História The red hooded demon - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bendy and the Ink Machine, Cuphead
Personagens Personagens Originais
Tags Aventura, Bendy X Cuphead, Boris X Mugman, Capuz Vermelho, Cendy, Contos De Fadas, Yaoi
Visualizações 98
Palavras 740
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Ficção, Fluffy, Lemon, Misticismo, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Slash, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


E essa história termina aqui!

Pois é. Com certeza tem os kids que falaram "MAS QUE MERDA?!!!!"

E é assim que se destrói infâncias.
( '-')b

Capítulo 5 - O final da história


O menor terminou de amarrar um laçinho em seu pescoço, já havia se arrumado e só estava faltando a capa vermelha que agora estava amarrada em seu pescoço.

- "Que merda eu fui fazer?" - o demônio pensou meio entristecido.

Estava parado no meio do quarto, fitando o chão enquanto refletia um pouco, estava tão decepcionado consigo mesmo... Parece que não estava preparado para encarar o mundo.

Tomou um pequeno susto quando sentiu alguém lhe abraçando por trás, obviamente era Cuphead.

- Tão fofo - falou o mesmo acariciando a bochecha do menor.

Tudo que passava na cabeça de Bendy era que ele deveria ter seguido o caminho mais seguro, com certeza. Se bem que não achou tão ruim ter uma relação com Cuphead, ele era um cara legal e atraente.

Sim, isso realmente estava passando na cabeça do menor.

- Cup - o demônio encarou a xícara seriamente. - Se a gente fez isso... Quer dizer que somos namorados?

Pelo mais estranho que seja, Cuphead se espantou um pouco.

- Bem... Acho que sim.

A xícara sorriu torto e o demônio ficou tentando entender essa expressão.

- Você só se aproveitou de mim? - Bendy o encarou um pouco bravo, só esperando a resposta do mesmo.

- Claro que não - ele largou Bendy. - Eu realmente gosto de você.

- Mesmo é? - o menor se virou para a xícara e cruzou os braços. - Então você vai adorar conversar com Alice e Boris sobre o nosso relacionamento.

- O que?!

Uma expressão de medo surgiu no rosto de Cuphead, o demônio estava cada vez mais convencido de que o mesmo só se aproveitou dele.

- Não tem que ter medo, eles são gente boa.

- É que eu não sou bom em conversar... - ele coçou a nuca. - Não dá para eu falar com eles depois?

- Depois tipo nunca?

- Que isso? Não precisa ficar bravo...

- Não estou bravo - o menor pegou na mão do maior. - Só vem comigo.

- Para onde?

- Você vai ver.

Bendy começou a arrastar o maior pela casa até o lado de fora. Cuphead queria entender para onde estavam indo, seria a casa da tal Alice? Talvez, não tinha como ter certeza.

- Bendy... - o maior tentou falar mas foi interrompido.

- Espera, estamos quase chegando.

Resolveu ficar em silêncio, mesmo tendo uma grande noção de onde estava sendo arrastado.

Enquanto isso, Boris tentava explicar para a anja o que teria possivelmente acontecido.

Obviamente Alice ficou boquiaberta com o que ouviu e um ódio imenso dominou ela, só de pensar o que poderia ter acontecido com o priminho que tanto cuidou e protegeu.

A vontade da anja era de estourar a cabeça daquela xícara com uma vassoura ou coisa assim.

- Alice, você está brava? - perguntou Boris olhando para a prima.

- Imagina...

Os três estavam do lado de fora da casa, no jardim, estavam conversando sobre esse assunto.

Eles ouviram alguns barulhos e olharam para o lado da floresta, lá vinha Bendy arrastando a xícara de canudo vermelho, não parecia tão animado.

- Lobo mau!!!

Alice gritou e pegou uma vassoura, correu até Cuphead e começou a dar vassouradas no mesmo.

- Alice, para!!! - Bendy gritava preocupado.

Depois de uma bela confusão e várias vassouradas, conseguiram fazer com que Alice parasse de bater em Cuphead.

- Gente boa é? - a xícara resmungou para o demônio que só retrucou com cara brava.

- Ela só levou um susto - Boris tentou justificar.

- Desculpa lobo, mas depois do que seu irmão falou eu me preocupei - a anja colocou um saco de gelo na cabeça de Cuphead.

- Mugman...

- Foi mal Cups.

Bendy abraçou o braço do maior com um sorriso simpático no rosto.

- Você e o Bendy estão namorando? - Alice perguntou não muito feliz.

- Eh... Sim - Cuphead sorriu torto.

- Hmm... Parece que meu priminho aprendeu a se virar sozinho, não é?

- Eu te falei que sou muito maduro, Alice - o demônio olhou para a anja com um olhar bem convencido.

- Sei... - a anja olhou torto para a xícara de vermelho.

(Eu estou com muita preguiça de escrever umas coisaradas, então...)

Bom, a história seguiu bem. Cuphead e Bendy ficaram juntos, assim como Boris e Mugman. Já Alice ficou sozinha.

(E como eu estou com preguiça...)

Eles viveram felizes para sempre!

 

Fim!

 


Notas Finais


O final mais bosta do mundo. Demorei tanto para fazer essa merda aí.

Espero que tenham gostado... Tchau.
〜( ̄▽ ̄〜)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...