1. Spirit Fanfics >
  2. The Second Life >
  3. Chapter 4 ... Disease and instant pandemic ...

História The Second Life - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Eu sou um ser humano ruim por me inspirar durante a quarentena na pandemia do novo vírus???
E ironicamente agora relendo o que eu tinha postado até agora, o vírus ainda não tinha chegado ao Brasil, porém as medidas tomadas nos capítulos iniciais são bem parecidas com as que estão atualmente, e olha que na época eu nem estava de olho nas notícias, eu hein...
Com aulas suspensas da faculdade, agora vai um capítulo descente!
Vamos ver no que vai dar, me ajudem nos comentários ok?

Capítulo 4 - Chapter 4 ... Disease and instant pandemic ...


Fanfic / Fanfiction The Second Life - Capítulo 4 - Chapter 4 ... Disease and instant pandemic ...

19h00 da noite, faculdade de Artes, Morgan.

Narrador

6 meses antes...

A garota de pequena estatura estava na máquina em que costumava se sentar normalmente nas aulas, esperando que o professor iniciasse a aula. Com dez minutos de atraso a aula se inicia, exercícios, explicações de uso de ferramentas, uso no mercado, e assim por diante, em dado momento da aula, entra no laboratório acompanhado o diretor, o vice diretor, coordenador do curso de Belinda, e um homem nunca visto antes.

Diretor Jonas - Boa noite caros alunos! Perdoe-me professor Carlos por interromper a aula, mas temos que passar estás informações, todos por favor se dirijam imediatamente para o auditório.

Professor Carlos - Não há problemas senhor, por favor alunos...

Todos se levantam e cumprem as ordens.

 

 

 

No auditório.

O homem desconhecido toma a palavra.

-Boa noite a todos! Muito prazer, me chamo Shaw Mcdorio, sou formado em Engenharia Química, pós graduado em química, tenho mestrado em Químicas da natureza, e doutorado na área de química para a saúde. Trabalho no centro de pesquisa de doenças do exercito de Oregan. Alguns de vocês já devem ter ouvido falar sobre o novo vírus Laca-1200, popularmente apelidado de Lacoste, uma doença proveniente do couro de jacarés, crocodilos e demais animais desta família. O real motivo por não termos tantas informações para dar é que o vírus é muito novo, mas necessitamos conscientizar a todos do grande perigo que é. Por favor a partir de hoje nada de abraços, toques de mão, beijos e afins, mantenham uma distância mínima de 30 centímetros de cada um, lavem muito bem as mãos todos os dias, e uso do álcool em gel sempre quando estiverem fora de casa, usem máscaras cirurgicas quando estiverem dentro de lugares fechados, caso doentes não vão trabalhar, nem para faculdade, e nem usem transporte público enquanto o diagnostico não for certo. Amanhã será anunciado o toque de saída, só poderão sair de casa com declarações específicas sobre o porque estão saindo. E para o final ainda deste mês todos os ônibus serão tirados de circulação.

Todos os alunos começam a se encarar e a cochichar, não entendo o motivo de tamanha atitude levando em conta que ninguém sabe o que é o vírus. A palestra prosseguiu assim até as dez e meia da noite onde findava o horário de aula do turno da noite. Belinda vai direto para o lugar onde Eithan, seu namorado sempre parava com o carro para a buscar na faculdade todos os dias.

Eithan-Boa noite coisa linda!

Belinda-Boa noite amor!

Um pequeno selar de lábios antes de colocar o cinto se segurança.

Eithan-Como foi hoje? Conseguiu entregar o desenho?

Belinda-Entreguei de madrugada, hoje nem tivemos aula, foi um cara do centro de pesquisa...

Eithan-Sobre o que ele foi falar?

Belinda-Lacoste.

Ele para no sinal.

Eithan-De novo?

Belinda-Se não sabem nada por que tanto medo Eithan?

Eithan-Bê, sou apenas médico do exercito, ainda estou me formando, não sou chamado para pesquisas grandes...

Belinda-Mas você já cuidou de algum caso?

Eithan-O caso que estou trabalhando é de lascoste, na verdade por hora é o único no mundo, os demais são dengue, H1N1, Covid-19, Influenza, Zika, e assim.

Belinda- Ainda está tendo o surto de covid-19?

Eithan-O mundo está em colapso por isso, mas como nossa cidade estava com medo do Laca-1200, acabamos aniquilando rápidamente o vírus por aqui.

Belinda-Só com aquelas quarentenas?

Eithan-Sim, mas ainda precisamos desenvolver a vacina, não sabemos se estamos livres mesmo, mas essas doenças na minha opinião são muito mais preocupantes do que o Laca-1200.

O sinal abre.

Belinda-Mas o que ele faz?

Eithan-Intoxicação alimentar, febre alta...

Belinda- Virose?

Eithan- É um pouco mais forte que uma virose, por ser persistente, mas não acho que possa matar, pelo menos meu paciente está estável, me arrisco a dizer que está melhorando!

Belinda- Acho tão irônico logo no nosso exercito descobrirem uma doença maluca....

Eithan-Mas graças a isso Oregan ficará conhecida!

Belinda- Ter a fama por ter as melhores laranjas do mundo pra mim já estava ótimo!

Eithan- Verdade - ele ri suavemente parando o carro a frente da casa da garota- Temos quantos minutos?

Belinda olha no celular e sorri para o namorado.

Belinda- Meia hora, ela não vem para casa hoje, está viajando, e Michael está "me vigiando a distância", falei para ele que queria um tempo a mais com você e...

Eithan-Meu cunhado preferido me liberou meia hora!

Fala pulando para o banco de traz do carro, e ajudando a garota a fazer o mesmo.

Eithan- Agora - fala acariciando o rosto da mesma - Só esqueça de tudo tá boma?

Belinda- Tá bom... - fala com a voz em um sussurro ao sentar no colo do maior e sentir algo...

Eithan- Eu tava com tanta saudade... duas quarentenas seguidas sem poder te ver...

Fala antes de começar a beijar a menor ferozmente, descendo em seguida para seu pescoço, e algumas mãos bobas... Eithan começava a abrir a blusa da menor quando o celular toca, tentam ignorar mas o barulho e insistente...

Eithan sorri ao pegar o celular.

Belinda- Pontual como sempre.

Ela atende e coloca no viva voz.

Michael- Já falei para vocês pularem as preliminares.

Belinda- Michael cala a boca.

Eithan- Foi mais tempo do que com minha sogra com certeza....

Michael- Não pense você que vou entregar a virgindade da minha irmã a você de mão beijada assim seu tarado!

Eithan começa a rir auto.

Belinda já corada responde o irmão.

Belinda- Não iamos...

Michael- Fazer amor?

Eithan- É claro que íamos!

Belinda bufa.

Belinda- Já estou entrando Mi!

A menina sai do colo do namorado, pega suas coisas e antes de sair da um selinho no maior.

Belinda- Te vejo amanhã.

Ela bate a porta.

Alguns minutos depois que a mais nova entra, Michael liga para Eithan.

Eithan - Fala mano!

Michael- Falou merda de novo.

Eithan- Eu percebi...meu instinto falou mais alto.

Michael- Você já sabe né? Se forçar minha irmã a algo eu te mato médicozinho de araque!

Eithan- Eu jamais faria isso...

 

 

 

 

No dia seguinte.

Era folga da mãe de Belinda, por ter chegado de viagem mais cedo e logo cedo enquanto tomavam café as duas ouviam as notícias.

Apresentadora - Até agora tínhamos apenas um caso de Lacoste no centro da cidade de Oregan, o cabo Direction, de 19 anos, estava reagindo bem aos medicamentos, dando boa resposta, porém nesta madrugada veio a óbito.

Belinda- Eithan falou que ele estava melhorando...

Vivian- A medicina se engana filha, mas tenho certeza que ele deu o melhor de si para salva-lo.

Apresentadora- E na mesma madrugada mais um infectado foi diagnosticado, professor Carlos da faculdade de Arte de Morgan de 46 anos, em estado critico entra para o hospital militar as pressas.

Belinda- Meu professor de desenho digital...

Vivian- Você não teve aula com ele ontem?

Belinda- Sim, ele estava ótimo, se bem que nem tivemos aula, mais uma palestra sobre Lacoste...

Vivian- Estão fazendo tanto escarcéu sem nem explicar o porque...

O celular de Belinda toca, é Michael, a mesma atende no viva voz.

Belinda- Bom dia Maninho...

Michael- Boa madrugada...

Belinda- Esqueci...

Vivian- Olá filho pródigo...

Michael- Eu ganhei a bolsa mãe... enfim não tô aqui para discutir isso, como estão as coisas aí?

Belinda- A única vitima de Lacoste veio a óbito está madrugada, e mais uma foi infectada com quadro grave...

Michael- Está controláveu ai então...

Vivian- Como assim aqui Michael?

Michael- Dez casos de Lacoste aqui na Finlândia mãe...

Vivian- Como assim?

Belinda- Estava só aqui até agora...

Michael- Pois é a cidade está em alerta, tomem cuidado!

Vivian- Desligou?

Belinda- Sim...

Vivian- Por que ele foi pra lá?

A mãe enfurecia e preocupada joga as louças na pia, ouvindo de longe o barulho do estilhaço.

Belinda- MÃE?

Vivian- EU FALEI PARA ESTUDAR POR PERTO MAIS NÃO, EU SOU SUPER PROTETORA, AGORA OLHA AÍ!

Belinda- VIVIAN SAORI QUER PARA DE GRITAR?????

A mãe a olha assustada.

Belinda - Já faz mais de um ano e a senhora não aceita? 

Vivian - Sou mãe Belinda eu nunca vou aceitar um absurdo desses!

Belinda - Absurdo? ABSURDO? Ele foi estudar, trabalhar, construir um futuro melhor! Mas você com essa síndrome do abandono não vê isso! A senhora não é eterna! Não vai poder estar com ele para sempre! E nem protege-lo do mundo! Quem dirá de uma doença que nem os que estudaram para isso estão dando conta da coisa!

Vivian - Mas estaria perto de mim!

Belinda - E o que você poderia fazer? Iria desenvolver a vacina milagrosamente???

Vivian- Belinda!

Belinda- Nem vem mãe! Você sabe que foi o melhor pra ele! Ele tava se afundando em depressão aqui, quando essa vaga apareceu ele voltou a viver! Ele tá feliz, tá fazendo o que gosta e melhor ainda trabalhando sendo pago por isso!

Vivian- Poderia fazer muito bem isso aqui!

Belinda- Nesse fim de mundo? Você acha que tem algo pro gênio que seu filho é aqui nessa cidadezinha de nada?

Vivian- Tinha o exercito que paga tão bem quanto...

Belinda- Um programador? Mas não sei se a senhora sabe, mas nosso exercito não é de enfeite! Ele poderia morrer a qualquer momento! Em guerra ou não! Por que não sei se ainda não percebeu essa doença veio de fora do nosso país! Direction  foi uma cobaia!

Vivian- Pare de acreditar em tudo que seu namorado fala Belinda!

Belinda- Ele nem pode falar disso comigo mãe! Para de se fazer de sonsa! Sabe que é verdade, corrupção é o que mais tem nessa cidade que se finge de perfeita com tradição de laranja podre!

Vivian- Belinda!

Belinda- Eu não vou me calar! Chega de você tentar fazer meu irmão voltar pra cá! A sua vida tá melhorando, deixa a dele melhorar também!

Vivian- Pra que? Pra você fazer o mesmo que ele e ir embora com aquele menino?

Belinda- Aquele menino, tem nome e você conhece desde o ventre da mãe dele! E sim, eu não vejo a hora de juntar dinheiro e ficar longe desse exercito, dessas laranjas, e dessa lavagem cerebral que fazem em pessoas como você para quererem viver aqui até morrer!

Vivian- É um lugar seguro!

Belinda- Tão seguro que o índice de homicídio só cresce todos os dias!

Vivian- Pare de ler teoria da conspiração Belinda!

Belinda- Pra de acreditar no mundo perfeito Vivian! O MUNDO É TENEBROSO, PRINCIPALMENTE O NOSSO SÓ VOCÊ QUE NÃO QUER VER!

A garota se retira da cozinha saindo de casa sem rumo, em uma manhã gélida, de tênis, short, um blusão enorme que roubou de seu namorado, anda por aí sem rumo, até seu celular vibrar e tirar de seus pensamentos, ao olhar uma mensagem de voz de sua  mãe.

Belinda- Lá vem mais uma pérola...

Vivian- Quando você voltar mocinha, estará muito encrencada, vai ficar de castigo, sem celular e computador, a única coisa que vai poder fazer é limpara a casa.

Belinda- Ela ainda esquece... 

Belinda grava o áudio.

Belinda- "Querida mamãe, não sei se você se esqueceu mas já sou maior de idade, você não pode tomar nada de mim muito menos me por de castigo mesmo estando embaixo do seu teto pois o que falei é a mais pura verdade, mas sua superproteção não lhe deixa ver, por tanto não voltarei tão cedo para casa!"

Guarda o celular no bolso e volta a andar. Para no banco da praça principal, e começa a olhar o movimento a seu redor. Pessoas iam e vinham, crianças indo para escolas, outras saindo, pessoas indo almoçar e outras voltando para o expediente, mesmo com tanto caos pelo mundo, a vida continuava tão natura...não monótona.

O celular de Belinda toca.

Belinda- Oi Eithan.

Eithan-Eithan? O que eu fiz agora?

Ela ri.

Belinda- Nada, sua sogra surtou de novo.

Eithan- Ela descobriu do surto na Finlândia?

Belinda- Sim e já queria usar de desculpa para ele voltar.

Eithan- Cristo...

Belinda- E para variar...

Eithan - "Você quer ir embora junto com aquele menino e me deixar!"

Belinda- Exatamente...não sei como ela consegue.

Eithan- Vai passar, está em casa?

Belinda- Vim para a praça...Como com uma morte por Lacoste as pessoas continuam agindo normalmente?

Eithan-Fui liberado mais cedo por isso, quer conversar sobre em um almoço romântico?

Belinda- Ai cacete...

Eithan- Feliz dia 2 amor!

Belinda- Feliz dia 2 vida! Me perdoa eu esqueci...Quero sim.

Ela ouve uma buzina, e ao olhar do outro lado da rua Eithan a espera no carro.

 

 

 

 

 

Entrando de mãos dadas no apartamento do mais velho.

Belinda- Foi maravilhoso.

Eithan- Gostou? Tem mais! Abre a porta!

Ao entrar a sala do apartamento do garoto está toda decorada....

Belinda- 7 anos de namoro....

Eithan a abraça por traz.

Eithan- É muito tempo....Mas estamos aqui!

Belinda-Sim...

Eithan- Vem fiz seus bolinhos favoritos!

Belinda- Desde quando você cozinha?

Eithan- Desde que te conheci!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No dia seguinte....

VRUMMMMM

O celular de Belinda vibrava loucamente no criado mudo de Belinda.

Belinda- Oi mano...

A voz de sono era perceptivel.

Michael-Que horas você foi dormir?

Belinda-Aniversário de 7 anos...

Michael-Meu Deus mais já? Parece que foi ontem que peguei vocês se pegando na casa da árvore da vovó.

Belinda- Pois é, dormi na casa dele, e voltei pra cá faz meia hora pra fingir que não dormi fora.

Michael- Rolou?

Belinda-Uhum...

Michael-NÃO CREIO!

Belinda-Michael não grita no meu ouvido...

Michael-Desculpa....mas vocês usaram camisinha né?

Belinda-Sim maninho, sim, e eu tenho DIU lembra?

Michael-A é a mamãe te obrou a colocar quando completou 18 anos...

Belinda- Pois é...

Michael- Ela surtou?

Belinda- O que você acha?

Michael- Então espero que virar adulta te ajuda a aguentar a barra que está por vir...

Belinda- Por que Michael? Quem você engravidou dessa vez?

Michael- Eu fiz voto de castidade!

Belinda-Sei..Fala o que você quer tô com sono.

Michael- O surto se espalho...Mais 100 casos e será decretado Pandemia....

Belinda- Como assim só estava qui e aí não é?

Michael- Liga a TV...

A mesma com os fones faz o que o mais velho mandou.

Apresentadora- Terceiro dia desde que o vírus Laca-1200 começou a se manifestar por todos os países do mundo sem sobra de duvidas já se pode decretar pandemia, nenhum diagnosticado com a doença escapou do óbito.

Belinda- Em todos os paises?

Michael- Sim, com exceção dos países da África, mas não vai demorar até chegar lá, ainda mais que está tendo surto de Ebola de novo...

Belinda- Michael na hora que a mamãe descobrir....

Michael- Não vai poder fazer nada, a dez minutos atrás todas as fronteiras daqui foram fechadas, ninguém entra e ninguém sai.

Belinda- O Senhor...Vou ligar pro Eithan e ver o que ele sabe.

Michael-Me conta tudo depois! Dos dois assuntos!

Belinda- Michael não é hora para isso.

 

 

 

Eithan-Bom dia amor.

Belinda- Viu o noticiário?

Eithan- A gente tem uma noite romântica e no dia seguinte é assim que você age?

Belinda-Eithan!

Eithan-Tá parei...não por que?

Belinda-Pandemia de Lacoste.

Eithan- O QUE?

Belinda- Com exceção do continente Africano já era, e todos que pegaram o vírus vieram a óbito.

Eithan- Puta que pariu, tenho que ir amor, falo com você quando der te amo muito! E ontem foi a melhor noite da vida!

Belinda-É foi menos assustador do que pensei...

 

 

 

 

Belinda teria aula naquela manhã na faculdade devido a uma DP, mas quando foi ao ponto de ônibus percebeu que os mesmos pararam de funcionar antes do prazo indicado e foi a pé. No caminho mandou mensagem avisando mãe, irmão e namorado por motivos de segurança, afinal Oregan não era a cidade mais segura do mundo.

 

 

 

 

 

 

Uma semana depois....

Belinda

Já se passou uma semana desde que o surto de Lacoste se iniciou pelo mundo, mas não temos informação alguma, o governo simplesmente não nos fala, as mortes aumentam cada dia mais, ninguém sabe da onde veio. As aulas estão sendo online desde então, com exceção da do professor Carlos que foi cancelada por tempo indeterminado devido ele estar doente...

Minha mãe melhorou, graças a sua promoção não tem tempo de surtar comigo muito menos com Michael que está muito longe. Eithan quase não fala comigo de tanto trabalho. Me pergunto se ele sabe algo a mais sobre isso tudo....

 

 

 


Notas Finais


Ficou meio Blergh mas... tá aí.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...