História The sage of Yuki - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 1
Palavras 840
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Ae galera, minha primeira história, valeu ai por acessarem o capítulo

Capítulo 1 - A garota das olheiras


Fanfic / Fanfiction The sage of Yuki - Capítulo 1 - A garota das olheiras

Terça-Feira

Por volta das 14 horas

É mais um dia normal na cidade de Osaka. Pessoas para todos os lados...trabalhando, estudando, passeando... No fim simplesmente vivendo.

Em uma apartamento em frente a um parque não muito circulado, havia uma garota na janela de um dos prédios

-Mas...como pode? A garota com cabelos pretos e curtos, de olheiras avassaladoras, pele extremamente clara, falava em voz alta, quando na verdade, essas palavras teriam sido somente pra si mesma. Essa garota, com o nome de Yuki Takana, tinha olhos que, se interpretados corretamente, passavam uma grande sensação de solidão... Neste momento, esses mesmos olhos estavam mirados á uma cadela de rua, o animal chama atenção de Yuki, pelo simples motivo de estar brincando no parque, sozinha. A cadela corre e pula, como se estivesse em uma grande festa. Ela fica observando o animal por vários minutos.

Yu é uma garota extremamente solitária e sua única diversão são animes, mangás e eventos dos mesmos, por isso, ela acha estranho ver um ser totalmente miserável se divertir tanto sem ninguém ao lado. Ela simplesmente não entendia mais o significado de “verdadeira felicidade “

De repente, o animal para de "festejar", e vai correndo direto á saída do parque, Yuki percebe que o animal esta indo embora, e quando começará a se retirar da janela lembra que, saindo do parque existe uma avenida movimentada, a menina sente uma sensação de calafrios e desce as escadas do prédio como um torpedo, assim, momentos antes da fêmea tentar atravessar Yuki á alcança e rapidamente segura o animal pela barriga. Neste momento ela se sente aliviada

A garota decide manter a cadela em sua casa, claro, com permissão de sua mãe, porém a mãe, Mikasa, estava fora a trabalho, então deixou mesmo assim.

Quarta-feira

6:00AM

O despertador toca, Yuki estava sentada na cadeira em frente do computador, ela não dormiu por um segundo na noite, por conta de ter conhecido um anime novo de que, despertará curiosidade nela, que assistiu, até o momento 30 episódios.

Yu percebe o horário, levanta de sua cadeira e acaricia a cadela que nomeará de Naomi. A mãe de Yuki, chegou na noite anterior por volta das oito horas e , momento que virá o cachorro sente-se um tanto indignada, a ponto de discutir com a filha sobre...No fim ela aprovará o animal dentro de casa, na condição da filha cuidar de todas as necessidades de Naomi.

Yuki começa a se aprontar para a escola, e percebe que perderá seu cachecol então, vai a cozinha, onde sua mãe estava, já aprontada e diz:

-Bom dia. Ela fala de um jeito seco, como sempre

-Bom dia filha! Responde a mãe, de um jeito Alegre e animado.

-Mãe, você viu meu cachecol? Ela pergunta de forma á parecer injuriada

-Sim filha, eu o coloquei para lavar, já estava imundo responde com um tom um tanto quanto Fraternal

Yuki solta um leve suspiro, e começa a comer os ovos que sua mãe preparou quando chegará na cozinha. Logo depois de acabar sua primeira refeição, a garota se levanta, escova os seus dentes, pega sua mochila e saí de casa em direção á escola. Caminhando, ela se depara com um grupo de garotas que, pelo uniforme, são do mesmo colégio de nossa protagonista, ela pensa consigo mesma em como aquele grupo de garotas são tão fúteis por simplesmente estarem "paquerando" um garoto, considerado o mais fofo, pelas meninas da escola, na cabeça dela relacionamentos eram inúteis e serviam somente para despesas, sempre que via um casal na sua mesma calçada passava imediatamente para outra.

Yu pensava se valia a pena ir a escola, ela tinha um nível de inteligência anormal, porém odiava socializar com esses "projetos de ser vivo pensante" Como ela mesma imaginava-os. Quando ela chega até a escola, e se depara com os portões da mesma, um turbilhão de pensamentos a afronta. Ela não tem vontade de entrar naquele lugar, ela é tomada por imaginações de como seria se ela fugisse discretamente enquanto ainda estava dentro da escola, também imaginava se ao invés de fugir, ela simplesmente se jogasse na frente de um dos carros que ali passava e finalmente acabasse com todo aquele tédio e cansaço mortal que á assombrava dês o dia que seu pai morrerá.

-Não.. A próxima temporada daquele anime ainda não foi lançada. Ela fala em voz alta

Ela solta um longo suspiro, e finalmente coloca seu primeiro pé dentro da área da escola. Naquele momento ela se sente encarcerada, porém, seus dias são sempre do mesmo jeito , sempre chatos e entediantes, uma bolha que não seria estourada facilmente, um looping que só acabaria daqui dois anos, quando finalmente acabar o entediante período colegial. Entrando na escola Yuki se vê de cabeça abaixada, passando direto por todos os alunos nos corredores, como sempre ela preferiria estar em uma vala do que naquele lugar. Chegando em sua sala de aula ela percebe que, um garoto aparentemente novo em sua escola havia chegado e estava sentando em seu lugar...


Notas Finais


Valeu ai por lerem gente, por favor me deem críticas. Mé eu sei q ninguém vai ver kkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...