História The Purge Jikook - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, Uma Noite de Crime (The Purge)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Jikook Kookmin
Visualizações 38
Palavras 658
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Policial, Romance e Novela, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Before the storm


Me diga você mesmo

Será que o relógio ainda roda?

O teu pensamento que trouxe de volta?

Toda maldita dor

A maldita dor que sempre encomoda


Kaimaitachi-moby dick


[...]

-Jisso, consegui um abrigo?- falei para minha secretária que já estava de saída. Jisso era uma pessoa de se guardar em um potinho

-Sim, sim. Obrigada pela preocupação, Sr.Jeon

-Quantas vezes tenho que lhe dizer para me chamar de jungkook?- A mesma olhou com um clássico olhar de cu, provavelmente espetando as minhas próximas palavras- Sou mais novo que você- nunca diga isso.

-Vai se ‘tacar no meio de uma rodovia, que você ganha mais-A mesma colocou a bolsa na mesa e me encarou- Ou não sei, talvez a segurança pode dar uma falha amanhã.

-Jesus, não, por favor- coloquei a mão no peito, fazendo a maior cara de sofrimento possível recebendo uma risada da mesma-mande um “oi” pra sua esposa, por mim

-Certo, certo, eu vou- sai da minha mesa e lhe dei um abraço- Jungkook, fique bem- Jisso se soltou do abraço pegando a bolsa, e logo saindo falando um “boa sorte”

Desde a criação do Expurgo vinte e um anos atrás, a empresa da minha mãe alavancou de uma forma exorbitante. No começo era apenas uma lojinha de esquina que fazia segurança de casas, mas depois desse dia as compras e investimentos no setor segurança aumentaram, junto com as lojinhas que viraram grandes empresas do setor, como essa.

Em uma noite sem lei sua casa pode ser saqueada a qualquer momento.

Sai do prédio com “Jeon’s”  escrito formando uma câmera, omma é uma pessoa criativa, logo pegando meu carro e chegando no lar que ficaria por 12 horas fugindo do caos externo.

-Eu já te falei, não toca na minha comida- ouço uma voz bem conhecida vinda de casa- Jackson, Jackson. Era meu pudim, eu que fiz- jesus, não dá nem pra chegar em casa.

-Jungkook!- Jackson levantou do sofá seguido de um seokjin de braços cruzados e uma feição brava- Ele vai me matar, me ajuda- O mesmo falou tão baixo que quase não ouvi

-Não toque na comida dos outros, é sagrado.-Jin pronunciou indo para perto de Wang- Filho da puta, deu trabalho pra fazer- Ele faz uma carinha fofa. A vontade de apertar é gigantesca, mas levar um tapa de um jin bravo não é legal

 Sai da sala vendo os dois tentando resolver. Aparentemente alguém está devendo um bolo para o outro.

E finalmente a coisa criada pelos deuses, anjos ou seja qual for a entidade; O quarto, vulgo paraíso. Bem, como nos anos passados, trancaria-me nele para passar o Expurgo, são 12 horas que você não pode sair de casa, não é por nada que a taxa de natalidade sobe daqui alguns meses.

[...]

 Faltava 10 minutos para o anúncio oficial do derramamento de sangue.Eu, Jackson e Jin estávamos sentados no sofá, comendo marshmallow vendo as recomendações na Tv. “Não sai de casa” ou ”Caso não queira sua casa arrombada blá blá blá” a mesma coisa dos últimos anos.

-Senhora e senhores, obrigada pela paciência-a voz do nosso presidente soou pela tv- antes de tudo vamos as regras.meu secretário Park Jimin falara agora.

Um garoto de cabelos rosas e óculos subiu no pequeno palco. Ele usava um terno branco e segurava alguns papéis, ao lado do Presidente era relativamente menor.


-Obrigado- Mas olha que voz bonita- Como nos anos passados, todas as leis serão revogadas por um período de doze horas - o mesmo arrumou o óculos em seu rosto, que mãos fofas- Mas estupros, ataque a políticos e jornalistas serão penalizados com  prisão perpétua ou pena de morte, sem condicionais- deu uma pausa para olhar a bendita platéia- Qualquer um pode virar um criminoso asqueroso em nossos padrões normais.


-Obrigado Jimin- Sr.Presidente tomou o microfone novamente- O expurgo começará exatamente 6 horas da noite.Deus abençoe a todos vocês.- Depois de toda essa baboseira, eles finalmente se retiraram do palco e a platéia de pessoas que não seriam afetadas também.


 17:50, faltam dez para tudo isso começar


[...]



Notas Finais


Desculpe pela demora

Mano duas provas por semana é sacanagem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...