História The Quest For The Ink Machine - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Bendy and the Ink Machine, Cuphead
Tags Batim, Cuphead, Lutas, Ocs, Tqftim, Universo Alternativo
Visualizações 13
Palavras 1.014
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Fluffy, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu não acabei com ela.

Capítulo 14 - Melhoras... Tão rápido


A porta do quarto é aberta lentamente, então o pequeno demônio entra no local, logo se dirigindo até a cama de Katniss.

- Oi Kat, você está melhor? - perguntou o menor sentando na beira da cama.

- Eu poderia estar bem melhor - ela riu. - Mas fora isso, está tudo de boas.

- De boas... Você nem consegue andar - Bendy cruzou os braços e negou com a cabeça.

- Consigo sim. Veja só.

A garota se levantou da cama, suas pernas tremiam um pouco por conta da dor mas não foi isso que a impedia de continuar de pé. Se apoiou na mesinha ao lado da cama, aquela dor estava lhe consumindo um pouco rápido. Não aguentou mais e se sentou na cama.

- Viu? Sou muito boa no que fasso - ela falou enquanto respirava um pouco cansada.

- Você quase morreu só ficando em pé - o demônio revirou os olhos enquanto um sorriso vitorioso surge em seu rosto.

- Mentiroso... Mas então, veio aqui me atormentar?

- Não, só queria saber se você estava melhor. Só isso.

- Ok...

Katniss fitou o chão por alguns segundos, estava bem pensativa, tudo o que queria era sair desse hospital. Se sentia um atraso de vida, além do mais, odiava ficar parada por muito tempo.

- Bendy... - a garota o encarou seriamente. - Eu quero sair daqui o mais rápido possível...

- Mas você tem que se recuperar - falou o demônio colocando uma de suas mãos no ombro de Katniss.

- Olha, eu me recupero rápido e isso é verdade - um sorriso amigável surgiu em seu rosto. - Só quero continuar nossa aventura - ela voltou a fitar o chão. - Sabe, está sendo muito divertido ficar com vocês.

Essas palavras fizeram Bendy pensar e refletir um pouco. Sua amiga foi parar ali por engano com suas irmãs, mas elas estavam adorando esse "engano", além do mais, as quatro eram super legais. Quando fossem embora... Quando essa aventura terminasse...

Mas parando para pensar, como elas voltariam?

Não é hora de pensar nisso, deveria focar no presente não no futuro.

- Vamos?

Com um impulso, Katniss se levantou e caminhou até a porta tranquilamente e isso fez o menor ficar boquiaberto. Como isso assim do nada? Não era algo possível...

- Eu te falei - ela riu e abriu a porta do quarto.

                                                                         ***

A anja se mechia de um lado para outro, dormiu bastante aponto de acordar e não querer levantar.

A preguiça dominava seu corpo. Só de saber que teria que andar tanto... Já fazia suas pernas doerem. Mas como ela é um exemplo de vida, se levantou e foi até o banheiro.

Tomou um banho quente, fez suas higienes pessoais e finalmente saiu do banheiro. Arrumou suas coisas e saiu do quarto, meio triste por saber que teria que se cansar novamente mas pelo menos aproveitou cada segundo.

Caminhou por aqueles corredores até chegar em um elevador, entrou no mesmo e apertou o botão do primeiro andar. As portas se fecham e o elevador começou a descer.

Algumas coisas passavam na mente da anja, coisas tipo: Por que ela estava ali mesmo? Será que foi uma boa ideia? Estaria mesmo arriscando sua vida para ter uma vaga no céu?

Sim, ela estava fazendo isso.

As portas do elevador se abrem e a anja saí do mesmo. Ela entregou as chaves para o porteiro (eu acho que é isso) e saiu do hotel.

- Olha a frente!!!

A anja olhou para trás mas não deu muito tempo, quatro pessoas se trombaram com ela e os cinco caem no chão.

- Aí... Roxie!!! A minha pata!!!

- Foi mal Star. É que... - Roxie encarou a anja e levou um susto. - Nos perdoe por favor!!! - ela falou se levantando e ajudando Alice a se levantar.

- Está tudo bem - falou Alice limpando seu vestido.

- Quase matamos ela... Foi mal moça - Star se curvou um pouco envergonhada.

- Não tem problemas - Alice riu. - Eu fasso a mesma coisa.

- Ok então - Roxie mirou o olhar nos amigos que se levantavam. - Bora galera.

Os quatro saíram correndo novamente.

Aquilo foi um tanto... Engraçado. Alice só segurou a risada, porque ela também tinha o grande costume de atropelar as pessoas e pedir desculpas mil vezes.

                                                                         ***

- Sem dúvidas - falou um médico. - Katniss já está em ótimas condições.

- Eu disse Bendy - um sorriso vitorioso tomou conta de Katniss. - Sou muito boa no que fasso.

- Então... Ela está liberada? - perguntou o pequeno demônio encarando o médico seriamente.

- Sim. Não sei como se recuperou tão rápido... - ele encarou um pouco confuso e surpreso sua prancheta.

- Vamos embora Bendy. Obrigada senhor doutor. Até mais.

Katniss pegou no pulso de Bendy e saiu em disparada para fora do hospital. Estava tão feliz no momento, não esperava que se recuperaria tão rápido. Mas quando se convive com sua mãe, aprende as todas as dádivas mentalmente.

Os dois voam para fora do hospital, quase tropeçam e metem a cara no chão, mas pararam a maratona.

- Que alívio Bendy - a garota se apoiou no menor para respirar um pouco.

- Eu tenho cara de apoio? - ele perguntou revoltado.

- Sim.

- Sua...!!!

A garota que se apoiava foi derrubada no chão com um forte abraço. Star estava muito contente em ver sua irmã mais velha fora daquele hospital.

- Você está bem? Melhorou? Sente alguma dor? - estava tão alegre e agitada naquele momento, fazia as perguntas tão rapidamente que Katniss pensava se a respondia ou não.

- Calma irmã, eu não morri. É o que importa - falou Katniss tirando a irmã mais nova de cima de si e se levantando.

- O que aconteceu para Kat ter se curado tão rápido? - Felix perguntou um pouco impressionado.

- Eu explicaria, mas não estou muito afim disso. Vamos logo?

Não existia razão para o grupo negar. Continuaram o caminho na busca da terceira peça.

 

Continua...

 


Notas Finais


Eu vou tentar adiantar essa história.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...