1. Spirit Fanfics >
  2. The Real School >
  3. Você não sabe de nada

História The Real School - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Olá, eu mesma a sumida, desculpem por ter sumido eu realmente estava sem tempo por causa do Sisu, ProUni, só Deus na minha causa, mas voltei, finalmente. Espero que gostem 😚

Capítulo 7 - Você não sabe de nada


Fanfic / Fanfiction The Real School - Capítulo 7 - Você não sabe de nada

Eleanor

Como entender a mente de um garoto? Isso é realmente muito fácil, é possível ler seus pensamentos através do seu olhar, isso sempre foi tão fácil para mim, eu nunca tive problemas com isso. Mas por que eu não consigo saber como aquele menino pensa? mas por que? por que? eu não consigo entende-lo?

- Ah, Elle? você por aqui? não sabia que você gostava de correr.

- AH, oi Jaemin, sim eu gosto de correr principalmente quando está amanhecendo, eu consigo me sentir um pouco viva.

- Um pouco viva?

- Sim, o céu  tem esse poder sobre mim, quando eu corro vendo o sol aos poucos se levantar eu penso e sinto que realmente o mundo pode ser uma coisa boa, sabe? penso que o mundo pode ainda se tornar em algo melhor, algo bom...

- Humm, acho que te entendo.

- Entende?

-Sim, por que eu penso do mesmo jeito, me sinto do mesmo jeito, o mundo pode ser assustador as vezes, mas muito belo também. Depende de como você ver, tudo depende de como nos pensamos sobre ele.

- Sim, é o que eu me pego desejando as vezes, um mundo melhor.

- Você está bem? aconteceu algo?

- O que? Ah,não nada aconteceu, só estou muito pensativa hoje, não se preucupe eu sou assim as vezes.

- Pensar é sempre bom, mas cuidado nunca pense demais, ok?

- Ok...

- Tenho que voltar para o dormitório, tenho uma atividade atrasada, te vejo mais tarde?

- Claro...

- Então, até mais!

- Thau, Jae.. quer dizer Jaemin...

-É estranho...

- Eu sei, me perdoe...

- Não, você não precisa se desculpar, só faz muito tempo que ninguém  me chama assim, só a minha avó me chamava de Jae.

- Humm, ela te chamava assim?

- Sim, ela era única que me chamava assim, bom tenho que ir, nos vemos depois.

- Tá, nos vemos depois..

Ainda assim, por que não consigo decifra-lo? O QUE HÁ DE ERRADO COMIGO?

Jeno

A Ameerah realmente é única, só ela para me pedir uma coisa dessas, mas como eu gosto de saber que ela terá como se defender sozinha, isso me faz sentir um pouco...aliviado?

- Já está de saída?

- Sim, tenho um compromisso, e o que você vai fazer hoje Jisung?

- AH, infelizmente eu tenho que achar alguém para me ajudar com os estudos, eu tentei estudar com o Chenle mais ele não sabe ensinar, não sabe mesmo!

- hahaha, Chenle realmente é uma peça rara, falando nele, pra onde ele foi tão cedo?

- E eu vou lá saber? ele também é bem misterioso as vezes..

- Ele deve ter seus motivos, bom eu tenho que ir, nos vemos no almoço?

- Claro, mas você  vai pra onde??? não temos aula de manhã hoje.

-Tenho um compromisso, depois te conto, até mais!

- Thau!!

Chenle

As vezes a melhor coisa que você pode fazer é tentar sempre se superar, eu tenho esse vício, não aguento alguém me dizendo o que fazer, e odeio ainda mais quando dizem que eu não sei das coisas, por isso estou acostumado a estudar e melhorar em algo sempre que posso, hoje eu preciso melhorar em literatura, por que tudo tem que ser tão complexo?

- Estudando?

- Jisung?

- Te procurei por tudo que é canto desses enormes corredores!

- O que faz aqui?

- Ue, vim te chamar para jogarmos futebol juntos.

- AH, foi mal é que tenho que me concentrar nisso, depois jogamos,ok?

- Chenle, você deveria se divertir mais sábia?

- Me divertir mais?

- Sim, você  se cobra muito, isso não é legal.

-Me cobro muito? que nada Jisung, é só um hábito que eu tenho não é nada demais.

- Então tá certo, vou te esperar no campo, não demora, o tempo não esta muito  bom.

Ameerah

Nossa como o céu ficou escuro assim tão rápido? parece que vai cair uma chuva muito forte a qualquer momento.

- Amee? esperou muito?

- AH, jeno, não acabei de chegar.

- Então, vamos?

- Claro, mas é muito longe? eu acho que podemos nos molhar no caminho.

- É um pouco longe do Castelo principal, mas nada muito distante, acho que a chuva não vai nos pegar, podemos chegar antes dela.

- Se você acha, vamos..


- Chegamos, eu não te disse que iriamos chegar sem levar um pingo?

- Isso é ótimo..mas olha agora, a chuva começou,e eu acho que ela não tem intenção de parar.

- Isso não é bom, mas espero que o tempo mude até nossa aula acabar.

-Espero que sim.

Mark

Chuva? não sábia que o inverno já estava chegando, acho que ando desligado, tentei parar de pensar no que aquele idiota do Chenle me disse, mas não consigo.

- Ah que merda, não dá pra fazer nada com essa chuva.

-Você deveria estudar um pouco não acha, Haechan?

-Cuide da sua vida Mark, por que não vai ler aqueles seus livros idiotas? 

-Por que sempre tão babaca..

- Sabe de uma coisa vou arrumar o que fazer, não é possível que não ache nada melhor para fazer.

- Boa sorte, você vai precisar.

Haechan

Eu não suporto quando o Mark quer da um de certinho, por que ele pode ser tudo, menos isso. 

Eleanor, não é? como é linda, mas por que parece tão misteriosa? isso não é bom, por que eu adoro resolver mistérios.

- Eleanor, não  é?

- Haechan, não é?

- Sim, não sábia que iria lembrar do meu nome,praticamente nunca conversamos antes.

- Verdade, mas o que você veio fazer aqui?

- Ue, é proibido vir ao jardim agora?

- Claro que não, é por que eu só queria ficar sozinha.

- Está me expulando?

-Claro que não, isso é só uma desculpa para eu ir embora, até mais Haechan.

-Se é assim, então até mais.

Adoro esse mistério, concerteza ela esconde alguma coisa, e eu vou descobrir o que é. 

Margaret

O dia tinha amanhecido tão bonito, eu já estava de saída quando a chuva começou a cair, não dá para eu treinar assim!

- Margaret?

- Mark?

- Como vai? lindo dia não acha?

- Lindo dia? você está cego? o dia está horrível, odeio quando chove.

- Eu amo dias assim, me fazem querer ler mais, e pensar mais.

- Eu não consigo treinar nessa chuva, por que  isso sempre acontece comigo?

- O que? aconteceu alguma coisa?

- Não precisa fingir que está enteressado em saber sobre minhas frustações, eu vou ficar bem.

- Fingir, quem você pensa que eu sou? 

- Sinceramente? eu não sei o que pensar de você Mark, eu tive algumas dúvidas no começo,mas depois eu percebi quem você é de verdade.

- Como eu sou de verdade? o que você sabe sobre mim para falar isso?

- Eu não preciso saber muito sobre você para ver a sua personalidade, seus jeito de agir já mostra tudo, agora se me der licença.

- Como você ousa me julgar desse jeito? o que você conhece sobre mim? você não sabe nada sobre a minha vida, entenda, você não tem o direito de me julgar, você não sabe de nada! 

- E nem você, sabe de nada!

Quem ele pensa que é? eu não posso mais me aproximar dele, ele concerteza só vai me machucar e eu não quero isso, eu não posso fazer isso comigo mesma.

Taeyong

- A chuva não vai parar nem tão cedo, o que devo fazer?

- Vamos seguir com o plano, convoque um jantar essa noite, não deixe que ninguém  falte, nenhuma chuva vai mudar meus planos.

- Sim, majestade.

Como eu odeio esse tipo de pensamento, como ele pode agir como se fosse o próprio Zeus? 

Jeno

Isso não é bom, o que vamos fazer, a chuva não para!

- O que vamos fazer Jeno? daqui a pouco vai começar a escurecer e estamos sozinhos aqui.

- Não se preucupe, vai dá tudo certo, vamos conseguir sair dessa.

- O que  é  aquilo?

- Não se mexa, pode ser algum animal, aqui é rodeado de florestas...

- AHHHHHHH....

- AMEERAAAHHHHH....


Notas Finais


Desculpem qualquer coisa
Kisses jujubinhas


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...