1. Spirit Fanfics >
  2. The Readhead >
  3. Ilusões

História The Readhead - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura UwU

Capítulo 8 - Ilusões


[Keyse on]

Sinto que dimitri quer me matar por causa do treino mais bem fazer o que né eu fui demais.

Shiro falou que seria bom eu sair para matar tipo matar como uma assassina de verdade,ele me mostrou um compartimento secreto da cabana cheio de armas e outras coisas parece que eles estão se preparando para um apocalipse.

Opto por umuma pistola e um taco com pregos me sinto em um filme de Zombies.

Estou andando discretamente pela cidade entre as sombras por ser de noite e muito fácil me esconder e passar dispercebida e bem eu Fasso isso desde criança.

Vejo a policial e me escondo rapidamente em um estacionamento aonde ouço gritos são altos não sei como não a pessoas ajudando bem o povo dessa cidade só se importa consigo mesmo.

Vou até os gritos e vejo uma garota loira com uma máscara preta com um sorriso vermelho ela acabará de arrancar um braço de uma mulher e depois cortou sua barriga.

Vejo que ela percebeu minha presença e se virou para mim,seus olhos são roxos nunca tinha visto um par de olhos dessa cor, ela tirou sua máscara e olhou para mim sorrindo.

Como vai novata?- ela larga o Machado no chão.

Quem é vc?- seguro firmemente o bastão tremendo um pouco.

Ah desculpe eu sou Keith Works mais conhecida como the Karma- ela veste suas luvas logo me olhando- eu já sabia que slenderman avia ido atrás de outra proxie.

Espera vc também e proxie?- ela ri baixo.

Claro bom existe vários espero te ver novamente e até fazer missões com vc...keyse.- ela pega o Machado vestindo sua máscara e correndo me deixando sozinha naquele estacionamento com um corpo aos meus pés.

Puta merda.- digo para mim mesma saindo daquele estacionamento marcado por sangue.

Entro na floresta agora apreocura de campistas a essa altura a escola faz uma viajem escolar bem um acampamento, olho ao redor apreocura de barracas e uma fogueira.

Um frio percorre a minha espinha me deixando arrepiada, ouço sussuros bem proximos a mim parecia sussurro da floresta, o vento estava mais fraca mais ainda fazia o topo das árvores balançaram.

Minha respiração já estava descompassado, meu coração batendo rápido e minhas mãos tremendo respiro fundo tentando me acalmar, uma mão pousa em meu ombro me fazendo arrepiar por inteira e socando a cara do indivíduo com tudo.

Porra!- ele cai para trás com a mão no nariz e vejo que e dimitri.

Puta merda Que Caralhos vc está fazendo aqui!?- exclama indo até ele.

Desculpas seria bom.- ele se levanta ajeitando sua roupa.- estava apenas caminhando quando vi vc parada igual uma estátua e não é das bonitos.

Vai se ferrar dimitri- cruzo os braços.

Oh ela sabe mandar se ferrar.- ele cruza os braços debochando de mim.

Não devia provocar uma pessoa amada idiota- dou de ombros para ele caminhando.- e....cadê a cabana?

E por aqui.- andamos por uns minutos e logo ele para confuso.

Cadê?- digo olhando em volta.

Ela deveria estar aqui espera...algo não está certo aqui.- fico confusa com a afirmação dele.

Como algo não está certo?acha que o que isso é tudo uma ilusão?- dimitri se vira para mim surpreso- que foi?

Uma ilusão caímos em uma ilusão porra mais que merda!- ele bate os pés furioso.

Uma porta.- digo olhando para entre as árvores aonde avia uma porta vermelha.

Só o que me faltava.- ele bufa indo até a porta e a abrindo ele me olha me puxando.

Agora estamos em um lugar totalmente diferente um parque de diversões?demoro para me acostumar com as luzes fortes olha para dimitri que parecia hipnotizado por toda aquela diversão.

Ei dimitri!- chamo ele que me olha.-vc tá bem?

Vamos logo para fora desse lugar todo esse cheiro está me deixando com fome- ele sai me puxando por entre as pessoas que pareciam nem se importar com nada parecia que éramos invisíveis.

Entramos para outra porta era azul com detalhes brancos a maçaneta dourada a porta e fechada com força fazendo agente se sobressaltar.

Vc sabe como fomos parar em uma ilusão?e como isso é possível.- vejo ele revirar os olhos.

Vc faz perguntas demais.- ele tropeça caindo e acaba por eu cair junto fomos parar em um quintal de alguma casa, O cheiro me pareceu familiar torta de maçã.

Torta de...maçã- me levanto deixando dimitri para trás e entrando na casa com tudo diferente do parque as pessoas me vem.

Ah que bom que vc chegou keyse fiz torta de maçã.- a mulher se vira seu sorriso doce faz lágrimas cairem.- querida vc está bem?por que está chorando?

Mãe....mamãe!- corro a abraçando fortemente, ela passa suas mãos sobre meus cabelos os acariciando ela da um beijo no topo de minha cabeça.

Não chore minha pequena não chore...- levanto minha cabeça a olhando seus olhos verdes transpareceiam um calma e uma doçura inimagináveis.

Keyse..- dimitri aparece na porta tudo some acabo caindo no chão minha mãe vira névoa tudo ficou escuro com fumaça em alguns lugares.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...