1. Spirit Fanfics >
  2. The Prophecy - imagine Jeon jungkook >
  3. Capítulo 1 - maldita a hora que aceitei

História The Prophecy - imagine Jeon jungkook - Capítulo 1


Escrita por: e Bru_kookieXXX


Notas do Autor


Por favor nos apoiem!

Amo cês S2

Capítulo 1 - Capítulo 1 - maldita a hora que aceitei


Fanfic / Fanfiction The Prophecy - imagine Jeon jungkook - Capítulo 1 - Capítulo 1 - maldita a hora que aceitei



Cap 1 - maldita a hora que aceitei

- Não acredito que irá me deixar - diz vitória fazendo birra. Vitória e _____ são amigas desde seus 6 anos de idade. Quando _____ chegou aí internato Vitória foi a única que se aproximou da mesma. As pessoas a achavam estranha. A verdade é que _____ nunca foi igual aos outros, tinha algo diferente nela.

- Você sabe que não faço por vontade própria, também passaria o resto de minha vida ao seu lado - fala arrumando algumas coisas em sua mala enquanto Vitória se encontra jogada na cama - você sabe que isso é meio que para meu bem, além do mais quero passar um tempo com meu pai.- suspiro - você pode me visitar ou eu venho.

- tudo culpa do tio s/p , ele quer te roubar de mim. Você sabe que eu poderia cuidar de você sem problema, eu já faço isso e... - _____ a interrompe.

- Vi - chama ela pelo apelido - eu sei que cuidaria de mim, mas me entenda por favor, não quero ir contra meu pai. Caso eu não me adapte eu volto, afinal só tenho você como amiga e bom...sabemos que outras não irei fazer, bem ,para isso eu presto...- falo a última frase baixo, mas ela escuta.

- Ei, você é maravilhosa, as pessoas que nem se acostumam com seu jeito diferente - Vitória faz carinho em ______ e a abraça - nunca seja igual a eles, você é a melhor mesmo sendo de vez em quando chata e careta.

- Eu desde quando sou careta sua ousada? - se afasta do abraço fingindo estar ofendida.

- você é sim, e não é uma menina igual as outras, o que me admira mais em ti é isso. - Vitória fala com os olhinhos cheios de orgulho.

- o que te leva a pensar que sou diferente de outras meninas? - ______ pergunta por curiosidade.

- Amiga, você se envergonha com coisa que nós adolescentes acabamos normal, quer ver? - ______ arqueia uma sobrancelha - Amiga sexo é muito bom - no mesmo instante as bochechas de _____ se ruborizam muito. - viu?

- para disso sua idiota. Não sou careta por isso, e pare de me olhar assim. Mas vamos de você. Como está com o Bryan?

- ah isso? O mesmo de sempre, transamos aqui e ali, mas nada sério, não queremos. - Vitória diz tranquila.

- entendi, boa sorte com isso! Me ajude logo aqui com essas roupas. - ______ fala em tom de exigente.

- deixe de ser folgada. Ei, temos que aproveitar essa é sua última semana aqui. - Vitória fala em tom triste.

- Verdade, vamos maratonar série.- diz empolgada

- você só pode estar louca. O ano letivo acabou e você não foi em nenhuma festa comigo - diz enquanto ajuda ______ a arrumar suas coisas.

- e nem irei fique tranquila - vitória faz olho de gato pidão - a não Vi, essa cara não - Vitória continua - ok você venceu, mas saiba, primeira e última.

- Ok marcado, vamos hoje - _____ a olha assustada, como seu horário mudava quando o assunto era festa.

As duas continuaram ali arrumando as coisas de _____ e logo após foram maratonar série. Maratonar era o que elas mais faziam, não pelo gosto de Vitória, mas por ______ que não era de sair.

[...]

- jamais, você está louca? Festa de moletom e calça folgada, nuncaaaaaa - Vitória se surpreende.

- nada de roupas curtas, me cortei essa semana, não quero me mostrar, a real é que não gosto, você sabe. - sim, a depressão de ______ chegou ao ponto de auto-mutilação.

- escolha ou põe um short ou um vestido - diz Vitória segurando o vestido preto muito justo em sua mão.

- o que é de minha vida sem um short ,né? - diz irônica.



[...]




- Vitória Brown, vamos agora para casa ou te deixarei aí. - diz enquanto tenta separar Vitória de um menino, os dois pareciam que iam se engolir.

Vitória já havia pegado geral daqui ,é uma louca! espero que ela não pegue boqueira, brincadeiras a parte. Passei um dos braços de Vitória no meu ombro para tirarnos dali. Passo pelas pessoas com dificuldade. Sinto uma sensação estranha, até realmente saber. Estão apertando minha bunda.

???- ei gostosa gótica, estou te observando a um tempo, você está linda. - o garoto passa a mão pelas minha pernas e aperta minha cintura. Tento me soltar, mas ele me empede colando nossos corpos. Nesse momento vitória já está no chão.

- Me solte, não quero nada com você. - tento o empurrar mas parece que todo movimento que faço apenas cola mais meu corpo ao dele. Tenho medo! Quero minha mãe.

??? - ei seu babaca, não a escutou? Ela não quer nada com você, a deixe em paz - o rapaz que me defendia acerta em cheio o rosto do idiota que me assediou. Não espero mais um minuto, apanho Vitória do chão e saio mais rápido que o proprio the flash dali.


Notas Finais


Por favor, caso algum erro ortográfico não nós julguem, apoi.
Lovely ❤️
Comentem o que acharam o enredo da história e dos personagens ⁄(⁄ ⁄•⁄-⁄•⁄ ⁄)⁄


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...