1. Spirit Fanfics >
  2. The pure-blood >
  3. Capítulo 3

História The pure-blood - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Olá querubins, Como estão? Espero que bem . Só queria me desculpa caso esse cap não esteja tão bom ,mas é pq minha aulas começaram e eu não tô tendo tempo pra publicar os cap , então me desculpem .


"Eu juro solemente não fazer nada de bom "
Lumus .

Capítulo 3 - Capítulo 3


Eu estava correndo,  correndo para salva a minha vida . Ele estava atrás  de mim , ele quer me matar.  Escuto um grito agudo e olho para trás  . Ele o matou .

Acordo suando  frio , olho envolta e todas estão dormindo,  levanto tomando cuidado para não fazer barulho e vou em direção ao banheiro  . Depois de fazer minhas higiênis  e vestir o uniforme  vou em direção a saída  para a comunal  .

- Bom dia , o que esta fazendo acordado tão cedo ? - perguntou Atila meu irmão  mais  velho .

- Bom dia - disse indo em sua direção  -  tive  um pesadelo e também  tenho que escrever ao nossos pais - expliquei  e ele apenas me olhou por alguns segundos e voltou a escrever no pergaminho. 

- Que tipo de pesadelo ? - perguntou  sem me olhar - e sobre a carta eu já escrevi para nós- terminou e me estendeu o pergaminho.  

- Não quero fala  sobre ele agora- disse me lembrando da sensação  ruim  e ele apenas sorriu e pegou o pergaminho  da minha mão-  e  você  , o que faz acordado a essa hora?- perguntei  e ele me olhou .

- Gosto de acorda cedo - disse simplesmente  e se levantou- vamos ?- perguntou me entendendo  a mão  que eu peguei e segui com ele para a saída  .

-para onde ?? -perguntei  olhando  com curiosidade  e ele apenas sorriu .

- Buscar Cas- disse  me olhando e sorrindo.

- Mas pra que? - perguntei sem entender- Mas Cas nao gosta de mim  - disse o óbvio  e vi Atila sorri e negar com a cabeça. 

- Não queria Ast  - disse e parou na frente de uma águia- Cas so é  um pouco mal-humorado com coisas iu pessoas que nai segeum um padrão - terminou  de explicar e contínuo  olhando para a águia. 

- Cas e realmente intrigante, como eu nunca soube disso- perguntei sarcastica - tipo ele é meu irmão mais velho , ele deveria me atura  pelo menos - disse para Atila que apenas me olhou e suspirou  fundo .

- A coisas que você não entenderia,  Ast - disse pesadamente e me puxou para um abraço- Me  prometa que não importa  oque você faça ou sentir me contará  - disse sem me solta do abraço. 

- Eu prometo - disse e fomos interrompido por um Cas mal-humorado. 

- Olha que lindos - disse com ironia - um momento em família, me desculpem por atrapalhar - disse olhando para mim como nojo? .

- Bom dia pra você também, Cas- disse Átila , me soltando e indo abraça  meu outro  irmão que apenas entendeu  a mão para ele .- Vamos deixe  de ser mal-humorado. - terminou puxando Cas e eu para longe da águia  .

- Onde estamos indo Átila- perguntou Cas sem muita alegria - tenho coisas a fazer , não sou um desocupado  como vocês- disse com veneno na voz e Átila olhou com censura  ao irmão mais novo. 

- Coisas  a fazer ? ,por favor  Cas ,hoje é  o primeiro dia, ninguém  tem nada pra fez- disse calmo e eu apenas os observava .- Vamos tomar café nos jardins com nossa irmãzinha  - disse ainda  calmo - e só por que você é  monitor  não significa que é  superior  a nós- e essa foi a primeira  vez em que vi Átila com a voz seria se dirigindo  a Cas - lembre-se  nosso papel aqui é  proteger e ficarmos unidos para cuida de Ast.- terminou e sorriu  com o se nada tivesse acontecido. 

- Não ouse fala oque eu tenho que fazer Átila - disse Cas, como ele ousa fala assim com Átila. Cas realmente  não tem medo das consequências. - Não vou ser babá  de uma garota mimada pelos pais -  disse virou as costas e quando ia sai Átila o Seguro  com raiva,seu semblante  era sério. 

- Caos Avery , lembre-se  eu sou o mais velho  me respeite  como você respeita papai - disse ainda segurando Cas - e você nao ira estragar  a manhã que eu planejei  por anos com sua arrogância,  está me ouvindo ?!- perguntou  Átila com tédio na voz e Cas apenas confirmou .

- Você se acha muita coisa  lembre-se  que sou eu quem papai preferi - disse Cas se soltando  de Átila com raiva e saindo .

- Não ligue para ele , Átila - disse olhando meu irmão  com o semblante  derrotado- sabe como Cas é de manhã- disse sorrindo e ele apenas sorriu  fraco. 

- vem, vamos comer- disse se sentando na grama - essa discussão  com Cas me deixou faminto- explicou pegando um pedaço de bolo .

-quando você não está- disse rindo e o acompanhado  .

(...)

Logo depois de um café muito bom com Átila , me despedir dele e fui para as minhas aulas pela manhã  . A aula de feitiços  foi a mais interessante se não fosse pela Granger  querendo sempre se mostra a sabe-tudo que era . Malfoy também não era flor que se cheira,  Pansy disse que Draco era um verdadeiro idiota por tentar chamar a atenção do Potter , que não vou mentir concordo plenamente com minha amiga .

- Vamos Ast , estou morta de fome - disse Pan andando para o Salão principal.

-Pan,relaxa nos vamos comer - disse rindo  e olhando para ela .-  quando as aulas acabarem  vou sentir sua falta - disse e a morena me olhou com incrédulidade .

- Ast as aulas começaram  hoje , como voce ja ta pensando em ferias -perguntou  andando  em direcao ao salão  principal  é eu só fiz da de ombros- você é  estranha - disse me olhando com um sorriso maroto .

-Eubnao sou estranha Parkinson  , você que é  - disse a empurrando de lado e sorrindo - anda logo , não quero demorar - disse fingindo está emburada. 

Ter a amizade de Pansy vai ser boa , ela foi uma das poucas pessoas com quem converso com facilidade e me divirto , espero que esse ani seja calmo . 





Notas Finais


Bom é isso , bjs

"Malfeito feito "
Nox.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...