História The Return Of Dévil - Capítulo 7


Postado
Categorias The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Alaric Saltzman, Bonnie Bennett, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Elizabeth "Liz" Forbes, Freya Mikaelson, Hayley Marshall, Hope Mikaelson, Katherine Pierce, Klaus Mikaelson, Kol Mikaelson, Matt Donovan, Personagens Originais, Rebekah Mikaelson, Stefan Salvatore, Tyler Lockwood
Tags Bonnie Bennet, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Freya Mikaelson, Haylijah, Hope Mikaelson, Katherine Pierce, Klaroline, Klaus Mikaelson, Mikaelsons, Stefan Salvatore, The Originals, The Vampire Diaries, Tyler Lockoood
Visualizações 23
Palavras 730
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 7 - Capítulo 5


POV Klaus

 Em mil anos pensei ter vivido de tudo, visto de tudo. Só que me enganei,pois vi Caroline Forbes diferente de tudo visto por mim até hoje. Quando ela nos viu na casa dos Salvatores e soube quem eramos, não se entimidou. E quando olhei em seus olhos-e que olhos, devo admitir-azuis tão profundos que me faz querer mergulhar e descobrir tudo que eles ocultam.Quem eles ocultam.

  Olhei pra ela e vi tanta luz, beleza, força, como em nenhuma obra de arte vista por mim até hoje. Ela me atraiu como uma sereia,com aquele corpo esbelto,lábios carnudos em formato de coração que pedem pra ser beijados, e pensei "como alguém pode ser tão linda".

  E agora olhando sua cara de surpresa por me ter no batente de sua porta a encarando só reforça isso. E logo depois de comprimenta-lá ela cai em si e fala.

- Klaus?

- Em carne, osso e malvadeza-disse eu com um sorriso de lado.

 -  O que faz aqui?

 - Vim te acompanhar até a escola. Você sabe, com o inimigo a solta temos que nos prevenir.

- E desde quando eu sou uma protegida sua?Se nos conhecemos ontem.

- É que eu tava sozinho e pensei, porquê não  acompanhar minha recente conhecida, Caroline. - Disse como quem não quer nada.

- Se você acredita nessa desculpa esfarrapada sinto muito, eu não.

 Eu fiquei surpreso, não pensei que ela poderia me surpreender ainda mais. Eu nunca pensei que ficaria exitado com a ousadia de alguém, estou surpreso comigo mesmo.

         E trato logo de sair de meus pensamentos e respondo:

- Qual é Caroline? Só quero acompanhar você. - Falei com uma cara inocente.

Ela pareceu pensar um pouco, e respondeu com uma cara de incerteza.

- Ok. Mas nada de matança ouviu?

Levanto minhas mãos em sinal de concordância.

- Vamos.

 E seguimos em direção ao seu carro. E logo que ela saiu com o carro, lhe perguntei:

- E então Caroline? Me diga sobre você.

- Não tenho muito a dizer.

 - Vai, você pode me dar mais que um "não tenho muito a dizer."

 - Ok. Bom, sou controladora, perfeccionista, mandona.

- Vamos lá, me conte sobre seus projetos, planos, momentos da sua vida.

- Fui miss Mystic Falls, sou chefe do comitê de festa. Tinha planos antes de virar vampira mais agora estou mudando um pouco eles.

- Como assim? Está mudando só porquê virou vampira?

- Não, é que virar vampira fez de algum modo eu ver outros caminhos outras coisas que nunca tinha percebido antes e tem coisas na vida Klaus,que nem sempre vai sair do jeito que planejamos,e olha que eu planejo muito.

- E isso é ruim?

- De maneira alguma, é maravilhoso. Acho que virar vampira desencadeou uma nova Caroline.

- É, para alguns a mudança boa pra outros? Nem tanto. - digo com um olhar distante lembrando da minha experiência.

 - Stefan me contou sobre sua história-não,ele te contou um pouco da minha história,pensei.

  - Não é nenhuma história feliz mas é a minha.

  - Chegamos.

   - Acho que chegou minha hora.

E quando fui sair do carro ela me pegou de surpresa me abraçando, e pela primeira vez não foi um abraço de pena.

  - Tchau Klaus.

- Até Caroline.

 E fui embora, afinal tenho que planejar a morte de meus inimigos.

               POV Caroline

  Quando Klaus se foi, andei até a entrada da escola e avistei Elena e Bonnie. E Elena foi logo falando quando viu que eu me aproximava.

 - Caroline, porque veio com Klaus? Não sei se você sabe mas ele é um psicopata que matou muitas pessoas.

- Olha Elena,ele só veio me acompanhar,e você não tem o direito de falar dele já que o Damon não é muito diferente.

- Eu só estou preocupada com você, não quero que se machuque.

  - Pode ficar tranquila, sei me cuidar.

  E logo se ouve o sinal da escola e entramos.

  Não parei de pensar no Klaus em nenhum momento, mesmo que eu tentasse sempre me pegava pensando nele. E pensava no que Elena me disse. Será que é errado me sentir atraída por ele? Porque apesar dele já ter feito muitas coisas maus, não consigo evitar essa conexão que sinto quando estou perto dele. Pois apesar de conhecê-lo há um dia, parece que conheço à anos, não consigo evitar.Mas vou ter que evitar pro bem de nos dois, e da minha sanidade. Minha vida está muito bagunçada para vim um híbrido e bagunça-lá ainda mais.


Notas Finais


Oiiiiii! Mais um capítulo para vocês!!!! E a partir de agora, iremos postar capítulo, todos os sábados.
Espero que gostem dessa novidade.
E se estiverem gostando da nossa fanfic, favoritem e comentem!!!!!
Beijos meu e da Auanny!!!!!!!!!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...