1. Spirit Fanfics >
  2. The Precious Model >
  3. Capis 8

História The Precious Model - Capítulo 8


Escrita por:


Capítulo 8 - Capis 8


Atordoada e meio aérea a tudo que acontecia, Emma iniciava mais um dia comum de sua semana. Sabia que hoje, além das pequenas conferências, assinaria o contrato do novo pequeno empresário.

Swan teria o compromisso de ensinar e orientar o novo "semi" contratado. Teria que demonstrar e observar as pequenas decisões que seriam tomadas dentro de sua empresa, além disso, aprovaria ou não alguns projetos que poderiam aparecer.

Hoje não queria papo com ninguém, Ella era a exceção pois não tinha o que fazer, falaria com ela querendo ou não. Sua secretaria também não teria jeito, precisava dela para resolver alguns assuntos, mas pensou que fora essas duas opções, não havia mais ninguém.

Já pronta com seu café em mãos, a loira rumou para seu carro em sua garagem, pensativa e incomodada com algo que não sabia explicar, tomou as ruas em direção ao seu trabalho.

Em alguns faróis vermelhos que parava, a alfa conseguia recordar com extrema clareza a pele morena que habitava seus pensamentos, os olhos castanhos que estavam pregados nos seus com firmeza. Aquele vestido que marcava totalmente as curvas daquela modelo. Se perguntava como diabos Robin a encontrou!? Como se envolveram!? e como Regina foi capaz de permanecer em um relacionamento com um homem asqueroso como aquele.

Enfim, lembrando que ainda tinha que trabalhar, Emma voltou a atenção nas ruas e se dispôs a esquecer tal equívoco.


{...}


Terminando suas últimas fotos do ensaio, Regina se apressou a colocar suas roupas normais, teria que resolver o assunto de ontem; e se comprometeu a fazê-lo hoje.

─ Onde vai com tanta pressa, cunhada? ─ Ruby apareceu em seu roupão por ser a próxima a ser fotografada.

─ Preciso resolver o assunto de ontem. O problema é que liguei diversas vezes na empresa Blanchard e uma tal de Belle; que por sinal foi um amor comigo, disse que a Senhorita Swan só me atenderia depois do almoço. ─ Apressada, a Mills guardava seus pertences em sua bolsa.

─ Bom, são dez para as onze, então você tem bastante tempo.

─ Até eu chegar lá, sabe se Deus que horas ela me receberá. ─ Ruby ouviu seu nome ser chamado e Regina já estava pronta.

─ Essa é a minha deixa, cunhadinha, boa sorte com a patinho.

─ Obrigado Ruby. ─ Mesmo sem entender o "patinho", a ômega rumou para fora da revista e caminhou para o primeiro ponto de táxi que tinha.

Mesmo sendo irmã de Zelena, Regina não tinha créditos ou regalias pelo parentesco. Trabalhava e se esforçava igualmente as outras modelos, o mesmo valia para Ruby. Pois para a Mills mais velha, nada na vida se consegue de mão beijada, afinal sua revista não foi conquistada por ser parente de ninguém!

Com o balançar do carro, a morena migrou seus pensamentos para o trágico acontecimento de ontem, Robin como sempre roubando a cena, ela mais uma vez calada por não saber o que dizer. Porém ela não poderia deixar de lembrar dela, a alfa loira dos olhos verdes.

Regina não admitiria, mas Emma havia despertado um interesse na menor e somente ela saberia; pois decidiu não contar a ninguém. A forma elegante que sua postura demonstrava segurança era excitante, em momento algum ela elevou sua voz para tentar persuadir Robin que a todo momento gritava.

Os olhos verdes que por minutos ficou encarando lhe trouxeram segurança e conforto de uma única vez, estranho. Pensou
Alfas que não conhecia lhe traziam desconfiança, pois já lidou muito com isso.

De frente a empresa, Regina começou a suar frio, suas mãos escorregavam enquanto segurava no corrimão da escadaria que leva ao prédio.

A frente da empresa era revestida de vidro de cima a baixo, duas rotatórias também de vidro indicavam a entrada e saída do lugar. Já com os pés do lado de dentro, Regina ficou maravilhada com cada detalhe.

Não pode deixar de reparar quando entrou, o logo da empresa gravado em letras pratas na parede em sua frente. { BLANCHARD }

Na recepção havia uma extensa mesa com pés pequenos de madeira que formavam um X , um em cada ponta, em cima dela estavam espalhandos alguns papéis, dois computadores e atrás da mesma estavam, identificou uma impressora, alguns smartphone centralizados, e fora os objetos, duas moças trabalhavam freneticamente tentando dar conta dos computadores e celulares ao mesmo tempo.

Ao redor o piso era de um cinza brilhante que levavam a um pequeno sofá com duas poltronas acompanhando, ambos com estofado preto e braços de prata.

Caminhou o mais calmo que seus saltos permitiam e chamou a atenção de um recepcionista.

─ Com licença... será que pode me ajudar. ─ Sorriu gentilmente.

─ É claro que sim, como posso te ajudar?

─ Eu sou Regina Mills, e liguei diversas vezes aqui e a Senhorita Belle French disse que...

─ A senhorita falou diretamente com a Belle?

─ Sim?!

─ Então faça o seguinte Senhorita Mills, siga esse corredor. ─ Apontou para seu lado direito.─ e vire a primeira esquerda, lá você irá encontrar a Senhorita French que é secretaria pessoal da senhorita Emma Swan.

Ao ouvir aquele nome; Regina sentiu suas mãos escorrer mais.─ Como falou diretamente com ela, não há assuntos que eu possa te ajudar, somente ela mesmo, Ok?

Após responder um breve "obrigada" Regina seguiu as instruções passadas. Caminhou pelo corredor que não tinha nada de pequeno e quando estava prestes a virar a primeira esquerda, esbarrou em alguém que parecia apressado.

─ Me perdoe... eu não vi você. ─ Quando levantou seus olhos, pode ver que os traços eram conhecidos. ─ Desculpe-me Mas, tenho a sensação de que já a vi em algum lugar.

─ Creio que não, não ando em qualquer lugar para que possa ter me reconhecido. ─ Antes que pudesse questionar o que ela tentava dizer com "qualquer lugar" a Mills ouviu seu nome ser chamado.

─ Regina?! ─ A morena ja reconhecia a voz, e sabia de quem era, desviou da pessoa que a impedia e continuou seu caminho. ─ Vejo que já conheceu a Senhorita Lilith?

─ Não que fosse do meu agrado, mas sim, já conheci. E como sabe meu nome?

─ Acho que agora podemos nos conhecer de forma civilizada, huh?

─ Regina Mills. ─ Estendeu para cumprimentar.

─ Me chame de Ella, apenas. A propósito! Mills!?─ Cumprimentou de volta.

─ Sim, eu sou irmã de Zelena.

─ Interessante, e o que faz aqui senhorita Mills?

─ Eu queria saber se eu posso conversar com a Senhorita Swan. ─ O comentário fez com que Ella arqueasse a sobrancelha. ─ Preciso explicar a ela o que houve ontem.

─ E você veio pessoalmente para isso?

─ Preciso explicar a ela que ontem houve um mal entendido, Robin não estava lá como investidor. ─ Ella ponderou, sabia que sua chefe não estava em um dia bom. Porém sua mente trabalhou de outro jeito. ─ Será que....deixe-me falar com ela, por favor.

─ Eu não acho que seja uma boa ideia, Emma não está muito agradável com o humor e além disso, ela não ficou feliz em saber que a ômega que ela estava interessada tem um alfa.─ Propositalmente, Ella jogou em Regina duas informações, Uma que queria saber e outra que queria que a morena soubesse.

─ Robin não é meu alfa. ─ Teve a resposta que queria. ─ Espera! Interessada em mim?

─ Espere aqui Regina, vou preparar o terreno para que possa entrar. ─ Ella deixou Regina na presença de Belle, caminhou até a porta de sua patroa e entrou sem entrar, como de costume.

─ Ella, Não estou com cabeça para suas graças hoje. ─ Regina ao lado de fora, tremeu ao ouvir a voz firme da alfa.

─ Olá chefinha, tenho uma notícia agradável.

A ômega enquanto aguardava, procurou conversar com Belle já que a mesma foi extremamente simpática no telefone.

─ Senhorita French, sim?

─ Isso mesmo Regina, como vai?

─ Nervosa. ─ Afirmou, logo se pôs a frente da mesa de Belle. ─ Acho que vim em um dia ruim, não?

─ De fato você veio, a senhorita Swan parece não estar em um dia agradável.

─ Entendo. ─ Porém Regina não entendia nada, sua intenção era apenas uma conversa, porém hoje saberia como era a loira de mal humor.

Já dentro da sala, Ella tentava contar a novidade para a patroa.

─ O que disse?

─ A.....senhorita.....Miiiills.... ─ Repetiu pausadamente.

─ Ella!

─ A senhorita Mills está aqui para conversar com você. ─ Dessa vez disse rápido e ríspida.

─ Eu disse a ela que marcariamos uma reunião, o que ela faz aqui? ─ Emma parecia entediada, encostou suas costas na cadeira e massageou suas têmporas com calma. ─ De qualquer forma, peça a Zelena que...

─ Eu não disse que era Zelena. ─ Risonha, Ella deixou a sala, deixando lá uma alfa completamente confusa. ─ Pode entrar Regina, eu te desejo sorte.

Mesmo sem entender, Regina sorriu em expectativa. ─ Obrigado. Mal ouvindo o "não me agradeça" vindo de Ella, a Mills entrou na sala da alfa aflita e determinada a esclarecer tudo. 


Notas Finais


Acho que o romance vai começar 🤔


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...