História The Reing - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Park Ji-min (Jamie Park), Reign
Tags Casamento, Jimin, Realeza
Visualizações 3
Palavras 709
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Magia, Mistério, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


╔══════°•.✧.•°══════╗
║ ℜeing ║
╚══════°•.✧.•°══════╝

Capítulo 2 - Jimin, o começo para nois dois pt.2


Fanfic / Fanfiction The Reing - Capítulo 2 - Jimin, o começo para nois dois pt.2

╔══════°•.✧.•°══════╗

Des de muito novo meu distino havia sido pré - escrito

Fui prometido a uma Rainha legitima por coroa quando eu ainda tinha 8 anos, para que nossos reinos tivessem mais proteção e forças. Ao completar minha maior idade deveriamos ter nos casado, mais ouve muitas intrigas nesse meio tempo e tudo se desandou, não casamos na data planejada, mais ainda assim estavamos prometidos um ao outro.

Ela era uma Rainha, embora gostasse mais de ser tratada como princesa, seu sangue era de uma linhagem poderosa o que na visão de meu pai séria vantajoso, iriamos selar mais de dois países em um só, o que nós faria o pesadelo de nossos inimigos e uma nação potente e temida.

Mas como casar com alguém que não vê a tanto tempo? a ultima vez foi a anos e eu mal lembrava os formatos de seu rosto.

Minha mãe, A rainha, havia tido uma longa conversa com meu pai, alguns dias antes de terem decidido que minha futura esposa corria perigo e deveria voltar ao castelo, para que nós conhecêssemos como futuros, marido e mulher e apagacemos a imagem infantil que tivessemos um do outro,  porquê ao ver dela, reis e rainhas tem que demonstrar confiança e poder, para o povo, para si mesmos e para seus companheiros.

Bom, ela chegaria em algumas horas ao castelo para uma grande festa de custume do nosso reino, todos estavam animados e tudo a postos, flores enfeitavam o lugar e um banquete esperava anciosamente seus convidados da corte deixando um aroma agradável e suculento ao lugar.

Mais... mesmo  cercado de tanta beleza, princesas, comidas e bebidas, fora o fato de ter de passar toda a festa a conversar com possíveis apoiadores da coroa, o que mais me chamava atenção era a sua presença ali, como séria meu par de algemas afinal?

╚══════°•.✧.•°══════╝

Ele já iria descobrir... a carroagem se aproximava do castelo,  e o olhar do garoto  se mantinha à janela que dava visão adentro. 

Jimin era um rapaz bonito e forte, exibia tudo aquilo que um futuro reino gostaria de seu rei, confiança de uma liderança poderosa, mas naquele momento ele se via sentindo se curioso e acuado.

O rei e a rainha de Cwoner estavam ao lado do filho, no meio de uma grande fileira de quardas que começavam da porta do castelo, e terminavam aos pés da carroagem da princesa - rainha.

O som das boas vindas anunciava o retorno da garota, que junto a suas damas se aproximaram da família real, fizeram uma leve reverência e esperarão a palavra de seu rei.

- Hoje é um grande dia. - o rei sorrio se virando as pessoas presentes.

- nossa futura rainha de Cwoner voltou, vamos festejar! - depois de mais algumas palavras de boas vindas, virou se para o castelo entrando junto a todos.

jimin falou muito pouco, à cumprimentou e em seguida junto a seu pai e aos demais voltou ao castelo.

- o que dizer para ela? - virou se para sua mãe com um sorriso de canto nos lábios. - sabe muito bem que não tenho a intenção de conquistala.

- sim você tem, ela sera sua rainha, tem o dever de conquistar sua confiança. - a mulher tinha cabelos grisalhos e escuros, rondava em volta do garoto com as mãos juntas, sua aparência era autoritária, e seu olhar era dar de cara com laminas afiadas.

- por favor mãe, minha forma de comquistar envolve uma cama. - o garoto riu, mais o que ele dizia era de fato verdade, suas várias amantes comprovam isso. - e você sabe que o papa proíbe.

a rainha deu um leve tapa sobre a cabeça de seu filho, o que fez o garoro rir. 

- perdão, eu estava brincando. - ele sorrio calmo segurando as mãos de sua mãe. - prometo que me esforçarei, mas agora a senhora tem uma festa pra cuidar.

- É verdade... bom, espero que esteja falando sério, agora eu preciso ir, vá atrás dela quando puder, dê as boas vindas corretas. - um estalo de um pequeno selar foi dado a cabeça do garoto antes da rainha sair.

Jimin era teimoso em seus pensamentos, defendia seus ideias até o último momento, mas não foi um esforço a ele sair a procura de sua noiva, até por que ele ainda tinha curiosidades sobre ela.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...