História The psychopath (Jikook) - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Assassinato, Drama, Ficção, Jikook, Jimin Bottom, Masoquismo, Romance, Sadomasoquismo, Tortura
Visualizações 249
Palavras 1.214
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, FemmeSlash, Ficção, Fluffy, Lemon, LGBT, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu volteiii agora pra ficar!!! PORQUÊ AQUI! AQUI É O MEU LUGAR!!!
SÉRIO, SEGUREM OS TIROS, NÃO VOU DIZER MAIS NADA, BOA LEITURA E...
KISSUS ❤😍

Capítulo 15 - Todo sentido, cap.15


Fanfic / Fanfiction The psychopath (Jikook) - Capítulo 15 - Todo sentido, cap.15


Não pense em nada
Não diga nem uma palavra
Apenas me dê um sorriso

Ainda não consigo acreditar
Tudo isso parece que foi um sonho
Não tente desaparecer

Isso é real? Isso é real?
Você, você
Você é tão lindo que tenho medo de ser
Surreal, surreal, Você...


Você vai ficar ao meu lado?

Vai me prometer?


Butterfly- Bangtan Boys



Agora...


-POV Autora-


Jimin acordara com alguns raios de sol que entravam pela janela, batendo em seu rosto, sentiu dores no seu quadril, que o fizeram lembrar claramente da noite passada com Jungkook, virou-se na cama encarando um Jeon com os olhos fechados, semblante sério e cabelos caídos de lado no travesseiro, Park permitiu-se dar um selinho nos lábios finos e alheios do outro, que se remexeu ma cama, abrindo vagarosamente os olhos pesados, o moreno sorriu, fazendo Jimin dar outro sorriso em troca.


- Bom dia Kookie...- Falou o menor com uma voz manhosa, pelo recente sono.


- Bom dia, anjo.- Respondeu Jungkook, dando um beijo na bochecha rosada do loiro.


Apaixonados, era a palavra que podia definir o casal naquele momento, ambos sabiam do sentimento que sentiam, mas não tinham ao menos um pingo de coragem para se pronunciarem um ao outro. Conversas foram, conversas voltaram, até Jimin pergunta-lhe algo, que deixou Jungkook confuso até demais.


- Jungkook...- Suspirou o encarando.- O que você sente por mim?- Sorriu.


Jeon sabia exatamente o que sentia pelo baixinho, a palavra "amor" estava estampada em sua testa, mas em sua mente passava-se apenas uma pergunta...


"E se não for recíproco?"


- Jimin eu...- Ainda duvidoso respondeu.- Eu te... Eu te considero uma pessoa pela qual estou apaixonado.- Viu o menor abrir um sorriso, mas que não parecia de satisfação.


- Eu também Kook... Te considero uma pessoa pela qual estou perdidamente apaixonado...- Repetiu a fala do outro.- Enfim, vou tomar um banho, me empresta uma roupa Kookie?- Pediu levantando-se, Jimin esquecera que estava desnudo, recebendo assim, um olhar intenso de Jungkook.


- Posso sim!- Lambeu os lábios, vendo Jimin ficar com as bochechas rubras.- Vou pegar uma toalha também!


Jimin tomou seu banho, em seguida vestindo as roupas de Jungkook que ficara um tanto folgadas nele, por ser um pouco menor, enquanto o outro também tomava banho. Park curioso, saiu do quarto, explorando o apartamento onde seu psiquiátra morava, sentou-se no sofé da sala, observando o cômodo, moderno e clássico ao mesmo tempo, um tanto simples, porém muito aconchegante. Ouviu a porta do banheiro se fechar e logo Jungkook aparecer ao seu lado, com os cabelos bagunçados e molhados, apenas de calça jeans.


- Está com fome?- Perguntou sentando-se ou lado do menor que "secava" o abdômen exposto.


- Estou...- O encarou.


Jungkook deu-lhe um selinho, e levantou-se em direção a cozinha.


-POV Jeon Jungkook-


Enquanto eu fritava alguns ovos, senti mãozinhas se enrolarem em minha cintura, agarrando-me por trás, e logo uma respiração quente em meu pescoço, era Jimin, seus lábios macios foram de encontro ao pescoço, senti meu corpo arrepiar-se por inteiro com o toque íntimo de sua boca, fazendo Jimin soltar um sorrisinho em satisfação.


- O cheiro está bom!- Sussurou em meu ouvido.- Estou com muita fome, isso deve está uma delícia!- Sussurrou novamente, não sei se estou ficando paranóico, mas achei que tinha duplo sentido naquilo.


Desenrolou-se de minha cintura, logo colocando alguns pratos na mesa, nos sentamos e começamos a comer. Impossível, até comendo aquele garoto é lindo! Suas bochechas ficavam rechonchudas enquanto mastigava, realmente adorável. 


[...]


- Eu vou ter que voltar para lá?- Perguntou ele, encolhendo-se em me peitoral.


- Pelo menos não por enquanto, agora você está em um caso com a polícia...- Respondi afagando 


- Entendi...- Suspirou me encarando.- Jungkook... Me beije...- Coloocou levemente sua mão em meu maxilar, alisando carinhosamente o local.

Seu rosto se aproximou do meu, o espaço entre nossos lábios não era tanto, os olhos de Jimin já se encontravam fechados, cerrei os meus e colei nossos lábios, se encaixavam perfeitamente, não foi um beijo malicioso, pelo ao contrário, transmitia-me tranquilidade e vício, estralos de beijo ecoavam pela sala, deixando o momento cada vez mais excitante, Jimin separou o beijo, sorrindo contra meus lábios, fiz o mesmo e voltamos a posição inicial, estavámos de conchinha no sofá, nunca me senti tão confortável ao lado de alguém, assistíamos um filme, no qual Jimin estava concentrado, enquanto eu apenas observava suas expressões faciais, ao reagir a algumas cenas. Se eu não me engano era algum dos "Vingadores" que passava ali. 


- Kook, o que você olha tanto?- Perguntou me encarando após dar o comercial.


- Você...- Sorri ao ver suas bochechas rubras.- Seu rosto... Sua boca...- Passei minha mão pela sua face, indo em direção aos seus lábios, acariciando a boca macia com o polegar, vendo-o fechar os olhos, selei nossos lábios em um selinho demorado.- Jimin, você quer sair?- Perguntei ao descolar nossas bocas.


- Sério?!- Arregalou os olhos.- Eu posso?!- Perguntou eufórico.


- Clar que pode meu anjo, a onde você quer ir?- Perguntei sorrindo.


- Vamos pro cinema!!- Se levantou.- Por favor Kookie, eu nunca fui!- Fez um biquinho, esse lado do meu psicopata é novo. Parece uma criançinha.


- Claro que podemos! Vai trocar de roupa, estou te esperando.- Ele correu para o quarto.


[...]


-POV Park Jimin-


Feliz não chegava nem perto do que eu estava naquele momento, era a primeira vez que eu ia em um cinema, sempre foi um sonho pra mim, desde a infância, que eu não tive. Mas agora estou aqui, na fila do cinema, com Jungkook, isso só pode ser um sonho, peganos um balde enorme de pipoca, junto com dois copos de Pepsi e entramos na sala de cinema, eu nunca tinha visto nada igual, era tudo escuro, nas escadas tinham algumas luzes azuis, que davam uma pequena iluminação ao local. Jungkook segurou minha mão e nos sentamos em duas cadeiras no topo da sala, esperamos um pouco e o filme começou.


- Kookie, qual é o filme mesmo?- Sussurrei.


- One More Time, é um filme baseado em um dorama.- Sussurrou de volta.


O filme começou, após trinta minutos assistidos, pude perceber que falava sobre o amor após a morte, era um tanto triste, misturado com um tipo de romance clichê. O filme havia acabado, eu e Jungkook pegamos um táxi e voltamos para casa. Entramos no apartamento, tomamos um banho e nos deitamos, apenas os nossos corpos estavam cansados, mas o sono ainda não havia chegado. Me virei para Jungkook e por um longo tempo, nos encaramos e nos acaríciamos, nada de mãos bobas, apenas carícias no rosto e alguns beijos.


- Tão lindo Park...- Suspirou.


- Tão lindo Jungkook...- Alisei seu rosto.


- Jimin...- Sua voz saiu calma, quase como um sussurro, espondi com um "Uh?", sentindo a mão de Jungkook alisar meus lábios inferiores, eu realmente amava aquilo, fechei os olhos.- Eu te amo...- Encostou nossas testas.

  

Abri os olhos e um sorriso, era aprimeira vez, literalmente que alguém dizia essas palavras tão bonitas e sentimentais para mim um mero "Eu te amo" nunca foi tão importante, mas saindo da boca de Jungkook, parece que a palavra ganhou todo o sentido. Meu coração parou uma batida, ele me encarava confuso, seus olhos me fitavam intensamente, eu estava nervoso, mas não duvidava da minha resposta.


- Jungkook eu tam...- Fui interrompido pelo celular de Jungkook tocando.


O mesmo revirou os olhos e atendeu, colocando no viva voz, era Hoseok, ele parecia eufórico e desesperado do outro lado da linha.


- Aigoo Hoseok! Você sabe que horas são?!


-Jungkook!


- Diga!















- Encontramos o Yoongi!





Notas Finais


GOSTARAM DESSE FUFLY?(acho que é assim que se escrever, me corrijam)
Fui 😚
KISSUS ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...