1. Spirit Fanfics >
  2. The Prince and The Popstar >
  3. Be a prince or be a popstar

História The Prince and The Popstar - Capítulo 3


Escrita por: e Kurlzz_666


Notas do Autor


Acharam que a gente tinha morrido né?
*Movimento da sanfoninha intensifies*


Brincadeiras a parte, mais um capítulo de O príncipe e o popstar para vocês e esse aí estava sendo preparado desde muito tempo. Faz uns 4 meses ou mais que eu estava lutando contra o bloqueio e escrevendo.

Aproveitem, qualquer coisa eu edito ou a Kurlzz Reescreve.

Capítulo 3 - Be a prince or be a popstar


P.O.V TARIK

– Acorda perdedor–Senti meu corpo todo doer quanto ouvia a voz da Isabele, abri os olhos me dando conta que estava no chão então rapidamente me levantei assustado– credo! Sou só eu!

– Horas!–Olhei para ela e a vi pegar o celular no bolso da saia, ela suspirou e revirou os olhos e me respondeu um: 10:30, daqui a pouco a banda chega.– QUE?


A tirei do meu quarto na base dos empurrões já que eu precisava me arrumar em 30 minutos ou então minha mãe iria comer o meu rim com caviar. Peguei uma roupa mais confortável porém ao mesmo tempo que fosse formal, também peguei meus produtos de beleza e fui diretamente para o banheiro de meu quarto o mais rápido possivel para tomar um banho rápido e me arrumar em 20 minutos.

Senti o ar faltar seguido de minha cabeça girar, talvez fosse só estivesse muito eufórico e isso estivesse me fazendo passar mal mas então lembrei que a Isabele me fez levantar de maneira brusca, com isso me acalmei e voltei a tomar meu banho porém ainda sentia algo em meu peito, como se eu fosse ter o dia mais feliz do mundo apenas por eles virem até aqui. Finalizei o meu banho porém nem tive tempo pra me secar, vesti a roupa e passei meus perfumes com a água escorrendo pelo corpo ainda porém terminei de me ajeitar totalmente na frente do espelho para não parecer que havia acabado de me arrumar as pressas



– príncipe Tarik? Os seus convidados chegaram!–Ouvi a voz de Mara, outra servente do castelo que eu tenho um enorme carinho, falar um pouco alto e isso indicava que ela estava na porta de meu quarto.

– Obrigado Mara!–Suspirei indo até a sapateira de meu quarto, vesti um dos poucos sapatos que eu gostava e que minha mãe achava elegante. Abri a porta do quarto e saí pelos corredores até o topo da escada, olhei a sala de casa de cima e gelei ao ver os membros da banda alí embaixo.


"Com vocês, vossa majestade príncipe Tarik Pacagnhan"



Senti o mundo parar assim que meu servo anúnciou meu nome, todos os membros da Enemy Side me encararam enquanto eu descia a escada e aquilo me fez parecer uma debutante em sua festa de aniversário quando vai trocar os saltos. Minha barriga estava gelada só de sentir os olhares para mim porém não deixei de sorrir para não passar uma má impressão, passei o olho lentamente por cada um dos membros presentes alí e parei para apreciar Mike, ele era muito mais bonito pessoalmente: seus cabelos bem cortados, cada tatuagem em seus braços, sua fina boca levemente esbranquiçada talvez por nervosismo..ele era extremamente atraente aos meus olhares.

Uma vez que já estava cara a cara com todos, fiz uma breve reverência que foi recebida com uma ainda maior vinda deles, caminhamos todos para a sala de jantar pois haviamos preparado um pequeno café da manhã para dar as boas-vindas ao reino e ao castelo, mesmo que isso fosse uma enorme mentira da parte de minha mãe já que ela detestava-os com todas as forças. Tudo estava correndo normalmente já que aparentemente ela havia simpatizado com eles um pouco mais, coisa difícil de se ver, e estava rindo de algumas piadas que Hiroshi e Kyara faziam vez ou outra.



–Você é muito sortudo sabia?–Comentou Linnyker que estava ao meu lado, ele deu um pequenino sorriso.

– Você...acha?–Perguntei levemente confuso tombando a cabeça para o lado, não achava isso mas quem era eu para discordar dele certo?– Se existe alguém sortudo, esse alguém é você!

– Não sou eu que vivo em meio a vários paparicos e tenho tudo o que quero...–Ele rebate me deixando levemente corado, infelizmente não é assim e ele nem imagina.

– Tarik, se você e o Senhorito Linnyker já acabaram de comer...por que não apresenta seu quarto pra ele e os outros integrantes vão para lá depois? – Minha mãe me lançou um olhar feio, ela odiava quando eu conversava na mesa após já ter terminado de comer.



Me levantei ajeitando minhas vestes e olhei para Mikhael, fazendo um gesto com a cabeça indicando para ele me seguir e assim ele o fez. Caminhamos desde a sala de jantar até o meu quarto, que era no fim de um enorme corredor, em um completo silêncio incômodo que eu não sabia como quebrar mas sabia exatamente o motivo dele.

Minha mãe tinha o dom de fazer as pessoas se afastarem de mim, resultando em meu lindo ciclo de amizades no qual só tenho 2 amigos. Resolvi ignorar os milhões de pensamentos antes que eu ficasse mais puto do que eu já estava e assim abri a porta do quarto para que Mike pudesse entrar.




– Bem vindo a suíte real do príncipe Tarik, vulgo euzinho. –Apontei para mim mesmo e me sentei na cama fechando os olhos para me acalmar.

– Você é um grande fã da Enemy Side né? –Assim que Mike falou isso eu abri meus olhos e senti as bochechas queimarem, meu quarto tinha uma parede com posteres e até mesmo um papelão do Mike em tamanho real.– Achei fofo, obrigado pelo carinho.

– Ah..de nada ...–Olhei meus dedos e passei a mão pelo meu anel que eu possuía desde meus 10 anos, suspirei e encarei a mão de Mike notando que ele havia um parecido– Mikhael...

– Sim?

– Esse seu anel na mão direita....–Apontei fazendo ele erguer o a mão, fiz o mesmo em seguida e comparamos os aneis que usavamos. O meu tinha formato de coroa e o dele era cercado de notas musicais.

– Herança de família, minha mãe me deu...e o seu? –Ele esboçou um sorriso que me fez sorrir bobo.

– O mesmo, meu avô me deu aos meus 10 anos. Disse que esse anel era muito especial...e realmente ele é.

– O meu também...quer ver algo bacana?– Ele perguntou abrindo um sorriso maior ainda e eu afirmei com a cabeça– Okay. Roupa de Cerimônia real N° 67



Ele disse em voz alta e passou a mão rapidamente por cima do corpo, o anel brilhou, suas roupas também brilhavam bastante e quando pararam de brilhar revelaram um modelito que eu tenho certeza que foi um que eu usei no ano passado quando fiz um discurso transmitido para todo o reino.



– Wow,isso é incrível. Mas, não é mais incrível do que isso..–Respirei fundo e passei a mão desde meu rosto até os cabelos.– Aparência N° 38.



Esse anel que ganhei tinha uma espécie de magia, eu poderia adquirir a aparência de qualquer pessoa que eu já tivesse visto o rosto antes e foi exatamente isso que eu fiz. Um brilho envolve meu rosto, quando retomo a visão vejo Mike me encarando surpreso.



– ISSO é incrível, é o meu rosto!! – Ele segura minha face e fica olhando cara detalhe, até que solta a mesma e sorri pra mim – Se a gente forçar um pouco...nossas vozes podem ser parecidas. O que acha de trocarmos de lugar?

– Por um dia inteiro? Eu topo! – Disse animado e exalando determinação– Vamos lá, eu tenho umas coisinhas para te ensinar antes de fazermos nossa primeira aparição.

– Lança a braba.– Mike disse me arrancando um pequeno sorrio de lado.



Eu caminhei até minha cama e me sentei na mesma cruzando as pernas delicadamente, dei um sorriso delicado e apoiei minhas mãos em meu colo igual uma dama, estendi minha mão numa maneira de apontar para o mesmo e suspirei começando a cantarolar.



– Um príncipe sabe qual talher usar, um príncipe tem sapatos de arrasar. Café servido na cama, Ter tudo o que quiser. Receber altos paparicos ao acordar... – Disse e coloquei a mão em minha testa fazendo uma pose de vítima arrancando uma risadinha de Mike porém logo me levantei e caminhei para perto dele ajeitando sua roupa.–Um príncipe vê seu sonho se realizar...

– Pretendentes para visitar, reuniões para participar e se preparar pra um dia reinar. Pleno como uma pena no chapéu, alongue o corpo para o céu, tenha postura e se lembre de sorrir e acenar... – Acenei com a mão delicadamente e dei o melhor sorriso que conseguia. Fui para trás do Mike e começei a ajeitar sua postura.– Ombros pra trás, a barriga bem pra dentro, olha o queixo! E a cabeça vire devagar...Se controle, pise leve e sorria. Bem polido. E de você vão se orgulhar....– Caminhei até um canto do meu quarto aonde tinha um enorme brasão da minha família estampado na parede.– Um príncipe sabe seu brasão honrar, um príncipe seu melhor vai SEMPRE dar.

– Um popstar sabe qual microfone usar, um popstar sabe sempre como andar. Sabe que tem que ensaiar, para no show arrasar: Ele é uma estrela que adora brilhar. Um pop star tem que sua carreira amar – Cantarolou Mike me puxando e apontando para todos os pôsteres que eu tinha da Enemy Side e até mesmo puxou seu celular do bolso mostrando algumas fotos de tours.– Se é moda vou usar, voar para o México pra jantar, ver poucos seus amigos, porém, as vezes não. Suas notícias, tweetar. Mil entrevistas poder dar, amar os fãs que podem ser fantásticos. Ou não!

– Uma câmera, outra câmera, uma outra e mais outra. E mais um autógrafo pra dar...–Ele fingiu assinar uma folha e me entregar, me arrancando uma expressão confusa. – Troque a roupa, faça pose, toda gente, cumprimenta. Na internet vou postar. – Ele me lançou uma piscadinha nada discreta e se aproximou de mim colocando um dos dedos em meus lábios num sinal de silêncio. – Um popstar sua idade não vai falar. Um popstar faz o seu público gritar!!



Então, fizemos ambos os mesmos processos de antes um com o outro e em alguns segundos ele estava vestido de Príncipe Tarik e eu vestido de Mike Linnyker ambos com direito a rosto e cabelo da mesma forma que estavamos vestidos no dia de hoje.



– Ombros pra trás. – Disse Mike.

– Faça pose – Eu rebati e fiz uma pose.

– Olha o queixo. – Ele ajeitou a postura de maneira rápida.

– Troque a roupa

– E a cabeça vire devagar– Ambos falamos rindo e ele me respondeu dizendo: –Já saquei..

– Uma câmera

– Pise leve

– Outra câmera

– Bem polido

– E de você vão se orgulhar–Novamente dissemos juntos e giramos de mãos dadas igual duas crianças brincando de roda.– Um príncipe seu melhor vai sempre dar e um popstar vai a todos impressionar!



Caímos no chão do meu quarto cansados após a cantoria e agitação que me fizeram lembrar meus tempos de criança quando eu não tinha que me preocupar com nada, virei para Mike no chão e olhei-o nos olhos apreciando a imensidão castanha dos mesmos. Vi ele se aproximar levemente e fechei meus olhos porém acabei levando um susto ao ouvir minha mãe bater na porta, o que nos fez levantar rapidamente.



– É..pronto?–Ajeitei o óculos e sorri para ele mostrando determinação.

– Pronto. – Respondeu abrindo a porta do quarto dando de cara com minha mãe e os outros membros da Enemy Side.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...