávidez.

- O Beom tá todo animado desde que eles voltaram - falei rindo

Dois meses atrás Youngjae e Jaebeom voltaram, depois do Beom prometer nãp ter ciúmes do Samuel e nem de qualquer outro cara. Nesse meio tempo o Jun teve seu Comeback, que diga-se de passagem foi MARAVILHOSO, fez turnê mundial e tudo, e como reizinho despreocupado assumiu seu namoro com um dos dançarinos. Samuel está saindo com um carinha, ainda não o conhecemos, mas ele diz que se for progredir o relacionamento, vamos conhecê-lo.

Ao chegarmos na casa do Samuel, os meninos já estavam nos esperando.

- Olha o tamanho dessa barriga... Como você tá princesa? - Jackson disse conversando com a barriga da Tzuyu que apenas dava risada.

- Estou bem titio - ela respondeu, enquanto não sabemos quem é o pai, eles resolveram chamar o Jackson de Tio e não de Pai.

- O almoço tá pronto! - Jae gritou da cozinha

Nos sentamos na mesa e começamos a comer, o clima estava agradável e confortavel.

- Gente! Vocês viram as notícias? - Jun gritou entrando na casa 

- Junie... Acho melhor bater na porta - Minghao, namorado assumido do Jun, disse rindo 

- Que notícias? - perguntei 

- Vejam vocês mesmo - ele disse me entregando o celular 


JACKSON WANG SERÁ PAPAI? 

Cantor famoso por se envolver em polêmicas, recentimente namorando com o ator Mark Tuan, será papai.

Segundo nossas fontes (Que são fortissimas) o casal em questão Jackson Wang e Chou Tzuyu, que já namoraram, mas terminaram no começo do ano, quando Jackson começou as gravações do filme.

O casal teve uma noite caliente, quando o cantor estava em turnê, eles já haviam terminado, mas não tinham anunciado ainda, meses depois Tzuyu descobriu estar grávida e foi atrás do Jackson, que está namorando com Mark. Jackson não quis se casar com ela, mas vai assumir o bebê, que está previsto pra nascer nesse mês ainda.

Será que Mark reagiu bem à essa notícia? Por que será que Jackson não quis se casar com Tzuyu? Estaria Mark o proibindo? 

- Não pode ser! - Tzuyu gritou nervosa - Meu pai foi longe demais!

- Como sabe que foi ele? - Samuel perguntou 

- Quem mais sabe disso? E eu confio que vocês não vazaram isso - ela disse brava 

- Cuidado com a sua saúde - Jackson disse a levando pro sofá

- Como ter calma Jackson?! Aquele homem expalhou a minha intimidade, a nossa intimidade por dinheiro e pra afundar mais ainda a minha vida - ela disse começando a chorar 

- Tzuyu, calma, não chora, isso vai fazer mal pro bebê - Jae disse dando um copo d'agua pra ela 

- Eu... AI...AI 

- Acho que ela tá passando mal... Jackson leva ela pro carro agora! - falei 

Corremos pro hospital, enquanto Jackson dirigia nervoso, Tzuyu gritava de dor e desespero, ela começou a sangrar no carro.

- Eu vou morrer Jackson - ela disse chorando 

- Não vai Zuyu, eu nãp vou deixar isso acontecer - ele falou estacionando o carro e indo buscar uma cadeira de rodas

- Mark... Cuida do meu bebê... Cuida do Jack... - antes que pudesse falar, ela desmaiou.

Felizmente o médico responsável por ela durante a grávidez estava trabalhando naquele dia, rapidamente ele a levou para a sala de cirurgia.

- Os meninos estão vindo - Jackson diz se sentando ao meu lado

- Vai ficar tudo bem - falei o abraçando 

- Não era assim que eu imaginava, sabe... Achei que num dia normal, o Samuel me ligaria e nos viriamos pra cá, umas duas horas depois ouviriamos o choror dela... No fim eu a veria segurando a pequena Yerin nos braços, iriamos pra casa dias depois - ele disse chorando 

- Ei, vai dar tudo certo, isso vai acontecer - falei limpando suas lágrimas

- A-as chances s-são pequenas... - ele disse chorando mais ainda 

- Vai dar tudo certo - falei o abraçando.

Horas Depois...

Já haviam se passado horas e nada do médico, os meninos já tinham chegado e estavam aflitos.

Jun estava pior, ele se culpava por isso, mesmo com Minghao ao seu lado o dizendo que não era culpa dele, ele só sabia chorar.

- Me desculpa Jackson, eu juro que não fiz por querer - ele disse chorando 

- Relaxa Jun, eu sei que a sua intenção foi a melhor possivel - ele respondeu

- Vocês vieram com a paciente Tzuyu? - um enfermeiro perguntou 

- Sim, alguma notica dela? Como tá a bebê? - Jackson perguntou 

- O médico está vindo, mas parabéns pelo bebê - ele disse saindo 

- Jackson - o médico o chamou 

- Pode me dizer a verdade doutor - respondeu

- Eu sinto muito, mas a Tzuyu teve uma hemorragia à caminho e durante o parto uma parada cardiaca... Não conseguimos salvá-la, mas a sua filha está bem, ela é saudável e logo poderá ser liberada... Eu sinto muito - ele disse o abraçando - Ela era como se fosse uma filha pra mim 

Ficamos em silêncio, até escutarmos o barulho de alguém correndo e vermos Jun correr.

- Eu vou atrás dele - Minghao disse saindo 

¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤

Minghao P.O.V

Depois de correr um pouco, o achei no terraço, sentando com a cabeça no joelho, provavelmente chorando 

- Junie... Não é sua culpa, uma hora ou outra ela iria saber - falei me sentando ao seu lado 

- E-eu não sei... E-ela poderia t-ter v-vivido... E-eu m-matei ela - falou chorando 

- Olha pra mim - falei - Você não matou ninguem, se tem um culpado aqui é o pai dela, que compactuou com aquela matéria sensacionalista, apenas ele é o culpado bebê - falei o beijando na bochecha 

- O-obrigada - ele disse me abraçando - Ppor e-estar do m-meu lado

- Eu sempre vou estar aqui Junie - falei beijando sua testa  



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...