História The Return Of Dévil - Capítulo 6


Postado
Categorias The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Alaric Saltzman, Bonnie Bennett, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Elizabeth "Liz" Forbes, Freya Mikaelson, Hayley Marshall, Hope Mikaelson, Katherine Pierce, Klaus Mikaelson, Kol Mikaelson, Matt Donovan, Personagens Originais, Rebekah Mikaelson, Stefan Salvatore, Tyler Lockwood
Tags Bonnie Bennet, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Freya Mikaelson, Haylijah, Hope Mikaelson, Katherine Pierce, Klaroline, Klaus Mikaelson, Mikaelsons, Stefan Salvatore, The Originals, The Vampire Diaries, Tyler Lockoood
Visualizações 33
Palavras 950
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - Capítulo 4


POV Caroline

  

 Acordei, e achei tudo tão diferente em relação aos meus sentimentos. Era como se tudo fosse novo, os sentimentos intensificados, como a raiva, o medo, a tristeza, a felicidade.Era como se tivesse caindo em um redemoinho de emoções. Principalmente eu, que sou uma maníaca por controle, mas estava na hora de superar isso, como sempre faço não vou ficar me remoendo por ter virado vampira, afinal sou... Caroline Forbes, e eu supero tudo.

No começo achei o vampirismo uma maldição, mas agora vejo com uma bênção, ser jovem para sempre, a velocidade e a cura rápida.

   Mas agora está na hora de me arrumar para ir na casa dos Salvatores, Stefan irá me ensinar a não sair por aí matando pessoas.

Já arrumada, desço as escadas da minha casa, e logo me vem a mente a Katherine me matando, e trato logo de apagar essa cena da minha memória.

       

 Ainda bem que Bonnie fez um anel da luz do dia pra mim, se não seria impossibilitada de aproveitar muitas coisas. Pego meu carro e sigo em direção a casa dos Salvatores. E agradeço minha mãe não está em casa, não consigo me imaginar machucando minha mãe, por mais que sejamos distante. Chegando lá, toco a campanhia e logo Stefan aparece abrindo a porta.

- Oi Stefan!

- Caroline! Vamos?

- Stefan? Para onde vamos exatamente.

- Pra floresta, não queremos visitas inesperadas não é mesmo?

- Ok.

Já na floresta Stefan me explica como se caça.

- Stefan como caçar coelhinhos vai ajudar a não me tranformar em um psicopata? Afinal esse não seria o primeiro passo para isso? - Disse eu com pena de machucar um coelho fofinho.

- Bem, é isso ou matar pessoas?

- Mas por quê não beber bolsas de sangue?

- Porque talvez você não consiga se controlar- Disse ele com um olhar distante.

- Stefan nós dois sabemos que como humana eu já era uma pessoa viciada em controle, e me transformar em vampira só intensificou isso, então acho que isso me torna uma maníaca por controle.

 - Ok, é que com essa minha dieta para me controlar, as vezes esqueço que nem todo mundo é um estripador.

- Mas não seria melhor você aprender a se controlar bebendo o sangue humano em vez de animal?

- É que tenho medo de tentar e machucar pessoas.-disse ele preocupado.

- Stefan, nunca saberá, se não tentar. E outra eu, Elena, Damon e Bonnie sempre vamos estar aqui pra te ajudar.

 - Vou pensar. Agora vamos voltar, com o inimigo a solta não podemos dar mole por aí.

- Ok.

 Quando entramos na mansão Salvatore, vejo Elena, Damon e Bonnie com três homens, e duas mulheres que nunca tinha visto. Olho pra Stefan e parece que ele também conhece essas pessoas.

- Quem são eles Stefan?

- Esses são os Mikaelsons.

  Agora lembrei que Stefan falou que eles eram os Originais, e que eles nos ajudariam a acabar com Katherine e quem a trouxe de volta.

- Vieram rápido.-disse Damon.

- Suspeitamos que quem trouxe Katherine de volta , trouxe com o propósito de nos atrair para Mystic Falls.

  Falou um homem sexy, que desde que chegou ficou à me encarar e com um olhar misterioso e com sofrimento misturado com poder.Fiquei curiosa para saber quem é esse homem que,com certeza,esconde mistérios,uma dor profunda e uma grande escuridão em seus olhos.

- A propósito, sou Klaus. E quem seria essa bela dama?-Disse ele com um ar sedutor.

- Caroline Forbes.

- Que irônico,a filha de caçadores, é um vampira, o que será que eles acham disso?- Disse uma Garota loira.

 Eu não entendi o que ela quis dizer com isso e logo fui perguntando.

- Do quê você está falando?

- Stefan não contou a verdade sobre seus pais? - Disse ela com sarcasmo.

- Rebekah,por favor?- Disse Stefan.

- Do quê ela está falando Stefan? Como assim? A verdade sobre o quê?-perguntei confusa.

- Será que podemos conversar sozinhos lá fora?-disse Stefan.

- Tudo bem.

Depois que Stefan me disse que meus pais são caçadores, fiquei pasma. Nunca que eu iria imaginar isso.

- E agora como vou fazer Stefan? Eu moro com minha mãe, eu não sei o que ela vai fazer se descobrir . - Disse eu preocupada e triste ao mesmo,pois em pensar ela me vendo como um monstro,me dá uma dor tão profunda.

- Ei? Vai ficar tudo bem.É só não se preocupar com isso haja naturalmente.Como você mesma disse você é super controlada.Vai dá tudo certo.

 - Ok, eu já vou indo, só preciso de algumas bolsas de sangue.

- Tudo bem,Damon te ajuda com isso.Damon!

 - Vamos loirinha?

 - Vamos.

  Depois de pegar algumas bolsas de sangue, vou embora para minha casa. Chegando lá avisto o carro da minha mãe. Dou um suspiro e entro logo em seguida.

- Caroline, onde estava?

 - Com Elena e Bonnie.

 - Ok,então o que você acha de jantar comigo?

- Acho ótimo.- disse eu entusiasmada,pois fazia tempo que não jantavamos juntas.

E felizmente, o jantar ocorreu super bem,e acho que o vampirismo me fez ver algumas coisas sobre minha mãe que eu não via como uma  humana por ser mesquinha e mimada demais pra ver.

 Logo após o jantar com minha mãe, subi para meu quarto pra matar minha fome e me senti saciada com o sangue, depois dessa refeição fui em direção ao meu banheiro e tomei um banho relaxante e fui dormir pensando naqueles olhos verdes sedutores e misteriosos.

 Na manhã seguinte acordei cedo, me arrumei,tomei uma bolsa de sangue.E logo desço as escadas em direção a porta já que minha mãe deve estar na delegacia a essa hora.

E logo que abro a porta vejo o Klaus,  e me surpreendo com ele aqui.E ele vendo minha cara de surpresa,logo foi falando com um sorriso de lado, que faz qualquer uma se derreter.

- Olá amor.


Notas Finais


Oiiiii! Mais um capítulo para vocês.
Se gostarem favoritem e comentem.
Beijos meu e da Auanny!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...