História The Princess and mouse - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Little Witch Academia
Tags Charoix, Diakko, Dianakko, Little Witch Academia, Sulotte
Visualizações 126
Palavras 1.246
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ecchi, Ficção, Orange, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu sinto muito pela demora, mas agora sai um capitulo por semana, meu notebook, ainda não foi concertado, mas arrumei um computador provisório, não deixarei vocês na mão e desculpe pelo capitulo curto. Leiam as notas finais e boa leitura!

Capítulo 6 - VI- Shiny Sword


A tensão na sala era palpável, nenhuma das garotas ousou se pronunciar. Diana aparentava estar calma, mas Amanda sabia que a loira estava desnorteada por dentro, Atsuko estava na enfermaria há mais de duas horas ainda contando, Alice encarava a herdeira descaradamente enquanto Diana tentava entender a fonte da força da bruxa mais velha, ela nunca havia visto Cedric usar tal poder, talvez devido a influência do sangue de bruxa presente em Alice. 

"Não quero que penses que nossa guerra acaba aqui, apenas não irei aceitar que sejas morta por meu avô ao invés de mim" Alice quebrou o silêncio e Amanda engoliu a seco sobre a declaração, Diana apenas deu de ombros ela não tinha tempo para se preocupar com Alice agora.  

"Não se preocupe Alice eu não ousaria quebrar por outras mãos".  

Alice rosnou em sua cadeira pela petulância de Diana. 

Chariot adentrou na sala e Diana imediatamente se levantou pronta para fazer perguntas, mas ela parou quando viu as lagrimas descerem pelo rosto da mulher mais velha. 

"Eu aconselho que entrem um de cada vez, Akko está bastante fraca, Diana eu, sinto muito, mas terei de pedir que seja a última desta vez" Diana apenas assentiu e se sentou cabisbaixa não querendo causar mais danos.  

Uma após a outra as meninas entraram no quarto, sempre saindo com tristeza em seus olhos, Alice foi a penúltima, Diana estava hesitante no início, mas permitiu que a bruxa visse sua namorada, ela a havia salvo afinal. Finalmente Alice saiu da sala, ela parecia indiferente, havia uma emoção indescritível que Diana julgou sendo compaixão, ela sentiu a mão fria de Alice em seu ombro a encorajando.  

A herdeira respirou fundo antes de empurrar a porta, ela parou alguns passos depois respirando profundamente, seus olhos lacrimejaram e sua mão foi de encontro a sua boca para tentar abafar os soluços persistentes, seu coração se apertou em seu peito a medida que ela caminhava até a cama, as lagrimas que desciam, manchavam sua bela face. Ela se sentou ao lado de sua amada só assim reparando na gravidade dos ferimentos.  

A pele de Akko estava pálida e seus lábios esbranquiçados devido à grande perda de sangue, havia uma faixa cobrindo seu ombro e indo até sua cintura, Diana se amaldiçoou por permitir que isso aconteça. 

 

     Akko se remexeu sentindo uma dor familiar em seu peito, ela tinha conhecimento sobre as visitas das meninas, mas apenas fingiu estar dormindo, ela não queria cansar seu corpo mais do que o necessário. 

"D-Diana?" Diana ergueu sua cabeça para ter melhor visão de Akko que tentava se erguer futilmente, ela colocou levemente suas mãos sobre o peito da morena na tentativa de impedir que ela se levante, evitando o ferimento.  

"Akko, fique quieta ou vai acabar se machucando" A japonesa não conseguiu evitar um sorrido, Diana estava ali, ela não havia a deixado, sua Diana estava ali. 

"Diana eu...". 

"Akko eu sinto muito!" Os olhos rubis se arregalaram e Akko negou depressa.  

"Diana não...".  

"É tudo minha culpa" Akko estava imóvel, ela queria reconfortar Diana, dizer que tudo estava bem, mas sua voz se recusava a sair. 

"Se eu tivesse me afastado isso nunca teria acontecido" A voz de Diana era fraca, Atsuko podia sentir as lagrimas quentes caindo sobre seu estomago despido, Diana abaixou sua cabeça se recusando a olhar para sua namorada. 

As mãos frias de Akko tocaram sua face fazendo com que a loira se perca nas piscinas de escarlate que eram os olhos de Akko.  

Diana tentou afastar-se, mas a morena a impediu, ela não queria causar mais danos a AKko então desistiu de resistir.  

"Você sabe que não é verdade Diana" A compreensão era visível nos olhos de Atsuko assim como o medo, medo de que Diana fosse levada para longe de seus braços, medo do que poderia acontecer a ela se não estivesse por perto. Diana não compreendia por que em meio a tanto sofrimento, Akko ainda se preocupava com ela.  

"Eu não tenho arrependimentos, Diana eu vou estar ao seu lado não importa oque aconteça, eu sei que você é mais do que capaz de cuidar de si mesma, mas por favor me permita ser seu cavaleiro". 

 Akko piscou em descrença quando a risada da herdeira ecoou em seus ouvidos. 

"Mesmo sem uma armadura?" A morena coçou sua nuca e abriu um sorriso largo. 

"Mesmo sem uma armadura!" Akko segurou a mão de seu amor depositando um beijo casto sobre a palma da mesma, Diana era uma mistura de sorrisos e lagrimas, ela ainda se culpava pelo ocorrido, mas Akko ainda estava viva, e isso é o que importa.  

O corpo de Diana foi puxado sobre a cama e seus olhos se arregalaram ao perceber que estava sobre o colo de Akko. 

"Akko, você está ferida, deixe-me sair" Os fortes braços de Akko rodearam sua cintura a mantendo perto, seu rosto foi de encontro ao peito da herdeira para ouvir seus batimentos, estavam mais alterados do que nunca. 

"Dianaaa~ fique aqui comigo?" Diana não conseguia calcular tamanho inconsciência e burrice de Akko, a morena tinha um fermento grave e mesmo assim não hesitava em tê-la por perto.  

Antes que ela pudesse protestar uma luz forte a repudiou, vinha do canto da sala, uma pequena planta estava brotando do chão, Diana não acreditava no que estava acontecendo.  

Os olhos de Akko brilhavam em felicidade, ela sabia o que era, como sabia, ela nunca se esqueceria da primeira vez em que avistou o Shiny Rod, ali diante dela estava o próprio Claiomh Solais, em sua forma de espada ele reluzia, todas as palavras ainda eram presentes e brilhavam como as proprias estrelas.  

"Akko isso é...". 

"SHINY SWORD!" A morena gritou antes de jogar Diana para o lado na cama e pular para fora da mesma em direção a espada. As mãos de Akko alcançaram o objeto e a japonesa não poderia estar mais feliz. 

"YAY!" Ela gritava e pulava com o objeto em suas mãos, Diana sorriu com a visão.  

"Diana, vê, é ele mesmo, ele voltou Diana!" A empolgação na voz da mais nova e os gritos eram música para os ouvidos de Diana. 

"Sim querida ele voltou para você". 

 

 

... 

 

 

"Eu não acredito que essa coisa realmente voltou" Amanda questionava intrigada enquanto observava Akko recitar feitiços e claramente falhar.  

"Ele deve ter atendido algum pedido de Akko" Chariot retrucou enquanto levava a xicara de chá até sua boca. 

"Deve ser um desejo muito forte para que o Shiny Rod tenha retornado". 

"SHINY SWORD!" Akko gritou corrigindo sua amiga. 

"Akko sempre foi chata assim?" Amanda brincou fazendo Chariot sorrir.  

"Diana você sabe algo sobre isso?" Lotte questionou e a herdeira apenas negou entretida com as atividades de Atsuko. 

"Não sei vocês, mas eu não vou ficar aqui parada só observando" Amanda se levantou caminhando até a bruxa morena e acertando a mesma com sua vassoura.  

"Amanda, ela ainda está machucada!" Diana gritou correndo em direção a sua namorada que agora estava caída e agoniando no chão.  

"Qualê Diana, Akko é mais forte do que isso, não é Akko?" Amanda mal teve tempo de reagir quando seu corpo foi jogado no chão, todas as meninas olharam para Diana que também parecia perplexa vendo a cena que se desenrolava diante de si.  

Akko havia pulado sobre Amanda e agora estava mantendo a bruxa ruiva no chão. 

"Pede desculpa!" Akko gritava enquanto Amanda tentava tirar a menor de cima de si.  

"Calma Akko, sai de cima de mim!".  

"Pede desculpas!".  


Notas Finais


As pessoas que me acompanharam até aqui, estarei adicionando um co-autor para me ajudar a escrever e com novas ideias, quem estiver interessado me chamem inbox

Também estarei escrevendo uma nova fic sobre RWBY com meu casal favorito é claro Whiterose.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...