1. Spirit Fanfics >
  2. The rise of the dead >
  3. Saved by the boy

História The rise of the dead - Capítulo 21


Escrita por:


Notas do Autor


Vamos continuar com a Dawn e ver como ela trilhará este caminho

Fiquem com a leitura!!

Capítulo 21 - Saved by the boy


Fanfic / Fanfiction The rise of the dead - Capítulo 21 - Saved by the boy


Dawn estava dormindo tranquilamente dentro do ônibus que estava viajando. O veículo estava cheio, com todos os lugares ocupados indo em direção à Veilstone. Quando estava quase lá, a menina acordou um pouco e ouviu um dos responsáveis lá dentro falando com o motorista
(??)Estamos quase chegando
(??2)Está tudo programado lá?
(??)Eu espero que sim, não podemos esperar mais que dois minutos, temos que ser o mais rápido possível
(??2)Mas para onde vamos levá-los?
(??)Shi!! Eu ainda não sei, dizem que em toda a região de Sinnoh está acontecendo a mesma coisa, teremos que encontrar um lugar seguro longe das cidades
(??2)Se tiver
(Dawn)(Pensando)Espera. O que? N-Nem eles sabem o que fazer para nos deixar em um lugar seguro?! Ai.. e agora?
O ônibus atravessa o portão da cidade e o homem diz
(??)Muito bem pessoal. Chegamos a Veilstone, peço que ainda fiquem sentados, vamos pegar alguns passageiros desta cidade que estão em uma área segura e seguir em frente
(Dawn)An.. com licença, mas para onde estamos indo exatamente?
(??)N-Não se preocupe com isso, minha jovem. Rapidamente estarão seguros
(Dawn)(Pensamento)Eu sabia. Eles não sabem ao menos o que fazer? No que estão pensando?! Reunir o máximo de gente para depois todo mundo ser devorado vivo?!!
O veículo chegou no local de onde estavam estocando as pessoas sobreviventes. A cidade também já estava de ponta cabeça e todos apavorados e correndo, andando depressa e rezando pelo bem. Dawn teve uma ideia de escape e colocou em ação
(Dawn)An.. senhor? Eu posso ir ao banheiro?
(??)Certo, mas volte logo, tem um naquela cabine ali, não vá muito longe
(Dawn)Ok
A menina desce com as suas coisas e dirige ao toalete, porém, em uma ação rápida, ela passou por ele e saiu correndo fugindo daquilo, enquanto uma única pessoa havia reparado
(??)Hum? Aquela menina..
Continuando com a Dawn, ela corria para encontrar alguma ajuda de verdade que não se resumia em andar com as pessoas por aí. Ela tentava passar pelos lugares com menos movimentação, no entanto, ao dobrar a esquina, ela bateu de frente com um grupo de zumbis que logo, ao avistarem, correram para atracá-la. Logicamente, ela deu meia-volta e fugiu deles, mas eram tantos que ela ficou encurralada, sem saber no que fazer ou para onde ir, ela tentou acertar um com a sua mochila, mas não surtiu efeito no morto-vivo, a menina já estava desesperada, porém alguém apareceu como um raio e bateu no zumbi mais próximo com uma placa da rua
(??)Você está bem?
(Dawn)Es-Es..
(??)Venha comigo.. por aqui!!
O rapaz segurou na mão da garota e encontrou uma brecha no meio deles para escapar. Sem olhar para trás ele desceu a rua até chegar em espaço debaixo de uma rodovia
(??)Você está bem?
(Dawn)Ai.. agora estou. Obrigada
(??)Não precisa agradecer. Mas por que fugiu daquele jeito?
(Dawn)Eu.. fugir?
(??)É.. do ônibus, aquelas pessoas irão nos ajudar, por que fugiu?
(Dawn)Porque eles não vão nos ajudar!
(??)Que? Mas eles..
(Dawn)Eu sei, mas não é o que parece, eles nem ao menos sabem para onde nos levar, o plano é ir para a floresta, mas e se não for seguro também?!
(??)Mas como você pode pensar desse jeito?
(Dawn)Eu sei que é um pensamento de uma hipótese. Mas eu não eu posso arriscar assim
(??)E o que pretende fazer?
(Dawn)Eu preciso de ajuda de verdade, de autoridades que saberão o que fazer
(??)Eu não queria acabar com as suas esperanças, mas essas coisas já estão por toda a cidade, os policiais, além de já terem perdidos metade do batalhão, estão acabados por eles, daqui a pouco não sobrará muito sobreviventes
(Dawn)Não.. Não pode ser.. eu.. eu.. não sei o que fazer
(??)Por isso eu te digo para voltarmos para o ônibus. Não servirá de nada ficar aqui
A garota não respondeu nada e o rapaz falou indo embora
(??)Mas se você não quiser, pode..
(Dawn)Não! Pára, n-não me deixa aqui sozinha
(??)Claro, Senhorita princesinha indefesa
(Dawn)(Inflando as bochechas)Hurrnn!! Eu tenho nome, sabia?!! E eu não sou indefesa
(??)Ah, sério? E qual é o seu nome?
(Dawn)É Dawn!
(??)Certo Dawn, o meu nome é Lucas. Agora.. poderíamos voltar para ônibus se possível?
(Dawn)Tá..
(Lucas)E não se preocupe, eu lhe protegerei
(Dawn)(Inflando as bochechas de novo)Hurrrnn!! Eu já te disse que eu não sou indefesa!
Então, os dois vão caminhando para voltarem ao ônibus
(Lucas)(Pensamento)Huum!!! Eu sou demais!!! Eu consegui impressionar uma garota. Será que a minha pose de herói ficou boa? Eu só espero não ter que fazer aquilo de novo, eu fiquei muito tempo para pegar coragem e ir pra cima daqueles zumbis. Mas agora eu posso ficar do lado dela no ônibus e até deixá-la dormir no meu ombro, hehehe
(Dawn)Lucas!
(Lucas)Sim?
(Dawn)Olha lá
(Lucas)Olha o qu..hi!!
(Dawn)Se esconda!
Os dois estavam escondidos, pois um grupo de zumbis estavam na frente deles, impedindo a passagem
(Dawn)Vai
(Lucas)Vai? Pra onde?!
(Dawn)Vai lá! Esmague eles como fez com aquele antes!
(Lucas)Er.. a.. a-agora?
(Dawn)Sim né. Senão não poderemos passar e ir para o ônibus
(Lucas)Hum.. vamos ver, estamos aqui.. e o ônibus está.. então.. é! Vem comigo!
(Dawn)Espera! Pra onde?
(Lucas)Vamos correr por aqui. Eu moro nessa cidade e conheço cada rua daqui. Se cruzarmos este quarteirão, chegaremos lá. Vamos!
Eles saem do esconderijo e vão correndo pelo caminho alternativo
(Lucas)(Pensamento)Uh.. essa passou perto, só foi eu falar que não queria mais enfrentar essas coisas que aquela menina me arranjou serviço desnecessários, mas pelos escapamos
Eles chegaram no local do ônibus, mas para o desespero deles, eles já haviam partidos
(Dawn)O que?! Onde-cadê?!! Onde eles estão?!!!!
(Lucas)Calma! Só há uma explicação. Eles já partiram
(Dawn)Não, não pode ser!!
(Lucas)Sim, nós perdemos tempo indo pra lá e agora.. perdemos eles
A menina se enche de culpa e se curva ao garoto
(Dawn)Me-Me desculpa!!! E-Eu sinto muito!!
(Lucas)An, o que? Pelo o que?
(Dawn)Por minha culpa, você perdeu o ônibus e agora ficamos aqui!!
(Lucas)Mas não tem problema
(Dawn)An? É sério?
(Lucas)(Fingindo a pose, engrossando um pouco a voz)Mas é claro, eu consegui salvar você, isso que é o importante. Eu não ligo que eu fiquei para trás.. porque.. eu tenho você comigo
(Dawn)(Colocando um sorriso no rosto)Ah.. obrigada
(Lucas)(Pensando)huuun!!! Que sorriso lindo!! A minha frase heróica foi demais!! Eu sou muito bom nisso, agora eu poderei ficar com ela a partir de agora
(Dawn)Mas agora, precisamos pensar no que fazer
(Lucas)Olha, não podemos ficar aqui. Essa cidade já foi ladeira abaixo
(Dawn)Então, pra onde vamos?
(Lucas)Eu sei que saindo ao Sul da cidade, chegaremos em Pastoria. O que acha de irmos para lá?
(Dawn)É longe?
(Lucas)Não, são alguns quilômetros, mas quando passarmos por uma rodovia que tem um viaduto enorme, chegaremos lá
(Dawn)Tá então.. vamos indo, quanto mais cedo irmos embora, mais cedo chegaremos lá
(Lucas)Então vamos (Pensamento) É isso aí cara! Consegui convencê-la!
Os dois jovens se juntaram enfim e partiram de Veilstone para seguir caminho até a próxima cidade






Continua...


Notas Finais


Cs são fodas, tamo junto e xau!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...