1. Spirit Fanfics >
  2. The Powers >
  3. Capitulo XII

História The Powers - Capítulo 13


Escrita por:


Notas do Autor


Olha que voltou hahahahaha

Gente sério, se o capitulo ficou ruim, me perdoem.

talvez não tenha ficado bom o suficiente, mais pelo menos eu tentei né? hahahah

Bom, espero que gostemmm

Thankss!!
.
.
.
.
.
.
.
.

Capítulo 13 - Capitulo XII


Tic Tac....Tic Tac...Tic Tac

Foi com aquele barulho — O barulho do relógio de parede — Que fez Sakura abrir lentamente seus olhos. Abriu e os fechou devagar, ainda estava tentando se acostumar com a luz no cômodo que estava. Ela percebeu que estava deitada no sofá, só não sabia se era de sua casa.

Ela, conseguiu abrir os olhos completos — Já acostumados com a claridade — E percebeu que não se encontrava em sua casa. E rapidamente, se lembrou oque tinha acontecido. O ruivo, Gaara. Ela, não estava conseguindo raciocinar direito. Sera que ela tinha sido raptada? onde estava Gaara? sera que ele estava bem?

— Graças a deus, você acordou. — Escutou aquela voz doce. E se sentiu por um momento aliviada.

— Hinata? — Sakura, olhou para o seu lado, e estava a morena de olhos perolados. Ela estava com a mão na boca, e tentando respirar lentamente. Provavelmente, a morena tirou a preocupação da rosada de não acordar. — Oque aconteceu Hina? — Sakura, que estva deitada no sofá se sentou.

— Você não se lembra? — A morena, chegou mais perto da rosada, e se sentou ao seu lado e segurou as mãos da rosada.

— Vagamente, me lembro de um homem de cabelos ruivos, ele tava na minha casa, e Gaara.....Ai meu deus, Gaara. Onde ele tá? ele tá bem? — A rosada, ficou preocupada com o seu amigo ruivo, até por que, a ultima memoria que tem dele, é dele apagando.

A morena soltou um risinho

— Ele estar bem, todos estão. Só estávamos preocupados com você. — A morena, ainda tinha um sorriso pequeno nos lábios, que fazia até Sakura — Que estava nervosa — ficar calma.

— Que bom — A rosada, soltou um suspiro depois de saber que Gaara estava vivo. Não queria que nada acontecesse com ele, principalmente por sua causa. — E, eu estou bem. Só um pouco fraca, e com fome. — Sakura falou, soltando uma risada acompanhada de Hinata.

— Então, eu vou fazer um sanduíche e um copo de suco pra você, Ok? — A morena perguntou, se levantando do sofá e recebendo um aceno de cabeça de Sakura.

— Obrigada Hina.— E logo Hinata, segue para um outro cômodo da casa onde estavam. Que até agora, estava tentando descobrir de quem era.

Sakura, se levantou do sofá — Com cuidado, pois ainda estava fraca. — E foi até um móvel que ficava na Sala. E pegou um porta retrato que ficava encima do mesmo. E conseguiu ver, um loirinho sorridente, perto de uma arvore.

— É do Naruto-kun. — A morena falou, atraindo a atenção de Sakura para ela. Que conseguia ver a morena, já que a cozinha era possível ser vista da sala.

— Ahn? — Sakura, não entendeu oque Hina tinha dito.

— A casa, é do Naruto-kun.

— É, loiro e sorridente, só podia ser ele mesmo. — Sakura disse com um sorriso no rosto, e deixando o porta retrato onde estava.

Logo, Hinata chegou com um copo de Suco de laranja e um Misto quente, e entregou para Sakura. Que agradeceu e começou a comer, e ela só pensava uma coisa ''Que delicia'' ela, estava com muita fome. 

— Quanto tempo fiquei dormindo Hina? — Sakura, perguntou para a morena, que estava concentrada em limpar oque tinha sujado na cozinha.

— Dois dias. — Por isso, ela estava com tanta fome.

— E onde estar os outros? — Hinata, parou oque estava fazendo para responder Sakura.

— Eles est.... — Ela não conseguiu terminar, e foi interrompida por uma voz.

— Sakura? — Sakura, se virou para trás, e avistou as escadas. E viu a loira doida, mais conhecida com Ino, e conhecida também por ser sua melhor amiga. — Ai meu deus, você acordou. — A loira, falou correndo em direção a Sakura, e a abraçando forte. Sakura, queria muito retribuir o abraço, mais nem sequer tinha forças. E Ino estava esmagando ela.

— Ino, cuidado, vai quebrar ela. — Hinata, repreendeu-a, e logo Ino soltou Sakura.

— Ai desculpa, desculpa, desculpinha.— Quando a loira, queria ser doida, ela conseguia.

— Tudo bem. — Sakura, disse rindo da cara de preocupada da loira, depois de pensar que tinha quebrado algum osso da rosada.

As três se sentaram no sofá, com Sakura no meio. E começaram a conversar, dois dias apagada, deve ter perdido muita fofoca. E Ino era a que sabia com deixar a rosada pro dentro de tudo.

— Me contem tudo oque ocorreu, nesses dois dias que eu apaguei. — Sakura falar isso, foi como dar Um milhão de reais para Ino. Ela se tornou a pessoa mais feliz do mundo. A´te por que, quem não gostava de contar as fofocas.

— Por onde eu começo.... Bom, quando a gente chegou na sua casa. Você tava desacordada com Gaara no seu lado, e o morango também. — Ino falou, mais foi pausada por Sakura.

— Morango? quem é morango?

— É o boy lindo, mais do mal. — Sakura, entendeu de quem ela estava falando. — Não sabemos o nome dele ainda, ele se recusa a dizer. Então apelidei ele de morango. — Típico de Ino. — Bom voltando... Ai, a gente pegou vocês e o morango e trouxemos pra casa do Naruto. Ai os meninos, estão tentando fazer ele falar alguma coisa, mais ele não diz nada. Gaara se acordou ontem, você que demorou. E eu te odeio por isso. — Disse a Loira, batendo no ombro da rosada.

— Ai sua louca, ue por que? — Disse Sakura, massageando seu ombro.

— Por que, o Sasuke-kun, ficou nervoso, e com raiva do Mo-morango. — Hinata falou, gaguejando na hora de falar o apelido do ruivo. — Ai, ele ficou meio que insuportável. — Se Hinata, esta falando que Sasuke estava insuportável, Sakura com certeza acreditava. A morena era paciente, Sasuke deve ter ficado muito preocupado. E Sakura achou isso fofo

— Que fofo. — Sakura disse corando o rosto.

— Que fofo — Ino afinou a voz, imitando Sakura — Seu fofo, quase quebrou meu celular, só por ele tocar. — Sakura, soltou uma gargalhada. — Ri vai, queria que fosse contigo.

— E onde ele tá? — Sakura, acabou de terminar seu lanche e terminou de tomar seu suco

— Tá lá no porão, com o morango. — Ino disse revirando os olhos.

— Vamos lá, eu quero conversar com ele. — Sakura se levantou, e deixou ser guiada pelas amigas. Ate por que, nunca tinha ido na casa de Naruto, não sabia onde ficava nada.

Elas seguiram o corredor, e viraram a direita, entrando numa porta que de cara, já tinha escadas para descer. E foi oque as três fizeram, desceram as escadas e já encontraram um certo ruivo na escada.

— Ai meu deus, Gaara. — Sakura, falou passando por Ino e Hinata, e abraçando o ruivo. 

— Eu odeio abraços rosada. — Gaara falou, mais nem sequer tava tentando se separar de Sakura.

— Ah desculpa. — Ela se afastou dele. — Obrigada...Por você me defender, se não fosse você, ele podia ter feito coisas horríveis comigo.

— Não precisa agradecer. Eu fiz, oque qualquer um faria. — Ele deu um sorriso de canto pra ela. — Vai logo falar com Sasuke, antes que ele mate o morango e a gente não tenha conseguido nenhuma informação. — É Sakura, percebeu que todos tinham pegado o apelido que Ino criou, era criativo. 

Ela se virou pra trás, e ouviu uma gritaria. Foi seguindo o som, até dar de cara. Com Sasuke, dando murros na cara do ruivo do demônio.

— Sasuke, ei para. — Sakura, falou e segurou a mão de Sasuke. Antes que ele desce outro murro na cara do Morango, que já estava acabada. 

O ruivo, estava sentado numa cadeira, com as mãos amarradas atrás, e um pano cobrindo seus olhos.

Já Sasuke, estava com os olhos vermelhos de raiva. Isso tudo, pelo oque aconteceu com Sakura. E descontou toda sua raiva, na pessoa que causou aquilo tudo.

— Sakura? — Sasuke, sentiu o toque da rosada em suas mãos, que já estavam vermelhas. — Você acordou? — Sasuke, já estava olhando pros olhos verdes da rosada.

— É acordei, e eu não posso ficar sem cuida de você, que você já quer matar todo mundo. — Ela disse, puxando ele pra sair daquele porão. Passando por Ino, Hinata, Gaara, e agora Naruto. Que estava comendo um prato gigantesco de comida. 

— Eai Sakura-Chan. — Ele disse com boca cheia. Recebendo um puxão de orelha de Hinata. — Ai Hina, desculpa.

Sakura sorriu para o loiro, e subiu as escadas com Sasuke. Eles chegaram até a sala, e Sakura fez ele se sentar no sofá e ela trouxe, um copo de água e um pano, para limpar o sangue que estava na mão de Sasuke.

— Você não tem jeito né? — Ela perguntou, segurando a mão do moreno, e limpando.

— Eu fiquei preocupado oras. — Ele disse bufando, a última coisa que queria fazer, quando Sakura acordasse era brigar. 

— Que bom que ficou preocupado, mais não ficou louco. Não precisava fazer tudo aquilo, não vai conseguir tirar nenhuma informação daquele jeito. — Ela disse, com um olhar sério para ele.

— Eu não tó afim de brigar. — Sasuke disse bufando e escorando suas costas no sofá.

— Não estou brigando com vocês, estou só alertando sobre oque você fez.Tenta controlar sua raiva. Eu só estava dormindo, não morta.

— E se você não acordasse?

— Mais eu acordei, e isso que importa. — Ela ainda estava com olha de raiva para ele. Ela foi se levantar do sofá, mais teve a sua mão segurada pela de Sasuke, fazendo ela se sentar no colo dele, e ficar de cara para seu rosto. — Oque é Sasuke? você disse que não queria brigar, eu também não estou afim. Tudo que eu quero agora, é um banho. — Realmente, ela não tava confortável de ficar dois dais sem banho. 

— Me desculpa vai, eu juro que eu vou controlar minha raiva — Ela bufou, e ele soltou um sorriso de canto. — Eu tava com saudades.

— Foi só dois dias, seu exagerado.

— Mesmo assim. — Ele, aproximou mais o rosto dela para o dele. E os dois encostaram as suas testas uma na outra. Ele ficou fazendo carinho no rosto de Sakura. Até puxar ela para um beijo.

Um beijo calmo, sem presa, ele pediu para sua língua entrar e foi concedido por ela. Terminaram o beijo com dois selinhos, e ainda pegando um pouco de ar. Na parte de Sakura.

— Os namorados ai, deixem de se pegar, e Sakura vai tomar banho.

— N-não somos namorados Ino.

Sim, Ino chegou logo quando eles tinham terminado o beijo. Ino e suas entradas inusitadas.

— Não imagina, vocês ficam maior parte do tempo juntos, não ficam com mais ninguém, andam de mãos dadas, quando um encontra o outro ficam rindo que nem dois palhaços. Todo mundo sabe, que são apaixonados um pelo outros, vocês são tão com a historia de ficar, pra não parecerem apressados. Eu digo pra vocês pararem de serem besta, e assumirem o relacionamento logo. — A loira falou tudo, sem nem perceber que deixaria os dois corados. — E Sakura, vai tomar banho, por que, só o Sasuke pra aguentar seu cheiro. — Ela disse, e saiu.

Os dois, ficaram tímidos com oque a amiga, tinha acabo de dizer.

— E-eh, eu vou tomar meu banho.— Ela se levantou do colo de Sasuke, e saiu dali o mais rápido possível.

Ela, perguntou para Naruto onde ficava o banheiro, e o mesmo lhe mostrou o caminho. E a mesma, pegou uma roupa que Ino tinha colocado em sua mochila, quando a trouxeram pra cá. Sua amiga era prática e ela amava.

Ela ficou, o banho todo pensando noque Ino tinha dito. E era tudo verdade, ela sabia que estava apaixonada por Sasuke, e realmente esperava que ele sentisse o mesmo por ela. Foi tirada dos pensamentos, com alguém batendo na porta.

— Sakura, Sasuke quer a gente na sala. — Era a voz de Hinata.

— Já to indo Hina. — Ela terminou de lavar seu cabelo, e logo saiu da ducha e pegou sua toalha e se trocou dentro do banheiro mesmo. Pronto, agora ela já estava pronta para viver.

Saiu do banheiro, secando os cabelos com a toalha — Que tinha pego com o Naruto.— E seguiu para a Sala, onde estavam todos reunidos, só não estava Naruto.

— Onde tá o Naruto? — Sakura perguntou, se sentando no lado de Ino. Sasuke era o único que estava em pê, Hinata estava no braço do sofá e Gaara estava em uma cadeira.

— Tá vigiando o Morango. — Ino respondeu, recebendo um ''Ahh'' de Sakura.

— A gente precisa saber, como vamos tirar informações daquele cara. — Sasuke Foi interrompido por Ino.

— Não chama ele de Cara, chama ele de Morango. — Sasuke revirou os olhos.

— Como tirar informações do Morango. — Ele falou, e Sakura soltou um riso.

— É só a Ino entrar na mente dele. — Sakura disse, fazendo olharem todos pra ela.

— Eu já tentei, mais o mente dele é muito forte, é quase impenetrável. Eu preciso de mais magia do que eu tenho. — A loira falou, cabisbaixa.

— Eu te passo — Eles olharam novamente para Sakura. — Eu posso, transferir minha magia pra você, até você descobrir quem ele é, e o por que ele estar atrás da gente.

— Você tá fraca ainda Sakura, não vamos arriscar. — Sasuke falou, jogando a ideia para longe. Não queria ver Sakura, mais fraca do que já estava.

— Então, eu transfiro a magia de um de vocês pra Ino. São vão ficar fracos por um tempo, mais nada que uma bela Sopa e uma bela noite de Sono resolva.

— Não é uma má ideia. — Hinata disse. — Podemos tentar Sasuke-Kun.

— Quem se voluntaria? — Sasuke perguntou. 

— Eu vou. — Hinata falou.

— Tem certeza Hina? — Sakura perguntou, recebendo um ''Sim'' de Hinata. — Então vamos.

Eles foram até onde estava o ''Morango'' e Naruto perguntou oque tinha resolvido. Eles explicarão, e o loiro se recusou a deixar Hinata fazer aquilo. Então ele se propôs a ir no lugar dela. A morena nem conseguiu tentar explicar pra ele. Sabia que ele não ia deixar ela fazer aquilo de qualquer jeito.

Sakura, viu o ruivo na cadeira, ele estava com um sorriso no rosto.

Sakura se sentou no chão perto da cadeira do ruivo, e Naruto estava no seu lado.

— Tem certeza Naruto? 

— Tenho sim Sakura-chan. Você deve saber que faria o mesmo por Sasuke, já que ele é a pessoa que você gosta. É do mesmo jeito com a Hina. — Ele disse baixo, apenas para Sakura ouvir, Mais Sasuke também ouviu e soltou um sorriso de lado.

— É eu entendo. — Sakura disse com um sorriso no rosto e olhou para Sasuke.

Ino ficou em pê ao lado dela.

Sakura pegou na mão de Naruto, e começou a sugar sua magia. Isso fez com que em menos de dois minutos o loiro apagasse. Logo Sakura, tocou em Ino, e transferiu a magia que ela tinha. Fazendo ela ficar um pouco fraca e quase cair no chão se não fosse por Sasuke.

— Por que vocês não desistem. Não vão conseguir tirar nada de mim. Podem me bater o quanto quiserem, não vou dizer absolutamente nada. — Falou o ruivo.

— Não vai ser preciso, Morango — A loira tocou a testa de Sasori.

— Oque?....Ahh — O ruivo gritou de dor.

 

— Vamos ver quem é você — Ino pensou, já na mente do Ruivo. 


Notas Finais


Pelo amorrrrrrr hahahahahaha

Gente é no proximo Cap, que eles descobrem ''TUDO'' então não percammmmm

E eu estou começando uma fic Nova, se chama> Meu cunhado
Link:https://www.spiritfanfiction.com/historia/meu-cunhado-19693166

Vão lá, eu ainda tó escrevendo, mais tá ficando legal hahaha

bom é isso

Vejo vocês no proximo Cap

ByeByeee


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...