História The Second Argent - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural, Teen Wolf
Personagens Alan Deaton, Allison Argent, Benfeitor, Bobby Finstock, Breaden, Chris Argent, Danny Mahealani, Isaac Lahey, Jordan Parrish, Kate Argent, Ken Yukimura, Kira Yukimura, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malia Tate, Mason Hewitt, Melissa McCall, Meredith Walker, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski, Natalie Martin, Noshiko Yukimura, Personagens Originais, Peter Hale, Rafael McCall, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski
Tags Allison Argent, Argent, Banshee, Benfeitor, Derek Hale, Dylan Sprayberry, Hale, Isaac Lahey, Kate Argent, Kira Yukimura, Kitsune, Liam Dunbar, Lobisomem, Lydia Martin, Malia Hale, Natasha Argent, Scott Mccall, Selena Gomez, Stiles Stilinski
Visualizações 947
Palavras 1.216
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Luta, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu estou adiantando o capitulo, pois minha internet ainda está com defeito e eu não sei quando terei novamente wi-fi.

Capítulo 6 - I Equal to him?


Fanfic / Fanfiction The Second Argent - Capítulo 6 - I Equal to him?

[...]

Estávamos na cantina, Gabriela estava ao meu lado enquanto Lydia estava do outro. Os meninos já haviam chegado. Isaac estava ao lado de Allison, Scott de Kira, e Malia estava agarrada com Stiles.

– Tadinho dele Lydia. – Falei olhando para ela, Stiles estava me contando como Lydia o tratava, quando ela andava com um tal de Jackson e Danny e umas outras pessoas que eu não quis saber quem era. – Que dó, como você conseguiu fazer isso com um garoto de 53 kg que tem como única defesa o sarcasmo?  - Falei e todos da mesa riram

– Me dá um desconto... Eu mudei, para melhor... Eu acho. – Ela fala confusa e todos na mesa riram mais ainda.

– Muito melhor. – Scott falou e Lydia olhou brava para ele, mas logo ela começou a dar risada. Escuto um toque de celular, e logo Gabriela atende, pede licença e se levanta.

– Ela me lembra muito a Lydia, quando nós nos conhecemos. - Allison fala e nós olhamos para ela. – Como se conheceram? – Ela pergunta e todos olham para mim.

– Depois que Malia me levou a sala de aula do professor de economia... Bob eu acho... Ele me mandou sentar atrás dela, ela me falou o nome dela, eu falei o meu então ela começou a me puxar por ai, falando que eu era a nova melhor amiga dela. – Falo e Lydia e Allison se olham sorrindo e todos na mesa riem.

– Com certeza me lembra nós. – Lydia fala e se ajeita do meu lado. – Conheci a Allison, quase desse jeito... Ela estava na frente do armário, e eu cheguei perto dela, elogiei a jaqueta e falei que ela era minha nova melhor amiga. – Lydia fala e eu sorrio.

– As Semelhanças são assustadoras... - Malia fala do nada e Lydia, eu e Allison começamos a rir. -Será que ela é uma Banshee? – Ela pergunta e todos riem, não seria possível. Nada acontece duas vezes.

...

Tinha tocado o sinal, e já tinha se passado, uma aula de historia que eu conheci o pai de Kira, uma de Frances, que eu conheci a tal Morell que os meninos me falaram que era uma druida e também é a irmã do chefe de Scott, que eu conheceria mais para frente e a ultima aula foi de inglês que não tinha nada de especial, só que a professora era um saco e tinha passado trabalho para fazer. Eu estava na frente da escola esperando por Allison, e acabei encontrando Scott.

– Se eu fosse você eu ia embora, por que a Allison ta com o Isaac. E você sabe né... – Ele fala e eu rio. – Vem, eu te levo em casa. To de moto, e de sorte eu estou com o capacete da Kira. – Ele fala e estende um capacete e eu o pego.

– E a Kira? – Eu pergunto e ele me olha.

– Vai com o pai dela, ué?! – Ele fala e eu reviro os olhos.

– Não! Eu quis dizer se ela não vai com você, tipo namorar. – Eu falei séria e ele virou a cara um pouco para o lado e eu admito que foi fofo. “Lerdinho...”

– Essa mania... Lembra-me alguém... – Ele fala e eu fico confusa, “como assim lembra alguém?”

– Como? – Pergunto e ele sobe na moto. – Me fala, por favor... SCOTT! – Falo enquanto cruzo os braços, séria.

– Nossa... É muito igual. – Ele fala admirado e eu fico com raiva. “Que merda, quem é que eu me pareço!?!”

– Olha... Se você não quiser levar algumas flechas em um lugar onde o sol nunca brilha, e que de brinde que eu arranque seus olhos fora, eu acho melhor que você me conte, para o seu bem. – Eu falo o encarando séria, eu tinha perdido minha paciência, que já era pequena.

– Meu Deus... Até nas ameaças são iguais... – Ele fala e eu desisto, entrego o capacete para ele e começo a andar para ir embora. – NAT! CALMA AI, NATASHA! VOLTA AQUI! NATASHA! NATASHA ARGENT! Merda! – Ele grita, mas eu continuo andando, escuto uma moto se aproximando. – Sobe na moto! – Ele fala e eu paro de andar olhando para o mesmo brava.

– Vai me dizer ou não?! – Pergunto cruzando novamente meus braços

– Você me lembra um amigo meu... – Ele fala e eu reviro os olhos novamente. “Ajudou muito...”

– Ajudou muito, por favor, nome... Preciso de um nome. – Falo e ele olha para o chão.

– Se eu falar vai subir na moto? – Ele pergunta e eu concordo, e pego novamente o capacete. – O nome dele é Derek Hale, é esse amigo que estamos indo salvar. – Ele fala e eu suspiro.

– Ok. Foi difícil? – Falo e pego o capacete e ele nega. Subo na moto e arrumo o meu vestido e me seguro em Scott.

“Eu sou mesmo parecida com Derek? Até no mau humor? Como será que ele está, estou ficando preocupada. Estou morrendo de saudades dele, mas logo o verei, quero ver a cara dele quando ele me ver. Eu to indo Der, to indo te salvar” penso, não demora muito para chegar em  casa, me despeço de Scott e entro, e acabo dando de cara com Tio Chris.

– Ai... Quer me matar do coração? – Falo com a mão no peito, e ele olha para o lado, procurando por Allison.

– Desculpa, mas cadê a Allison? – Ele pergunta e eu fico quieta. – Está com o Isaac? – Pergunta e eu concordo lentamente com a cabeça. – Não consigo me acostumar com isso, outro lobisomem! – Ele fala e entra rapidamente.

– Como assim “Outro lobisomem”? O que eu perdi? – Pergunto e ele se senta, e faz um sinal para mim me sentar.

– Vou tentar fazer um resumo...Viemos para Beacon Hills quando eu ainda caçava, Alisson e Scott começaram a namorar, Lydia e Scoot foram mordidos pelo mesmo lobisomem, que foi morto por Derek e após esse ato se tornou o novo alfa. – Fala e dá um suspiro. – Hm... Jackson foi namorado de Lydia, mas foi mordido por Derek se tornando assim um Kanima, um tipo de assassino digamos... Hum... Réptil? Bom... O seu avô Gerard veio, com o objetivo de se tornar um lobisomem por estar com câncer, objetivo atingido, mas com um preço agora ele está catatônico em uma cadeira de rodas, Scott colocou um repelente sobrenatural em seus remédios. Depois teve um bando de Alfas que vieram buscar Derek, e para ele entrar no bando ele  teria de matar todos de seu bando. Não deu certo, então Jennifer uma namorada de Derek, apareceu. Ela era uma druida, que se tornou uma darach, ou seja, um druida negro. Matou os Alfas, e foi atrás de Deucalion junto com Derek, que foi forçado a ajuda-la, caso contrário ela mataria os pais de Scott, Stiles e os meus... Uma loga história eu sei, outro dia conto.

– Continuando. Allisson, Scott e Stiles morreram para nos achar, mas ressuscitaram. Peter matou Jennifer, mas antes a druida curou Deucalion. Stiles foi possuído pelo Nogitsune, uma raposa sombria, espalhando o caos, mas depois conto os detalhes. Peter quase matou Allison e um garoto lobisomem o Aiden, que era namorado de Lydia, nós conseguimos aprisionar o Nogitsune e Derek sumiu... Ou foi levado por caçadores, eu acho. - Ele fala e eu olho para ele abismada, eles já passaram por tudo isso mesmo, e a única coisa que eu consigo falar é um simples ‘UAL’.

[...]


Notas Finais


Espero que gostem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...