1. Spirit Fanfics >
  2. The Red List - Nomin >
  3. Renjun... Não fala bobagens

História The Red List - Nomin - Capítulo 35


Escrita por:


Capítulo 35 - Renjun... Não fala bobagens


    

Na jaemin 

13:45 PM;  Seul , South Korea 

Quem diria que fazer faculdade de Fotografia seria tão cansativo? Se eu soubesse que parece um profissional na área teria que aprender matérias quais eu nunca pensei que aprenderia, teria desistido desde o começo. Estava fazendo um trabalho da minha aula de História da Fotografia quando meu celular começou a tocar tirando minha atenção da tela do computador assim que vi o nome "Jeno psycho"  Na tela do celular, atendi a chamada deixando no viva-voz. 


oque esta fazendo? - a voz de Jeno soou do outro lado da linha. 

— Eu estou fazendo um trabalho de história da Fotografia, e você? Psicológia é muito mais complexa que Fotografia e você não está fazendo nada? . 

— tenho apenas algumas atividades nada que eu não consiga fazer rápidamente, eu só queria ouvir suas voz sabe. 

Parei olhando em direção ao celular que estava em cima da bancada do meu computador,  não era a primeira vez que Jeno falava isso para mim era tão estranho, na minha cabeça só passava a ideia de que ele estava se sentindo solitário por morar sozinho. 

— Aish, vá fazer as atividades que tem que fazer! - voltei a olhar a tela do computador -  por que um psicopata escolheu cursar Psicologia? . 

Yaa, por que você sempre me trata desse jeito? Estou sendo tão carinhoso com você, Nana, você deveria pelo menos dizer que me ama  - riu . 

— por que você anda tão estranho esses dias? Você está me dando mais medo agora do que quando era apenas um psicopata adolescente para mim. 

oque? Eu sou mais que um psicopata adolescente agora?  , sou sua cara metade não é mesmo? Eu sei, pode admitir. 

— Ya! - peguei o celular de uma vez - tem como você parar de falar besteiras? Esta parecendo um besta apaixonado sem ao menos esta apaixonado. 

— quem disse que não estou apaixonado? 

Oque? Apaixonado? 

— oque? , por quem? - me levantei - tá que você está diferente esses dias mas por que você não me disse que estava apaixonado. 

 ah, não disse?..... Desculpe Jaemin acabei de lembrar que tenho um trabalho para fazer, mas antes eu tenho que te perguntar uma coisa. 

oque? Você vai mudar de assunto? 

— você vai fazer algo amanhã? 

— não, não vou fazer nada amanhã, por que? . 

—  ótimo, você vai comigo visitar meu pai amanhã, quero que conheça ele então esteja pronto pela manhã. 


Não pude responder mais nada assim que ele desligou a chamada, olhei para tela do celular incrédulo, ele apenas soltou a bomba e fugiu desse jeito?. Lee Jeno apaixonado essa era boa... Como se eu fosse acreditar numa coisa dessas.... Mas... Ele começou a ficar diferente desde que entrou na faculdade. 

Bufei jogando o celular na cama, Eu era o amigo mais próximo de Jeno e ele não havia me contado nada sobre estar gostando de alguém além de jogar essas piadas sem graça pra cima da minha pessoa . Renjun entrou no quarto rindo da minha cara logo em seguida. 

— Você gosta dele não gosta? - o olhei confuso - Do Jeno? 

— Oque? De que forma? E oque te faz pensar isso? Estava ouvindo a conversa pela porta novamente? 

— sua conversa estava no viva-voz claro que eu ouviria, então esperei você terminar de falar com o Jeno para que eu pudesse entrar - se sentou na minha cama -  vi que sua feição mudou um pouco quando Jeno especulou que poderia estar apaixonado por alguém.... Você gosta dele? 

Fiquei em silêncio, não sabia oque responder ou oque responder, era óbvio que eu não sentia nada além do que sinto por Jeno que é agora um sentimento de amizade,  mas o sorriso de canto convencido de Renjun não me deixou colocar as palavras na minha boca. 

— seu silêncio já é uma resposta - sorriu vitorioso - você gosta do Jeno . 

— eu não gosto do Jeno! 

— você gosta sim!, vocês a cada dia ficam mais próximos , vocês até já se beijaram uma vez não tem como evitar dizer que pelo menos uma atração por ele você tem. 

— Renjun não fale besteiras , você sabe que os meus primeiros sentimentos sobre Jeno não foram nada bons - bufei - então pare com isso e me deixe terminar o meu trabalho. 

— eu não estou falando besteiras, Nana, você sabe quando dizem que o ódio aos poucos vai virando algo a mais?  Isso esta acontecendo com você - sorriu - é uma pena que seja Jeno que esteja amolecendo seu coração.... -sussurrou - mas você gosta dele! Não negue. 

— oque? Eu nunca disse que gostava dele, Renjun! 

— não negue, suas reações vão começar a muda quando perceber que esta gostando dele - se levantou - agora vou te deixar fazer o seu trabalho.... E não esqueça que amanhã você vai visitar o pai do Jeno com ele. 

Eu não posso esta gostando de Jeno, só por que estamos mais próximos agora e muito menos por termos nos beijado uma vez.... Renjun esta começando a falar bobagens, francamente, é impossível. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...