1. Spirit Fanfics >
  2. The Red Line >
  3. Forty one

História The Red Line - Capítulo 41


Escrita por:


Capítulo 41 - Forty one


Alex

Depois que Maddie foi embora, Arielle disse que não tinha esquecido nada aqui e se foi. Por ironia do destino Arielle estava na minha casa que quase ninguém sabe da existência justo no dia que Maddie veio.

— ... jurava que eu tinha esquecido algo aqui. — Arielle dizia com um sorriso de quem queria incomodar de propósito.

Mas suas palavras eram nada para mim. Eu estava atordoado com a situação e não estava prestando muita atenção no que ela estava dizendo. Só fui recuperar a consciência quando ela entrou em seu carro e se foi. Me deixando ali com toda aquela confusão para resolver.

Por mais que eu tente não errar com Maddison, as coisas sempre parecem sair do meu controle. Não estou me ausentando de culpa da primeira vez que fiz isso. Mas dessa vez eu juro que não tinha nada a ver. Mas eu não ia ter como provar a Maddie que dessa vez eu não errei.

Eu a amava, e vê-la depois destes dez anos só me fez ter certeza disso. E de que todos os anos que eu fui a casa dos pais dela no natal não foram em vão. Sheffield era a única coisa que ainda me conectava a ela. Maddison não era do tipo que dizia que amava o tempo todo, na verdade ela quase não dizia. Mas eu amava aquela característica que só ela tinha de esconder seu sentimento dizendo que " talvez gostasse de mim um pouco". Eu a amei antes de lhe dar de presente em nome da sua mãe a gata que ela ama até hoje tentando a salvar do luto da morte de seu avô. Mas eu não tinha coragem o suficiente naquela época para dizer que eu estava fazendo aquilo por amor. Maddie estava lá no começo e eu quero que ela esteja até o final. Eu não posso a perder outra vez. Logo eu que nunca fui de jogar. Não aceito perde-la.

[...]

— Alex cadê você? Já estamos todos no estúdio. — Matt dizia enérgico no telefone.

— Estou a caminho cara. Eu só... Eu tive um problema. Estou aí em 5 minutos. — respondia sem animação enquanto dirigia o carro pelas ruas de Venice Beach.

O sol estava se pondo e o céu estava em tons de laranja e roxo. E tudo que eu queria é que Maddison estivesse do meu lado.

O estúdio que íamos ensaiar era em Venice, uma espécie de uma casa barra/ estúdio musical, a parte de trás tinha uma varanda com umas cadeiras de madeira que davam um estilo praiano ao lugar, que tinha vista para um canal com alguns barcos que pareciam privados.

Então eu entro na casa e me deparo com todos os garotos e Collin já na casa.

— Uau. Você parece que tomou café da manhã no hotel dos corações partidos. — Matt disparou sentado na bateria tentando ser engraçado. O que seria se eu estivesse no clima para brincadeiras.

— Ha Ha muito engraçado Helders. — eu disse sem tirar os óculos escuros e sem esboçar nenhum sorriso.

— Parece que Alex não está para brincadeiras hoje. — Nick comentou.

— O que vamos passar hoje? — eu pergunto tirando minha guitarra que já estava perfeitamente posicionada no pedestal.

— " She's Thunderstorms" que tal? — Jamie sugeriu dando de ombros. Parecia ter medo de sugerir qualquer coisa depois do humor que eu cheguei.

— Pode ser. — eu respondo sem expressão.

Então eu tiro os primeiros acordes da música na guitarra. Falhando algumas vezes. Eu não estava com cabeça para isso. Menos ainda para essa música.

— Qual é Alex, presta atenção no que você tá fazendo. Já é a terceira vez que você erra. Esse solo é seu. E estamos a umas semanas do festival. — Matt disse num tom alto apontando uma de suas baquetas para mim.

— Porque você não vai se foder Matthews? — eu deixo minha guitarra no pedestal e ameaço ir para a direção onde Matt estava sentado.

— Alex eu não tenho nada a ver se você fez merda com a sua garota de novo. É por isso que ela não está aqui não é ? Você fez merda de novo como fez a dez anos atrás. — Matt agora estava de pé atrás da bateria.

Jamie viu que a coisa tinha saído do controle e logo largou sua guitarra e ficou entre eu e Matt tentando apartar uma possível briga.

— Calma aí galera. Vamos focar no festival. Sejam profissionais. —  Jamie falava com as mãos em meu peito.

— Porque não damos uma pausa. Vou por umas cervejas. — Nick tentava descontrair para apaziguar a situação.

A essa altura as meninas que estavam no lado de fora da parte de trás da casa já tinham entrado e também se depararam com o clima pesado dentro do estúdio.

— Meu Deus Alex, o que você ta fazendo? — Breana entrava dentro de casa e caminhava em direção a Matt

— Eu preciso de um cigarro. — respirei fundo e sai da casa batendo os pés.

Merda! Eu não estava me concentrando em nada. Acabei descontando minha frustração em todo mundo. Principalmente nos rapazes que não tinham nada a ver com isso. Além de errar com a Maddison, eu estava errando com todo mundo que eu amava.

Estou encostada numa das pilastras de sustentação da casa olhando para o horizonte com um olhar perdido. E vejo alguém se aproximar de mim.

— Cara, foi mal. Eu me estressei com você mas não precisa...— Matt começou a falar tranquilo e eu o interrompo.

— Você que tem que me desculpar irmão. Eu não fui nada profissional lá dentro. Eu só... Só tô um pouco atordoado hoje.

— O que aconteceu entre vocês? — Matt perguntava sereno.

— Maddison chegou lá em casa e ... Arielle estava lá. — eu disse cabisbaixo.

— Merda Alex, você fez de novo? — ele parecia não acreditar.

— Matt eu te juro que não fiz nada, normalmente eu não perderia a oportunidade de ter uma mulher na minha cama. Mas eu não fiz nada, eu prometi que não ia errar com ela de novo. E eu não seria louco de fazer isso, menos ainda com Arielle. — eu tragava o cigarro e soltava a fumaça lentamente no ar.

— Cara, se é isso que você está dizendo eu acredito. Eu te conheço desde os sete anos e eu sei que você não está mentindo. Mas por pior que seja, vocês vão se resolver. Da um tempo para ela assimilar as coisas. E logo vocês vão se resolver, confia em mim. — Matt dava batidinhas em meu ombro.

— Valeu cara. Espero que sim, e agora vamos voltar lá e ensaiar. — jogo o resto de cigarro no chão e termino de apagar com a sola do meu tênis.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...