História The psychopath - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lee Jong Suk
Personagens Personagens Originais
Tags The Psychopath
Visualizações 27
Palavras 500
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem pela demora❤

Capítulo 3 - Capitulo 3-


O tempo passava lentamente,não sabia o que poderia acontecer. Meu medo na verdade nem era que me encontrassem e sim o que fariam com meus pais.

Lee on:

Ja estava planejando aquilo fazia tempo,seria uma boa hora de aparecer na vida daquele rato imundo S/P{SEU PAI} ele me devia uma grande quantidade de dinheiro mas mesmo assim consegue fazer festas?Queria meu dinheiro mas não era a primeira vez que ele fazia isso comigo, na primeira vez eu até relevei mas isso de novo?Agora eu quero mesmo é me vingar e seu bem como fazer isso,meu alvo era sua filha S/N que por sinal era muito linda.

Quando cheguei naquela festa a primeira pessoa que vi foi o S/P ali tomando seu wiski como se nada tivesse acontecido,não aguentei de raiva e ja mirei em seu ombro,não queria mata-lo pelomenos não agora.

Quando o barulho da arma ecoou pela sala todos ficaram inquietos e com medo,alguns tolos tentaram reagir então sem remorso algum os matei.

Logo trarei de me esconder para ver qual seria a reação de  S/n ao ver tudo aquilo,ela desce correndo a escada porém ja era meio tarde.O seu dessespeiro era claro,imaginava como ela iria reagir caso seu pai tivesse morrido.

Ela conversa um pouco com seus pais e eu apenas fiquei escutando tudo com cautela,a mãe de S/n pede para ela correr e se esconder,ela no momento não queria sair da lo só saiu porque seu pai que estava baleado lhe implorou.

Nesse momento ela sai correndo,como ela nunca tinha passado por alguma situação parecida provavelmente não iria saber como se defender caso eu ache ela.Os pais de S/n conseguiram sair da casa para chamar ajuda,eperei os dois sairem para ir atrás dela.Ela estaria dentro da casa pois deve estar com muito medo para ir la fora se esconder.

Subi as escadas devagar para ela não escutar meua passos,ando lentamente até que vejo a primeira porta daquele corretor imenso,entrei com cautela mas ela não estava ali.Andei em todos os comodos só faltou um,então ela estaria ali.Não a vejo ali até que escuto um choro baixinho não sabia de onde via até que vi o quarda roupas grande que havia ali.

Para causar mais medo em S/n fui andando até ali fazendo meus passos ecoarem pelo quarto.Quando estava de frente ao quarda roupas abri a porta de um jeito brusco dando um susto na garota.

S/n on:

Quando vi o rosto daquele homem quase morri do coração,só sabia chorar e gritar.Ele ficou me olhando com um sorriso sádico em seu rosto,meu dessespeiro era visível ele sem delicadeza nenhuma me levanta segurando-me pelo pescoço,minha visão estava ficando escura pois ele usava muitoa força enquanto apertava meu pescoço.

S/n:

O  que você quer?(digo quase desmaiando por falta de ar)

Lee:

Você vai saber pelo menos não agora,ou faça melhor pergunte ao seu pai(diz enquanto vai soltando meu pescoço devagar)

S/n:

Me tira daqui agora seu maluco(me altero enquanto falo)

Lee:

Acho melhor você andar na linha,porque sua situação não é uma das melhores minha querida.

S/n:

Quem é você?E o quer?(começo chorar novamente)

Lee:

Por enquanto pode me chamar de SEU PIOR PESADELO...

CONTINUA...




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...